Resenha - Uma pitada de amor

Resenha - Uma pitada de amor
Sinopse: "Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen. No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável. De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa."
Zoe sempre foi apaixonada pela arte da culinária, mas nunca trabalhou profissionalmente neste ramo. Sonhava em abrir a sua própria delicatéssen e vender refeições pré-cozidas para que as pessoas tivessem a conveniência de levar comida de qualidade para casa e, pela primeira vez na vida, parecia haver uma luz no fim do túnel capaz de tornar os seus planos em realidade.

Não foi à toa que Zoe decidiu se inscrever em um dos mais conceituados reality shows deste segmento já que, ao final, o prêmio era uma suntuosa quantia em dinheiro. Depois de conquistar uma vaga na competição, Zoe não imaginava que encontraria tantos obstáculos em seu caminho.

Ela não teria que se preocupar apenas com a elaboração de cardápios inusitados, compra de ingredientes pitorescos e apresentação de pratos para os jurados extremamente exigentes. Zoe estava na mira de Cher, sua colega de quarto e uma concorrente perigosa e traiçoeira e, para piorar a situação, se viu envolvida com Gideon, um dos jurados do programa.

Este relacionamento secreto e proibido poderia colocar tudo a perder, e isso não se resumia apenas à sua participação na disputa, certamente a imagem e a reputação de todos os envolvidos seria prejudicada. Quando o coração decide falar mais alto do que o estômago, o que fazer?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Decidi solicitar esse livro à Editora, pois sou completamente fã de chick-lit e estava em busca de uma leitura leve, descontraída e, principalmente, bem divertida. Infelizmente, não foi o que eu encontrei nessa história.

Zoe simplesmente me deu nos nervos do início ao fim da narrativa, que foi escrita em terceira pessoa. Ela é uma daquelas personagens completamente certinha, boazinha demais, extremamente prestativa, a ponto de se deixar prejudicar para ajudar os outros, características que, particularmente, me incomodam. 

Por eu adorar reality shows, fiquei ansiosa para ver como uma competição de culinária seria abordada na obra, entretanto, novamente, achei que a autora deixou a desejar. O evento todo em si foi super desorganizado e pareceu tão irreal, que foi difícil para eu me entusiasmar. Enquanto lia só pensava "até parece que isso ia acontecer num programa como esse".

Sem contar que, lá pelas tantas, tive a impressão de Katie ter perdido o foco do enredo e ter ficado confusa sobre se desenvolvia uma história de amor entre os personagens ou se, se atinha, apenas ao concurso de comida. Sério, não aguentava mais ouvir as lamúrias de Zoe a respeito de Gideon. Preferia muito mais que a paixão surgida entre os dois tivesse se mantido a nível platônico, com uma carga de tensão maior no ar, do que ter descambado para uma paixonite aguda de colegial.

Mas, o pior para mim, foi o final! Como assim a Zoe se deixou ludibriar daquela maneira? Ok, depois de tudo ter sido "fácil" demais, sabia que viria um fator para complicar a história, mas precisava ser um elemento tão forçado e clichê?

Em suma, o que posso dizer para vocês é que o livro é fofinho e sei de muitos que gostaram da história. Para mim ele não serviu. Não ri uma só vez e não consegui criar nenhuma conexão com os personagens ou com a escrita da autora. Porém, deixo a cargo de vocês decidirem se querem ou não lê-lo, tendo em vista de que gosto é algo muito pessoal.

Uma pitada de amor - Katie Fforde
Editora Record
400 páginas
Comprar: Saraiva

8 comentários

  1. Olá Mi,
    Que pena :(
    Sua resenha me deixou surpresa. Eu li outra resenha desse livro e a autora fez vários elogios. Achei a premissa legal, diferente daquilo que costumo ler, envolvendo culinária e o frio na barriga de reality show. Agora fiquei com mais vontade de ler o livro, ver opiniões extremamente diferentes me fez pensar em mim, no que eu vou achar, haha.
    Beijão
    Blog Historiar

    ResponderExcluir
  2. Mi, quero muito ler esse livro e tenho lido muitas resenhas a respeito dele,gosto de livros clichês,então espero que a personagem não me incomode tanto quanto lhe incomodou,amo romances fofos e alguns mi mi mis,rsrsrs...talvez funcione para mim.Mil beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Estou lendo este livro e achando a narrativa meio enrola, concordo que a autora parece que se perdeu, mas não posso abandonar a leitura, preciso saber o que vai acontecer no final! E eu tenho vontade de bater na Zoe por ela ser tão ingênua kkkkkkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. A sinopse eh bem interessante e a capa muito bonita, mas o enredo, pelas suas criticas, deixa a desejar. Eu ODEIO personagens boazinhas e que sofrem com tudo e AMO aquelas que maltratam e não estão nem ai para o sofrimento alheio!

    www.cidadedosleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Mi!
    Difícil encara um chick lit onde não podemos dar uma risada que seja...afinal, o melhor do gênero é justamente as risadas e o romance.
    Embora adore livros onde a culinária esteja presente, não sei se no momento leria.
    “Somos feitos de carne, mas temos de viver como se fôssemos de ferro.”(Sigmund Freud)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  6. Eu até me interesse por esse livro quando vi que marcasse ele no Skoob, achei que seria legal, estou frustrado. kkkkkk
    Não gosto de obras onde os personagens ficam o tempo todo morrendo de amores um pelo outro, fica algo tipo: "Tá, mas, cadê a história?". Não acho que o livro tenha que se adaptar ao casal principal, acho que o casal principal que tem que se adaptar à história. Se fica o tempo todo nesse chororô se torna algo maçante.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi, tudo bem? Estava super animada com essa capa fofa e a sinopse, quando você vem e bum! Solta a bomba. Fiquei extremamente curiosa quanto ao livro e sinto que vou gostar. Nunca li nada com essa temática de culinária e tudo mais, então acho que vai ser uma experiência legal. Bjs
    folheandominhavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, e como você disse, gosto é algo bem pessoal... já li algumas resenhas super positivas desse livro, e algumas medianas, e gosto de ter a outra visão. Ainda sim é um livro que eu quero conferir, adoro chick-lit, são livros leves que dão para descontrair depois de uma leitura mais pesada, espero gostar mais do que você gostou, e não me sentir tão irritada com algumas situações.

    A capa é super fofinha e adoro a parte do reality show culinário.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir