Semana Aconteceu naquele verão - Guia de verão: Destinos Literários - Dia 1

E aí pessoal, estão curtindo o verão? Espero que sim. Esta é uma época mágica do ano, em que a maioria de nós pode descansar, viajar, nos reinventar, enfim. Pensando nisso, em parceria com a Editora Intrínseca, decidi trazer uma Semana para lá de Especial, para falar sobre o livro de contos Aconteceu naquele verão, organizado pela Stephanie Perkins.

Ao invés de começar resenhando-o, decidi ambientá-los primeiramente em alguns dos cenários que permeiam as suas histórias.

Façam as suas malas, coloquem as suas melhores roupas dentro, peguem o protetor solar e não se esqueçam do seu guia de viagens, pois os pontos turísticos abaixo poderão surpreendê-los! Tenho certeza de que as suas férias de verão nunca mais serão as mesmas!

SOLIDÃO E QUIETUDE:


Para quem está em busca de um destino de verão que seja sinônimo de sombra e água fresca, precisa ir para Little Sindle e se hospedar na pousada Spindfrit. Lá, vocês irão encontrar a enseada Lance, uma pequena praia rochosa que fica na borda sul de uma lagoa. Quase não bate sol, não tem mesas de piquinique e nem balanços de corda, mas vocês podem ficar atirando pedrinhas na água ou pensando na vida. Se preferirem, também podem passear pela cidade, onde vão encontrar um mercadinho, um posto de gasolina com o único caixa eletrônico das redondezas, uma clínica veterinária, várias lojinhas de presentes e o antigo prédio do Rotary, que fora transformado em biblioteca pública depois que a biblioteca de Greater Spindle foi inundada, dez anos antes. Só lhes diria para tomar cuidado ao caminhar pelas praias. As más línguas falam que a lagoa não é uma lagoa, mas sim uma boca faminta, azul e taciturna. Muitos evitam passear pelo lugar, outros afirmam que se sentem deprimidos em meio à vegetação e nem cogitam pôr o pé na água, e tem outros que dizem ter visto monstros nadando por lá. Uma coisa é certa, a região é perfeita para quem é fã da Criptozoologia.

DORMINDO SOB O CÉU ESTRELADO:


Para aqueles que gostam de passar um pouco de trabalho e preferem ficar longe da civilização, a minha dica é de que viagem até Muir Beach e montem as suas barracas no acampamento 12. Lá vocês irão encontrar um bosque, cheio de sequoias e um bando de pássaros azuis, e sentirão o cheiro da fogueira, da terra, misturada ao do oceano. O que acham de fazer um chá de hortelã com as ervas encontradas no local e tomar um café da manhã com salsichas, batatas e ovos? Podem até comer minestrone de almoço, embalado por canções no ukelele. Tenho certeza de que vocês se sentirão em paz e vivos.

CINEMORTE:


Mas se vocês são meio cosmopolitas e preferem um passeio dentro da cidade, dirijam até Deadwood e deem uma passada no Cinemorte, pertencente ao misterioso sr. Scratsche, uma lenda urbana na região; e conhecido por passar os melhores títulos de terror. O Cinemorte é equipado com tecnologia de ponta em matéria de filmes de horror, e possui atrações como Cheirovisão, assentos formigantes que dão choque, esqueletos pendurados no teto por fios invisíveis e que se mexem logo acima da cabeça dos espectadores, e a única tela apropriada para 3D num raio de sessenta quilômetros. Eu quero mesmo saber se vocês são corajosos o suficiente para assistir ao Ando sobre esta terra. Dizem por aí que ele é amaldiçoado e que as pessoas que trabalharam nessa produção morreram de maneira misteriosa. Em seu leito de morte, o diretor Rudolph Van Hesse confessou que vendeu a alma para o diabo para fazer este longa, e que ele tinha o poder de corromper qualquer um que assistisse. “O mal está entranhado neste filme. Uma escuridão poderosa irradia de cada cena. Não deve ser visto por olhos humanos!”

SACUDINDO O ESQUELETO:


Se vocês são daqueles mais animadinhos, que adoram sair para dançar com os amigos, não podem deixar de passar na Phases, uma boate de matinês adolescente que fica nas profundezas do San Fernando Valley. Lá vocês poderão deixar aflorar o seu lado punk e dançar como criaturas selvagens, jogando-se uns sobre os outros enquanto sacodem seus cabelos para todo lado.

PASSEIO DE BONDINHO:


Para quem gosta de viajar em família, uma dica imperdível é visitar o Monte Mitchell. Se vocês são mais radicais, podem caminhar até o cume. Se são mais preguiçosos, podem curtir um passeio de bondinho que dura nove minutos, onde aprenderão tudo sobre a região com um operador de teleférico muito engraçado. De dentro dele, vocês poderão observar troncos cobertos de liquens e musgo, flores silvestres roxas e cor-de-rosa, monardas delicadas e até mesmo um passarinho azul de penas fofas que poderia muito bem ser encontrado no dedo da Branca de Neve. À noite surgem os vaga-lumes, entre as sempre-vivas, piscando à luz fraca do sol poente, nos lembrando que a luz é algo que sempre retorna, independente da escuridão na qual nos encontramos.

BOA VIDA:


Agora, se vocês querem realmente descansar e se divertir, precisam se hospedar no Hotel del Arte Spa. Lá vocês poderão nadar em piscinas que possuem um bar dentro, relaxar na sauna ou na hidromassagem, jogar tênis, basquete ou golfe; passear nos jardins e até se aventurar em um labirinto com paredes de sebe construído em homenagem à filha do dono. Perfeito para aqueles que gostam de ter diversas atrações em um mesmo lugar.

DIVERSÃO ASSUSTADORA:


Para quem prefere uma diversão meio aterrorizante, não pode deixar de dar um pulo no Parque de Terror Itinerante Cheio de Mistérios, Magia e Aquilo Que É Melhor Não Ver. Lá vocês irão encontrar palhaços malignos espreitando na escuridão, usando luvas brancas manchadas de sangue. Tendas de lona esfarrapadas, balançando na brisa quente do verão. Crianças sinistras dando risadinhas e correndo entre as sombras. O labirinto de espelhos que mostra reflexos distorcidos e aterrorizantes. O homem cujas tatuagens rastejam por sua pele, o carrossel que volta no tempo, a mulher barbada munida com uma faca e a vidente que traz apenas más notícias. E adivinhem quem faz este parque funcionar? Mephit, um demônio poderoso que existe há mais de mil anos. Ele é o coração do parque, o responsável por alimentar a escuridão e imbuir nas atrações um ar perigoso, deixando os visitantes com os nervos à flor da pele. Imperdível, não é mesmo?

PARADO NO TEMPO:


Imaginem ficar preso no tempo, em que é sempre verão, calorzinho bom, em que estamos sempre de férias, em que não precisamos ir ao colégio, ou trabalhar, e podemos a cada dia fazer algo diferente. Que tal comer as comidas mais gordurosas e apetitosas todos os dias e não engordar? Ou jogar videogame o dia todo? Ou quem sabe ler o catálogo completo da biblioteca em ordem alfabética? Mas se preferirem, podem morgar na piscina. Gostaram? Então viagem para Lexington, em Boston, onde todos os dias é 4 de agosto.

E aí, para qual desses pontos turísticos vocês querem viajar e de qual manteriam distância?

Amanhã vou falar um pouco mais detalhadamente sobre Aconteceu naquele verão, não percam.

4 comentários

  1. Oi Mirelle!

    Ha!!!Que post mais gostoso de ler! rsrssrs
    Estou para entrar de férias com meu marido e seus posts não poderiam ter encontrado hora melhor!
    Vou anotar tudo com carinho e pensar nosso destino nesses férias! rs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Pases e a Muir Beach adoto como minha casa kkk mas passo longe desse parque de terror como boa medrosa que sou kk
    Gostei da ideia de fazer uma semana sobre o livro

    ResponderExcluir
  3. Mi!
    Comecei a ler os passeios de verão e já estava achando que não encontraria nenhum com que me identificasse...kkk
    Daí me deparo com esse belíssimo Hotel del Arte Spa e aí sim, me identifiquei totalmente para passar as férias... delícia!
    Em termos de viajar pela leitura, gostaria de conhecer todos os lugares.
    Desejo uma semana alegre e feliz!
    “Um saber múltiplo não ensina a sabedoria.” (Heráclito)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Mi, apesar da boca faminta adoraria lançar pedrinhas na enseada lance,dormir sob o céu estrelado também é uma boa pedida,esse acampamento 12 parece perfeito.Não iria na boate Phases,gosto de ambientes mais tranquilos ,amei a ideia do Hotel del arte spa andaria de bondinho e nada de parques aterrorizantes.😘❤

    ResponderExcluir