Para todos os garotos que já amei

De: Mim
Para: Todos os garotos que já amei

Olá meninos, tudo bem com vocês?

A vida é uma montanha-russa emocional. Um dia estamos no alto, dando cambalhotas e curtindo o êxtase que só aquela adrenalina proporciona; no outro, estamos de cabeça para baixo, sentindo aquele frio na barriga de uma curva que está por vir e que não será nada agradável. O coração funciona assim também. Um dia estamos amando intensamente, no outro tudo se foi e - muitas vezes - nada resta.

O que tenho a dizer para vocês aqui hoje é que, mesmo que não nos falemos mais ou sejamos "só amigos", vocês têm seu lugar cativo no meu coração para sempre. De alguma forma, vocês conquistaram esse espaço e, no momento que conseguiram entrar aqui, nada será capaz de fazê-los sair.

Talvez você nem se lembre de mim, meu primeiro amor. Ensino fundamental, sétima série para ser mais específico. Você sentava duas classes à minha frente e eu te observava, quieto, com medo do que você poderia dizer se descobrisse meus reais sentimentos. Então eu fingia. Fingia que não me importava, que você era só mais um colega, mas no fundo, cada vez que você olhava na minha direção, meu peito disparava. Até hoje, quando te vejo por aí, sinto as borboletas no estômago. Ainda te amo? Com certeza não, mas tudo que você provocou em mim naquela época deixou marcas. Marcas puras e bonitas que não quero esquecer.

Depois tiveram alguns outros. Uns mais intensos, outros que foram apenas paixonites passageiras. Mas mesmo assim, todos tiveram algum significado para mim. Quem poderia não se apaixonar pelo garoto em que deu o primeiro beijo, quando tudo aquilo é tão especial e verdadeiro? Ou pelo garoto que fez você perceber que a vida é mais do que apenas sofrimento? Aquele que te fez entender que você é especial do jeito que é e as pessoas devem te aceitar assim, e que você não precisa mudar para agradá-las.

O primeiro garoto que me sussurrou um "eu te amo" em um momento de paixão também não pode deixar de ser citado. Depois de altos e baixos no nosso relacionamento, a vida te trouxe de volta para mim e hoje você é um dos meus melhores amigos e uma das pessoas que mais admiro. Ainda nos amamos intensamente, mas esse sentimento se tornou um amor fraternal, puro, daqueles que parecem não ter fim. Você foi - e ainda é - especial de uma forma que não consigo descrever, mas sei que você sabe disso.

Tem dias que penso que vou ficar sozinho, que se apaixonar é sinônimo de sofrimento e prefiro evitar isso a todo custo. Mas também há aqueles dias - os melhores dias - que vejo a beleza do sentimento e estou disposto a arriscar, a me entregar novamente e viver mais uma bela história. Talvez os dias ruins sejam mais frequentes atualmente, mas os dias bons com certeza vão voltar logo e a felicidade vai mostrar as caras outra vez.

Com amor e para sempre,

Eu!

***

Este post foi feito em parceria com a Editora Intrínseca, para uma ação especial envolvendo o livro Agora e Para Sempre, Lara Jean. Para quem não conhece a trilogia, tem como tema central diversas cartas de amor escritas pela protagonista e enviadas para as suas paixões. Sugiro que confiram os posts anteriores para entenderem a proposta desta carta que escrevi.


Resenha - P.S Ainda amo você (Livro 02)

Resenha - Agora e Para Sempre, Lara Jean (Livro 03)

6 comentários

  1. Olá, eu sempre me emociono com livros que envolvem cartas, tanto que só post já fez cair algumas lágrimas do meu rosto. Cada vez fico mais ansioso para ler os livros. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Curti Leo, a carta tá linda e o último parágrafo encantador. Já li as resenhas e conheço as histórias superficialmente a partir delas e dos comentários que vejo, assim só me resta ler rsr. Já tá na lista ;)

    ResponderExcluir
  3. Leo!
    Gostei muito da ação da editora.
    E ainda mais da linda cartas escrita, bem criativa e carregada de sentimentos.
    Desejo uma ótima semana!!
    “Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo!!!! Me emocionei aqui. :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Leo, tudo bem?
    Que post mais lindo, imagino as emoções que você sentiu ao escrevê-lo. As paixões por mais que não tenham terminado muito bem, sempre nos trazem algum ensinamento, mas a melhor lição de todas é que nunca devemos ter medo de começar de novo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei esse post, já li o primeiro livro e adorei, estou ansiosa para ler os outros dois.
    Adorei o texto, mas eu não sei se eu teria a coragem de escrever as cartas para os garotos que já gostei

    ResponderExcluir