Resenha - Temporada de Acidentes

Resenha - Temporada de Acidentes
Sinopse: "Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores. No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal? Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam."
Desde que se conhece por gente, em todo o mês de outubro, Cara vê a si mesma e a sua família sofrer com a temporada de acidentes, ficando suscetível a cortes e hematomas, mas também a coisas mais graves, como quando seu tio morreu, há quatro anos.

Agora, Cara vive com a mãe, a irmã mais velha, Alice, e seu ex-irmão postiço, Sam. Outubro chegou e com ele uma nova temporada de acidentes se inicia, e a família Morris precisará tomar mais cuidado do que nunca. Bea, melhor amiga de Cara e aspirante a bruxa, viu nas cartas que essa temporada será uma das piores.

Certo dia, vendo fotos antigas, Cara repara que uma amiga de infância, Elsie, parece estar em todos os retratos. Seja um pedaço do seu cabelo, a barra da saia ou um relance do sapato, Elsie está presente. Mas seria impossível, tendo em vista de que Cara não fala com a garota há tempos e que algumas das fotografias foram tiradas em férias de família fora do país, onde ela tem certeza de que Elsie não estava.

Aturdida com essa nova descoberta, Cara está determinada a tirar satisfações com Elsie na escola. A estranha garota costuma passar seu tempo livre na biblioteca, cuidando da Caixa de Segredos, um projeto onde os alunos datilografam seus maiores segredos, sem se identificar, e estes são pendurados pelo colégio, expostos a todos que quiserem ler.

Só que justo nesse dia, Elsie não vai à aula, nem no seguinte e nem no próximo. Cara começa a desconfiar do sumiço repentino da menina e passa a investigar, junto com Sam e Bea, porém, quanto mais eles sondam, mais esquisito fica, pois parece que Elsie nunca existiu. Cara tem certeza de que há alguma ligação entre Elsie e a temporada de acidentes por ela anualmente enfrentada, e está determinada a desvendar esse mistério, antes que seja tarde demais...

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixe de ler!

***

Há um tempo, enquanto vasculhava a pré-venda de livros na Amazon, vi a capa de The Accident Season e me apaixonei imediatamente. Desde então, torci para que a obra fosse publicada aqui no Brasil. Eis que a Editora Intrínseca me surpreendeu ao anunciar o lançamento da obra e, assim que tive a oportunidade, tratei de solicitá-lo e passei na frente de todas as demais leituras.

A escrita de Moïra Fowley-Doyle é diferente de tudo que já encontrei e sua proposta é bastante original. A história se passa na Irlanda, onde a autora mora, e foi bastante interessante desbravar os cenários dessa localidade e conhecer mais de seus costumes. Além disso, Moïra conseguiu me prender logo no início e me surpreender de uma forma que eu não esperava.

A temporada de acidentes está presente no ltexto do começo ao fim, mas não é o foco central da trama. A autora deu mais ênfase ao mistério de Elsie e os segredos dos personagens do que a qualquer outro aspecto da narrativa. Doyle também inseriu um romance "proibido" no contexto, que aumentou as minhas expectativas para com o final.

A narrativa é feita em primeira pessoa, sob a perspectiva de Cara. Nossa protagonista é uma garota decidida, mas sempre viveu à sombra da irmã mais velha e nunca se importou com isso. Ela tem em Bea, Alice e Sam seus melhores amigos e dá valor a essa amizade com todas as suas forças. Amei essa característica da personagem, pois me identifiquei muito.

De longe minha personagem favorita do livro é Bea. A garota é excêntrica e não está nem aí para a opinião dos outros sobre ela. Bea adora o oculto e é uma grande amiga para Cara, abrindo os olhos da menina sobre muitas coisas e fazendo-a ter atitude.

O único defeito do enredo pra mim deve-se a liberdade que os personagens adolescentes têm. Talvez seja um costume da Irlanda, mas Cara e os amigos fumam no pátio da escola (tanto cigarro, quanto maconha), bebem uísque e vinho em casa e saem para festas e lugares estranhos enquanto a sua mãe, Melanie, parece pouco se importar.

Quanto ao final do livro, foi de tirar o fôlego. Fiquei horas encarando o teto me perguntando se tinha entendido bem o que Moïra havia escrito. A autora abordou temas bem polêmicos e mostrou que segredos podem ser muito perigosos. Até agora, relembrando a história enquanto escrevo a resenha, fico de queixo caído com os acontecimentos.

A edição física do exemplar está maravilhosa. A capa é linda, o título possui aplicação de verniz, e se tornou uma das minhas favoritas da estante. A diagramação é simples, as páginas são amareladas e a fonte é grande. A revisão está impecável, não me lembro de ter encontrado nenhum erro.

Temporada de Acidentes é um livro maravilhoso e que se tornou um favorito. Com certeza recomendo a leitura. Não vão se arrepender!

E para quem gostou da resenha e ficou curioso para lê-lo, fiquem de olho porque o Top Comentarista de Abril, que começa amanhã, será com ele.

Temporada de Acidentes - Moïra Fowley-Doyle
Editora Intrínseca
256 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon

4 comentários

  1. Amei a história, nunca tinha ouvido falar desse livro,mas adorei a resenha, deu pra ver que um livro diferente, cheio de reviravoltas e cativante!!
    Já quero!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Leo, as tuas leituras são sempre interessantes demais, e toda vez que leio alguma resenha tua preciso acrescentar um novo item à lista de desejados. Dessa vez não foi diferente. Fiquei encantada com o enredo e com o fato da autora saber dosar exatamente a quantidade de mistério no livro, focando exatamente neste tema. Além disso, os personagens me parecem extremamente bem construídos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Leonardo!

    Não conhecia o livros, mas confesso que me ganhou pela capa!
    Sua resenha tbm me deixou mega curiosa! Quero muito lê-lo, vou adicionar na minha lista de desejados!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Caramba, que vontade de ler esse livro! Já o coloquei na minha lista. Faz tempo que não leio algo com um pouco de suspense e mistério. Essa sensação de terminar um livro e ficar pensando no final, repensando em cada detalhe, é maravilhosa <3 Sua resenha conseguiu arranjar uma nova leitora para a autora, parabéns!

    Aquela Borralheira

    ResponderExcluir