Dica de leitura - Amores literários

E aí pessoal, o Dia dos Namorados está chegando e quero saber de vocês, quem aqui está na fossa e quem vai passar a data bem acompanhado? Ou quem não está nem aí para o amor e está feliz da vida solteiro?

Encontrar a cara metade nunca foi tarefa fácil, nem na vida real, nem nos livros. Nunca estamos livre dos dramas, mal-entendidos e brincadeiras do destino.

Pensando nisso, decidi falar um pouco sobre 10 casais que passaram maus bocados até conseguirem o seu felizes para sempre, e assim aproveito para dar boas dicas de leituras para vocês.

Os livros citados são todos da Editora Intrínseca e estão elencados de maneira decrescente, de modo que o primeiro é o último que li do catálogo da Editora. Todos os títulos estão linkados com a resenha correspondente. Convido vocês a lerem para conhecerem melhor as obras.

ATENÇÃO! Os comentários abaixo podem conter spoilers. Leiam por sua conta e risco.

1. TROLLADO POR UM ANEL:

Quem aqui já sonhou em ser pedida em casamento com toda a pompa e circunstância, de preferência com um diamante da Tiffany no dedo? Pois bem, era assim que Ethan, de Um presente da Tiffany, sonhava em declarar o seu amor eterno à namorada, Vanessa, mas as coisas não saíram nem um pouco como ele havia imaginado quando, na noite de Natal, o anel se perdeu nas ruas de Nova York. Desde então, se iniciou uma caça ao tesouro que deixou Ethan de cabelo em pé e quase arruinou a sua vida. Ele foi literalmente trollado por um anel que parecia fazer de tudo para fugir dele. Mas, no final das contas, a vida mostrou que é cheia de surpresas e que às vezes precisamos mudar o foco para perceber exatamente o que está bem na nossa frente.

2. UNIDOS POR UMA VIAGEM:

Ed e Jess, de Um mais um, não tinham absolutamente nada em comum. Ele, acostumado ao luxo e à riqueza e ao sucesso profissional, ela, uma mãe solteira de dois filhos, dona de casa e trabalhadora em dois empregos para tentar manter a renda familiar no minimamente aceitável. Suas vidas se cruzam de maneira tão inusitada, mas ao mesmo tempo tão plausível, que ficamos torcendo para que o príncipe e a plebeia fiquem juntos. Entretanto, para que isto aconteça, ambos terão que se despir de preconceitos e enxergar uma realidade sobre a vida e a respeito dos relacionamentos que até então faziam de tudo para não ver. Mas nada que não se resolva numa boa e divertida road trip, em que terão que ficar presos um com o outro, e com a família espaçosa e maluca de Jess, por um tempinho dentro do carro.

3. BONS DE CAMA:

Tá para nascer casal mais apimentado do que Ana e Christian, de Cinquenta tons de cinza, hein gente? Fala sério, a química deles é para lá de explosiva e mesmo quando dá tudo errado na vida deles, na cama o par nada romântico se entende bem. Uma das coisas de que mais gosto nestes personagens é que o relacionamento deles é longe de ser perfeito, mas mesmo assim eles batalham para se entender e para ficarem juntos. Christian  chega a enfrentar todos os seus demônios e realmente tenta ser um homem melhor para merecer o amor de Ana, e acho isso incrível da parte dele. Mostra que sempre temos o que melhorar em nós mesmos.

4. AMIGOS PARA TODA HORA:

Zuze e Mik, de Noite de Bolo e Marionetes, são um dos meus pombinhos favoritos. Desde que li a trilogia Feita de Fumaça e Osso, me encantei por estes personagens secundários e vibrei de alegria quando a autora decidiu escrever um spin-off só para contar como eles ficaram juntos. O conto é tão doce, mas não de uma maneira melosa e clichê, que a gente se transporta para uma áurea mágica de romance com direito literalmente a bolo, marionetes, e até um piquenique em um barco em numa noite fria de inverno em Praga, após Mik seguir as pistas que Zuze deixou para ele encontrá-la. A maneira como Zuze conquista Mik, vence sua timidez e sua insegurança, nos inspira a correr atrás daquele que tanto amamos.

5. CONDENADOS PELO AMOR:

Quem diria que o amor poderia ser tão mortal? Mais é, na série Delírio, em que o amor é considerado uma doença que deve ser extirpada do mundo. O problema é que sabemos que na maioria das vezes não conseguimos controlar nosso coração, e as coisas complicam para o lado de Lena quando ela se apaixona por Alex e se recusa a ser curada e a se livrar desse sentimento. Achei sensacional a premissa dessa série, que me fez pensar no quanto o amor pode realmente ser prejudicial quando sai do controle. Fiquei imaginando como seria o mundo sem o amor, sem os crimes passionais, sem as traições, e se essa seria a melhor opção para refrear a violência da humanidade. Porém, quando nos deparamos com a intensidade do amor que Lena e Alex sentem não só um pelo outro, mas pela vida, percebemos que faríamos como eles, lutaríamos até o fim e daríamos a nossa vida para seguir amando.

6. ESPERANÇOSOS ATÉ O FIM:

Nunca li uma história de amor tão forte e sofrida como a de Sophie e Édouard, de A Garota que você deixou para trás. Passado na Primeira Guerra Mundial, Sophie é separada do marido que é enviado para a guerra, enquanto é mantida em casa, com a tarefa de alimentar as tropas alemãs. Sophie faz de um tudo para obter notícias do companheiro e não vislumbra um futuro sem ele. Mesmo sem saber se Édouard ainda está vivo, mas sem perder as esperanças, ela vai de encontro aos campos de batalha, arriscando a própria vida, para encontrá-lo.

7. VENCENDO ADVERSIDADES:

Anna e T.J., de Na Ilha, ganharam rapidamente meu coração. Esse casal lindo, fofo, companheiro, não precisou apenas vencer o obstáculo do preconceito em decorrência da grande diferença de idade entre eles, como também precisaram lutar para se manterem vivos na ilha deserta e inóspita onde foram parar após uma queda de avião. Este livro nos mostra que mesmo nas piores dificuldades o amor pode florescer e acalentar as nossas almas.

8. MENTIROSOS COMPULSIVOS:

Nick e Amy, de Garota Exemplar, são um casal assustador. Envoltos numa falsa atmosfera de perfeição, pensamos que seu casamento é perfeito, mas não é. Ambos são mentirosos compulsivos e nunca sabemos quem está falando a verdade. Presos a um relacionamento doentio, nos deparamos com a dificuldade que é manter o matrimônio, aceitar o outro como ele é e saber quando dar um basta na relação.

9. UM AMOR DE OUTRO PLANETA:

Peg e Ian, de A Hospedeira, ilustram perfeitamente que o amor pode romper barreiras. Não importa de onde viemos, a nossa cor, o nosso sexo ou idade, ou até a nossa aparência. Quando duas almas afins se encontram, o universo parece se alegrar, de tão incrível e difícil que isso é de acontecer. Portanto, dispam-se das dúvidas e inseguranças, não pensem muito no que é certo ou errado de acordo com o que os outros acham, apenas deem atenção aos seus corações e permitam-se viver esse amor, mesmo que ele seja de outro planeta.

10. ATRAÍDA PELO PERIGO:

Tem pessoas que inevitavelmente são atraídas pelo perigo. Quanto mais ferrado o cara for, melhor. Nesses casos, ignoramos os alertas, o passado negro do sujeito, o quanto podemos vir a nos machucar com a relação, desde que fiquemos juntos. E não foi diferente com Bella, da saga Crepúsculo, que caiu de quatro por Edward mesmo ele tendo a desprezado tanto de início. Mas fala sério, quem consegue resistir a um vampirão como ele?

***

Agora quero saber de vocês com quais casais se identificaram? Digam aí nos comentários.

4 comentários

  1. Olá, como vai? Adorei suas indicações de livros e o casal. Amei Um mais Um da Jojo e foi um dos livros mais legais e realísticos que li, ela é fantástica. Eu já anotei aqui a série Delírio e Noite de Bolo e Marionetes para ler.
    Abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. A maioria dos livros indicados eu não conhecia, mais quando vi na lista o casal de A Hospedeira me deu uma saudade. Este foi o primeiro livro que eu li e me apaixonei, já faz dias que estou querendo reler. rsrs

    ResponderExcluir
  3. Oi Mirelle!

    Ha!!!! Adorei o post! rsrsrsrsrs Ri demais aqui!
    Como estou de bem com o amor ultimamente, não escolherei nenhum deles para ler, mas já li 50 Tons de Cinza, Série Delírio, A Hospedeira e Crepúsculo claro! rsrsrsrsrs Assisti ao filme Garota Exemplar, tenho o livro tbm, só preciso lê-lo!

    Parabéns pelo post, ficou muito bom e mega divertido!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Amei o post!!!
    Meus casais preferidos são claro, Edward e Bella e Zuze e Mik <3
    Não curti muito 50 tons, mas também acho que rolava química entre eles!
    Quero ler A Hospedeira, Na ilha e Um mais um. Garota exemplar comecei a ler e parei várias vezes kkkk
    bjss

    ResponderExcluir