Resenha - Todo seu

Resenha - Todo Seu
Sinopse: "Gideon Cross. A coisa mais fácil que já fiz foi me apaixonar por ele. Aconteceu instantaneamente, de forma completa e irrevogável. Casar com ele foi um sonho realizado. Continuar casada com ele é a maior batalha da minha vida. O amor transforma, e o nosso é um refúgio e também a pior tempestade. Duas almas danificadas que se entrelaçaram. Nossos votos foram apenas o começo. Lutar por esse casamento pode nos libertar... ou nos separar de vez. Sedutor e comovente, Todo Seu é a última parte da saga Crossfire, uma história de amor que cativou milhões de leitores ao redor do mundo."
ATENÇÃO, esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores. Leiam por sua conta e risco!

Gideon Cross e Eva Tramell nunca foram o casal perfeito de filmes românticos. Ambos têm um passado atribulado e carregam dentro de si marcas difíceis de cicatrizar, mas querem ficar juntos, apesar de tudo, e isso é o que importa no final. Depois de se casarem em segredo, agora eles precisam enfrentar o drama de anunciar aos parentes e amigos a verdade, ao mesmo tempo em que preparam para o mundo o casório do século.

A despeito de tudo estar uma calmaria, nem tudo são flores na vida do casal. Corine, ex-noiva de Gideon, está escrevendo  um livro onde contará detalhes sórdidos sobre a vida que levava com o magnata, e isso está atiçando a mídia ao ponto de passarem a perseguir Eva e Cross por todos os cantos, fazendo com que Gideon reforçasse cada vez mais a proteção que mantinha constantemente sobre Eva, criando certos estresses entre eles. Entretanto, Eva não é mais a menina ciumenta e birrenta dos últimos exemplares. Ela já sabe qual é o seu lugar na vida de Gideon e não se sente insegura perante a isto.

Os dois fazem terapia de casal com Dr. Petersen e ele tem uma grande parcela de responsabilidade na melhoria dos cônjuges. Exorcizar os fantasmas se fez necessário, principalmente para que o futuro conjunto que eles terão daqui para frente se torne possível. Se colocarmos em cheque o grande problema dos pesadelos de Gideon e como isso resulta, em alguns momentos, em agressões para com a Eva; durante o sono de Cross vemos como esse tratamento foi fundamental. Eva, por sua vez, com seu jeito independente de ser, também encontra uma forma de amansar o CEO, e não é com sexo.

E por falar em sexo... O começo do texto não aborda esse tema em aberto. Os jogos sexuais entre os dois existe, mas Sylvia Day quis dar uma pegada mais romântica no contexto, focando bastante nos sentimentos entre o par e na preparação para o seu enlace. É interessante, neste ponto, observar a interação da família deles. Mônica, a mãe de Eva, tem um destaque interessante nesta história, revelando um segredo que sequer imaginávamos. Cary, melhor amigo de Eva, que será papai, também tem suas conturbações e necessita lidar com a mãe do seu filho, que é o grande amor da sua vida e que não aceita dividi-lo de forma alguma, na medida em que parece dia a dia estar mais louca.

Pelo visto drama é o que não vai faltar no decorrer das páginas.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam! 

***

Depois de muito tempo esperando por Todo seu, posso dizer que ele veio para encerrar a série de forma maravilhosa. Após nos depararmos com uma história cansativa, que devia ter sido uma trilogia, mas que foi enrolada até não poder mais, Sylvia Day trouxe um livro com uma pegada diferente, em que ficou nítido o amadurecimento dos protagonistas, que fizeram valer o real sentimento que os unia: o amor. A narrativa em primeira pessoa, passando do Gideon para a Eva, torna a leitura mais aconchegante, nos convidando a embarcar com eles em seu universo a todo o momento. 

Alguns acontecimentos explorados ficaram em aberto, a cargo da interpretação do leitor, e eu, particularmente, gosto disso. Todavia, eu teria excluído detrminados fatos que ocorreram ao final, pois acho que a autora não os desenvolveu como deveria. De todo modo, tal detalhe não tirou o brilho do desfecho. Eu gostei de como a Sylvia deu mais abertura aos personagens secundários e mostrou sua outras facetas. Nesse sentido, o enredo se tornou mais dinâmico, mas não fugiu do objeto em questão: o relacionamento de Gideon e Eva.

Todo seu fecha com chave de ouro uma série que veio se arrastando por um longo tempo. O livro é dramático, romântico e bastante erótico, com um quê mais adulto. Os capítulos intercalados tornam a leitura leve e fluida, tanto que a concluí em apenas uma noite. Vi diversas críticas negativas a respeito do volume e ainda tento entender o motivo. Refletindo sobre, acho que o pessoal já estava saturado da espera e do desenrolar do argumento. Para mim, tendo em vista todos os tomos anteriores, esse é o melhor, o mais completo e o mais objetivo. Indico demais a leitura. 

Beijocas e até a próxima :) 

Todo seu - Sylvia Day
Livro 05
Série Crossfire
Editora Paralela
320 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon
Nota 4
 

5 comentários

  1. Gosto muito dos livros da Sylvia,romances mais adultos ,como você disse..
    Essa séria só li os 2 primeiros,vou ter que esperar um pouco para ler Todo seu...fiquei feliz em saber que você achou esse o melhor da série,com certeza vou gostar também.
    Bj.

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Sinceramente eu não aguento mais nem ver a capa desse livro, parei no terceiro a autora enrolou tanto que me deu nos nervos, gostei bastante da resenha, mais não o suficiente para ler.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  3. Oi Barbara!

    Não li a resenha por conta dos spoilers. Tenho os 3 primeiros livros dessa série, mas não consegui lê-los ainda. Já conheço a escrita da autora, estou lendo a trilogia Marcas da Escuridão e gostando muito. Espero ler essa série em breve!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Oi Barbara!
    Ainda não li nenhum livro da série, apesar de ter certa curiosidade por essa história, afinal, é muito aclamada, e já li resenhas bem positivas.
    Porém, não curto muito erótico, fico sempre com um pé atrás. Mas to pensando em conhecer pelo menos o primeiro livro.
    Pelo que você contou, os personagens evoluem bastante e buscam melhorar, com ajuda ou sem, visando o melhor para o outro, tendo um lado mais romântico. Gosto bastante quando isso acontece.
    bjss

    ResponderExcluir
  5. Eu só li o primeiro livro da série, achei muito pesado, pelo passado dos personagens. Não quis dar continuidade, então, mesmo você dizendo que esse é mais romântico, não leria.

    ResponderExcluir