Resenha - Depois de você

Resenha - Depois de você
Sinopse: "Quando uma história termina, outra tem que começar. Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente."
ATENÇÃO, esta resenha pode conter spoilers de Como eu era antes de você. Leiam por sua conta e risco!

Meses se passaram desde que Will se fora, e Lou ainda não havia conseguido se libertar da culpa, da dor e da saudade que sentia daquele homem que tanto amou. Depois de sua morte, Lou herdou uma quantia significativa de dinheiro que a possibilitou de viajar por diversos países, na vã tentativa de se sentir mais feliz.

Cansada da vida que levava, decidiu acomodar-se em Londres, comprando um pequeno apartamento no último andar de um prédio, que nunca decorou e nem se deu ao trabalho de desencaixotar as suas coisas.

Trabalhando num bar medíocre, que ficava dentro do aeroporto, e sendo obrigada a servir mesas vestindo roupas verdes curtíssimas de Lurex, e usando uma peruca loira ridícula sintética, Lou não tinha nenhuma perspectiva de futuro e se resignava a passar os dias anestesiada por muita bebida que ingeria quando chegava em casa.

Até decidir subir no telhado do prédio, utilizando a escada de incêndio, para falar com Will. Lá, Lou ouviu uma voz e se assustou, fazendo-a se desequilibrar no parapeito, caindo lá embaixo, na rua. Ninguém entendeu como Lou sobreviveu, assim como a sua família não acreditou que ela não tinha pulado.

Enxergando-a como uma bomba prestes a explodir, seu pai só deixou que ela voltasse a Londres quando prometeu participar do Grupo Seguindo em Frente, para aprender a lidar com o luto. Quando decidiu finalmente deixar Will para trás, foi assombrada por Lilly, uma adolescente revoltada e problemática que a procurou dizendo ser filha de Will. Se tudo isso não bastasse, Lou se viu envolta em um provável romance com o paramédico que a salvou, mas suas feridas ainda não tinham cicatrizado, e Lou não achava que podia se relacionar novamente com outro homem.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Quando soube que Jojo estava escrevendo uma continuação para Como eu era antes de você fiquei revoltada. Como podia vislumbrar um mundo sem Will? Por que mexer numa história que ficou tão perfeita? E tenho certeza de que a maioria dos fãs se sentiu de mesmo modo. Tanto é que quando Depois de você foi lançado, ainda levei meses para ler, de tanto medo que fiquei de me decepcionar.

Narrado em primeira pessoa, por Lou, acompanhamos o fosso de sofrimento e depressão no qual ela se encontra. O início foi tão pesado que quase não consegui continuar lendo, de tão palpável que os seus sentimentos negros são. Pontos para a autora. Mas na medida que fui avançando na leitura, fiquei completamente envolvida por essa trama tão delicada e real que nos mostra o quão difícil é seguir em frente.

Lou está completamente acabada, sem razão alguma para continuar vivendo, algo muito assustador de se presenciar. Quando Lilly foi inserida no texto, servindo de catalisador para as mudanças da protagonista, não gostei logo de cara. Achei que ficaria algo muito fraco e clichê, mas me esqueci de que se tratava de Jojo escrevendo, e essa mudança de plot não poderia ter ficado mais incrível.

Me encantei com Lilly. Ela é insuportável e detestável, mas fica claro o quanto ela precisa de acolhida e afeto. E gente, o que é a escrita de Jojo? Toda vez que lia alguma conversa dita por Lilly, ou me deparava com alguma de suas atitudes inconsequentes, pensava em como Jojo conseguia se colocar tão bem na pele de personagens tão diferentes. A relação construída entre Lou e Lilly é tão emocionante que, para mim, até o romance contido no enredo acabou ficando em segundo plano.

Sam é maravilhoso, mas é claro, nunca será um Will e seria muito injusto com ele compararmos os dois. A autora foi muito feliz ao construir este personagem. Ele é lindo, carismático, forte, e luta pela vida, e tem uma paciência infinita com Lou. Sam definitivamente ganhou um espaço no meu coração, aliás, não só no meu.

E se vocês acham que em Depois de você só tem drama e romance estão muito enganados. Jojo é uma escritora bastante experiente e sabe misturar temas em uma mesma obra a fim de que a gente se identifique com vários assuntos abordados e pareça que estamos mesmo de frente para a vida real, sempre tão rica, imprevisível e cheia de variáveis.

Pois bem, aqui a autora bate muito na tecla no medo que alguns de nós têm de seguir seus sonhos e na importância de vencermos certos desafios e nos libertarmos. O maior exemplo disso é a mãe de Lou que, depois de anos sendo apenas mãe e esposa, se rebelou. Passou a frequentar aulas na universidade, a ler textos feministas, a se recusar a fazer o trivial almoço de domingo, a lavar as roupas do pai de Lou e até parou de depilar as pernas, pois ela percebeu que não estava satisfeita com a vida que estava levando e foi sufocada pelo machismo que enfrentou por tantos anos.

A irmã de Lou, por sua vez, se esconde atrás do vitimismo de ser mãe solteira. Apesar de ser uma jovem brilhante, tem a certeza de que nunca conseguirá arranjar um namorado ou um bom emprego pela bagagem que carrega nas costas, até ser inspirada pelas mudanças que começam a ocorrer na própria família.

Se tudo isso não bastasse para Depois de você ser demais, Jojo ainda inseriu as relações doentias entre pais e filhos, a negligência parental e as decisões intempestivas e imaturas que os adolescentes sem amor ou orientação tomam e que podem marcá-los pelo resto da vida.

Em suma, ficou claro para mim que este livro não é sobre o amor de Will e Lou e, por mais que tenha referências ao volume anterior, não se trata especificamente de uma continuação. Jojo escreveu Depois de você para  gente, principalmente para quem já perdeu um ente querido ou se viu numa situação paralisante, sem saber que rumo tomar. Muitas vezes reclamamos de que não temos sorte na vida, mas não percebemos que somos nós que boicotamos a nossa chance de ser feliz por puro medo da perda.

Então, embarquem nessa história e aprendam a seguir em frente ou a recomeçar.

Depois de você - Jojo Moyes
Livro 02
Editora Intrínseca
320 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon
Nota 5

6 comentários

  1. Oi Mirelle!

    Não li a resenha por causa dos spoilers. Coloquei o primeiro livro para ler este mês, espero conseguir pois estou bem curiosa para assistir ao filme, mas só vou fazê-lo, depois que ler o livro!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Amo e nao canso de dizer o quanto adoro a escrita da Jojo Moyes. A cada novo livro que leio dela, só confirmo mais isso. Para mim, a Lou sempre foi uma ótima personagem: divertida, fofa, louca e com o maior coração do mundo. Ler essa continuação foi só finalizar sua história , mas confesso que sinto falta do Will , haha beijos

    ResponderExcluir
  3. Não li a resenha devido aos spoillers.

    Eu sinto vontade de ler os livros da autora, porém vou esperar ais um pouco para comprar. Todavia, sei que muitas pessoas ama seus livros inclusive este e o como era antes de você.

    Só que eu acho que não terá muita graça quando eu for ler pois já imagino o final do "Como eu era antes de você" só pelo titulo deste livro "Depois de você".

    ResponderExcluir
  4. Você conseguiu demonstrar em palavras os sentimentos q tive ao ler o livro. Mas confesso que o final me deixou com um sentimento de que a história não acabou. Queria saber se a Lou finalmente vai ser feliz!!! Alguém também teve esse sentimento?!

    ResponderExcluir
  5. Após algumas semanas de análise, tive a mesma impressão que você Mirelle. A princípio embora a história tenha me fígado, fiquei bastante chateada, porém como você disse, se trata de Jojo Moyes, que além de excelente escritora, é minha queridinha.
    Achei a trama até cansativa em certa altura do livro, porém é um "tapa na cara" tão grande quanto a questão da eutanásia.
    Depois das semanas que tive de tirar para me adaptar a história, além de gostar e muito, fiquei com aquele saborzinho de QUERO MAIS, acho que depois de você tem um gancho maravilhoso para um próximo livro. Enfim, adorei o seu texto.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns! Você fez uma exelente resenha, o livro é tudo o que você disse. Mil amores por Jojo❤

    ResponderExcluir