Semana Cinquenta Tons de Cinza - Conhecendo E. L. James - Dia 2

Semana Cinquenta Tons de Cinza - Conhecendo E. L. James
E aí pessoal, estão animados com a Semana Especial Cinquenta Tons de Cinza? Convenhamos, ela já começou em grande estilo com uma super promoção em parceria com a Editora Intrínseca. E se vocês não estão sabendo, cliquem AQUI e participem.

Hoje vamos conhecer mais sobre a criadora dessa trilogia de sucesso. Deem as boas vindas a E. L. James!

"Erika Leonard James (nascida em 1963) é ex-executiva de TV e mora em Londres. Casada e com dois filhos, desde pequena sonhava em escrever histórias pelas quais os leitores se apaixonassem, mas adiou esses sonhos para se concentrar na família e na carreira. Quando finalmente arranjou coragem para escrever, pôs no papel seu primeiro romance, Cinquenta Tons de Cinza. Na sequência, publicou os outros dois livros da série, Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade, completando a trilogia que se tornou o maior fenômeno editorial dos últimos anos." 

DE ONDE VEIO A INSPIRAÇÃO PARA ESCREVER CINQUENTA TONS DE CINZA?

Para quem não sabe, Cinquenta Tons de Cinza é uma fanfiction de Crepúsculo. Erika é fascinada pelo universo criado por Stephenie Meyer desde que o leu e teve a ideia de reescrever a história com personagens mais adultos e uma pegada mais picante. Tentador, hein?

Em 2009, James enfrentou uma crise de meia-idade. Casada com um marido nem um pouco romântico, que foi capaz de lhe presentear com um abridor de latas no Natal, extravasou todos os seus sentimentos e fantasias numa obra inicialmente intitulada como Master of the Universe, que foi publicada na internet sob o pseudônimo de Snowqueens Icedragon.
Semana Cinquenta Tons de Cinza - Conhecendo E. L. James
Algumas semanas depois, o texto de Erika deu um boom e viralizou entre os internautas, chamando atenção de algumas editoras que ficaram loucas para conhecê-la. Por questões de direitos autorais, a autora modificou alguns elementos da trama original e substituiu os nomes dos personagens de Crepúsculo por outros, para que Cinquenta Tons de Cinza pudesse ser publicado.

Se vocês estão se perguntando o que Stephenie Meyer achou disso tudo, bom, apesar dela deixar claro que esse tipo de literatura não é a sua praia e que ela não pretende ler os livros, fica feliz por E. L. James, e disse que ela está se saindo muito bem.

Leonard é uma mulher simples que preza pela sua privacidade. Atualmente, é facilmente encontrada no jardim do Chateau Marmont, em Los Angeles, com um bom copo de vinho na mão. Viciada em Nutella, adora comer de colher. Seus amigos a consideram uma pessoa engraçada, calorosa e que adora sair para jantar. À noite pode ser encontrada no twitter, falando com seus fãs. Seu maior desejo é reunir todos os seus amigos de fanfictions ao redor do mundo para uma grande janta.

LINHA DE PRODUTOS DE CINQUENTA TONS DE CINZA:

Cinquenta Tons de Cinza não se tornou apenas um fenômeno mundial em diversos aspectos, virou também um estilo de vida. Erika aproveitou o sucesso da publicação dos seus romances eróticos e utilizou tal divulgação a seu favor, lançando a trilha sonora dos livros no seu canal do YouTube, criando uma coleção de joias finas, lingeries em tamanhos normais e plus size, uma linha de produtos eróticos e inclusive a produção e venda de garrafas de vinho, tudo com a marca Cinquenta Tons de Cinza.
LINHA DE PRODUTOS DE CINQUENTA TONS DE CINZA
LINHA DE PRODUTOS DE CINQUENTA TONS DE CINZA
Isso significa dizer que você e seu parceiro podem perfeitamente recriar alguma cena do livro na privacidade do lar, escutando a Bachiana Brasileira No. 5 do Villa-Lobos. Imagino que muitos casais têm aderido à moda.

NOVOS PROJETOS À VISTA:

Há alguns anos, surgiram rumores de que James poderia escrever um quarto livro da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, que serviria como um spin-off, contando as três primeiras histórias sob a perspectiva de Christian Grey. A informação não foi confirmada, mas também não foi negada pela autora, que respondeu dizendo "Nunca diga nunca".

Recentemente, foi divulgado na internet que E. L. James fez uma pequena participação em um novo projeto que está sendo encabeçado por Sylvain Reinard, autor da série O Inferno de Gabriel. Por enquanto tudo permanece um mistério.

Além disso, Erika afirmou em entrevistas concedidas mês passado que pretende começar a escrever um livro novo, já que possui várias histórias em sua cabeça. Mas, por enquanto, está muito concentrada no lançamento do filme, o que a impede de escrever. Vamos aguardar novidades.


** Não sabem o que é fanfiction? Cliquem AQUI.

***

Gostaram de conhecer mais a respeito de E. L. James? Confesso que fiquei bem espantada com o tanto que descobri nas minhas pesquisas, principalmente referente aos produtos de Cinquenta Tons de Cinza. Já quero todos! hehe

Fiquem de olho que amanhã tem mais.

Beijos, Mi

15 comentários

  1. Mi, eu li esse conto que ela escreveu com o Sylvain, ele divulgou na pagina do face. E estou lendo a nova serie dele tb.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu não sabia tanto assim sobre a tia Erika hahah Eu gostei bastante dos livros dela e ficar sabendo mais sobre a sua pessoa é bem legal. Os produtos sobre 50 tons são os mais diversos, eu descobri vários em sites sobre o filme. Espero que a Erika escreva um novo livro e sobre a perspectiva do Grey.
    Adorei o post Mi.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Adoro a trilogia e fico imaginando como uma pessoa, como ela, que vivia uma vida simples, com sua família, consegue escrever uma história capaz de fascinar tantas pessoas ao redor do mundo.

    ResponderExcluir
  4. E o mais impressionantes são os números: mais de 100 milhoes de livros vendidos em mais de 52 idiomas!!!! Cara, não sei se tem outro livro que já bateu esse record. Ela nem precisa escrever mais nada... já está riquíssima!

    ResponderExcluir
  5. Eu comecei a ler a fanfic, porque sou apaixonada por esse universo também e até hoje tenho a fanfic salva aqui!
    Abridor de lata?? kkkkkkkkkkk Não é atoa que ela teve que extravasar escrevendo!
    Acho que todo mundo deveria saber que a história se originou de uma fanfic, e tem tantas boas que poderiam virar livros!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jess, também tenho ela salva aqui, e é tão engraçado ler a história vendo os nomes originais dos personagens.. kkkk Também acho que todos deviam saber que Cinquenta Tons é fanfic. Muitos ainda desconhecem isso. E sei de muitas fanfics que viraram livros e outras tantas que realmente são boas e mereciam uma chance. Mas as pessoas ainda são preconceituosas em relação a fanfics, infelizmente. Beijos

      Excluir
  6. Uauuuuuuuuuuuuuuuuuu... não sabia de muita coisa por trás dos livros, especialmente sobre o marido dela (eu ia ter um treco..srsr) e todos os produtos lançados.. Amei essa postagem..Arrasou Mi.
    bjs e fique com Deus

    ResponderExcluir
  7. Adorei , já sabia que tinha sido inspirado em Crepúsculo, porém muitas coisas eu não sabia como a linha de vinhos e que ela queria continuar escrevendo, pois lembro que li em algum lugar que ela não queria.
    Adoraria ler um livro dela em parceria com Sylvian, e esse never say never?!! Todas piram.

    ResponderExcluir
  8. Nossa quanta informação nova sobre E. L. James... já sabia que era uma fanfiction, e não sabia do texto na internet com os nomes originais de crepúsculo vou dar uma procurada.... E sobre ela ser parceira de Sylvain Reinard me pegou de surpresa... Adorei o post como sempre!!!!

    ResponderExcluir
  9. Para quem leu Crepúsculo consegue identificar traços dos personagens nos livros da E. L. James. Fiquei curiosa se o marido permanece o mesmo, abridor de latas no Natal ninguém merece. Apesar dos livros ter muitos pontos fracos não tem como não se apaixonar pelo Grey.

    ResponderExcluir
  10. Confesso que fiquei bem surpreso quando soube que esse grande sucesso era uma fanfic. Mas o bom é que não quiseram "vender" como original. Foi legal saber um pouco mais sobre quem esteve por trás de todo esse sucesso. O que me impressionou é que, mesmo sendo todo esse sucesso, ela ainda continua mantendo uma vida bem simples, e um contato bem próximo com os fãs. Merece o sucesso que está fazendo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Não sabia que que a história era fanfic. Foi bom saber disso. Você por acaso tem ela salva contigo? Gostaria muito de ler. Amo essa série. E sou doidinha por esse Gray gostosão. Não esse do cinema. Mas do livro da autora. Adoraria ter esse bad boy só pra mim. Rsrsrs
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Minhas amigas falaram tanto dessa trilogia que despertou minha curiosidade, estou louca para ler!

    ResponderExcluir
  13. Uauu adorei os produtos! Não tinha conhecimento deles, e que legal que a SM a apoia, mesmo que não tenha lido a obra.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Eu já tinha visto em algum lugar sobre a história ter sido uma fanfic antes de virar livro, juro que achei que fossem rumores e tal, mas é verdade! Nunca mais desanimo com as minhas fanfics, vai que viram livros também hahaha Sabia que existiam os produtos, as joias, mas vinho? Gente, que demais!

    ResponderExcluir