Resenha - Entrelinhas

Resenha - Entrelinhas
Sinopse: "Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer - e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme. Os astros parecem estar se alinhando para realizar o seu desejo, até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. Emma Pierce acaba de receber uma oportunidade de ouro após anos atuando em comerciais e filmes para TV. Fazer o papel principal em um filme de grande orçamento, contracenando com o lindo Reid Alexander, deveria ser a realização de um sonho. Mas o coração de Emma esconde uma fantasia secreta: ela quer ser uma garota normal. Entrelinhas é o primeiro volume da série homônima de Tammara Webber, autora que já conquistou os leitores brasileiros com livros como Easy e Breakable. Embarque em mais esta história arrebatadora, que vai deixar você querendo muito mais."
Reid Alexander é um dos jovens atores mais famosos da atualidade. Aos 18 anos já não precisa fazer testes, pois consegue o papel que escolher. Ele vive com luxo, tem muitas garotas aos seus pés e muito dinheiro, e o papel de Darcy em uma adaptação adolescente de Orgulho e Preconceito promete lhe render ainda mais.

Emma Pierce tem um currículo modesto aos 17 anos. Ela basicamente fez comerciais e algumas produções de filmes para TV. Sua real paixão é o teatro, mas as ambições do pai e da madrasta por fama e fortuna não permitem que ela busque ser nada menos do que uma estrela de cinema. Quando o empresário de Emma consegue para ela o teste para o papel de Lizbeth, os Pierce mal podem esperar pelo resultado das audições. Contudo, a química que rola entre Emma e Reid não deixa dúvidas de que o papel de sua vida está em suas mãos.

As gravações do filme começam três meses depois e, apesar da tensão existente entre alguns membros do elenco que já se conheciam previamente, o clima de romance que paira no ar em volta de Reid e Emma se torna óbvio. O que Reid não contava era com o fato de precisar enfrentar concorrência no seu interesse pela novata. Graham Douglas, um ator de filmes alternativos, começa a ganhar espaço nas atenções de Emma e, a despeito de normalmente ter a garota que deseja, Reid decide enfrentar o desafio e partir com tudo para conquistar a única menina que não caiu aos seus pés.

***

Tammara Webber, minha querida autora, obrigada por me surpreender. Eu esperava muito de Entrelinhas por ser uma apaixonada por Easy e Breakable, porém, fui pega desprevenida por um romance bastante juvenil. Não, não era o que eu imaginava, mas ainda assim fiquei às cólicas quando, pela primeira vez, havia montado minha torcida, mas não tinha ideia de que rumo o triângulo amoroso contido na trama tomaria. Só o que posso dizer é que Tammara fez uma manobra bastante arriscada e me deixou boquiaberta e feliz.

Explico. Em Entrelinhas, a narrativa em primeira pessoa é intercalada pelas vozes de Emma e Reid, o que faria o leitor pensar que a história se limitaria ao fato de como Emma e Reid se apaixonam no set de filmagens, certo? Errado. Não é isso o que acontece.

Reid é um personagem que me deixou com vontade de estapeá-lo constantemente.  Mega estrelinha e super imaturo, passou a vida toda levando para a cama tudo o que era "espécime" do sexo feminino que já sabia beijar na boca.

Ao contrário de Reid, Graham, aquele que parece estar sobrando no "rolo", é absolutamente perfeito! O cara dos sonhos de qualquer mulher. Querido, companheiro, inteligente e maduro. Como assim o elemento externo à narrativa é tão príncipe encantado enquanto o narrador é tão canalha? Pois é, entretanto, não se sabe muito sobre a vida pessoal de Graham fora dos estúdios, ao passo que acompanhamos a de Reid e de sua família conturbada com a qual ele precisa lidar. Entenderam agora todo o meu estranhamento quanto à dinâmica do desenvolvimento da escrita de Tammara?

Superada essa questão, fiquei encantada com a forma que a autora inseriu as interações entre os personagens no texto. A obra é repleta de mensagens SMS trocadas entre eles, em caixinhas de texto nas páginas. Adoro quando os livros mostram esse tipo de comunicação, porque me sinto recebendo as mensagens junto e reagindo emocionalmente a elas.

Além disso, temos à nossa disposição os roteiros encenados nas gravações pelos atores, dando mais realidade para tudo, todavia, apesar de Webber ter se utilizado desses artifícios que considerei maravilhosos, ainda achei que as cenas foram muito cortadas. Nas partes mais legais, como na primeira interação de Emma com as fãs, o texto é interrompido no meio para ela relatar a versão resumida dos fatos via SMS para a melhor amiga. Na minha opinião, isso tirou um pouco o embalo da história.

Visualmente, o exemplar possui uma edição básica e sua diagramação é simples. Ademais, achei que a capa poderia ter tido uma imagem mais atrativa, apesar de ter gostado dos detalhes em rosa em alto relevo.

Entrelinhas é um livro para apaixonados por um bom romance, principalmente leitores que gostam de ser surpreendidos por reviravoltas inteligentes e inovadoras. Só posso afirmar que não é à toa que Tammara Webber conquistou tantos fãs ao redor do mundo.

Entrelinhas - Tammara Webber
Livro 01
Série Between the Lines 
Editora Verus
347 páginas 
Comprar: Saraiva

8 comentários

  1. Dany,assim quanto antes iniciarei a leitura desse livro e acompanhar a história de Reid,Emma e porque não falar em Graham,me surpreendi em saber como Reid é imaturo e Graham,parecer ser o rapaz dos sonhos...,gostei de saber das trocas de sms dos personagens e também que Reid tem uma família conturbada,estou ansiosíssima para ler,pena que os outros livros da série ainda não foram lançados.Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Orgulho e preconceito <3 Nunca li um livro da Tammara Webber,e nem sequer já tinha ouvido falar dela. Mas confesso que achei bem atraente a sua resenha,fiquei com vontade de ler ^^ beijos!

    ResponderExcluir
  3. Apesar dos diversos comentários positivos que li sobre esse livro, não me interesso por a história, não me chama muito a atenção, então no momento não pretendo ler, talvez futuramente eu mude de ideia, mas sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  4. eu ainda não li nenhum livro da webber, mas apesar de achar interessante a mesclagem com o clássico do orgulho e preconceito e ter as reviravoltas ao longo do livro achei meio muito teen para mim... é aquele tipo de livro que eu leio sem nenhuma pretenção...

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Li Entrelinhas e a historia me surpreendeu positivamentos com certeza ao longo da leituras tive varias surpresas com os personagens que vão se revelando diferentes do que imaginava adorei que a historia nos traz temas ligados as familia dos personagens e espero que no próximo livro tenhamos um maior crescimento da Emma !!!

    ResponderExcluir
  6. Dany!
    Um bom romance é comigo mesma e se tem reviravoltas, mistério e uma boa condução na linguagem, nada melhor.
    Sem contar que o artifício de usar a tecnologia inserida em toda a trama, é um aditivo para a leitura.
    Desejo uma ótima semana, cheia de luz e paz!
    “A alegria evita mil males e prolonga a vida.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  7. Tenho vontade de ler o livro, o cenário a qual se passa, e os personagens são diferentes do que estou habituada. E confesso: a capa me fisgou!
    Sua resenha me deixou com mais vontade de ler! bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Dany, tudo bem? Tenho bastante vontade de ler "Easy" e "Breakable", mas "Entrelinhas" não me chamou a atenção. Acho bem legal esses livros que tem referência a cinema, TV e tudo o mais, e gosto quando esses recursos de SMS são utilizados. Entretanto, não curto triângulos amorosos, e acho que eu iria ficar bastante irritada com o Reid.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir