Resenha - O Grande Ivan

Resenha - O Grande Ivan
Sinopse: "Meu nome é Ivan. Eu sou um gorila. Não é tão fácil quanto parece... Ivan mora dentro de um shopping e nunca tinha pensado em voltar para a natureza até o dia em que a pequena Ruby, um filhote de elefante, foi comprada pelo dono do circo. Baseado em fatos reais, O GRANDE IVAN é uma história deliciosa, cheia de humor, ao mesmo tempo doce e inteligente, sobre os direitos dos animais e sobre a força da amizade. Não importa quantos anos você tem... Você deveria ler este livro hoje, agora mesmo. Aliás, o que você está esperando para começar?"

Ivan é um gorila das costas prateadas. Por mais de 27 anos, ele viveu enjaulado num habitat humano chamado de Grande Shopping e Fliperama de Saída 8, onde era visitado três vezes ao dia, 365 dias por ano, por crianças e adultos que passeavam pelo local.

O gorila foi retirado da natureza quando ainda muito jovem, juntamente da irmã, Pega, que morreu logo em seguida. Desde então, foi criado como se humano fosse, por Mack, dono do "circo do shopping". Quando começou a dar trabalho, foi aprisionado em seu domínio e nunca mais viu outro ser da sua espécie.

Mas não fazia mal, Ivan tinha grandes amigos: Stella, a elefanta que morava ao lado e que fazia truques surpreendentes; Bob, o cão sem raça definida que se gabava de ser selvagem e sem teto por opção; e Júlia, filha de George, o faxineiro do estabelecimento, com quem compartilhava seu amor pela arte. Sim, Ivan era um artista, um Picasso de quatro patas. Suas obras eram vendidas na lojinha local por um alto preço. Todos queriam um quadro pintado por um gorila.

Ivan sabia que aquilo não era vida, mas ele não tinha esperanças de um dia visitar a selva novamente, assim, não se preocupava com o que não podia ter. Até a chegada de Ruby, uma elefanta bebê que passou a dividir o domínio com Stella. Ruby era ainda um ser indefeso, que não merecia viver o resto da sua vida sendo explorada pelos humanos.

Quando Stella fez Ivan prometer que cuidaria de Ruby, que a tiraria daquele lugar, o gorila finalmente sentiu que tinha algum propósito na vida, alguém a proteger, e não descansou até cumprir o seu juramento.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Me apaixonei pela obra imediatamente ao me deparar com a ilustração fofíssima da bela edição com capa dura e com o marcador de livro em formato de banana que a acompanha! Mas foi saber que a história era baseada em fatos reais que de antemão fez o livro mexer comigo. Já previ que a trama iria me comover, e não me enganei.
Resenha - O Grande Ivan
O Grande Ivan é narrado em primeira pessoa pelo próprio "gorila urbano". A escrita utilizada pela autora é simples, de fácil compreensão, e muito indicada para as crianças, apesar de que este deveria ser um livro a ser lido por todos. Os capítulos são muito curtos e com assuntos bem pontuados em tópicos, dando fluidez à história, e as páginas são ricamente decoradas por graciosas ilustrações, que acredito que tenham sido feitas ou pelo Ivan da ficção, ou por sua amiga Júlia.

A obra nos faz refletir como deve ser viver a vida toda atrás das grades, sendo observado, mas não compreendido. O que nos separa dos animais? Por que costumamos ter mais direitos do que eles?
"Os humanos desperdiçam palavras. Eles as jogam como cascas de bananas e as deixam apodrecer."
Katherine, por meio dessa história, nos convida a questionar sobre o tratamento dado aos animais em cativeiro, mostrando o descaso da maioria dos humanos para com eles e do sofrimento e solidão que os mesmos sentem, sendo tão legítimos e passíveis de atenção, respeito e carinho tanto quanto a gente.

Se antes eu já tinha pavor de circos ou de atrações que se utilizam da mão de obra animal, agora, depois de ler uma obra escrita pelo ponto de vista de um gorila enjaulado, criei ainda mais asco por aqueles que retiram os bichos da natureza, os mantém aprisionados ao seu bel prazer, e os exploram para mero entretenimento.

Esta história é de grande importância para os pequenos, que certamente irão se solidarizar com Ivan e seus amigos e torcerão para que eles tenham um destino mais feliz. Deste modo, as crianças aprendem preciosas lições de humanidade por meio de uma história lindamente triste, mas igualmente inspiradora.

Após concluir a leitura, fiz o que sempre faço quando um texto tem um quê de verídico, fui atrás dos fatos, e me deparei com diversas reportagens e vídeos sobre o verdadeiro Ivan, fazendo com que os meus olhos se enchesse de ainda mais lágrimas.

A autora valeu-se da licença poética para contar a história de Ivan, que realmente se tornou muito famoso. Mas nem tudo no livro é real. Os outros personagens citados, por exemplo, são todos frutos da imaginação de Applegate, com exceção de Kinyani e Jambo, e agradeço por isso, porque foi delicioso conhecer Stella, Ruby, Bob e Júlia.

Para os curiosos de plantão como eu, saibam que em 1994, Ivan foi finalmente transferido para o zoológico de Atlanta. Inicialmente, enfrentou dificuldades de se socializar com outros gorilas, já que esteve sempre em meio aos humanos, mas se adaptou.

Infelizmente, em 2012, Ivan faleceu, anestesiado durante um exame médico, depois de viver mais de 50 anos. A comunidade local nunca o esqueceu.

Katherine Applegate disse, em entrevista para o NPR.org, que a primeira vez que ouviu falar sobre a história de Ivan, um gorila capturado na África e levado para um shopping, achou tudo tão bizarro e constrangedor, que soube que isso daria o que falar. A autora tentou conhecer Ivan. Ela foi até o zoológico, enquanto ele estava vivo, mas a sua visita ocorreu num dia muito chuvoso e Ivan não saiu da sua toca. Katherine ficou quatro horas sentada na chuva, esperando, mas não teve jeito de vê-lo.

Até agora estou sem palavras. O Grande Ivan carrega em seu texto a esperança de um futuro melhor e a necessidade de conscientização dos humanos sobre o respeito que devemos ter para com os nossos semelhantes.

Como diz a elefanta Stella: "Os humanos podem nos surpreender às vezes. Uma espécie imprevisível, esses Homo sapiens.", e esperamos que a próxima geração possa surpreender positivamente a todos nós. 

O Grande Ivan - Katherine Applegate
Editora Novo Conceito
288 páginas 
Comprar: Saraiva
   
CONHEÇAM O GRANDE IVAN



BOOKTRAILER

 

1 comentários

  1. Que história inusitada, assisti ao vídeo do Ivan e chorei aqui. É difícil imaginar um animal que foi feito para viver na selva, passar o seus dias aprisionados numa jaula, longe da natureza, de outros animais... Não somos superiores aos animais e nem muito menos aos outros seres humanos, fazemos parte desse mundo e deveríamos respeitar ao outro! Pena que muitos esquecem de amar, respeitar e cuidar do outro!

    ResponderExcluir