Resenha - Lobo por Lobo

Sinopse: "O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?"
Oi gente, aqui é o Leo, e hoje trago para vocês mais uma resenha em dupla, dessa vez com a Dreeh, do Blog Mais que livros. O legal deste tipo de resenha é que na parte da crítica vocês podem acompanhar a opinião de nós dois. Vamos lá:

Nessa realidade alternativa, o Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial e Hitler governa grande parte do mundo. No ano de 1956, está sendo organizada a nova edição do Tour do Eixo, onde 20 jovens devem atravessar de motocicleta a Europa, rumo à Tóquio, para obter a glória e a atenção do Imperador.

No ano anterior, quem venceu a corrida fora Adele Wolfe, uma jovem que se inscreveu na competição sob o nome do irmão gêmeo. Foi um choque para todos quando ela chegou ao fim e revelou ser uma garota, mas Hitler gostou de sua perspicácia e a elogiou, concedendo-lhe até uma dança no Baile da Vitória.

De outro lado temos Yael. Aos seis anos ela foi levada para um campo de concentração com a mãe. Lá, ela foi forçada a participar de experimentos genéticos, que tinham como objetivo alterar a sua etnia, transformando-lhe naquele perfil ariano que era tão valorizado pelo povo alemão.

Contudo, os experimentos deram mais certo do que se podia imaginar. Yael ganhou o poder de se metamorfosear em qualquer pessoa e isso a ajudou a fugir do campo de concentração. Após algum tempo, ela se juntou à Resistência, que planejava uma operação para livrar o mundo de Hitler.

Com o seu dom, Yael é uma chave importantíssima para o plano da Resistência. Eles desejam que ela se disfarce de Adele Wolfe para participar da nova edição do Tour do Eixo. Assim, Yael terá a chance de se aproximar de Hitler e matá-lo no Baile em frente às câmeras, para que a Resistência possa, enfim, se levantar. Mas para que isso aconteça, ela precisa vencer.

Determinada e fortalecida pelo seu passado e por aqueles que perdeu lhe incentivando, Yael dará o seu melhor para ser a campeã. Obviamente, as coisas não serão nada fáceis. Além dela, outros dois competidores estão correndo em busca da segunda vitória e eles não medirão esforços para tirá-la do caminho. Será Yael capaz de ultrapassar seus limites em nome de sua causa?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

LEO: A primeira vez que ouvi falar de Lobo por Lobo foi no encontro de parceiros da Companhia das Letras na Bienal do Livro e já fiquei imediatamente interessado. Gostei bastante da proposta da obra e já tinha ouvido maravilhas sobre a autora, mas não sabia muito bem o que esperar. Solicitei o livro e assim que tive a oportunidade me joguei na leitura. E devo dizer que a espera valeu a pena.

A escrita de Ryan Graudin é bem desenvolta, mas confesso que demorou a me prender. As primeiras sessenta páginas foram bastante morosas e já estava me perguntando se o que diziam acerca do exemplar não se passava de uma hype. Contudo, depois que engatei na leitura, não conseguia mais largar a história, de tão completamente envolvido que fiquei por querer saber o que iria acontecer.

DREEH: Narrado em terceira pessoa, sob a perspectiva da protagonista Yael, me apaixonei à primeira vista pela personagem e, apesar de me irritar com ela em alguns momentos, gostei bastante do rumo que ela foi tomando dentro da narrativa. Yael tem sangue frio e aquele jeitinho badass que eu tanto gosto, mas ao mesmo tempo é muito sofrida e tem um bom coração que a impedem de tomar atitudes inescrupulosas.

Os outros personagens também são bem caracterizados e têm a sua importância dentro da trama. De longe meu favorito foi Felix Wolfe, o irmão de Adele. Ele resolve participar da corrida para tentar convencer a irmã a desistir, sem saber que na verdade ela é Yael. Felix é gentil, atencioso e faz de tudo pela irmã, mesmo que isso vá contra aquilo no qual que acredita, apenas para protegê-la.

LEO: O personagem de quem eu mais gostei foi Luka Löwe. Ele é uma espécie de interesse romântico de Adele e um de seus maiores adversários na competição. Luka tem um jeitinho bad boy, daqueles que não se importa com nada, mas no fundo tem um coração de ouro e uma valentia invejável. Amei a forma como a autora o construiu e também desenvolveu a sua relação com Yael.

A única coisa que me incomodou na escrita foi o excesso de detalhes a respeito da corrida. Entendo que ela era um aspecto muito importante para o desenvolvimento do texto, mas eu, particularmente, cortaria umas vinte páginas que falam apenas sobre as estradas e as paisagens. Muitas vezes estava empolgado com alguma reviravolta, ansioso pelo próximo capítulo, e me deparava com uma cena descritiva que me desanimava.

DREEH: O final foi alucinante e precisei tirar o chapéu para a autora. Mais ou menos na metade do livro a hipótese desse desfecho passou pela minha cabeça, mas ver tudo sendo descrito ali foi bem surpreendente. Graudin conseguiu construir todo o clímax de uma forma única e deixar um importante gancho para a continuação, pela qual estou muito ansiosa.

Sobre a edição física, mais uma vez a Editora Seguinte deu um show. A capa nacional é lindíssima, com vários lobos desenhados em tons de cinza em um fundo laranja, que chama bastante a atenção. A diagramação é simples, as páginas são amareladas e a fonte é grande. A revisão está ótima, mas encontrei alguns errinhos durante a leitura que espero serem corrigidos na próximas edições.

LEO: Lobo por Lobo é muito bem escrito, com um enredo intrincado e de tirar o fôlego, super recomendo a todos e não vejo a hora de Blood for Blood, segundo volume da duologia, ser lançado aqui no Brasil. Vale muito a pena!

Lobo por Lobo - Ryan Graudin
Livro 01
Série Wolf by Wolf
Editora Seguinte
360 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon
Nota 4

11 comentários

  1. Oi Leo, eu vi esse livro esses dias e fiquei super empolgada para iniciar a leitura. Achei a proposta do livro mega interessante e um tanto original até.
    Espero gostar.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Achei a ideia dele bem boa, mas não tinha visto resenha ainda. Gostei, parece que ele surpreende. Mas também parece ter um certo excesso de detalhes em algumas partes. Hum...será que fica chatinho de ler? Talvez não, talvez seja ainda melhor por isso. Parece ser bom de acompanhar de toda forma, uma leitura que flui e que deixa satisfeito ao terminar.

    ResponderExcluir
  3. Primeira resenha que leio sobre a obra e confesso que me deixou super animada pra ler o livro.
    Parece ser uma história eletrizante e surpreendente.
    Não leio muitos livros do gênero, mas esse fiquei com vontade :)
    Espero conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Leo/Dreeh!
    Já gostei de saber que o livro é ambientado na segunda guerra.
    E depois ver ficção misturada em um evento histórico real, me conquistou ainda mais, porque se transformar em Adele e tentar matar Hitler na frente de todos, não deve ser fácil.
    Mas quem não queria dar um tiro nele?
    Adoro detalhes e corridas de moto, me sentiria bem confortável acompanhando a leitura.
    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oi Leonardo! Oi Dreeh!
    Tbm ouvi falar sobe esse livro no encontro e blogueiros da editora na bienal, mas como estou empenhada em completar minha coleção dos livros do King, nem pensei em pedi-lo....
    Mas, gostei muito da resenha de vocês, e mesmo com os poucos pontos negativos, quero conferir tbm!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Aparentemente parece uma ideia bem boa!
    O bom de saber que o livro engata depois de um tempo, é que ai a gente empurra pra ver se irá gostar rs.

    Espero ler um dia.

    Abraços, Isis

    ResponderExcluir
  7. Olá, mesclar a ficção com um momento histórico importantíssimo e de suma relevância requer uma extrema competência e fico feliz que o autor não só escreveu uma trama coerente e criativa mas também muito prazerosa (quem não quer matar Hitler?). Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante da resenha. Achei interessante ela ser feita por duas pessoas pois realmente temos dois pontos d vista. E é interessante ver as diferenças nas opiniões. A resenha está ótima, mas confesso q o livro não me atraiu não rs

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Gostei muito da resenha, ficou super interessante a opinião de vocês. Não conhecia o livro, mas espero ter a oportunidade de conferir! Gosto de enredos que trabalham com um enfoque histórico.
    Dica anotada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. eu adoro resenhas duplas é tão legal!!
    ver duas opiniões ao mesmo tempo
    eu estou super curiosa com esse livro parece ser bem diferente
    sem falar na ideia de trabalhar "e se"
    pelo menos vc já avisou das descrições se eu for ler tentar vencer isso ;)

    ResponderExcluir
  11. Não tinha ouvido falar do livro, mas fiquei bem curiosa depois de ler a resenha. Muito interessante a temática do livro, acho que não conheço nenhuma história que use como premissa um fato histórico alterado. E esse certamente seria um bom livro pra começar com realidades alternativas.

    Abraços :)

    ResponderExcluir