Resenha - Filme Cada um na sua casa

Resenha - Filme Cada um na sua casa
Sinopse: "E em “Cada Um Na Sua Casa”, quando a Terra é invadida pelos confiantes Boov - uma raça alienígena em busca de um novo lar - todos os humanos são prontamente deslocados, enquanto os Boov se ocupam de organizar o planeta. Porém uma esperta garota chamada Tip (voz de Rihanna) consegue evitar ser capturada e acidentalmente transforma-se em cúmplice de um Boov exilado chamado Oh (voz de Jim Parsons). Os dois fugitivos percebem que há muito mais em risco que um simples dano às relações intergaláticas e embarcam na aventura de suas vidas."
Oh era um alienígena solitário que sonhava em fazer amigos e ser aceito pelos seus semelhantes, mas em todo lugar que ele ia, era recepcionado com um "oh", que poderia ser traduzido como: "Ai que saco, ele chegou para incomodar de novo.", sentimento este que originou seu nome.

Sua raça, os Boov, eram famosos por serem covardes e terem uma capacidade excelente de fugir, e foi por isso que eles chegaram à Terra. Seu líder, um Boov muito narcisista, lhes disse que os humanos eram seres inferiores e que precisavam muito da ajuda deles. Assim sendo, optaram por bani-los a uma região remota do planeta, que possuía uma super infraestrutura para acolhê-los, e colonizaram o resto, certos de que agiam para o bem. Mas nós não concordávamos com isso.

Para a gente, os Boov eram invasores, responsáveis pela destruição e separação de muitas famílias. Era exatamente assim que Tip se sentia, principalmente depois de terem levado a sua mãe para longe. Acompanhada apenas de Porquinho, seu gato, e de um carro, Tip estava determinada a encontrar Lucy.

Quando o destino de Oh e Tip se cruza, ambos vão descobrir que às vezes, a ajuda da qual precisamos vem de onde menos imaginamos.

Querem saber o que vai acontecer? Então vejam.

***

Eu sempre tive vontade de assistir a esse filme, desde o seu lançamento, mas como a Úrsula não para um só minuto, ver TV tem se mostrado uma tarefa hercúlea.

De uns tempos para cá, Úrsula tem me pedido para ver desenho no celular quando estamos na cama, e eu só tenho três no meu aparelho, por conta da pequena memória. Simplesmente não aguento mais assistir aos mesmos programinhas, por isso pensei, "vou abrir o Netflix e ver o que acho por lá".

O primeiro longa recomendado era o Cada um na sua casa, e me espantei que mesmo tendo mais de 1h de duração, a Úrsula assistiu a ele quase todo comigo, riu em várias partes e gritou um monte, toda vez que algum personagem gritava.. kkk.

Inicialmente, fiquei encantada pela animação e pela riqueza de detalhes dos personagens. Oh é apaixonante, mesmo com seu jeito sem noção de ser, que o faz cometer erros de vez em sempre.

Fiquei chateada pela negligência dos outros para com ele e não entendi o porquê de o evitarem tanto. E isso me fez refletir acerca de quantas vezes afastamos pessoas por as julgarmos mal ou por as considerarmos diferentes da gente.

Tip é uma menina de fibra que, mesmo nova e separada da mãe, não desiste nem por um segundo de encontrá-la, e Oh acha que sabe como. E deste relacionamento improvável nasce uma amizade que fez cair lágrimas dos meus olhos.

Com um final emocionante e digno de aplausos, Cada um na sua casa trata sobre sentimentos importantes que se encontram meio esquecidos: a coragem, a esperança e a amizade, que é tão importante para sobrevivermos.

Uma produção linda e divertida que irá encantar adultos e crianças. Super recomendo.

TRAILER


Título original: Home
Roteiro: Adam Rex, Matt Ember e Tom J. Astle 
Direção: Tim Johnson 
94 minutos
Nota 5

12 comentários

  1. Tá aí um filme bem interessante para se assistir com crianças então! Elas devem se divertir bastante.
    Não sou muito de ver filmes assim, mas acho legal pelas mensagens que passam. Tanto para o adulto que entende direitinho, quanto para a criança que vai aprendendo, isso é bem interessante de ver e fica um programa bem legal ^^

    ResponderExcluir
  2. Tenho o bonequinho do personagem principal, ganhei no McLanche Feliz, haha!
    Acho tão foooofo <3
    A história do filme parece ser bem gostosinha e animada.
    Adoro filmes nesse estilo. Já quero assistir. Com certeza!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi Mirelle, nossa, faz tempo que eu assisti esse filme, nem lembrava dele. Eu lembro que amei o filme, achei o Oh bem fofinho e o filme lindo!
    Adorei relembrar a história.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Que fofura! Amo animações! Vou fazer questão de assistir com a minha filha, se é que ela já não assistiu! rs.

    Beijos, Isis
    www.isistomie.com
    www.elefantevoador.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Mirelle!
    Já estou pensando em ver o filme com minha priminha! Ela já assistiu tudo quando é filme, mas acho que como esse é novidade ela ainda não assistiu :)
    Obrigada pela mega dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Mi!
    que filme maravilhoso! Adoro animações infantis e com um protagonista tão atrapalhado e até certo ponto inocente, não tem como não se apaixonar.
    O maior termômetro é a Ursula...kkkkkk
    “O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. eu adoro esse filme!
    o oh é muito fofo!!! e o gato!
    a úrsula não está na fase de assistir o mesmo filme trinta vezes?
    meu irmão fazia isso, além de gritar e conversar com os personagens

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu AMO animações pois com suas histórias sempre de finais felizes tiramos muitos aprendizados. Já está na listinha. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Own q amor... Fico imaginando a carinho dela. A criança q vive em mim, ama uma boa animação. Vou assistir com certeza. Já tinha visto ele. Agora tô mais animada em asaistir

    ResponderExcluir
  10. Oi Mirelle!

    Adorei sua resenha! Esse filme é lindo demais! rsrsrsrsr

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mi!
    Amei a resenha! Adoro animações. Claro que já assisti e também super recomendo.
    A mensagem do filme é muito bonita e os personagens são fofos, me cativaram!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não assisti esse filme, mas lembro quando ele foi lançado, pois acabei comprando um McLanche Feliz que vinha um dos bonequinhos do filme kkkkk Não sabia do que se tratava a história, mas agora que li sua resenha fiquei bem curiosa, pois parece uma ótima animação. Vou procurar na Netflix nesse final de semana.

    Abraços :)

    ResponderExcluir