Resenha - The Pointless Book: Um livro sem noção

Resenha - The Pointless Book: Um livro sem noção
Sinopse: "Complementado por um app gratuito, este é um livro sem noção, cheio de diversão e desafios: assar um bolo na caneca; criar uma cápsula do tempo; fazer desenhos insanos; escrever um diário sobre uma semana da sua vida; aprender origami etc. Totalmente ilustrado e com uma série de jogos, atividades e brincadeiras, Alfie desafia você a completar seu diário e a não fazer praticamente nada com orgulho."

The Pointless Book: Um livro sem noção, chega ao Brasil reforçando o fenômeno de livros interativos que visam estimular a criatividade dos leitores. Como o nome já diz, este exemplar não possui nenhum objetivo específico, mas gosto de chamá-lo de livro antiestresse, uma vez que ficar brincando em suas páginas é uma ótima forma de descontar a irritação acumulada no dia.

Lançado no Reino Unido pelo Youtuber Alfie Deyes, dono do canal repleto de desafios e vídeos sobre assuntos aleatórios, The Pointless Book a princípio não me pareceu algo que pudesse exercer apelo sobre mim. Bom, isso foi até eu decidir realmente entrar na brincadeira. Eu não tinha noção de como sentia falta de lápis de cor e do quanto rasgar páginas poderia ser libertador.

Ao longo do post vocês poderão ver algumas de minhas aventuras pelo The Pointless Book. Como já comentei algumas vezes nos vídeos do Canal da Mi, eu sou altamente neurótica quanto à conservação de meus lindos livrinhos. Esta sempre foi minha principal barreira para brincar com este tipo de exemplar interativo, entretanto, respirei fundo e decidi colocar a mão na massa.
As atividades da obra são das mais variadas possíveis e, comparando-o a outros exemplares do gênero, o considerei um tanto mais divertido. Existem algumas coisas que achei chatas e sem sentido e, provavelmente, a minha idade não tenha me ajudado a realizar várias delas, mas no mais, me senti de volta à adolescência brincando de enfeitar a agenda.

O livro também resgata muitos jogos de minha pré-adolescência e achei isso fantástico. Muitos deles eu sequer recordava que existiam e o reconhecimento foi “Meu Deus! Eu brincava disso com minhas amigas!”. E, sim, é, faz muito tempo. :(
Muitas atividades em grupo também são propostas ao longo das páginas, parte que me deixou um tanto em desvantagem já que não tenho muitos amigos que topariam este tipo de empreitada, mas as brincadeiras são divertidas e os jovens certamente irão gostar. Ele também apresenta imagens em alguns cantos superiores que você pode escanear para acessar através do aplicativo, The Pointless Book, vídeos do Alfie realizando as tarefas propostas.

Algumas das coisas que aprendi com o The Pointless Book:

- Eu sou péssima no basquete de bolinha de papel;

- Eu sou ótima com listas, mas isso eu já sabia;

- Minha sobrinha de 5 anos desenha melhor do que eu;

- Eu nunca tive criatividade para brincadeiras em viagens de carro.
O resultado da minha brincadeira importou em alguns danos ao The Pointless Book.  A lombada do meu livro está cheia de rachaduras, ele está todo torto e com algumas páginas amassadas e rasgadas, porém, o prazer do momento compensou o prejuízo visual. De forma alguma faria nada parecido com outros volumes de minha coleção, mas como arma antiestresse, está valendo. Sempre posso escondê-lo em uma gaveta para não alterar o padrão TOC de perfeição de minha estante.
Voltado para o público mais jovem e para quem está sempre antenado, The Pointless Book é altamente indicado para momentos de tédio solitário ou diversão em grupo. Ah, e também para adultos extravasarem a criatividade e relembrarem de brincadeiras e atividades que costumamos deixar para trás, mas que não deveríamos.

The Pointless Book: Um livro sem noção - Alfie Deyes
Editora Verus
322 páginas
Comprar: Saraiva

4 comentários

  1. Já queroo !!!
    Adoro esses livros instintivos ... e a capa desse é muito legal tbm :)

    ResponderExcluir
  2. KKKKK, não conhecia esse livro! Vi que tem muita coisa sem noção mesmo [no bom sentido], deve ser muito divertido preencher todas as páginas rs.

    ResponderExcluir
  3. que maravilha, adorei, super interativo.
    Eu quero.
    Face: Ana Silver

    ResponderExcluir