Dica de filme - Elis

Dica de filme - Elis
Sinopse: "A vida de Elis Regina - indiscutivelmente a maior cantora brasileira de todos os tempos -, é contada nesta cinebiografia em ritmo energético e pulsante. A trendsetter cultural que sinalizou a mudança de estilos de Bossa Nova para MPB, a "pimentinha" ardente (brilhantemente interpretada por Andréia Horta), que viveu uma vida turbulenta. Ao mesmo tempo em que se chocava com a Ditadura Militar no Brasil, ela lutou com seus próprios demônios pessoais. “Elis”, o filme, está imbuído da alma da cantora e do país que ela amava."
Direção: Hugo Prata.

Elenco: Andreia Horta, Caco Ciocler, Gustavo Machado, Lúcio Mauro Filho, Júlio Andrade, Ícaro Silva, César Trancoso, Isabel Wilker, Bruce Gomlesky, Rodrigo Pandolfo e Zé Carlos Machado.

E aí pessoal, hoje trago para vocês uma dica de cinema de uma cinebiografia de uma das maiores estrelas da música popular brasileira: Elis Regina.


Elis, que está em cartaz em todo país, conta com um elenco de peso e traz algumas das passagens mais relevantes da vida da artista, que se mudou do Rio Grande do Sul para o Rio de Janeiro e cantou músicas inspiradoras e esperançosas para um povo que estava cansado de quase duas décadas de ditadura.

Primeiro filme do Diretor Hugo Prata, este conta que tentou fugir da idolatria para retratar Elis de maneira nua e crua, mostrando os dramas por ela vivenciados, encerrados por uma morte muito precoce.


Andreia Horta, uma atriz que gosto demais e que conheci na minissérie A Cura, está tão diferente como Elis que simplesmente não a reconheci no cartaz do longa e nas fotos divulgadas. Gosto de sua desenvoltura e, de acordo com o Diretor, ela já nasceu com a Elis dentro dela, pois cresceu ouvindo as suas músicas e se conectou de imediato com a personagem.

Por uma incompatibilidade de timbres e quase impossibilidade de encontrar alguma atriz que conseguisse reproduzir a voz da cantora, Hugo optou por utilizar os áudios originais de Elis nas cenas em que Andreia canta. Apesar disso, a atriz se esmerou a aprender a cantar e a interpretar os trejeitos de Elis. Caco Ciocler, por sua vez, estudou piano para tocar no filme.


Outro desafio encontrado pelo Diretor na produção cinematográfica se deu na escolha da trilha sonora, que foi feita a dedo e que partiu de 315 canções, mas ser reduzida a uma dúzia. Arrastão, O Bêbado e o Equilibrista, Velha Roupa Colorida, e Atrás da Porta são alguns dos clássicos presentes na história.

Além disso, a produção teve o cuidado de realizar as filmagens em locações originais, dando uma maior veracidade às imagens apresentadas.

Já deu para perceber que Elis é um filme que promete resgatar um período importante e trágico da história do Brasil, e nos contar de maneira bela e delicada sobre a vida de uma mulher que marcou toda uma geração.

TRAILER

11 comentários

  1. Oi Mirelle!

    Quando vi o trailer, fiquei super curiosa para assistir ao filme. Espero que atenda a todas as minhas expectativas!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Que bacana!
    Fiquei sabendo há pouco sobre o filme, e já quero conferir!
    Gosto de algumas músicas da Elis, não conheço muitas, mas as que ouça são maravilhosas mesmo.
    E realmente ela fez vários avanços na arte brasileira daquela época.
    bjocas

    ResponderExcluir
  3. Fiquei com muita vontade de assistir, pena que minha cidade não tenha cinema.. Mas assim que tiver em DVD irei assistir, obg pela dica (pois eu amo cinebiografias haha)!

    ResponderExcluir
  4. Mi!
    Nem tem como não querer ir assistir, porque a Elis fez parte de todo final da minha infância e adolescência, vivi muita coisa ao som de suas músicas e claro que quero saber cada vez mais sobre sua vida.
    Vou correndo para o cinema essa semana...
    “Para saber uma verdade qualquer a meu respeito, é preciso que eu passe pelo outro.” (Jean-Paul Sartre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Apesar de não curtir muito esse tipo de filme, confesso que depois de assistir o trailer me bateu um super interesse em assistir esse.
    Adoro o trabalho da Andréia Horta e parece que ela fez mais um papel incrível nesse filme.
    A história parece ser bacana demais também, fiquei curiosa.
    Obrigada pela dica :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Oi Mirelle, eu também não reconheci a atriz quando vi o cartaz sabia? Ela realmente está diferente. Com certeza irei assistir esse filme, tem tudo para ser um filme e tanto.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi!
    Não sou super fã de Elis, mas conheço vários clássicos dela, e tendo como comparação outros filmes/séries de grandes artistas brasileiros como Maysa e Tim Maia, imagino que esse também vá ser muito bom. Adoro ver a construção das carreiras de artistas do nosso país e pretendo assistir esse em breve.

    ResponderExcluir
  8. Nem acredito... neste fim de semana meu marido falou que quer marcar para irmos assistir Elis, não vou perder, só estou aguardando.

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Quero muito assistir esse filme, pois sou fã da cantora. Apesar de ter conhecido suas músicas, bem depois da sua morte, admiro muito a trajetória dela e a maravilhosa voz e letras.
    Ótima dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, me arrepiei todo com o trailer, tive a mesma sensação de quando comecei a assistir Dzi Croquettes que são da mesma época de Elis, já estou ansiosíssimo para ver e pelas imagens pode se tornar um dos meus filmes preferidos.

    ResponderExcluir
  11. Não sou muito de ver filmes nem de ler livros nesse estilo :/ Mas para quem gosta e gosta dela, deve ser ótimo!

    ResponderExcluir