Dica de filme - O vendedor de sonhos

Sinopse: "Salvo pelo Mestre do alto do prédio do qual iria se jogar, Júlio César acompanha este intrigante homem em sua jornada pela cidade para levar ajuda, esclarecimento e esperança às pessoas. Mas ambos vão ter que enfrentar as consequências das escolhas que fizeram no passado para reconquistar seu presente e construir um futuro mais feliz. Com direção de Jayme Monjardim (Olga, O Tempo e O Vento) e roteiro de L.G. Bayão (Ponte Aérea, Irmã Dulce, Heleno), adaptado do best seller de Augusto Cury, O Vendedor de Sonhos acompanha o inesperado encontro do psicólogo Júlio César (Dan Stulbach, de Tempos de Paz, A Suprema Felicidade) com o Mestre (César Troncoso, de O Banheiro do Papa, Infância Clandestina)."
Direção: Jayme Monjardim.

Elenco: Dan Stulbach, Cesar Troncoso e Thiago Mendonça.

E aí pessoal, hoje trago para vocês mais uma dica de cinema nacional, que estreou dia 08 de dezembro e que é uma adaptação cinematográfica do livro de mesmo nome, do famosíssimo autor Augusto Cury, uma pessoa que eu tanto admiro.

Tive a oportunidade de conhecer seus textos por meio de O Futuro da Humanidade, que tocou o meu coração. Cury tem a habilidade de nos envolver em histórias emocionantes, que bem podiam ser verdade, e nos ensinar diversas lições sobre humildade, amor ao próximo e a si mesmo.

Lançado em 2008, O Vendedor de Sonhos - O Chamado é o primeiro de uma trilogia que contempla ainda O Vendedor de Sonhos e A Revolução dos Anônimos, de 2009, e O Semeador de Ideias, de 2010- com mais de 2,5 milhões de exemplares vendidos desde então.


Já no prefácio, Augusto Cury conta sobre este volume: 

“Há livros que saem do cerne do intelecto; outros saem das entranhas da emoção. ‘O Vendedor de Sonhos’ saiu dos recônditos desses dois espaços. Sonho que este livro possa ser lido não apenas pelos adultos, mas também pelos jovens, pois penso que muitos deles estão se tornando servos passivos do sistema social. Tornaram-se, apesar das exceções, consumidores de produtos e serviços, e não de ideias. Todos querem uma vida regada a emoções borbulhantes. Alguns pagam muito dinheiro para consegui-las, mas vivem angustiados. Outros se desesperam em busca de fama e reputação, mas morrem entediados. Outros ainda escalam íngremes montanhas para ter algumas doses de aventura, mas elas se dissipam no calor do dia seguinte. Na contramão da massacrante rotina social estão os personagens deste romance. Eles viverão altas doses de adrenalina diariamente. Entretanto, o ‘negócio’ de vender sonhos tem um alto preço. Por isso, riscos e vendavais os acompanharão”.  


Sobre a inspiração para o livro, Augusto Cury afirma que fez, ao longo de sua carreira, mais de 20 mil sessões de psicoterapia e consultas psiquiátricas e, portanto, conheceu personagens incríveis. “Eu construí uma saga, uma história, que retrate a alma, a dor, a angústia, as lágrimas que foram choradas e que nunca tiveram a coragem de ser encenadas no teatro do rosto”. ‘O Vendedor de Sonhos’ mexeu com as raízes da minha alma, quando eu o escrevi, eu objetivava que ele levasse as pessoas a fazer a mais importante viagem, uma viagem para dentro de si mesmas”.

O produtor LG Tubaldini Jr leu o livro há alguns anos e sentiu-se tocado pela narrativa. “Eu gostei muito do livro, mas na ocasião estava com muitos projetos na mesa e ainda não tinha encontrado o diretor que poderia adaptá-lo para o cinema. Levar um livro para a tela é um grande desafio, principalmente porque há, no caso de ‘O Vendedor de Sonhos’ em especial, milhões de pessoas que leram o leram e têm uma expectativa própria de como o filme deve ser. Escolher o diretor para fazer a adaptação era algo muito sensível”, lembra o produtor.  O tempo passou, e foi então que através de uma coincidência mágica - a primeira das muitas que marcaram vários momentos da gravação - começou a se manifestar. O produtor Tubaldini foi apresentado a Augusto Cury em um evento social e logo depois surgiu o nome de Jayme Monjardim para a direção. Dali em diante as conversas sobre levar o best-seller para as telas de cinema avançaram rapidamente.


Apesar de não ter lido esta obra em específico, mal posso esperar para assistir ao longa, que conta com um elenco de peso e que teve a sua produção acompanhada de perto pelo autor.

TRAILER

7 comentários

  1. oi Mi, o filme ainda não estreiou por aqui, mas quero muito ver
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Me bateu uma super vontade de ver o filme depois do que li aqui.
    Parece ser uma história muito emocionante e com uma lição imensa né?
    Podemos aprender muitas coisas lendo, assistindo essas obras, acho isso bacana demais.
    Não li nenhuma obra do Cury, mas confesso que tenho interesse em algumas.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Ai Mi!
    Como adoro os textos do Augusto Cury, são sempre bem inspiradores e ver um filme baseado em um dos seus maiores livros, deve ser maravilhoso!
    Preciso ir assistir, sem contar que amo o Dan!
    “O verdadeiro sentido do Natal não está nos presentes e nem no papai noel, mas sim no nascimento de Jesus Cristo, que veio ao mundo para nos libertar do pecado e ser o nosso único salvador!” (Andréia Godoi)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi, estou querendo assistir esse filme no próximo final de semana. Pretendo levar meu pai para ver o filme já que ele gosta de histórias assim. Nunca li nada desse autor, e dependendo de como for o andamento da história, isso pode mudar.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Oi Mirelle!

    Eu já li esse livro e adoro! É um dos poucos de auto-ajuda que me conquistou e que é um dos meus preferidos!
    Estou bem curiosa para conferir o filme tbm, adorei o trailer. Parece estar vem fiel ao livro!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Acredita que eu nunca li nada do Augusto Cury? O filme parece ser bem interessante, dado ao título. Assisti o trailer e gostei bastante.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  7. que trailer maravilhoso, eu não sabia da existência do livro e nem que o filme seria lançado, mas o trailer realmente me conquistou, o filme parece ser ótimo, só de ouvir as frases ditas me senti realmente tocada, parece ser um livro que traz muita reflexão mesmo, eu adorei !!

    ResponderExcluir