#Esquenta! - A Química, de Stephenie Meyer

#Esquenta! - A Química, de Stephenie Meyer
E aí pessoal, estão sentindo um calorzinho no ar? Então cuidado para não se queimarem, pois estamos de volta com mais um #Esquenta! para botar fogo na galera! 

Quem aqui já ouviu falar de A Química, o mais novo lançamento da Editora Intrínseca, escrito pela Stephenie Meyer? Pois é gente, a titia Meyer está de volta, com uma obra bem diferente dos seus padrões, deixando muita gente no mínimo curioso para saber o que vão encontrar.

Mas se vocês moram em outro planeta ou são leitores recentes e nunca ouviram falar de Stephenie Meyer, não faz mal, pois vou atualizar vocês!


Stephenie Meyer nasceu em 1973 e se formou em 1995 no curso de literatura. Dez anos depois, escreveu Crepúsculo, sua primeira obra de ficção, que simplesmente arrebatou os leitores do mundo todo, lhe rendendo milhões em cópias vendidas e um contrato de adaptação cinematográfica.

Meyer diz ter sonhado com a saga, que mostrava uma jovem por quem um vampiro não só tinha se apaixonado, como também desejava seu sangue. Mórmon de criação, Stephenie comenta nunca ter pensado em vampiros antes e alega que eles a escolheram. Para uma jovem escritora, sem experiência, ela concluiu seu primeiro romance em apenas três meses, garantindo um acordo para os próximos três volumes pelo valor de $750 mil dólares. Uma bagatela, não é mesmo? #sqn


Depois de Amanhecer, último volume da série, os fãs ficaram desesperados por mais. Eu fui uma delas, que não aceitava não ver mais Bella e Edward por aí. Pensando nisso, Meyer nos preparou uma surpresa que parou o coração de muita gente, um outro exemplar, escrito sob o ponto de vista de Edward, a respeito do que aconteceu no primeiro tomo da coleção. Eis que surgia Midnight Sun que, infelizmente, nunca viu a luz do dia. Por conta de um vazamento de seu texto, Stephenie cancelou o projeto e arrasou com os ânimos de muita gente. Eu tive a oportunidade de ler uma tradução livre dos poucos capítulos escritos por ela e posso dizer que não só amei, como consegui entender muito melhor as pretensões e temores de Edward para com Bella.

Talvez para aquietar os fãs e dar um presente de consolação, a autora publicou A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, também trazido ao Brasil pela Intrínseca. Considerado um spin-off, nele temos contato com a vida muito mais sombria e violenta dos vampiros. Vale bastante a pena ler.


CREPÚSCULO - AME OU ODEIE:

Crepúsculo se tornou um fenômeno tão grandioso que dividiu a opinião das pessoas, inclusive daquelas que nunca leram ou viram os filmes, mas que não demoram a se posicionar sobre a trama.

Há quem idolatre os personagens e busque por uma história de amor tão romântica quanto a de Edward e Bella. Há quem veja problema na construção desse relacionamento, tão irreal, que foi capaz de destruir muitos namoros e casamentos. Há também aqueles que abominam Bella e a julgam um ser amorfo, submisso e sem personalidade, criticando a autora por ter desenvolvido uma menina tão sonsa como ela.

Independente do que dizem, é inegável o sucesso da saga, que se tornou franquia e foi responsável pela venda de inúmeros produtos que decoram as casas dos leitores. Eu mesma possuo diversas versões das obras, pois adoro ter diferentes tiragens de um livro que amo, e edições para colecionadores, como o diário da diretora do primeiro filme e guias das adaptações cinematográficas. Dos fanáticos, acho que a pessoa que mais tem artigos da série é a Barbara Sá, do Segredos Entre Amigas. Ela já fez vários posts e vídeos falando sobre isso.


FANFICTIONS:

Crepúsculo também foi responsável por inspirar diversas fanfictions no mundo literário. A mais famosa dela é o Cinquenta Tons de Cinza, de E. L. James, que se utilizou da história construída por Meyer para dar vida ao sádico Christian Grey. Para quem tiver a oportunidade de ler a narrativa original, perceberá que a fanfic levava os nomes dos personagens de Crepúsculo. Lá vocês verão uma Bella e um Edward bem mais passionais e apimentados. É uma experiência interessante.


E. L. James não só seguiu os passos da sua musa inspiradora, como fez o que Meyer deixou de fazer: escrever um livro sobre o ponto de vista de Christian, expondo a sua visão sobre o primeiro volume de sua trilogia, intitulando-o de Grey.

Se isso foi jogada de marketing, não sei, mas digamos que Stephenie sentiu os seus calos serem pisados novamente. Além de ela já não ser nem um pouco entusiasta do romance erótico e não ter ficado muito contente com as adaptações e releituras que Crepúsculo teve, dizem as más línguas que E. L. James anunciou o lançamento de Grey justamente no mesmo período em que, por uma força divina, Meyer havia voltado a se dedicar à Midnight Sun! E o que foi que houve? Ela novamente engavetou o trabalho por se sentir incomodada :(


VIDA E MORTE:

E foi assim que nasceu Vida e Morte. Meyer queria comemorar à altura o aniversário de 10 anos de sua saga e nos brindar com algum texto novo e diferente, mas como havia interrompido a escrita de Midnight Sun, decidiu brincar com a sua própria história, criando uma trama às avessas, invertendo o gênero dos personagens e mostrando a todos como seria se Edward fosse uma vampira marrenta e poderosa e Bella um garoto todo inseguro e sem jeito.

É claro que nem todos os fãs receberam o livro de braços abertos. Muitos o olharam de modo desconfiado, outros se sentiram ultrajados por ela ter mexido em algo tão perfeito e já acabado. Eu, particularmente, adorei e me diverti, relendo um dos enredos que mais amo como se fosse a primeira vez. E, por Vida e Morte ser filho único de pai e mãe, Stephenie teve a oportunidade de fazer nele algo que eu sempre desejei para Crepúsculo.


UM AMOR DE OUTRO PLANETA:

E não pensem que a titia Meyer só escreveu livros relacionados à Crepúsculo, não. Logo após Amanhecer, em 2009, foi publicado aqui no Brasil A Hospedeira, que contava a história de uma humana e de uma alienígena que eram apaixonadas pelo mesmo homem.

Nossa, ainda me recordo como se fosse hoje a rejeição que esse livro teve. Ainda não entendo direito o porquê, já que amei tanto. Ok, talvez seja porque os fãs esperavam algo que os remetesse à Crepúsculo e, bem, A Hospedeira não é Crepúsculo!

Vi muita gente dizendo que não gostou das cem primeiras páginas, pois ficaram chatas, e a leitura foi difícil de engrenar e, mais uma vez, me senti a exceção, tendo em vista de que achei espetacular a introdução e a ambientação dos personagens, cenários e conflitos feitos pela autora, mergulhando de imediato nessa nova narrativa. Acho que eu nunca tinha lido algo que envolvesse extraterrestres antes, e adorei.

Aqui, eu tenho uma única reclamação a fazer. Meyer tinha nos prometido uma continuação, mas pelo visto ela não está se preocupando em cumprir promessas :(

A única coisa que não curti foi a adaptação cinematográfica do livro de mesmo nome. Por mais que o filme, em separado, seja bom, não consegui enxergar nele a trama da qual tanto gostei. Diferente do que aconteceu com a saga Crepúsculo, que tive a sorte de ver primeiro o longa para depois ler os livros, me poupando de diversas decepções.

Falando em adaptações, em setembro desse ano surgiu um boato de que Crepúsculo pode ganhar novos filmes. Tudo dependeria de Stephenie querer contar novas histórias. Ao contrário do que aconteceu pós conclusão da série, Kristen e Robert já se manifestaram dizendo que topariam reviver seus personagens. Ai, segurem o meu forninho!


CURTAS-METRAGENS DE CREPÚSCULO:

Sim, vocês perceberam como todos parecem estar na seca por essa coleção que será literalmente imortal. Como, até então, não havia chances dessa história ser revivida, a Stephenie Meyer promoveu, em parceria com a
Lionsgate, um concurso para incentivar cineastas mulheres a produzirem seus próprios filmes. 

Mais de 150 cineastas se inscreveram e sete delas ganharam 150 mil reais para produzir os curtas e, assim nasceram diversos spin-off fanfictions sobre os personagens da saga. Fonte.

Vocês podem assisti-los todos na íntegra clicando AQUI.


A QUÍMICA:

E, depois de seis anos sumida, Stephenie Meyer está de volta com um thriller de espionagem direcionado ao público adulto, sem conter nenhum ser sobrenatural!


Sinopse: "Ela trabalhava para o governo americano, mas poucas pessoas sabiam disso. Especialista em seu campo de atuação, era um dos segredos mais bem guardados de uma agência tão clandestina que nem sequer tinha nome. E quando perceberam que ela poderia ser um problema, passam a persegui-la. A única pessoa em quem ela confiava foi assassinada. Ela sabe demais, e eles a querem morta. Agora ela raramente fica em um mesmo lugar ou usa o mesmo nome por muito tempo. Até que um antigo mentor lhe oferece uma saída - uma oportunidade de deixar de ser o alvo da vez. Será preciso aceitar um último trabalho, e a única informação que ela recebe a esse respeito só torna sua situação ainda mais perigosa. Ela decide enfrentar a ameaça e se prepara para a pior batalha de sua vida, mas uma paixão inesperada parece diminuir ainda mais suas chances de sobreviver. Enquanto vê suas escolhas se evaporarem rapidamente, ela vai usar seus talentos como nunca imaginou. Uma trama repleta de tensão, na qual Meyer cria uma heroína poderosa e fascinante, com habilidades diferentes de todas as outras, e prova mais uma vez por que seus livros estão entre os mais vendidos do mundo."

Compre aqui: Saraiva / Amazon / Cultura / Travessa

Em nota para o USA Today, Meyer revelou que A Química nasceu da união entre a sua sensibilidade romântica e sua obsessão por Jason Bourne. Ela disse que gostou muito de ter passado um tempo com um novo tipo de protagonista, que não utiliza, primariamente, armas de fogo, facas ou os músculos, mas sim o cérebro, para agir.

Curiosa para saber qual tem sido a expectativa dos leitores a respeito desse exemplar, dei um pulo no Goodreads e ri demais com alguns depoimentos, que variavam entre: "Vocês haters podem odiar o quanto quiserem, eu não me importo. Eu vou ler A Química e provavelmente vou adorar, porque a Stephenie Meyer é uma fucking estrela de rock, até onde eu sei." a "Por favor, não faça com que a personagem principal seja tão estúpida quanto a Bella."

Eu já estou contando os dias para ter A Química em minhas mãos. Estou louca para entrar de cabeça nessa história e conferir o que a titia Meyer aprontou, principalmente por igualmente adorar Jason Bourne!


E agora quero saber de vocês, estão curiosos para esse novo livro? Querem ler? Já compraram o seu? Digam aí nos comentários.

30 comentários

  1. Oi Mirelle!

    Post mais que completo neh? <3 Amei demais!

    Claro que vou querer A Química tbm. Só espero que eu não odeie a protagonista tanto quanto odiei a Bella! kkkkk

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. gostei achei que conhecia o nome dessa autora informativo e engraçado eu acho q crepusculo foi uma das series de livros que mais marcou as pessoas mais sinceramente nao leio livro so vejo os filmes mesmo kk

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi!
    Amei esse post! Sou apaixonada por Crepúsculo e pelos personagens/atores! Amo! E também adorei ler A Hospedeira. Queria uma continuação desse livro, pois gostei muito.
    Esse post está fantástico, tantas informações sobre as obras de uma autora que admiro! Claro que vou querer ler A Química! Ansiosa.
    Enfim, adorei tudo. Obrigada por sua escrita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Li a série Crepúsculo e gostei bastante da escrita dela.
    Mas bah tchê, não sabia que Cinquenta Tons de Cinza era uma fic *o* haha
    Não tinha lido nada sobre o mais novo livro dela, parece ser uma história interessante, fiquei curiosa.
    Já vou colocar na minha listinha de leituras.
    Tenho A Hospedeira aqui, mas não tive coragem de ler ainda. E olha que gosto bastante do filme :)
    Adorei o post.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Oi Mirelle, faço parte das pessoas que viajaram nos livros de Crepúsculo, e conhecendo a escrita da Stephenie, até consigo imaginar o que esperar desse novo livro. Quero muito ler.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. Mi!
    É o seguinte: gosto da autora desde Crepúsculo, já li A Hospedeira e gostei e agora PRECISO ler Química porque além de gostar de trama de espionagem, quero ver mais uma mudança da autora, porque acho que isso é evoluir, escrever vários estilos e saber qual melhor.
    Tipo King...
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. fico muito contente de ver que a autora esta com mais um livro, além de ser uma escritora querida, suas tramas são incriveis!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii Mi, acredita que já assisti aos filmes da saga Crepúsculo mas nunca li nenhum livro? Ao ler a resenha fiquei com muita vontade de os ler e fiquei com muita pena por a autora ter cancelado o livro por conta do vazamento de alguns capítulos, deve ter sido horrível para quem é fã de verdade da saga. Não sou fã, mas amei os filmes!

    ResponderExcluir
  9. Tdos q leram a saga Crepúsculo sabe como Stephenie é uma boa autora apesar das milhares de críticas... Depois q eu li A Hospedeira estava esperando ansiosamente por mais livros dela.. A Hospedeira é mto incrível e eu achei q o proximo livro dela seria uma continuação.. poréeem fiquei até surpresa quando li sobre A Química e vi q era bem diferente do sobrenatural e da ficção científica q ela já tinha escrito antes... to mto curiosa pra ler :)

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mi, até tentei, mas não consegui ler os livros e nem ver os filmes de Crepúsculo. Não consegui seguir adiante em nenhuma forma, seja a escrita ou a filmada. Há alguns meses eu ganhei em uma promoção a edição de Vida ou Morte. Está na estante esperando até hoje, não consigo pegar para ler. Ao ver uma resenha para o novo livro, A Quimica, fiquei realmente interessada, pois gosto muito de livros com protagonistas mulheres fortes e também de um bom suspense. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, Mi, seu post foi muito completo!
    Eu do time dos que leram Crepúsculo e gostaram, suportaram as 100 primeiras páginas arrastadas de A Hospedeira e amaram ainda mais! Acho bem chatinho essa sensibilidade toda da Stephenie com Midnight Sun, eu adoraria ler e acho desnecessário esse vai e vem dela :/
    Quanto ao novo livro, estou bem neutra, vou esperar ver algumas resenhas antes de formar uma opinião.

    ResponderExcluir
  12. Genteeeee dessa novidade eu não sabia. Fiquei muuuuuuito curiosa.
    Acho que a pergunta é quem não conhece Stephenie Meyer ahahha
    Já não vejo a hora de ler o livro, parece ser bom e diferente de tudo que ela já escreveu. Pois falando bem sinceramente eu meio que estou cansada de vampiros e seres fantásticpos e poder ter um livro dela com esse tema fora de questão pe mega empolgante

    ResponderExcluir
  13. Oii Mi, finalmente encontrei alguém que como eu amou a hospedeira, até hj tô esperando continuação </3. Gente nunca imaginei a Stephenie Meyer escrevendo um thriller de espionagem, mas amei a premissa e como é dele como não ter curiosidade de ler né ?

    ResponderExcluir
  14. Apesar de não gostar de Crepúsculo, eu amo A Hospedeira, então quero ler <3

    ResponderExcluir
  15. Gostei demais da saga Crepúsculo!! Não li o livro A Hospedeira, mas assisti o filme e não gostei!! O livro A Química parece que vai conseguir prender a atenção dos leitores, pelos menos a minha!! A protagonista já me conquistou, uma mulher forte e decidida que tenta sobreviver em meio ao governo tentando matá-la!! Gosto de livros cheios de suspense e adrenalina, de ficar na expectativa do que vai acontecer!!

    ResponderExcluir
  16. Amei conhecer um pouco mais sobre essa escrito que até ontem eu não conhecia direito, e hoje já estou encantada por ela, graças à vc Mirelle, como eu gosto da saga Crepúsculo, quem não gosta né... já tô louca pra ler A Química, ainda mais que é um livro grande, parece que me sinto mais atraída ainda pela leitura, sei que vou viajar por alguns dias, na leitura. Muito Obrigada por nos presentear com este post maravilhoso. Bjos

    ResponderExcluir
  17. Oi Mi, amei ler Crepúsculo e A Hospedeira, vi os filmes também, quando vi o livro A Química, pensei... não posso deixar de ler, pois sei que é suspense eletrizante e já estou super ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  18. Oiii
    Nossa, adorei o post. Admito que a Saga Crepúsculo não é uma das minhas sagas vampiresca preferidas, mas a forma de escrita da Stephenie Meyer, é incrível, ela criou um novo mundo, um novo conceito de vampiro isso é uma das coisa que admiro na Saga.
    Agora quero muito ler esse novo livro, pela sinopse já me deixou bastante curiosa, ainda mais por gosta da forma que ela escreve.

    Letícia Rodrigues - leticialbr@hotmail.com
    Blog - http://pordentrodolivro.blogspot.com.br/

    =^.^=

    ResponderExcluir
  19. Que post foi esse!? Ameeeeiii
    Fui, sou e sempre serie fã da Saga Crepúsculo, não importa o que dizem! Agora a A Hospedeira não tive a oportunidade de ler ainda, mas quero muito, ah e sem falar em A Química que já desejo também!
    Parabéns por esse post incrível, amei de verdade!

    ResponderExcluir
  20. Estou super curiosa pra ler esse novo livro da Stephenie Meyer, já gostei muito da sinopse achei bem interessante, amei a série Crepúsculo, gostei também de A Hospedeira e curti muito a trilogia Cinquenta Tons.

    ResponderExcluir
  21. Sempre li muito desde criança, mas fiquei anos desinteressada lendo somente material para vestibular. Voltei a este mundo maravilhoso da leitura pelo livro Crepúsculo, na verdade assisti o filme e depois li todos os livros alumas vezes.
    Concordo quando dizem que a historia é fraca e não é um grande exemplo de literatura, mas sou completamente apaixonada pelos livros da serie. Fazer o que né? Paixão não se explica.
    Adoro os post da Barbara, amo ver e ouvir pessoas que sentem a mesma paixão que eu.
    A Hospedeira realmente passa loooonge de Crepúsculo, acredito ser o melhor livro dela. Adoro a historia e salivo pela continuação. Sempre que alguém esta lendo e pensa em largar, porque as 100 primeiras paginas são mesmo entediantes, insisto para continuarem, o livro é maravilhoso.
    Adorei a sinopse do novo livro e estou ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  22. Já estou louca por esse livro, a Stephenie foi responsável por minha volta total a leitura, fiquei apaixonada Crepúsculo sonhava dia e noite com os livros dela, tenho todos e mais alguma coisa sobre a historia.
    A Quimica parece ser outro livro que vou amar ter na minha estante, amei a sinopse.

    ResponderExcluir
  23. Adorei o post, super completo! Sou uma grande fã da Stephenie, leio e coleciono tudo que ela escreve. Estou participando do sorteio de A Química, e se Deus quiser vou ganhar!! Já faz alguns dias que lançou e tô quase me comendo aqui de tanta vontade de ter o meu em mãos! Quero muito <3333

    ResponderExcluir
  24. Fiquei com desejo de A Química, pois mesmo seus livros sofrendo várias críticas negativas, li todas a saga Crepúsculo, e fiquei apaixonada pela A Hospedeira.

    ResponderExcluir
  25. Caio Santana
    caio07.santana@hotmail.com

    Oiii Mi
    Estou louco pra ler esse novo livro pelo que eu vi já li quase todos os livros dela (pelo que eu acho kkk) e amei todos e acho que esse não vai ser diferente.

    Bjusss
    #topcomentaristadomes

    ResponderExcluir
  26. Nunca li nenhum livro da Stephenie, ouvi falar bastante desse livro e quando soube do que se tratava fiquei doida para ler. Apesar de não ler muito romance adoro espionagem. ^-^

    ResponderExcluir
  27. Ainda não li Vida e morte e abandonei a hospedeira. Amo crepúsculo e A química parece algo bem diferente de tudo que ela já escreveu... vamos ver

    ResponderExcluir
  28. Miii, amooooo demais os livros da tia Meyer kkkk
    Ela é demais!!
    Amoooo Crepúsculo!!
    Amei Vida e Morte.
    E já tenho A Hospedeira, que ainda não li, rs
    e A Química já baixei no kindle.
    Quero ler esses dois ainda este ano!
    Não tenho palavras para descrever o quanto adoro tudo que a Stephenie escreve, não sei porque falam tanto mal dela, deve ser inveja, só pode!! kkkkkk
    bjão

    ResponderExcluir
  29. Eu simplesmente amava ler a série Crepúsculo. Tanto que não tive paciência em esperar Amanhecer ser lançado e comprei o livro "Breaking Dawn" em inglês mesmo para ler mais rápido! Infelizmente, foi o que menos gostei da série!
    Confesso que fique chocada em saber que a série 50 tons de cinza foi inspirada na série de Stephenie Meyer. Quase caí da cadeira!
    Comprei recentemente a edição de 10 anos de Crepúsculo e estou curiosa para ler sua releitura "Vida e Morte".
    Agora curiosa mesmo eu estou para ler "A química", esse romance para o público adulto deve ser arrebatador!

    ResponderExcluir
  30. Eu não consigo entender porque as pessoas criticam a Bella por ser do jeito que ela é, ela abriu mão da felicidade dela pra não atrapalhar a vida da mãe, foi pra uma cidade que ela "conhecia" só uma pessoa, Jacob, e vivia com um pai que ela não tinha muita ligação no princípio. Já escutei pessoas criticando Edward por N motivos mas nenhuma dessas críticas levaram em conta que ele tinha medo de machucar Bella e isso era uma coisa que ele não aceitava tanto que ele se separou dela para que ela não ficasse mais em risco.
    Eu me lembro dos boatos de Midnight Sun e fiquei muito ansioso pelo lançamento mas não sabia que havia sido cancelado, mas também não procurei nada a respeito.
    Saber que 50 tons foi inspirado em Crepúsculo me fez ficar surpreso e curioso com a narrativa original.

    ResponderExcluir