Resenha - Belo Sacrifício

Resenha - Belo Sacrifício
Sinopse: "Falyn Fairchild abandonou seu carro, seus estudos e até seus pais. Filha do próximo governador do Colorado, ela está de volta à sua cidade natal, falida e trabalhando como garçonete em um café. Ao fim de cada turno, ela guarda o que recebeu, esperando um dia ter o suficiente para comprar uma passagem para o único lugar onde pode encontrar redenção: Eakins, Illinois. No instante em que Taylor Maddox entra no café, Falyn sabe que ele trará problemas. Taylor é charmoso, não cumpre promessas e é lindo mesmo coberto de fuligem, fazendo dele tudo o que Falyn acredita que um bombeiro de sucesso deve ser. Mas ela não está interessada em se tornar mais uma em sua lista — e, para um dos Maddox, uma garota desinteressada é o desafio mais atraente de todos. Belo Sacrifício é o terceiro volume da série sobre os irmãos mais barulhentos e irresistíveis da literatura new adult. O foco agora é Taylor, um dos gêmeos, que se envolve com uma garota cheia de segredos — e, pela primeira vez, pode ser ele quem sairá machucado dessa história."
ATENÇÃO, esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores. Leiam por sua conta e risco!  

Aos 23 anos, Falyn Fairchild ganha a vida servindo mesas no Bucksaw Café, sob a tutela de Chuck e Phaedra. Ela mora no andar de cima do restaurante, com um guarda-roupa restrito e guardando suas gorjetas em uma caixa de sapatos. Quem vê Falyn hoje nem imagina que ela é filha de William e Blaire Fairchild, renomados doutores super conhecidos no país. 

Algo aconteceu no passado de Falyn que a fez largar sua vida de luxo para seguir atrás de seu objetivo, que está na cidade de Eakins, em Illinois. Desde então a garota não aguenta ficar no mesmo ambiente que os pais, que fazem questão de tratá-la como um lixo a cada vez que se encontram, a desmerecendo e, por conta disso, resolve juntar todo dinheiro que consegue para sair do Colorado e ir até Illinois.

Colorado Springs é uma cidade frequentemente assolada por incêndios e os bombeiros locais não dão conta de apagá-los. Para ajudá-los, alguns bombeiros de elite vêm de outros lugares do país e, quando um grupo deles vai almoçar no Bucksaw, os caminhos de Falyn e Taylor Maddox se cruzam.

Por Taylor ser um bombeiro de elite - que pode ir embora a qualquer momento - e não querer nenhum tipo de distração do seu propósito, Falyn tenta afastar o garoto a todo custo. Mas se tem algo que os irmãos Maddox têm em comum é a apreciação por bons desafios. O fato de Falyn rejeitá-lo só a torna mais atraente para Taylor, e ele não medirá esforços para conquistar o frio coração dela.

Quando Falyn descobre que Taylor mora em Eakins, percebe que pode usá-lo como meio para chegar ao seu destino de modo rápido e simples. Assim, ela aceita sair algumas vezes com o Maddox, impelindo-o a levá-la para a cidade onde encontrará a sua tão sonhada redenção. Só que conforme mais tempo vai passando com Taylor, mais Falyn vai percebendo que ele não é nem um pouco o babaca que ela julgava.

Aos poucos, Falyn vai se rendendo aos encantos de Taylor e um sentimento vai nascendo entre os dois, algo que nenhum deles esperava ou estava preparado para. Será que Falyn será capaz de se envolver com Taylor e ainda assim usá-lo para chegar até Eakins, sem revelar os segredos do seu passado?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Depois que li Bela Redenção e me apaixonei pela história, fiquei extremamente ansioso pelo próximo volume da série dos irmãos Maddox. Talvez tenha sido culpa da expectativa, ou de eu não estar no momento certo para esse tipo de leitura. Possivelmente depois de tantos livros lidos do mesmo gênero eu esteja um pouco saturado... Ou não. Só sei que essa obra não foi nada do que eu esperava.

Belo Sacrifício é protagonizado por Falyn e por Taylor, um dos gêmeos Maddox. Narrado em primeira pessoa, sob a visão feminina mais uma vez, a história deixou bastante a desejar. A escrita de Jamie McGuire é leve, fluida e envolvente, como sempre. Porém, em algum momento ela se perdeu na construção da trama e abusou dos clichês e da previsibilidade para construir o enredo. Logo nas primeiras cinquenta páginas consegui entender onde a autora queria chegar e como desenvolveria os acontecimentos para esse desfecho. E não é que eu estava certo? Sendo assim, Belo Sacrifício perdeu toda a emoção por conta disso.

Falyn me irritou em praticamente 80% das páginas. Ela saiu da casa dos pais há quatro anos e abriu mão de todo o luxo que possuía. Toda hora ela batia nessa tecla, como se quisesse que batêssemos palmas para ela por tal atitude. Miga, nos poupe da sua modéstia. Aprenda a viver com suas escolhas e não tente fazer com que sintam pena de você por isso.

Sobre Taylor... Bem, quem é Taylor? Em certos momentos eu me perguntava se era um novo irmão Maddox ou se tratava apenas de Travis assumindo outra identidade. Acho que não é novidade pra ninguém que ODEIO o Travis, então ver o quão Taylor é parecido com ele tornou difícil criar alguma afeição pelo rapaz. 

Falando em Travis, qual a necessidade de Jamie querer fazer o mundo girar em torno dele em todo santo livro? Se este é um spin-off pra contar histórias dos irmãos, não há necessidade de Travis ter tamanha importância no contexto. É extenuante você estar se envolvendo no romance de Taylor e Falyn para então o destaque desvirtuar-se para algo relacionado a Travis e Abby. CHEGA!

Belo Sacrifício se desenrola paralelamente à narrativa de Bela Redenção. No título anterior já tivemos uma visão de Taylor e Falyn pela perspectiva da protagonista Liis. Foi interessante acompanhar o desenrolar da nova premissa já sabendo coisas que aconteceriam porque foram mostradas em Bela Redenção, e um acontecimento do livro dois é crucial para a conclusão desse aqui. 

Quanto ao final, foi bem o que eu esperava e o epílogo foi tão desnecessário que quase não o li. Não posso contar o que me frustrou, pois seria spoiler, mas fala sobre uma questão que vira um drama intenso durante a narrativa e é resolvida de forma tão simples que poderia ter poupado o leitor de tanto sofrimento dispensável.

Sobre a edição física, não tenho muito a dizer. A capa combina com os outros volumes da série e é belíssima. A diagramação é simples, as páginas são amareladas, o espaçamento é bom e a fonte é grande. A revisão está ótima, não me lembro de ter encontrado erros, e todos os travessões estão em seus lugares. Amei.

Belo Sacrifício deixou a desejar em comparação aos livros anteriores, mas é o volume mais tocante da série até agora. Por esse motivo - e por ainda ter esperança de que o exemplar do Tyler seja ainda melhor - recomendo sim a leitura. Não desistam aqui! 

Belo Sacrifício - Jamie McGuire
Livro 03
Série Irmãos Maddox
Editora Verus
293 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon
Nota 3

5 comentários

  1. Oi Leonardo!

    Eu li somente Belo Desastre e gostei muito da história. Tenho Desastre Eminente e Belo Casamento, mas ainda não li.
    Gosto mais do Travis e sinceramente, não tenho a intenção de ler os demais livros dos irmãos Maddox!

    Parabéns pela resenha, mesmo com suas ressalvas, fiquei curiosa com o enredo, quem sabe um dia neh? rsrsrsrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi Leo.
    Concordo com você, não acho que a autora deveria falar tanto do Travis, sendo que esse é um spin-off, mas eu confesso que amo o Travis kkk.
    Adorei a premissa desse livro, estou muito ansiosa para ler.
    Bom Dia

    ResponderExcluir
  3. Oi Leonardo...
    Só li Belo desastre, e nem me empolgou tanto assim...então provavelmente que não leia Belo sacrifício...
    Bj e tenha um ótimo fds.

    ResponderExcluir
  4. Oi Leo,
    pra falar a verdade, não tenho muita vontade de ler os livros dessa série.
    Logo que foi lançada, amei as capas e queria ler de todo jeito, mas daí vi umas resenhas bem negativas e acabei desanimando.
    Pelo que você contou, é um livro bem previsível, com personagens irritadinhos, quem sabe um dia não paro pra ler e conhecer, mas não sei não.. rsrs
    bjoss

    ResponderExcluir
  5. To doida pra ler esse livro!
    Só li Bela distração e amei! Quero ler todos.
    A capa está realmente linda e fiquei curiosa pra saber o que te decepcionou e você não pode contar!

    ResponderExcluir