Resenha - Um mais um

Resenha - Um mais um
Sinopse: "Em seu novo livro, a autora de Como eu era antes de você conta o engraçado e comovente romance entre uma mãe solteira falida e um milionário do ramo da tecnologia. A história começa com Jess precisando levar sua filha Tanzie para uma Olimpíada de Matemática na Escócia. O problema é que ela não sabe como chegar lá até conhecer Ed Nicholls, um geek estranho que oferece uma carona até o destino. A engraçada viagem provará que os opostos se atraem e que é possível encontrar o amor nos lugares mais improváveis."
Ed era um empresário bem sucedido na área tecnológica. Desde pequeno, sabia no que queria trabalhar e atingiu a realização profissional quando fundou a Mayflay com Ronan, seu colega desde a faculdade. Infelizmente, não podia dizer o mesmo do amor. Sua mulher, Lara, se queixava de que Ed só trabalhava e não sabia ser romântico. A consequência disso foi um divórcio milionário com Lara passando a mão em boa parte do patrimônio de Ed.

Traumatizado, Ed levou anos para se envolver novamente e, quando reencontrou Deanna Lewis, não pensou duas vezes em se deixar seduzir pela menina com quem sempre quis ficar quando adolescente. O problema é que Deanna não era nada do que Ed imaginava e, rapidamente, quis se livrar da sua presença. Mas Deanna sabia ser muito insistente e estava deixando Ed maluco.

Num ato de desespero, sabendo que Deanna estava seriamente endividada e que podia sumir caso conseguisse pagar suas contas, Ed compartilhou com a moça informações privilegiadas sobre o novo software que logo iria lançar. O resultado foi desastroso. Deanna não só ganhou muito dinheiro ao investir no mercado de ações da Mayfly, como Ed foi acusado por se beneficiar com esses ganhos. Agora Ed estava sendo investigado, foi afastado da empresa e ainda corria risco de ser preso e de perder tudo o que tinha.

Jess era mãe solteira e cortava um dobrado para conciliar seus empregos de faxineira e bartender de um pub com as funções domésticas. Não importava o quanto ela trabalhasse, nunca tinha dinheiro o suficiente no final do mês para pagar as contas. Marty, seu ex-marido, não a ajudava financeiramente, ao contrário, foi embora de casa anos antes, meio deprimido e cansado da vida que levavam. Desde então, as crianças nunca mais viram o pai.

Quisera ela que esses fossem seus únicos problemas. Mas Jess tinha ainda mais coisas com o que se preocupar. Nicky, seu enteado e de quem ela cuidava desde os oito anos, não era um menino "comum". Viciado em videogame e maquiagem, enfrentava diariamente a animosidade dos colegas, sendo vítima de bullying e alvo de inúmeras crueldades por parte de valentões descerebrados e covardes.

Tanzie, por sua vez, era taxada de nerd, já que tinha um grande amor pela matemática. Mas eram as suas roupas brilhantes de lantejoulas e seus acessórios feitos em casa é que chamavam atenção para si, negativamente. Jess tinha muito medo de que a filha não fosse sobreviver na McArthur, a escola para qual a menina teria que ser transferida no ano letivo seguinte. Ela, no fundo, sabia que Tanzie teria o mesmo destino cruel de Nicky, e isso a deixava em pânico.

Em razão disso, quando surgiu a oportunidade de Tanzie ir estudar na St. Anne’s, uma escola particular que tinha um programa de matemática fabuloso para meninas geniais feito ela, Jess surtou. Por um lado, sabia que não teria dinheiro para pagar as despesas, por outro, também sabia que faria de um tudo para realizar o sonho da filha e mantê-la a salvo.

Mas Ed e Jess irão aprender que nenhum problema é suficientemente grande quando podemos contar com a generosidade e a boa ação de estranhos.

Querem saber o que irá acontecer? Então leiam!

***

Desde que li Como eu era antes de você, decidi que leria todos os livros escritos por Jojo Moyes. Quando solicitei Um mais um, tinha certeza de que ia gostar, mas não imaginava que fosse mexer tanto comigo a ponto de não conseguir me deixar falar sobre ele. Se eu pudesse só dizer para vocês "leiam, é perfeito, vocês vão amar", eu diria. Mas esta é uma resenha, e preciso elucidar meus motivos e detalhar um pouco mais a obra. Tadinha de mim.. kkk porque nada do que eu disser aqui chegará aos pés do que este livro simboliza, mas prometo, tentarei fazer o meu melhor.

Nesta obra, Jojo Moyes se valeu da escrita em terceira pessoa, algo que nem sempre me agrada, mas que foi muito bem empregada à história, principalmente quando a autora optou por intercalar os capítulos entre a visão de cada personagem, deixando a trama mais complexa e cheia de nuances para desvendarmos.

Um mais um poderia facilmente ter se tornado um clichê, na medida em que aborda o abismo existente entre as classes sociais e culmina no relacionamento entre uma empregada doméstica pobre e seu patrão ricaço e esnobe. Mas a autora soube transcender as mesmices quando inseriu no enredo elementos dignos de reflexão e veracidade. Fazia tempo que não me deparava com uma história tão emocionante e personagens tão reais, sendo impossível não nos identificarmos pelo menos com algum deles.

Quem nunca teve que contar centavos, ou decidir qual conta pagar e qual postergar? Quem nunca se preocupou com o futuro dos filhos numa sociedade cada vez mais violenta e preconceituosa? Quem nunca meteu os pés pelas mãos e errou feio tentando acertar, sendo depois execrado por suas escolhas?

Jess retrata perfeitamente a mulher faz-tudo e a mãe guerreira, que mata um leão por dia pelos seus filhos. Mas o que mais me chamou atenção nela foi seu otimismo. Não importa o quanto as situações estejam ruins, Jess sempre dá um jeito de ver o lado bom da coisa e dar a volta por cima, porque ela sabe que, na real, tudo o que mais importa é a felicidade dos seus filhos, o resto se dá um jeito. 

"Venho martelando na cabeça das crianças por todos esses anos que, se nos preocuparmos com os outros e fizermos o que é certo, tudo ficará bem. Não roubar. Não mentir. Fazer o que é certo. De alguma maneira, o universo vai nos ajudar. Bem, tudo isso é mentira, não é? Ninguém mais pensa assim."

Ao contrário de Jess, Ed dá a impressão de ser um pessimista nato. O curioso é que ele, teoricamente, tinha tudo para ser um homem feliz: bom emprego, dinheiro, realização profissional. Mas Ed nunca soube aproveitar as bonanças da vida. Tornou-se um homem solitário, isolou-se da família e, quando a crise chegou, se viu completamente sozinho, sem ter a quem recorrer. Nem todo dinheiro do mundo seria capaz de preencher o vazio que Ed sentia.

Talvez tenha sido por isso que decidiu ajudar Jess e sua família a levar Tanzie de carro para as Olimpíadas de Matemática na Escócia, a última chance deles de darem a volta por cima. Ed queria ter a sensação de estar fazendo pelo menos uma coisa boa e útil na vida. A questão é que Jess nunca soube muito bem receber ajuda. Ela sabia que não tinha condições financeiras para fazer nem a metade do que gostaria, mas era orgulhosa e achava errado receber a gratidão de outras pessoas, ainda mais de estranhos. Entretanto, na situação em que se encontrava, não conseguiu dizer não à carona de Ed, já Tanzie era mais importante do que todos os dilemas pessoais que ela enfrentava.

Falando em Tanzie, como não se apaixonar por essa garotinha de dez anos, tão ingênua, espontânea e querida, que só queria ter a chance de estudar em outro colégio melhor e cursar a disciplina de matemática avançada? Nicky também me cativou e cresceu na trama na medida em que foi se abrindo para o mundo e percebendo o seu lugar naquela família nada convencional. Mas quem, por muitas vezes roubou as cenas, foi Norman, o cachorro peidorreiro de Tanzie que me arrancou muitas lágrimas.

Quando comecei a ler o livro, achei que a história toda fosse se focar em se Ed seria condenado e em se Tanzie conseguiria vencer as Olimpíadas de Matemática para, com o dinheiro do prêmio, pagar a matrícula e a mensalidade do colégio particular. Mas não, Um mais um se mostrou uma trama de road trip divertida, maluca e reveladora, descortinando o que acontece quando pessoas diferentes são obrigadas a dividir um espaço confinado por tantos dias, expondo suas verdadeiras personalidades, medos e segredos.

Jojo soube abordar de maneira delicada os problemas que todos temos, e que nem por isso são problemas "maiores" ou "menores" que os dos outros. Tudo depende de quem os está enfrentando. Além disso, não devemos julgar a situação em que cada um está passando. Para Jess, os dramas de Ed eram fáceis de serem resolvidos, já que ele tinha muito dinheiro e provavelmente se safaria da condenação, já que os ricos sempre dão um jeito. Para Ed, ficava difícil compreender o sofrimento de Jess já que ele nunca teve que lidar com as privações que aquela família enfrentava diariamente.

Além disso, a autora discutiu sobre os infinitos erros que cometemos todos os dias, desde os mais "pequenos" e "insignificantes", aos que são capazes de redefinir as nossas vidas. Será que os erros nos definem? Será que somos capazes de perdoar e sermos perdoados e de recomeçarmos deixando o passado para trás?

De tudo que foi abordado na obra, acho que a maior lição que podemos aprender com essa história é que, quando fazemos algo de bom, sempre seremos recompensados. Pode ser que demore, pode ser que as coisas não aconteçam do jeito que gostaríamos, mas temos que acreditar para continuar lutando. E o mais incrível é quando essa ajuda vem de gente que nem conhecemos.

Num mundo em que impera o individualismo e a independência, temos que aprender a pedir e a receber ajuda sem nos envergonharmos disso, e entender que nem sempre somos capazes de resolver tudo sozinhos. E essa é a grande moral do livro. Quem tem mais pode ajudar quem tem menos, e não estou falando apenas de dinheiro. Assim, nas infinitas somas de um mais um, teremos a multiplicação de sorrisos e de sonhos realizados.

Uma mais um - Jojo Moyes
Editora Intrínseca
320 páginas 
Comprar: Saraiva

41 comentários

  1. Desde que li Como Eu Era Antes de Você me vi "na obrigação" de ler tudo da Jojo Moyes, por enquanto li apenas 'A garota que você deixou para trás'. Quando saiu Um Mais Um eu enlouqueci kkk. Gostei de cara da sinopse e me encantei pelo livro, ainda não o li, sua resenha me deixou com mais vontade de ler. A Jojo é uma escritora incrível, adoro a forma como ela torna seus personagens reais e como suas histórias deixam de lado os clichês e são elevadas para outro nível. E hoje eu surtei com mais uma novidade: VAI TER SEQUÊNCIA DE COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ!!!! SAI EM SETEMBRO! SOCORROOOOO, NÃO TÔ PREPARADA!

    ResponderExcluir
  2. amei sua resenha, estou doidinha pra ler esse livro!
    me animei mais ainda
    bjkasss
    Leila

    ResponderExcluir
  3. Aiai... ainda mais doida pra ler esse livro.
    Já garanti o meu, mas a entrega tá demoraaaaada... rrsrsrsr
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  4. oi Mi, é a primeira resenha que leio desse livro e fiquei encantada, o enredo proposto por Jojo tem tudo para me agradar!
    pelo visto ela é uma diva das palavras
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha. Com uma historia diferente, que envolve situações do cotidiano mas colocado de uma foram a nos envolver com a historia, a Jojo tem uma escrita tao linda e simples, mas que nos prende ate a ultima linha e nos deixa com vontade de mais. Desde que li "Como eu era antes de voce" que fiquei fã da Jojo, quando li a sinopse desse novo livro, fiquei curiosa pra saber como ela trabalho um tema diferente, agora com sua resenha fiquei ainda mais com vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, fiquei ainda mais curiosa pra ler!! <3

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi... comecei a ler a resenha, mas confesso que parei no primeiro parágrafo com medo de spoilers. :):) sei que vc diria se houvesse spoiler mas não quis arriscar.. Jojo, pra mim é um ícone, ouvi muito falar de "Como eu era antes de vc", mas o meu primeiro foi "A última carta de amor", depois o "Como..", "A garota...", "A casa das Marés..."... aguardo por esse ansiosamente, ela está na minha lista do LeituraMágica no quesito Mom Lit, mas não sei se vou aguentar esperar e ele fure a fila.... Não tem como não amar a jojo, portanto vou de coração aberto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, tudo bem? Vi que você deixou um recado lá no Blog sobre a resenha de Um mais um.. Vi também que você ficou com medo de spoilers.. hehe, super entendo.. apesar de que como você disse, eu aviso quando tem. Mas eu li o livro totalmente no escuro, e se você quiser fazer o mesmo, será uma ótima experiência. Só um detalhe, você comentou que colocou o livro da Jojo como Mom-lit, para ler. Só para você saber, nenhum livro dela se enquadra nessa categoria, ok ;) Eu explico isso lá no Blog quando falo sobre os gêneros literários. Beijos

      Excluir
  8. Adorei a resenha! Amo os livros da Jojo, "mais um" pra minha listinha infinita de leitura..rss..

    ResponderExcluir
  9. Cara, Jojo é sensacional, todo mundo que já leu Como eu era antes de você me dizia que eu ia chorar e blablabla e eu "eu nao choro com qualquer livro, que isso, pra me fazer chorar tem que ser muito intenso...", conclusão: chorei até o que nao tinha pra chorar! E agora que vai ter sequência to ate me preparando... Creio que Um mais um seja uma leitura mais leve, nao tão profunda, e sua resenha foi bem completinha, deixando a gente com aquele ar de "preciso ler!". Agora é torcer pra ganhar porque a grana ta curta pra comprar hahaha

    ResponderExcluir
  10. Oi Mi!!!
    Sempre achei a escrita da Jojo incrível, pena que só li Como eu era Antes de Você.
    Quero ler todos ou outros livros dela, mas acho que Um mais Um passa na frente dos outros haha
    Acho que é um daqueles livros leves de "sentei, já tô na metade do livro" haha
    Provavelmente é mais um livro que iria favoritar.
    Gosto de quando a autora trás fatos simples, mas acaba chamando o leitor pra história,
    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  11. Eu já li da Jojo só " Como eu era antes de você '', li em um dia, e simplesmente me apaixonei pela escrita da autora. " Um mais Um " provavelmente será mais um grande sucesso, li a sua resenha e já me encantei pela história, gosto desses personagens talvez um tanto " clichês " envolvendo homem rico x mulher pobre, mas que desenvolva um bom enredo e que no fim do livro não tenha apenas ficado a impressão de ter lido um romance, mas sim boas mensagens para a vida, o dia a dia. Uma mãe batalhadora, uma filha estudiosa, e um homem querendo ser útil ... é uma boa história, já to ansiosa pra ler.

    Parabéns pela resenha Mi, bjus.

    ResponderExcluir
  12. Jojo, como não amar?
    Quando li "Como eu antes de você", me apaixonei pela autora, e como você Mi, quero ler tudo dela, até a lista de compras, se fosse possível (ops, ACEDE?! hahaha)
    Adorei a resenha e fiquei mais ansiosa ainda pra conhecer essa linda história da Jojo.
    Adoro histórias com crianças e animais, costumam ser divertidas e encantadoras.
    É, agora é aguardar eu ganhar essa belezinha (otimismo, cruzando os dedinhos, rss)

    Beijos Mi :*

    ResponderExcluir
  13. Com os livros dela fica até difícil fazer resenha mesmo. É tanta coisa boa e sentimentos, você fica com dificuldade pra expressar o que ele faz contigo. Os livros são um mais lindos que o ultimo, tudo muito amor. Dá vontade de escrever milhões de "amei, adorei, lindo, perfeito, leia leia leia!" e chamar de resenha xD
    Estou ansiosa por esse e por mais, a autora é uma das minhas favoritas e adoro as questões e o quanto os livros dela me fazem pensar. É angustiante quando acaba! E essa parece ser outra ótima trama.

    ResponderExcluir
  14. Oi Mirelle, tudo bem? Nessa resenha a autora me passou a lembrança de uma antiga frase, "Tudo o que deve ser nosso, Deus arruma um jeito de fazê-lo chegar até nós." Acredito nisso e analisando é um daqueles livros divertidos onde os acontecimentos conspiram para que tudo chegue ao fim de forma satisfatória. Como seria bom se na vida não demorasse tantos anos para que nossas conquistas se concretizassem. Gostaria que fosse como um livro, beeeem mais rápido!Beijocas querida e você arrasa nas resenhas, adorei!

    ResponderExcluir
  15. A Jojo Moyeres sempre me tira do eixo, me coloca pra repensar muitos aspectos importantes e fases da minha vida! Esse livro parece-me q não vai ser diferente! Como sempre, intenso, forte e com uma lição de vida marcante! Na minha opinião são as principais características da escritora! Sou mesmo fã!
    Detalhe: vc arrasa nas resenhas Mi, acho q já tenho uns 12 livros na minha meta de leitura indicados por vc ou acrescentados após ter lido a resenha! esse já ta na lista! bjusss
    Aline alencar
    aline_alencar268@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Oie Mih!!! EU fiz como você: depois que eu li COmo Eu Era Antes de você,decidi que ia ler todos os livros da Jojo porque a escrita dela é fantástica e ela consegue nos fazer refletir! Estou ansiosa pra ler esse livro, apesar da capa simples: eu esperava mais!!!! Eu estou desejando lê-lo muiiito. Amei a premissa pelo fato da Jojo neste livro falar sobre as diferenças entre classes sociais e é como você disse, apesar de ter um enredo que tinha tudo pra ser clichê, a Jojo consegue emocionar o leitor e sair da mesmice!!! Preciso ler!!!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  17. Eu confesso que estava na duvida se queria ler o livro, pois o anterior eu corri dele..ja sabia como terminava e eu procuro não ler nada tão triste...
    Mas este parece ser tão tão, e gosto de historias de superação e livros narrados desta forma geralmente me agradam bastante.
    E rico com pobre....da ótimas historias, o problema de classes sociais ser abordado é bom,
    beijos.

    ResponderExcluir
  18. Adorei a resenha! É um Chick lit? Achei bem no estilo mesmo. Eu nem li o livro e já me identifiquei com a mãe das crianças kkkk, gostei muito, acho que eu também amaria esse livro. O que mais me chamou a atenção foi o fato de ela (a autora) mostrar que mesmo sendo rico, também passam por problemas e dificuldade assim como qualquer pessoa. Não importa a classe, ninguém vive em um mar de rosas não! Só pela resenha eu também achei bem engraçada a história, com certeza preciso ler!

    ResponderExcluir
  19. Gosto muito dos livros da Jojo Moyes, amei Como Eu Era Antes de Você, estou doida pra ler esse livro desde que li a sinopse e agora de pois de ler essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  20. Ainda não li nenhum livro da Jojo, mas já quero ler todos! rsrs
    Ia comprar o Como eu era antes de você, mas acabaram me contando o final, e eu fiquei triste, já estava num momento depre, então comprei outro, e achei melhor adiar a leitura!
    Porém, agora vou estou pronto! Vou correr atrás dele! kkkkk
    Um mais um, pareceu-me ainda mais complicado, porque gente, essa Jess tem um jeito de corajosa, determinada, disposta a tudo pelo amor que nos filhos - em sua família.
    Quando li que ela criava um enteado, confesso que já me fisgou aí!
    Com tantos pais abandonando os filhos, a mulher vai lá, e cria como filho o enteado *-* Lindíssimo isso, to mais querendo ler justamente para conhecer a história dessa família pobre financeiramente, e rica de ♥.
    Espero poder lê-lo logo! Senão ele, outro da Jojo :D
    Beijocas,
    Ana

    ResponderExcluir
  21. Todos estão falando que este livro é incrível, você me deixou com mais vontade de ler! Claro, é Jojo Moyes! Quero muito ler!
    Mi, adoro suas resenhas! Parabéns e muito sucesso!
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi, Mi.

    Ainda não li nada da Jojo, mas já está na estante Como eu era antes de você. Pode ser clichê a empregada se apaixonar pelo chefe rico, mas quando um autor sabe trabalhar isso é sensacional. Depois de todos os elogios a Um mais Um só me cabe conferir a obra.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books // Participe: Top Comentarista

    ResponderExcluir
  23. Nossa, que resenha linda! Me apaixonei pela Jojo desde Como Eu Era Antes de Você, todos os livros que já li dela me ganharam e tal, cada um mais lindo que o outro... Acho que só conseguirei entender o título do livro lendo mesmo, ela sabe realmente mostrar como o amor pode superar barreiras, de todos os tipos.Sinto que vou amar Um Mais Um. <3

    ResponderExcluir
  24. Achei sua resenha sensacional, até me deu vontade de ler embora não seja um estilo que eu curta, mas fiquei curioso em saber no que vai dar nessa relação entre esses dois. Parabéns!

    ResponderExcluir
  25. Amei sua resenha e já quero ler Um mais Um! Já li Como eu era Antes de Você da Jojo e gostei muita da história envolvente e tenho certeza que não vou me decepcionar com mais esse, é o meu tipo de livro favorito: um romance dramático, porém fofo, que nos fazem querer devorar cada pagina. Sempre choro com esses livros, chorei lendo o que citei acima e claro que vou chorar com esse também, pois pelo que pude perceber pela resenha, trata-se da história de um cara que não tem privações financeiras, mas está passando por problemas na sua empresa no momento e de Jess, uma mãe solteira que mesmo passando por dificuldades financeiras tudo o que quer é a felicidade dos filhos e do seu grande cachorro Norman! O que o encontro dos dois nos reservam é o que quero descobrir, beijos.

    ResponderExcluir
  26. Nossa, sua resenha foi fantastica fiquei curiosa pra lê o livro. Mi você realmente nos desperta e nos fascina com seu trabalho aqui no blog.. Um grande abraço

    ResponderExcluir
  27. Não li nada ainda da autora, mas imagino o quanto a narrativa dela é importante, porque o sucesso é visível. Quero ler algum livro dela, e descobrir os motivos de tantos comentários positivos.

    ResponderExcluir
  28. Já tive a oportunidade de ler o livro e adorei a sua resenha Mi.

    Os personagens são maravilhosos e incríveis. Durante a viagem, acontece tanta confusão que cheguei a me sentir desesperada para que tudo resolvesse.
    Senti muita pena do Ed no princípio, por acreditar que ele foi muito inocente na situação em que se envolveu, mas depois passei a achar que ele foi bobo mesmo por acreditar cegamente na boa vontade de outra pessoa.
    A Jess é uma guerreira. Uma mulher forte e sem medo de fazer tudo pelos filhos.
    Adorei esse livro e recomendo a todos que leiam.

    Obrigada pela resenha Mi!

    ResponderExcluir
  29. E eu que só leio elogios e mais elogios em relação aos livros da autora, mas nunca tive oportunidade de ler nenhum deles. Ainda não tinha lido nem a sinopse, então não sabia que rolava uma viagem nele. Gosto de livros assim. Outra coisa que acho legal é que a autora consegue trazer reflexões bem interessantes com história simples. É o sinal que aquela máxima sempre dar certo: "O menos é mais".

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. Oi, Mi!
    Me tornei fã da Jojo Moyes ao ler "Como eu era antes de você", que ficou marcado para mim, como o livro que mudou a minha forma de ver o mundo.
    E pelo visto, com Um mais Um, a autora mais uma vez nos surpreende com sua maneira leve de escrever, sem nos deixa de tocar profundamente.
    Parabéns pela ótima resenha, Mi! Fiquei imaginando a história e não pude deixar de lembrar de Pequena Miss Sunshine.

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Tive a oportunidade de ler Como eu era antes de você e me apaixonei. Lendo a resenha de Um mais Um já fiquei apaixonada também. Agora quero saber como vai ser, em detalhes, essa viagem e qual será o destino final dos personagens. Mais um na lista dos desejados.

    ResponderExcluir
  32. Para mim a característica mais marcante da Jojo Moyes é que ela não tem pena de seus leitores, e sempre nos faz chorar ao ler suas maravilhosas histórias. E ela também sabe abordar ótimos temas sociais. Eu tenho a impressão que Um mais um não me fará chorar, mas como todos os outros livros da autora deixará uma grande lição de vida. Tomara que eu não esteja enganada.

    http://tudoqueeuli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Eu sou um pouco suspeita pra falar de Jojo Moyes, já li três trabalhos dela e gostei muito de todos.
    Agora olha essa resenha...é pra deixar a pessoa maluca pelo livro, fiquei simplesmente fascinada e agora quero o livro de qualquer maneira é uma questão de vida ou morte.

    ResponderExcluir
  34. Oi Mi!
    Tenho alguns livros da Jojo, mas ainda não li, preciso mudar isso urgente.
    Fiquei super curiosa com a sua resenha.
    Quero conferir essa trama e me emocionar.
    Bj
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Depois de ontem na turnê, fiquei curiosa com esse livro, eu nem conhecia. Bom, o que posso dizer? Deve ser demais, estou ansiosíssima para ler, já ouvi falar muito bem da autora e infelizmente não li nenhum livro dela ainda, acabo sempre "deixando para a próxima".
    Sou puxa-saco da intrínseca, os livros da editora nunca me decepcionam, então <3

    ResponderExcluir
  36. Nunca li nada da Jojo, mas falam MUITO bem de "Como eu era antes de você", e gosto muito de ler um livro que puxe romance de vez em quando, se ela for uma escritora tão boa quanto falam, Um Mais Um vai ser um sucesso, e vou procurar ler!
    Bjss Mi!

    ResponderExcluir
  37. Quando li a sinopse de Como eu era antes de você, já fiquei com uma vontade absurda de ler, mas infelizmente, ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da Jojo.
    Agora com essa resenha que vc ver de Um mais um, já vi que vou ter que começar uma lista de livros dela que vou querer ler. A história parece ser realmente muito boa.

    ResponderExcluir
  38. Oie...depois de ler essa resenha super detalhada, minha vontade de ler o livro triplicou, muito boa a descrição dos personagens, bem realista...Eu li Como eu era antes de você e achei lindo e triste, fiquei meio depre depois que terminei a leitura, achei que o amor dela não foi suficiente para fazê-lo mudar de ideia 😢..depois li A garota que você deixou pra trás, ( adoro esse tipo de história), até que em certa parte do livro fiquei arrasada, sofri junto com os personagens...e de repente, quando já não existia esperança..tudo muda 😄😄😄...ahhh que alegria...enfim Simplesmente amei...Agora quero muito ler esse novo livro da Jojo..quero muito ganhar, torcendo aqui! Abraços Mi! 😉😘

    ResponderExcluir
  39. Oi Mi,

    Simplesmente amo a Jojo! E já estava doida por esse livro ainda antes do lançamento. Ler sua resenha só me deixou mais curiosa ainda. E pelo jeito o final é feliz , Ne? Sem lágrimas dessa vez, rsrsrs

    ResponderExcluir
  40. Pelo jeito este romance está demais. Encantada com o que descobri aqui na resenha. E cada vez mais apaixonada por essa autora maravilhosa. Seus romances são emocionantes e viciantes. Não vejo a hora de conferir tudo que já descobri sobre a história e personagens.
    Beijos.

    ResponderExcluir