Dica de leitura - O Reino que não era deste mundo

Dica de leitura - O Reino que não era deste mundo
Sinopse: "Uma conspiração maquiavélica que beira as raias do absurdo. Mais do que duas forças políticas, duas elites disputando um ardiloso jogo de xadrez. Um tsunami prestes a engolir os donos do poder. E você, de que lado estaria? Para entender o Brasil de hoje é preciso entender os bastidores de uma disputa pelo poder que começa em 1831 e envolve nada mais, nada menos que alguns dos principais personagens da nossa história. De um lado, os monarquistas, os novos-ricos, D. Pedro I, Duque de Caxias, Barão de Mauá, D. Pedro II, Princesa Isabel, Conde D’Eu; do outro, é claro, os republicanos, os escravocratas, os cafeicultores, Barão de Cotegipe, Benjamin Constant, Quintino Bocaiúva, Floriano Peixoto. Nas cenas derradeiras, em 1889, o enfermo Imperador D. Pedro II está vindo de Petrópolis. No Rio de Janeiro, duas conspirações estão prestes a se chocar. Em uma das frentes, a Princesa Isabel trama a transição para o Terceiro Reinado. Na outra, os republicanos colocam em marcha planos sediciosos para proclamar a República. No meio, o Marechal Deodoro terá que escolher um dos lados. Ambas as elites caminham sobre um vulcão em erupção. E o povo... o povo, como sempre, está à mercê de sua própria sorte, sua péssima sorte."

E aí pessoal, hoje trago uma dica de leitura perfeita para os amantes de não-ficção e da história do Brasil: O Reino que não era deste mundo, escrito pelo autor Marcos Costa e publicado pela Editora Valentina.

Neste livro, baseado na tese de doutorado do autor, descobrimos sobre o quase terceiro reinado no Brasil, e sobre como a Princesa Isabel queria assumir o trono. Entretanto, acabamos virando uma república e tudo permaneceu como estava antes.

Sobre o autor:

"Marcos Costa pensou em ser arquiteto, mas logo desistiu e foi fazer História na UNESP – campus de Assis. Tornou-se Mestre e Doutor em História Social também pela UNESP. Historiador, professor universitário, pesquisador e escritor. Autor de inúmeros artigos publicados em revistas acadêmicas e dos livros Para uma nova história, Escritos coligidos: textos de Sérgio Buarque de Holanda (em 2 volumes) e O homem que não quis ser imortal." 

BOOKTRAILER



1 comentários

  1. Eu gosto muito de livros históricos, me interesso muito por história e nem sempre aquilo que a gente viu na escola fala sobre tudo. Bem legal saber que a obra foi baseada na tese de doutorado do autor.

    ResponderExcluir