Resenha - Ascensão: The Originals

Resenha - Ascenção: The Originals
Sinopse: "Inspirado na série televisiva The Originals, spin-off de The Vampire Diaries. Desde que Elijah, Rebekah e Klaus Mikaelson aportaram em Nova Orleans, a noite já não é mais a mesma. O trio de vampiros Originais acredita ter encontrado no Novo Mundo um refúgio do passado sombrio que o perseguia, mas a cidade está prestes a sofrer grandes transformações em seu cenário sobrenatural. Se outrora dividida por uma guerra sangrenta entre bruxos e lobisomens, parece que Nova Orleans encontrará a paz com um casamento entre um membro de cada raça. A linda e misteriosa Vivianne Lescheres, bruxa e filha de lobisomem, é a chave dessa aliança, que ameaça a permanência dos três irmãos vampiros — até então apenas tolerados pelos grupos rivais. Mas o pior acaba acontecendo: a jovem noiva atrai a atenção de Klaus. Completamente seduzido, o mais novo dos Mikaelson não permitirá que nenhum obstáculo se interponha entre ele e a deslumbrante Vivianne. Nem mesmo a perspectiva de derramamento de sangue servirá como empecilho à sua tentativa de impedir esse casamento que considera um erro. Lutando por segurança, um lar e amor, os Originais devem o unir forças para não despertarem a ira de uma rivalidade milenar... ou Nova Orleans mais uma vez se tornará palco para o lendário conflito entre bruxos, vampiros e lobisomens."

No início do século XVIII, os três irmãos originais: Elijah, Klaus e Rebekah, chegam à Nova Orleans pelo rio Saint Louis. Eles procuram um lugar seguro para se esconder da ira do pai, cujo objetivo de vida é o extermínio dos vampiros, e acabam aportando onde lobisomens e bruxas guerreiam pelo domínio da cidade.

Nove anos mais tarde, a permanência dos três segue os termos de um acordo rígido. Nenhum vampiro pode ser transformado, e a caçada desenfreada de Klaus por lobos, que marcou a chegada deles no local, deveria ser cessada. Os irmãos não dispunham de um lar estável, viviam em hotéis e à parte da sociedade, e nenhum deles se conformava com a precariedade da situação.

Quando bruxas e lobisomens pretendem selar a paz através do casamento de seus mais notáveis filhos, o impetuoso Klaus pode acabar colocando tudo a perder. A jovem noiva, Vivianne Lescheres, não é apenas mais um dos caprichos do irmão mais novo de Elijah, e o apaixonado Klaus não pretende abrir mão dela, mesmo que isso custe à permanência dos vampiros em Nova Orleans. 

***

The Originals é baseado no seriado de TV homônimo, criado pelo canal CW, que serve como um spin-off da aclamada The Vampire Diaries. Na série, após deixar Mystic Falls, o trio de vampiros originais se muda para Nova Orleans, cidade que um dia foi regida por eles. O livro, por sua vez, remete o leitor de volta ao ano de 1722 e aos eventos que levaram os Mikaelson ao comando daquela colônia francesa.

Com o status de foragidos e sem muitos recursos, os irmãos Mikaelson não são bem-vindos na cidade por sua natureza vampírica. Nova Orleans possui uma grande população de seres sobrenaturais, fazendo com que os três precisem seguir regras e viver como refugiados sem oportunidades ou lar.

Escrito em terceira pessoa, a obra acompanha um irmão a cada capítulo, contando seus progressos nas missões tomadas para si. Klaus está apaixonado e deseja mais do que tudo que Vivianne abandone a aliança incumbida a ela através do noivado com um lobisomem para que os dois fiquem juntos. Rebekah fica encarregada de seduzir o comandante do exército francês, que acampa nas proximidades, para que os humanos lutem ao lado dos vampiros, e Elijah embarca na impossível missão de buscar a segurança de um lar para ele e para os irmãos. Mas nem tudo é fácil, e muita ira será desperta no caminho trilhado pelos originais.

The Originals possui uma história bastante interessante, mas por acompanharmos três diferentes personagens que buscam por objetivos distintos, senti falta de um maior aprofundamento nas sensações e nos sentimentos deles. Apesar das principais características estarem presentes no texto, não consegui me apaixonar com Rebekah ou me conectar com o súbito amor de Klaus por Vivianne. A obra tem um bom plot e ajuda a remontar o começo da vida dos Mikaelson em Nova Orleans, entretanto, é menos detalhada que o seriado e isso acabou me fazendo falta.

O exemplar possui uma capa maravilhosa, estampando os belíssimos atores que dão vida aos personagens de Klaus e Rebekah na TV. A diagramação é simples e as páginas são amareladas. Com capítulos curtos, a leitura se torna fácil e fluida.

Ascensão é um livro especialmente indicado para os fãs da série The Originals e para todos os entusiastas dos seres sobrenaturais. Quando vampiros, bruxas e lobisomens lutam pelo controle de Nova Orleans, as perdas podem ser dolorosas, e o poder, sem limites.

Ascenção - Julie Plec
Livro 01
Série The Originals
Editora Galera
224 páginas
Comprar: Saraiva 

4 comentários

  1. Dany,parece ser um trama interessante apesar que não gosto de histórias voltadas para o sobrenatural.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu vi esse livro na livraria esses dias, mas ele não tinha me chamado atenção, porque eu não conhecia sabe? Mas me interessei muito nele, deve ser tipo 'perfeito'

    ResponderExcluir
  3. Oi, Dany!
    Li uma resenha como a sua, positiva e com ressalvas, sobre esse livro. Achei o enredo rico, mas confesso que fiquei receosa sobre me sentir próxima dos personagens. Eu sempre temo certa superficialidade quando uma obra surge depois de um filme ou de um seriado. :/ Fica com aquele quê de roteiro, sabe? Mas acho que não é o caso. De qualquer modo, assisti recentemente ao primeiro episódio do seriado e me interessei. Acho que vou investir na leitura depois de ver, pelo menos, a primeira temporada.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Como eu não assisto The Originals, o livro não despertou interesse em mim. Mas eu amo o Klaus hahahaha. <3

    ResponderExcluir