Resenha - Como se fosse magia

Sinopse: "Eva nasceu com o dom de passar todos os seus sentimentos para o papel, e com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora, ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com bloqueio criativo há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem idêntico a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é. Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas mesmo com dificuldade em acreditar, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que, às vezes, para que duas pessoas se encontrem, mundos inteiros são capazes de colidir."
Eva era uma escritora de sucesso. Com apenas 5 anos de carreira, já havia escrito 10 livros, tinha uma legião de fãs e morava em uma cobertura perto do Parque Ibirapuera, em São Paulo. Uma pena que a sua inspiração resolveu lhe deixar justo quando estava precisando finalizar mais um trabalho.

Não adiantava, era oficial, por mais que Eva tentasse, seus personagens haviam lhe abandonado, e não tinha santo, e nenhum ritual que ela gostava de fazer, para trazer-lhes de volta.

Certa noite, Eva presenciou um assalto e, assim que julgou seguro, tratou de socorrer a vítima que jazia desacordada no chão. Para seu total espanto, o homem caído à sua frente era exatamente igual a Enzo, o protagonista dos seus romances de maior sucesso, por quem ela sempre suspirou. Como isso poderia ser possível?

Ele havia perdido a memória e Eva era tudo o que ele tinha de familiar naquele momento tão conturbado em sua vida. Tocada pela situação do homem, Eva decidiu ajudá-lo, mas precisava ser honesta com ele acerca de suas suspeitas.

Seria ele Enzo, seu personagem que de algum jeito havia se teletransportado para o mundo real? Ou estaria Eva enlouquecendo de vez?

Em meio a mistérios, dúvidas e muito romance, Eva irá descobrir que a vida também pode ser mágica e que ela igualmente tem direito a um final feliz.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Este foi o primeiro livro que li de Bianca Briones, depois de muita insistência dos meus amigos, e fiquei encantada com a escrita divertida e delicada da autora.

Fui tocada pelos traumas de Eva, que a vida toda foi taxada de maluca, principalmente por seus pais, pelo simples fato de ter uma mente muito fértil a ponto de ver e conversar com seus próprios personagens.

Insegura e azarada no que diz respeito aos envolvimentos amorosos, Eva sempre foi amparada por seus gatos e seu melhor amigo, Thiago, o BFF que todo mundo um dia sonhou em ter.

Quando Enzo entrou em sua vida, destrancou diversas portas que estavam emperradas, impedindo seu processo criativo fluir, e quando tudo voltou aos eixos, foi simplesmente lindo de ver as suas histórias tomando forma.

Não conheço Bianca intimamente, mas tive uma forte sensação de ter muito dela ali na obra. Foi interessante acompanhar mais de perto a vida de uma escritora, seus desafios, as dificuldades relacionadas ao mercado editorial e, principalmente, seu modo de escrever um livro.

Tenho certeza de que a autora também enxerga e fala com seus personagens e deve ter uma sala de espera cheia, assim como Eva, de pessoas buzinando em seu ouvido exigindo atenção.

Um dos elementos que mais sustentou o enredo foi o mistério acerca do homem desmemoriado e suas origens. Bianca solucionou esse problema de maneira tão mágica e incrível que o título do exemplar realmente não poderia ser diferente.

Quanto à edição, está impecável. A Editora Gutenberg caprichou. Com uma capa bem romântica e uma diagramação fofa, Como se fosse magia nos mostra que a vida vira e mexe gosta de nos pregar peças, e que às vezes a ficção remonta à realidade, e que, assim como nos contos de fadas, todos temos direito ao nosso felizes para sempre.
 
Como se fosse magia - Bianca Briones
Editora Gutenberg
208 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon
 
Nota 4

12 comentários

  1. Qual o segredo essa Eva para escrever 10 livros em 5 anos? Tipo, uma media de 2 livros por ano! Eu mal to conseguindo acabar um! De qualquer maneira, tenho visto alguns livros da Bianca e opiniões positivas a respeito, Como se fosse magia é o que eu mais quero ler exatamente pelo fato da personagem também ser escritora. Adorei saber sua opinião.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dessa ideia do livro e pelo que vejo falando é mágico mesmo. A história ficou leve, gostosa, mas também com momentos dramáticos e fofos. Bem equilibrada. E de personagens parece que é muito bom também, com a protagonista bem real, a gente parece poder imaginar ela existindo, e um mistério pra nos deixar ali tentando descobrir o que está acontecendo. Achei muito bom. E também não li nada dela ainda, então acho que esse seria um ótimo livro pra começar ^^

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante da escrita da Bianca e estou bem curiosa pra conhecer essa nova história dela.
    Parece ser uma leitura delicinha e super apaixonante.
    Tenho certeza que a Bianca arrasou nesse livro também.
    Espero adquirir essa obra em breve, estou super animada pra ler!
    A capa está super caprichada mesmo, adorei também :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Mi!
    Também não li nada da Bianca ainda, mas tenho a maior vontade, só pelos elogios que leio.
    Nada como uma autora criativa para produzir uma história mágica.
    Fiquei foi com vontade de acompanhar o drama de Eva e todo relacionamento que trava com o desmemoriado Enzo e claro, saber como tudo termina.
    “Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás.” (Sabedoria oriental)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mirelle!

    O comecinho me lembrou muito o livro da Samanta Holtz, onde uma escritora de sucesso tbm ajuda um homem sem memória, mas foi só isso! Eva parece ser bem diferente de Malu! rsrsrsrs

    Gostei muito da resenha e espero lê-lo e gostar tanto qto vc!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada da Bianca tb. Acho q vou começar por esse....

    ResponderExcluir
  7. Olá, com uma premissa criativa e bem elaborada como a deste livro fica impossível não ter vontade de ler, ainda mais com essa capa super fofa. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mirelle!
    Já li outras obras da autora e queria muito ler esse livro, fiquei mais interessada ainda depois do que você contou, pois ele parece ser bem diferente do que autora publicou até agora, acho que nesse livro a escrita da autora parece estar muito mais madura pelo que você escreveu e fico feliz com isso pq já estava enjoada do outro estilo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Não conheço a autora e bateu uma certa curiosidade quanto ao enredo. Pelo que você descreveu, lembrou muito a série "Once Upon a Time". É algo parecido?

    Abraços, Isis
    www.isistomie.com
    www.elefantevoador.com

    ResponderExcluir
  10. ainda não li nada da bianca, mas todas as resenhas são positivas
    achei interessante a trama ser de uma escritora e mais ainda dela conversar com os personagens
    deve ser como ter livros dentro dos livro

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Ainda não li nada da autora, mas pretendo conhecer sua escrita. E esse parece ser um ótimo começo. Acredito que será uma leitura bem envolvente.
    Resenha perfeita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Já ouvi muito falar da Bianca Briones, que os livros dela são muito bons, mas nunca li nada da autora. Fiquei curiosíssima com essa história, o livro parece ser muito bom, e do tipo que adoro ler. Vou colocar na lista de desejados e tentar ler assim que puder comprar.

    Abraços :)

    ResponderExcluir