Resenha - A voz do Arqueiro

Resenha - A voz do Arqueiro
Sinopse: "Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor. Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar. Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde. Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda. Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar."
Quando chegou a Pelion, Bree Prescott pretendia apenas se afastar das lembranças que a atormentavam. Sofrendo com os constantes flashbacks do momento mais traumático e triste de sua vida, a paisagem do lago e do último local onde fora feliz com sua família talvez lhe trouxesse um pouco de paz de espírito. Mas ela acaba encontrando muito mais.

O solitário Archer parece apenas um fantasma na pacata Pelion. Todos conhecem a história trágica de sua infância, mas ninguém jamais se aproximou dele. Criado pelo tio lunático que carinhosamente cuidou da educação do garoto, aos 24 anos o jovem segue vivendo no isolamento das terras onde cresceu e na dificuldade de se comunicar, já que sua voz lhe foi tirada no dia em que perdera seus entes queridos.

Encontrar alguém tão isolado e incomunicável não chamaria a atenção de Bree, se não fosse pelo fato de que ele era o único com quem ela podia conversar pela linguagem de sinais, o que a lembrava do falecido pai. Apesar da resistência inicial, Bree e Archer acabam construindo uma linda amizade com um toque de um algo mais, entretanto, existem segredos e traumas demais a serem superados na vida de ambos. Terão Bree e Archer a força de vontade necessária para vencerem a si mesmos em nome de um recomeço? Descubram em A voz do Arqueiro.

***

A voz do Arqueiro é o primeiro livro da série Signos do Amor a ser publicado no Brasil, e também o que fez mais sucesso lá fora. Fazia um ano que eu aguardava ansiosa pelo seu lançamento, já que o burburinho que rolava sobre ele nas redes sociais se tornou ensurdecedor e eu, como boa sagitariana que sou, estava louca para conhecer a história que ilustraria o meu signo.

Inicialmente, a obra pode dar a impressão de ser pesada pelo fato dos protagonistas estarem envoltos em uma grande carga emocional, mas não. Na verdade, a narrativa consegue ser bastante sensível e o romance nela construído é lindo.

Todavia, senti falta de uma presença maior dos personagens secundários na trama. Sempre acho chato enredos que focam demais apenas no casal principal, dando a impressão de que não existe vida além da relação apresentada. Nesse sentido, não vou mentir, eu esperava sim mais do texto.

Além disso.. cara, hello, estamos falando do signo de sagitário! E se eu disser para vocês que conheci um sagitariano, o que alguns que entendem do zodíaco vão imaginar? No mínimo um homem que sempre está de bom humor, que é bastante impulsivo, aventureiro, que não se compromete facilmente com nada e que não está muito preocupado com as consequências de suas atitudes. Bem, este decididamente não é Archer.

Ok, ele passou por uma situação muito traumática na infância e, por conta disso, não fala, mas penso que essa não seria uma desculpa válida para eu enxergar tão pouco das características do signo nele. Uma querida amiga que é casada com um sagitariano me disse que Archer é rude como os centauros. Não sei bem o que ela considera como uma pessoa grosseira, mas na minha visão, Archer era apenas relutante em deixar alguém entrar em seu mundo. Nada demais. Porém, também não sou exatamente delicada como uma flor para julgar a rudeza de outrem. Hehe.

Apesar de ter algumas ressalvas em relação à obra, penso que quem gosta de um bom romance, vai se render à história. O livro tem drama, personagens com segredos, dificuldades e é, acima de tudo, um relato sobre superação e sobre o quanto podemos alterar as nossas vidas.

Mas, a maior polêmica acerca do lançamento nacional, creio eu, ficou por conta do título dado ao volume. O original, “Archer’s Voice” foi traduzido, e muitas pessoas achavam que o nome Archer deveria ter permanecido. Sou da opinião de que ou se traduz o título inteiro ou se mantém o original em sua totalidade. Archer, no título, possui dupla conotação, referindo-se ao nome do personagem ao mesmo tempo em que faz alusão ao arqueiro, símbolo do signo que este exemplar representa. A verdade é que o povo gosta mesmo de reclamar, só que o que realmente interessa é o conteúdo das páginas, então, shush.

No mais, a imagem da capa foi mantida conforme a original e a fonte da palavra arqueiro, para quem não percebeu, é a mesma usada no logo da Editora. Achei legal. O título é brilhoso, o livro possui orelhas com trechos e as páginas internas são as sempre cheirosas amareladas que amo tanto e que só a Arqueiro tem.

E o segundo título da série já está batendo à porta. Fiquem atentos que logo, logo teremos um leonino na área.

A voz do Arqueiro é um belo romance para quem gosta de lindas histórias de amor e superação. Ele brinda o leitor com um sagitariano problemático em uma longa jornada por libertação.

A voz do Arqueiro - Mia Sheridan
Livro 01
Série Signos do Amor
Editora Arqueiro
336 páginas
Comprar: Saraiva / Amazon

4 comentários

  1. eu ando tendo muita sorte, os livros que menos boto fé são os que mais tem me surpreendido da editora e este esta encabeçando a fila! li mais por curiosidade que vontade e me deparei com uma trama de amor linda!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Dany!

    Desde quando saiu, este livro vem me deixando doida com as resenhas que leio!
    Quero demais ler a série toda e claro, estou ansiosa para saber o que meu signo guarda para mim!

    Adorei a resenha, a Arqueiro é maravilhosa neh? Sou apaixonada por seus livros!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Eu não entendo quase nada de signo, mas estou curiosa para ler esse livro de tantos comentarios que eu li no facebook sobre ele. Gostei da resenha, parabens.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro astrologia! Fiquei muito interessada nesse livro, mas só me dei conta agora que a série será gigante e nem sei quando irá sair do meu signo. Espero que pelo menos seja fiel as características do mesmo.
    Ainda estou curiosa para saber se será uma série que os livros são independentes entre si ou não.
    Olha, sempre vai ter alguém reclamando do título, da fonte, das páginas, da capa, etc... Dificilmente as reclamações resultam em algo, mas é assim mesmo rsrs
    bjs

    ResponderExcluir