Resenha - Sr. Tigre solto na selva

Resenha - Sr. Tigre solto na selva
Sinopse: "Para tudo tem hora e lugar… até para se soltar! Ninguém esperava isso do sr. Tigre. Sempre tão comportado, tão polido, tão educado. De terno e cartola, lá estava ele, totalmente acostumado à vida na cidade, aos cumprimentos distantes, ao refinado chá da tarde – a um mundo em que todos os animais mal parecem... animais. No fundo, o sr. Tigre sabia que tinha alguma coisa faltando. Ele queria se soltar, queria ser selvagem. E um dia, foi isso o que ele fez. Só que, num mundo tão civilizado, a mudança não pegou muito bem. Ao viver o conflito entre o que esperavam dele e o que ele realmente queria ser, o sr. Tigre mostra as dificuldades que qualquer criança (ou adulto) já enfrentou e vai enfrentar tantas e tantas vezes enquanto descobre seu verdadeiro lugar no mundo. Até onde vale a pena ir para encontrar a si mesmo? O que é ser igual e o que é ser diferente, afinal? Em defesa da liberdade de ser você mesmo, Sr. Tigre solto na selva traduz com simplicidade uma lição importante e extremamente positiva, daquelas que o pequeno leitor, que ainda vai crescer e mudar tantas vezes na vida, merece ter na lembrança."
O Sr. Tigre vivia a sua vidinha pacata todos os dias, sempre fazendo as mesmas coisas: sendo educado e cumprimentando as pessoas por quem passava, vestindo-se impecavelmente e andando sobre duas patas. Mas ele não estava nem um pouco satisfeito com o seu comportamento e queria uma mudança na sua vida.

Assim, o Sr. Tigre resolveu se divertir e deixar todo esse formalismo de lado, e tornou-se diferente e selvagem ao andar sobre quatro patas. No começo, seus amigos até compreenderam as atitudes do felino, mas em certo momento, quando ele "passou dos limites", pediram para que ele se retirasse e fosse viver na selva. E ele foi. Entretanto, quando chegou, Sr. Tigre ainda não se sentia completo...

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Há tempos que eu não lia livros infantis e, sinceramente, não dava mais atenção para os mesmos. Porém, quando recebi o exemplar de Sr. Tigre Solto na Selva da Laís, resolvi reencontrar a minha criança interior e me aventurar nessa história, que li em poucos minutos.

A intenção de Peter Brown com essa pequena aventura do Sr. Tigre é mostrar que existe tempo e lugar para tudo e que precisamos saber como atribuir nossas ações a isso. Deu para entender? O Sr. Tigre queria ser ele mesmo, mas era oprimido pela sociedade que achava as suas atitudes animalescas demais para o local onde viviam. Mas se eram todos animais, por que estavam deixando de ser?!

Sr. Tigre solto na selva - Peter Brown

Quando concluí a leitura, me peguei refletindo sobre o enredo de uma forma como não fazia desde a infância. Por que nos preocupamos tanto em agradar as pessoas quando somos mais felizes sendo apenas nós mesmos? Por que a opinião dos outros reflete tanto em nossas vidas?

Adorei tanto essa trama que já me peguei relendo várias vezes e admirando suas figuras. As ilustrações são lindas e vocês podem acompanhar uma evolução delas conforme a perspectiva do Sr. Tigre vai mudando. Ele é colorido em meio a um mundo de cores neutras. Adorei esse cuidado que Peter teve com a obra.

Sr. Tigre solto na selva - Peter Brown

Sr. Tigre Solto na Selva é uma historinha rápida de ler e incrivelmente deliciosa, que irá mostrar que a vida pode ser muito melhor se deixarmos as incertezas de lado e vivermos do nosso próprio modo. Super recomendo a leitura!

A quem se interessar, a Mi resenhou Minha professora é um monstro! (Não Sou, não.), outro volume escrito pelo autor e igualmente lançado pela Editora Intrínseca, que traz belas lições aos pequenos. Ambos, ótimas dicas de presente.

Sr. Tigre solto na selva - Peter Brown
Editora Intrínseca
48 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon

5 comentários

  1. Que lindinho!!!!Amei os desenhos <3 <3 <3.
    Acho que minha filha vai amar.
    Leonardo sua resenha ficou ótima,apesar um livro infantil que pra muitos seria sem graça,vc conseguiu passar o seu entusiasmo com o livro.Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. me apaixonei pelas figuras, faz tempo q eu não leio livro infantil. mas, é mais por falta de oportunidade (e tb meu irmão mais novo cresceu). achei super legal como foi que ele trata de vc tentar ser os outros querem e não quem vc é.

    ResponderExcluir
  3. Oi Leonardo!

    Não tenho filhos, por isso não costumo comprar livros infantis e muito menos, lê-los. Mas gostei da sua resenha e do livro em si, achei bem colorido e com uma boa história!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Também adoroooo histórias infantis e essa tem ilustrações lindas, e parece ser bem divertida e fofa a história.
    Vou anotar aqui,e quem sabe lê-lo em breve,to precisando comprar uns livros infantis legais mesmo pra dar de presente pros meus primuxos, rsrs
    bjss

    ResponderExcluir
  5. O que eu acho mais interessante dentro de livros infantis é exatamente as reflexões que eles acabam suscitando, mesmo em nós, que já estamos um tanto longe dessa fase maravilhosa. Além disso, achei as ilustrações desse livro muito fofas e bem feitas, creio que toda criança iria amar!

    ResponderExcluir