Dica de filme - Top 5 / Sereias

Dica de filme - Top 5 / Sereias
Oi gente, aproveitando que estamos no clima do lançamento do livro de A Sereia, de Kiera Cass, decidi trazer para vocês um Top 5 com dicas de filmes clássicos nessa temática para vocês assistirem e se apaixonarem.

Para quem não sabe, já rolou aqui no Blog um Top 5 com dicas de leitura sobre sereias. Acessem AQUI.

E não esqueçam da participar da Promoção A Sereia e lerem o #Esquenta incrível que a Laís fez sobre o livro.

Então venham comigo e confiram os filmes com sereias que marcaram a minha vida:



Eu não podia começar esse post sem falar de um filme que foi o responsável por eu amar e desejar tanto ser uma seria! Sim, a minha infância se deu pela minha dúvida entre ser uma sereia, uma bruxa ou uma vampira. "Ser ou não ser, eis a questão!".

Para quem não conhece Splash (não creio!), ele foi lançado em 1984, e conta a história sobre uma sereia que se apaixona por um humano. Até aí parece não ter nada de original, mas o longa me seduziu pela sua simplicidade, pelas suas piadas inocentes e pelo romance doce desenvolvido.

Foi tão legal acompanhar a sereia em suas descobertas na cidade. Era como se ela fosse uma criancinha vendo o mundo pela primeira vez.

É claro que a trama também traz reflexões e críticas, sobre aceitarmos as nossas diferenças, sobre quanto o ser humano pode ser ganancioso e egoísta, e sobre os sacrifícios que somos capazes de cometer por amor.

Uma das coisas que mais me fascinava na produção era o fato de que, quando molhada, a sereia tinha cauda, se estava seca, surgiam as pernas, e isso dava ensejo a cenas em que ela era quase pega no flagra, me deixando tensa.

Para quem tiver interesse, creio que encontrarão o filme completo no youtube.



Devo dizer que sou completamente fã de Melissa Joan Hart. Ela foi uma das minhas musas na infância/adolescência e, até hoje, quando passa algo com ela na TV, corro para assistir. E com Sabrina vai à Austrália não poderia ter sido diferente.

Nesse filme temos seres míticos e magia misturados, além de muito humor, romance, e uma pitada de drama, ingredientes perfeitos para uma sessão da tarde.

Sempre gostei de Sabrina, pois ela era uma menina ajuizada, utilizando os seus conhecimentos e sua bruxaria para ajudar os outros, diferente de Salem, seu gato, que sempre se dava mal por "tentar se dar bem". Não é à toa que ele é um "gato".

O plot deste longa é precioso, já que trabalha com um tema muito importante que é a poluição do oceano e a extinção das espécies marinhas por conta disso.



Imaginem que incrível que seria se nós, meros mortais, nos tornássemos sereias e tritões? Fala sério, eu ia amar! Bom, é isso que acontece, de certo modo, com Cody, quando ele completa 13 anos. Ele não sabia, mas era filho de uma sereia que o abandonou em um barco quando bebê, e foi adotado por um casal de humanos e, ao chegar na puberdade, começa a enfrentar dilemas um tanto quanto não usuais.

Eu acho esse filme fofo demais, não só por podermos acompanhar a transformação completa de Cody de humano a um ser mítico, mas também porque ele trabalha com a ideia de amizade verdadeira e de todos os desafios que enfrentamos para proteger um amigo. 

As cenas mais legais e emocionantes se dão por conta da relação de Cody com Jess, um menino muito inteligente que não sabe nadar e que sempre foi excluído na classe e que, depois de conviver com Cody, passa a se valorizar mais e descobre a força que existe dentro de si.



Eu nunca fui muitooo fã de contos de fadas. Curioso isso né? Nunca tive vontade de me vestir de princesa ou de esperar pelo Príncipe Encantado. A minha paixão era, na verdade, direcionada às vilãs dessas histórias. Entretanto, desde pequena sempre teve um desenho que me chamou atenção, talvez em função do meu amor pela água e pelas sereias, que era A Pequena Sereia.

Para quem já viu o filme, lembra que Ariel tinha o hábito de guardar artefatos humanos que caíam no mar, e tinha uma curiosidade tremenda sobre como seria andar em duas pernas e viver na cidade. Por mais que as pessoas costumem ver no roteiro apenas uma história de amor, o longa transcende este tema tendo em vista que também retrata o quanto costumamos estar insatisfeitos com a nossa própria vida, almejando a grama do vizinho que é sempre mais verde. Nesse sentido, é difícil darmos valor ao que já temos e tomarmos decisões acertadas.

Não foi à toa que Ariel procurou a bruxa do mar para satisfazer os seus desejos, pagando um preço bem alto por eles. Falando na Úrsula, se vocês soubessem quantas vezes nos perguntaram se o nome da nossa filha foi dado por causa dela. Não gente, não foi.

Para quem não sabe, este ano será produzido um filme live-action de A Pequena Sereia, com Chlöe Grace Moretz no papel de Ariel, numa versão moderna e revisionista do clássico. Não preciso nem dizer o quanto não estou animada para esta adaptação, já que não curto a atriz e, para piorar, ela declarou que não tingirá os cabelos de vermelho! Como assim????



Termino esse post citando este filme pelo simples fato de eu estar CHOCADA por descobrir a existência dele no momento em que fiz a pesquisa para compor este texto. Como assim existe A Pequena Sereia 2 e eu nunca ouvi falar e nunca assisti? Genteee, preciso para ontem!

Pelo que entendi, neste longa conhecemos Melody, a filha de Ariel com o príncipe Eric. A garota sempre foi apaixonada pelo mar, mas nunca entendeu por que a sua mãe não a deixava entrar na água. Até ser seduzida pela bruxa Morgana, irmã de Úrsula, a fazer um favor em troca de ser transformada em sereia.

Por que será que me deu a sensação de que parece a mesma trama do primeiro desenho, porém, escrita de maneira invertida? No anterior, temos uma sereia querendo ser humana e nesse, exatamente o contrário. Bom, vou ter que ver para saber.

Só tenho uma coisa a dizer, não creio que o nome da irmã da Úrsula é Morgana! Gente, isso é pura sacanagem e muito bullying comigo, porque eu ia colocar justamente esse nome na minha futura segunda filha! Aff.

***

E aí, gostaram do post? Depois de verem tantas coisas sobre sereias e tritões, já estão com vontade de se jogar no mar e sair nadando mundão afora?

Agora, me digam, quais são os seus filmes/seriados/novelas/livros de sereias favoritos?

Beijos, Mi

2 comentários

  1. Oi Mirelle!

    Dos filmes que vc citou, só não assisti ao O 13 aniversário. Nem conhecia, vou procurar para assistir. Vc esqueceu de Aquamarine!!!!! kkkkkk Sei que é bobinho, mas gosto demais deste filme! rsrsrsrsrsrs

    Ótimas dicas! Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi. Já vi todos do post, menos A Pequena Sereia 2. Sabrina vai à Austrália é meu favorito, ao lado de Aquamarine hahaha

    Crush For Books

    ResponderExcluir