Resenha - Sangue Mágico

Resenha - Sangue Mágico
Sinopse: "Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa cidade para viver. No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham. Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros. Aqui, os arranha-céus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes. Neste mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um um pouco demais de usar a sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão. Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura… ou perseguir o assassino sobrenatural. Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é..."

A mágica voltou ao mundo e desta vez em pulsos incontroláveis. Quando está ativa, toda tecnologia falha, fazendo com que carros, eletricidade e tudo o mais precise ser adaptado para que funcionem. Mas com o retorno dela, o mundo foi tomado por todas as criaturas que pensávamos não existir: vampiros, lobisomens, feiticeiros, necromancers, demônios e humanos cujas veias carregam doses mágicas capazes de torná-los quase indestrutíveis. Agora todos coabitam com os cidadãos comuns.

Nesta nova realidade, Kate Daniels busca sobreviver da melhor forma possível vendendo sua magia para se sustentar. Ela entra em campo quando a polícia paranormal não dá conta do serviço, que não é pouco, ainda mais em um mundo onde qualquer idiota com um pouco de feitiçaria consegue evocar um demônio, criando o caos e dificultando, por exemplo, o trabalho de livrar da tal besta.

Afiliada à Associação dos Mercenários, Kate faz o possível para se manter incógnita e guardar seu segredo, especialmente dos membros da Ordem, entidade oficial que regula a magia. Entretanto, o jogo muda quando seu Guardião legal, um alto membro da Ordem, é misteriosamente assassinado. Para Kate é uma questão pessoal descobrir qual criatura conseguiu pôr fim à vida da única família que lhe restou. Para a Ordem, os serviços de Kate podem vir a calhar, ou ela pode ser a isca perfeita para encontrarem o assassino.

Destemida e sem muito a perder, Kate adentra as profundezas do submundo mágico, batendo de frente com os mais altos escalões das criaturas sobrenaturais. Uma teia emaranhada de complôs e tramas aguarda que Kate fique presa em seu meio e o segredo tão bem guardado durante toda sua vida pode ter seu sigilo posto em risco quando existem muitas vidas em jogo.

***

Palmas para Kate! Fazia muito tempo que eu não encontrava uma mocinha tão espirituosa, sarcástica e impulsiva, características que são mais comumente atribuídas a protagonistas masculinos. Kate é simplesmente demais! Gordon e Ilona Andrews, os autores da série, estão de parabéns! Segundo eles, a ideia era de escrever uma história que fosse o oposto das habitualmente publicadas, onde a magia está acabando, e eles fizeram um brilhante trabalho.

Sangue Mágico poderia ser descrito como uma espécie de Supernatural + True Blood, e a mocinha em carreira solo é praticamente um Dean Winchester de saias. Ou melhor, calça de couro, mas enfim, do sexo feminino.  Assim, o livro possui muita ação, sensualidade e aquele humor sarcástico irresistível.

Enquanto Kate segue sua busca por respostas, muitos seres do submundo vão sendo apresentados ao leitor, além de irmos conhecendo como as coisas funcionam naquela realidade. Temos muitos personagens surpreendentes na trama, já que o retorno da magia abriu um leque infinito de possibilidades para os autores e eles aproveitaram para usar toda a criatividade na construção do enredo.

Kate não possui um par romântico, mas ao longo do livro, você se pega torcendo pelas mais variadas figuras. E existem MUITOS candidatos ao cargo, todavia, Kate parece ser um pouco atrapalhada nessa coisa de romance. Apesar de tudo, ela ainda nos brinda com algumas cenas mais picantes e estou ansiosa pela continuação para saber se o meu favorito se manterá na liderança.

No começo da leitura foi um pouco difícil para eu me situar no contexto da vida de Kate. Existem muitas organizações paralelas com objetivos bastante semelhantes e precisei de um tempo para me orientar sobre qual era qual e o que cada uma queria. Também é grande o número de pessoas que cruzam o caminho de nossa heroína, mas nada disso é suficiente para atrapalhar o pleno desenvolvimento da história.

O tom de mistério está presente do começo ao fim no texto. Todos são suspeitos e, como leitora, fiquei bastante nervosa aguardando cada cena se desenrolar pensando “é agora!”. Já deu para entender que também tem muita tensão ao longo da obra, não é?

Adorei esta edição da Saída de Emergência. A capa está linda, o texto tem espaçamento simples e as páginas são amareladas. Do jeitinho que a gente gosta. E se vocês estão esperando por muitas aventuras, podem ficar animados. A série Kate Daniels já possui 8 títulos publicados lá fora e previsão para mais dois. E não estou contando os contos entre cada volume! É, a anti-heroína Kate Daniels promete nos brindar com muitas risadas e momentos de tirar o fôlego. Espero que um tal Rei das Feras esteja presente até o fim também.

Sangue Mágico - Ilona Andrews
Livro 01
Série Kate Daniels
Editora Saída de Emergência
256 páginas
Comprar: Saraiva

3 comentários

  1. Oie
    Eu achei esta capa divina, linda. O livro não faz muito meu estilo, mas ainda sim fiquei curiosa. Beijos

    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, a capa não me agradou muito, mas o que me chamou atenção positivamente foi a sua descrição da personagem principal, porque tenho preguiça da maioria das heroínas, por serem não dependentes e chatas, acho que vou gostar desse livro!

    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha,li esse livro esses dias e já terminei.A capa também não me agradou muito já que lá fora o senhor das feras aparece.Nao vejo a hora de lançarem o segundo aqui no Brasil

    ResponderExcluir