Resenha - Bela Redenção

Resenha - Bela Redenção
Sinopse: "A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox."
Oi gente, tudo bem? Aqui é o Leo e hoje trago para vocês uma resenha dupla, feita em parceria com a Nathy Almeida do Blog Segredos entre amigas. O legal dessas resenhas é que, na parte da crítica, vocês podem encontrar a opinião de nós dois sobre o que achamos do livro. Espero que gostem! 

ATENÇÃO, esta resenha pode conter spoilers de Bela Distração. Leiam por sua conta e risco!

Liis Lindy é casada com seu emprego de especialista em idiomas do FBI. Tanto que, na primeira oportunidade, largou seu noivo Jackson e mudou-se de Chicago para San Diego para subir na carreira, sem pestanejar. Ela nunca amou Jackson, pelo menos não tanto quanto amava a sua função, e decidiu que fugir era a coisa certa a se fazer.

Já em San Diego, na sua primeira noite na casa nova, Liis visita um bar da região e bebe demais. Ela não é o tipo de garota que fica bêbada e flerta com qualquer um, mas quando um belo homem tenta chamar sua atenção, Liis acaba se rendendo e tendo uma noite de sexo quente e inesquecível.

Na manhã seguinte, Liis chega ao escritório do FBI para seu primeiro dia. Logo de cara ela conhece Val, uma agente desbocada que rapidamente se torna sua amiga, e esta lhe conta sobre a fama do chefe, o agente Maddox, que não é nada querido pelos funcionários da agência.

Para a surpresa de Liis, o agente Maddox é, ninguém mais, ninguém menos do que Thomas, o cara com quem ela ficou no bar na noite anterior. O homem também parece pasmado em vê-la, mas é tão estúpido que Liis sente-se ultrajada. Ninguém tem coragem de enfrentar Maddox, mas Liis não é uma qualquer e não leva desaforo para casa. Ao peitá-lo, sem medo e esperando uma demissão na hora, ironicamente, acaba recebendo uma promoção.

Sem entender o que está acontecendo, Liis resolve focar no que faz de melhor, seu trabalho, mas Maddox tem outros planos para ela. Algo em Liis mexeu com o homem, que teve o coração partido recentemente e prometeu nunca mais se envolver com outra mulher. Só que Liis também está emocionalmente indisponível e essa relação pode ser explosiva para os dois.

Porém, o maldito destino sempre tem planos, e Thomas e Liis precisam fingir ser um casal durante uma missão. O caso é pessoal para Thomas e envolve a sua família, mas ele tem questões mal resolvidas em casa e Liis pode ser a única que consegue ajudá-lo.

Agora, Thomas e Liis precisam concentrar-se nessa tarefa e lidar com os próprios sentimentos e frustrações em um fim de semana que tem tudo para ser um desastre. Será que o amor vai falar mais alto do que os seus medos e objetivos?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

LEO: Quando eu li Belo Desastre, lá em 2013, me apaixonei pela escrita de Jamie McGuire e quis acompanhar todas as suas publicações. Porém, como eu tenho uma relação de extremo ódio com os protagonistas Travis e Abby, não queria ler outros livros interpretados por eles. Por isso, quando soube do spin-off envolvendo os irmãos Maddox, me interessei logo de cara e quis conferir.

Em Bela Distração, primeiro volume da série, Camille troca Thomas, personagem principal de Bela Redenção, pelo seu irmão, Trenton, criando um sério problema familiar no enredo. Como não li a obra anterior, confesso que fiquei meio perdido ao tentar compreender a trama de sua sequência.

NATHY: Eu li Bela Distração e amei cada detalhe. Quando soube que o segundo livro seria sobre o Thomas, quase surtei. Eu PRECISAVA saber o que ia acontecer depois daquele drama da primeira história, então, quando o exemplar chegou aqui em casa, o devorei em poucas horas.

É possível notar um grande amadurecimento na escrita de Jamie. Em Belo Desastre, achei o seu texto simples demais, apesar de envolvente, e agora está mais desenvolvido e rebuscado. Foi uma ótima experiência de leitura.

O livro é narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista de Liis. A protagonista é simplesmente incrível. Apesar de seus medos e anseios, Liis é forte e determinada, não levando desaforo nenhum para casa, de quem quer que seja. Além disso, ela tem uma língua ferina e um humor sarcástico, que eu adoro.

LEO: Thomas Maddox é um Maddox. Ponto. Acho que isso resume em muito o seu caráter. Ele é um tanto instável e confuso, mas, ao contrário de Travis, tem motivos para isso. Sua dupla personalidade deve ter uma explicação astrológica (geminiano, poderia apostar nisso). Admito que gostei bastante dele e torci muito para que o romance entre ele e Liis funcionasse.

Além de Liis e Thomas, Jamie arrasou ao criar uma personagem secundária que é MA-RA-VI-LHO-SA. Val Taber é um detector de mentiras ambulante e torna-se a melhor amiga de Liis no escritório. Dona de uma personalidade única e de um humor ácido, Val arranca muitas risadas no decorrer das páginas. É pedir muito para ela ter um livro só dela?

O único problema, na minha opinião, sobre os livros de Jamie, é o fator da previsibilidade. Logo nas primeiras páginas consegui perceber onde ela queria chegar e tudo o que ia acontecer. Não foi surpresa nenhuma para eu me dar conta de quem estava certo e fiquei um tanto frustrado com isso.

NATHY: Eu já sou apaixonada por um bom e velho clichê e as histórias de Jamie não me decepcionam nesse quesito. Só senti falta de um pouco mais de ação. Poxa, é um livro com agentes do FBI, cadê tiro, porrada e bomba?!

O final do livro foi ótimo, mas preciso dizer que achei o epílogo bem desnecessário. Penso que Jamie tinha um excelente material em mãos para escrever outro livro e desperdiçou isso em meras três páginas, encerrando a história e partindo para outra, como se isso não fosse nada demais.

LEO: A edição física da obra está muito bem trabalhada, mais um excelente trabalho da Verus Editora. A capa é maravilhosa e segue o padrão dos outros exemplares da série. A revisão está ótima, não me lembro de ter encontrado nenhum erro durante a leitura. A diagramação é simples, as folhas são amareladas e a fonte é grande, facilitando a leitura.

NATHY: Bela Redenção é uma história maravilhosa e todos deviam se aventurar nesse romance. Com certeza recomendamos a série e a autora para vocês. Já estamos ansiosos pelos próximos volumes.

Belo Redenção - Jamie McGuire
Livro 02
Série Irmãos Maddox
Editora Verus
308 páginas 
Comprar: Saraiva / Amazon

5 comentários

  1. Leonardo,legal,apesar de clichê a trama desse livro,uma noite de amor ,o homem maravilhoso no dia seguinte,não e nada mais nada menos que seu chefe.Gostei de saber que ao enfrentá-lo ganhará uma promoção.Assim será a história de Liis e Thomas Maddox,fingir ser um casal durante uma missão ,amei a ideia.Legal o texto estar mais rebuscado em relação aos anteriores.Quero muito conhecer a personagem Val Taber .Clichê é assim mesmo previsível.Pena que faltou mais aventura,mas mesmo assim ansiosa para conferir.Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  2. Acredito que não leria o livro (série) porque acho a premissa bem clichê. Porém, o fato da escrita estar melhorando e estar mais profunda e de o enredo ser envolvente são atrativos para a obra.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  3. Leo!
    Gosto dos romances clichês e como 'boa mocinha' preciso conhecer esses irmãos Maddox que fazem o sucesso da mulherada na blogosfera.
    Como a Nat falou, se o FBI está envolvido, cadê a ação?
    Bem, fato é que quero acompanhar a dupla personalidade do Thomas e Liis.
    “Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.” (Madre Teresa de Calcutá)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nada da série Belo Desastre :(...


    Não surgiu AQUELA vontade de ler rsrs, um dia eu dou uma chance.

    ResponderExcluir
  5. Tenho medo de ler esse livro, fiquei muitoooo puta com o Thomas no livro 1.

    Vou esperar mais um pouco para ver se a coragem vem.

    ResponderExcluir