Resenha - Legado

Resenha - Legado
Sinopse: "Silo apresentou o abrigo e seus habitantes. Ordem contou a história de sua formação. Legado relata sua ruína. A batalha pelo Silo já foi vencida. A guerra pela humanidade só está começando. É um tempo em que, para sobreviver, os humanos precisam se manter em cidades subterrâneas, aprisionados, sem ligação com o mundo lá fora. Esse é o universo de Silo, a série de ficção científica e fantasia escrita por Hugh Howey. Juliette, uma operária nascida nos subterrâneos, é a heroína da trama apocalíptica. Em Legado, ela se torna prefeita do Silo 18, que está se recuperando de uma rebelião. Seu governo encontra grande resistência por causa da controversa escavação para resgatar os supostos sobreviventes do Silo 17, uma empreitada vista com desconfiança que está espalhando o medo entre os moradores do Silo 18. Como se isso não fosse um desafio grande o bastante, Juliette também recebe transmissões de Donald, a voz que alega ser líder do Silo 1 e está disposta a ajudar — mas também é capaz de fazer ameaças horríveis. Talvez Donald não seja o monstro que Juliette vê. Quem sabe ele não é a peça-chave para a salvação de toda a espécie humana? Mas será que ainda há tempo? No último volume da série Silo, as escolhas de Donald e Juliette podem mudar o mundo… ou extingui-lo de vez. Silo teve os direitos de publicação negociados para mais de 20 países e os direitos cinematográficos adquiridos pela 20th Century Fox."
ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores. Leiam por sua conta e risco!
 
Depois de voltar do exterior após descumprir uma ordem de limpeza, Juliette confirmou as suas suspeitas de que não estavam sozinhos no mundo.

Ali fora, em meio às colinas, existiam outros silos iguais aos deles, também vivendo na mais completa ignorância, sendo manipulados por diversos medos que foram incutidos na população, temores esses que os cegavam e os faziam seguir as regras sem nem questionar.

Mas Juliette estava farta desse sistema opressor e tirânico, e queria abrir os olhos do povo de uma vez por todas. Assim sendo, bolou alguns planos de ação: decidiu que escavaria até o Silo 17 para resgatar Solo e as crianças, e com isso já provaria o seu ponto de que não eram os únicos sobreviventes do planeta; e resolveu voltar para o exterior para coletar amostras e analisar o quão comprometido estava o meio ambiente, quantificando as suas chances de sobrevivência fora do silo.

Juliette queria ir em busca da verdade e expô-la aos seus conterrâneos, para libertá-los, contudo, não imaginou que tal empreitada fosse ser tão difícil e que lhe custaria tanto.

As pessoas se revoltaram, literalmente. Estavam cansadas do discurso insano de Juliette e do barulho incessante da escavação. Além disso, estavam apavoradas que tamanha ousadia e imprudência da Prefeita pudesse matá-los, e eles não estavam totalmente errados.

Enquanto isso, no Silo 1, Donald continuava tentando ajudar Lukas a descobrir os segredos contidos no servidor, mas sabia que era questão de tempo até morrer ou ser capturado.

Logo Thurman ficou sabendo de sua traição e tomou as providências necessárias para conter o levante e silenciar o Silo 18. Agora cabia apenas à Charlotte levar o plano do irmão adiante.

Ela precisava desvendar se a região ao redor já voltara a ser habitável e encontrar um meio de boicotar o Silo 1 para deixar os outros silos viverem em paz, sem mais riscos de serem desligados caso perdessem na loteria da vida.

Será que ainda há esperanças para a humanidade?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Desde que soube que Legado, o volume final da trilogia Silo, seria lançado, as minhas mãos ficaram coçando para descobrir o que ia acontecer com o futuro da humanidade.

Se eu pudesse definir o livro em uma só palavra eu diria que ele é tenso, muito tenso, e isso dificultou a minha leitura. Explico: a minha vida tem sido tão conturbada e atribulada ultimamente que eu mal tenho tempo de ler, e quando posso, não estou a fim de me estressar com o enredo, como ocorreu com Legado.

Aconteciam coisas tão ruins na trama, e uma atrás da outra, que eu já estava ficando revoltada, com vontade de jogar o livro longe. Poxa Hugh, nós entendemos a mensagem que você quis nos passar de como o mundo pode ser cruel e injusto, mas manera né?

O que me fez seguir em frente foi a minha enorme curiosidade para desvendar os segredos dos silos, mas nesse quesito o autor ficou nos devendo.

Ok que não ajudou eu ter lido Legado sem me lembrar de nada dos exemplares anteriores, ficando completamente perdida no texto, mas tive a forte sensação de que muitas informações nos foram negadas, e acho que Hugh fez isso de propósito, a julgar pela nota final contida na obra, fazendo menção ao fato de que nem tudo precisa ser escrito e que podemos imaginar o que queremos para as páginas em branco.

Quanto ao desfecho, foi emocionante a ponto de meu coração pular da boca. Ao menos tudo acabou bem, e não poderia ter sido diferente.

Narrado em terceira pessoa novamente de maneira intercalada entre os silos e os personagens principais, Hugh reitera o seu alerta a respeito do sistema de governo atual, a luta pela verdade, e a busca pela esperança de se viver em um mundo melhor, quebrando amarras, paradigmas e se rebelando. Além disso ele enfatiza muito a necessidade da mulher ir atrás da sua voz e do seu lugar na sociedade, tantas vezes sufocada pelo sistema patriarcal.

Legado é uma história forte, de difícil leitura, bem adulta, já que conta com diversas críticas e convites à reflexão, e que não é tão fictícia assim, porque nada do que foi descrito ali é impossível de acontecer, por isso recomendo muito a leitura e torço para que a Intrínseca traga mais títulos do Hugh para o Brasil.

Legado - Hugh Howey
Livro 03
Trilogia Silo
Editora Intrínseca
368 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon  

Nota 5

12 comentários

  1. Eu adorei sua resenha, e odeio quando espero de um livro pra apenas me sentir frustrada. Eu também odeio quando as revelações que deveriam me surpreender são obvias no estilo de novela da globo.
    Eu ainda não li Silo, está entre as minhas leituras futuras, mas eu gostaria de gostar de ordem e de silo.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico!!! Esse livro é maravilho, fechou a história com chave de ouro. Não conseguir largar de ler... Sem falar no final que foi perfeito né?


    ResponderExcluir
  3. Oi Mirelle, que bom que você avisa aos leitores quando pode contém spoilers. Fico muito brava quando o povo não avisa. Vou procurar os livros anteriores para me inteirar.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Confesso que já tinha visto sobre essa trilogia, mas bem por cima, olhava as capas e não dava muita bola sabe!
    Mas nunca tinha parado pra ler certinho o que ela retratava.
    Sua resenha sobre esse terceiro livro me deixou bem curiosa, a ponto de ir buscar saber mais sobre o primeiro.
    E eu já coloquei na minha listinha de leituras.
    Parece ser uma história incrível, já quero conhecer essas obras.
    Agradeço por essa resenha maravilhosa e dica :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Oi Mirelle!!

    Eu tenho primeiro livro mas ainda não o li. Todas as resenhas que li, falaram super bem, e como eu adoro uma distopia, não poderia deixar de tê-lo na minha estante. Acho que no ano que vem vou conseguir tempo para ler tudo o que quero, aí vou saber se a história dessa série é boa mesmo!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Mi!
    Ando correndo também de livros tensos e que exigem uma certa carga emocional. Ando preferindo livros mais tranquilos e inspirativos.
    Ainda assim, em algum momento futuro, quem sobe lerei? É que achei interessante o enredo e se é tão próximo a nossa realidade e nos remete a reflexões, vale sempre a pena.
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Resenha perfeita, obrigada!
    Quero muito ler essa série de livros. Tenho ótimas expectativas e espero poder conferir em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livros, mas fiquei bem empolgada com eles.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mi!
    Eu desejei Silo desde o lançamento do primeiro livro, mas acho que com os outros volumes a empolgação diminuiu por eu não ter visto tantos elogios pra trilogia como um todo... Ainda tenho muita vontade de ler, mas no momento não é prioridade.

    ResponderExcluir
  10. No momento, to lendo mais ficção científica, então essa trilogia me interessou muito, mas achei umas partes meio confusas, e se é tenso demais, não sei se eu iria gostar kkkkk
    Mas vou tentar dar uma chance!!
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Muito interessante a história, a humanidade vivendo sob a terra em comunidades uma pena ser tenso um livro que encerra uma série, acho que este eu esperarei os filmes pra então partir pros livros caso venha a gostar

    ResponderExcluir