Semana Percy Jackson - Resenha - O Mar de Monstros - Dia 3

Hey gente, aqui é a Dreeh, do Blog Mais que Livros, trazendo mais um post especial para vocês. Preparados para conhecerem mais a fundo um pouco desse universo mitológico de Percy Jackson? Então fiquem de olho nessa Semana Especial.

Sinopse: "O segundo livro da série que se tornou fenômeno mundial, em edição limitada e com design exclusivo: as cinco lombadas dos livros compõem, juntas, uma ilustração especial de John Rocco. Em O ladrão de raios, Percy Jackson, o menino que aos doze anos descobre que é um semideus, filho de Poseidon, precisa impedir uma guerra entre os deuses que destruiria a civilização ocidental; em O Mar de Monstros, ele e os amigos se envolvem em uma perigosa aventura para defender o acampamento dos semideuses; em A maldição do titã, Percy descobre que o Senhor dos Titãs despertou e está disposto a destruir a humanidade; em A batalha do Labirinto, o semideus vai combater o perigoso titã no temido Labirinto de Dédalo; e em O Último Olimpiano, Percy tem que lidar não só com o exército de Cronos, mas também com a chegada de seu décimo sexto aniversário - e, assim, com a profecia que determinará seu destino."

ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers do primeiro livro, O Ladrão de Raios. Leiam por sua conta e risco!

Depois de atravessar um ano escolar sem confusões ou expulsões, Percy está chegando ao seu último dia de aula. Abalado com as más notícias que chegaram do acampamento meio sangue – as coisas não andam muito bem por lá e Quíron acha melhor que ele permaneça em casa nesse verão – e com os sonhos estranhos onde Groover aparece lhe pedindo ajuda, ele segue para o colégio. Tudo começou com um jogo de queimado na aula de Educação Física, que logo se transformou em uma batalha de vida ou morte para Percy. Com a ajuda inesperada de Annabeth e do seu mais novo amigo, Tyson, ele consegue escapar até da polícia e, juntos, eles seguem em direção ao acampamento.

A recepção que tiveram não foi das melhores e descobriram, da pior forma possível, que muita coisa tinha mudado enquanto estavam ausentes. O acampamento não era mais um lugar seguro para os meio-sangue e todos estariam sob grande perigo caso alguma coisa não fosse feita logo. Alguém envenenou a Árvore de Thalia. Com sua morte gradual, a força das fronteiras que protegiam o acampamento de monstros está cada dia menor. Mas não era só o acampamento que corria perigo, Groover foi pego em uma armadilha e está em apuros. Para a sorte dos nossos heróis, o único artefato capaz de curar até o pior dos venenos, o Velocino de Ouro, está preso na mesma ilha que o sátiro.

É nessa jornada dupla que Percy e seus amigos saem do acampamento meio sangue e em direção ao mar de mostro. Onde diversos heróis já arriscaram suas vidas, e nem sempre foram vitoriosos. O final dessa aventura é impressionante, algo que ninguém poderia prever, quer dizer, talvez o Grande Titã Cronos soubesse desde o principio...

***

Muitos personagens já conhecidos voltam à cena, dando destaque a Clarissa e Luke – que desta vez faz questão de mostrar a que veio. Entre os novos personagens inseridos na trama, temos Tântalos, que assume o acampamento meio sangue no lugar de Quíron. A situação inusitada vivida por Groover acaba gerando diversos momentos engraçados na obra, mas que não vou contar quais são, quero que vocês desfrutem de todas as surpresas.  =)

Em alguns momentos da história, Percy começa a questionar o que seu pai sente por ele. Se ele gosta de seu filho, por que o estaria fazendo passar por situações tão constrangedoras? Essa é a grande reflexão que a obra traz. Sabem aquele velho ditado de "escreve-se certo, mas por linhas tortas"? Ele se aplica perfeitamente aqui. Quem nunca acusou alguém de tê-lo abandonado quando mais precisava e, no final das contas, percebeu que aquela foi a pessoa que mais lhe ajudou, mas que você estava imerso demais na situação para perceber?!

Eu realmente gosto muito de mitologia e a forma como Rick aborda a temática é incrível. Ele consegue misturar os mitos com a trama de uma forma ímpar. A escrita é muito fluida e o final de um livro já faz com que você queira correr para o próximo! A diagramação do livro é simples, mas vamos dar uma atenção especial a capa. Ela combina perfeitamente com a história! Ao finalizarem a leitura, indico que parem e reparem em cada detalhe que ela apresenta. Todos eles se encaixam com a trama.

Até onde você iria por um amigo? É fácil a relação em família? Esses são apenas algumas das reflexões suscitadas por Rick Riordan. Se você não teve uma boa experiência com O Ladrão de Raios, dê uma chance para O Mar de Monstros. Você vai querer sair correndo atrás dessa continuação...

Assim como O Ladrão de Raios, O Mar de Monstros foi adaptado para os cinemas. Vejam AQUI o que a mi achou do segundo filme da série.

O Mar de Monstros - Rick Riordan
Livro 02
Série Percy Jackson e os Olimpianos  
Editora Intrínseca
316 páginas 
Comprar: Saraiva
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE NOVEMBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

11 comentários

  1. Eu tive uma boa experiência com O Ladrão de Raios e realmente acho que, ao fim da leitura, vale a pena refletir um pouco sobre tudo e como os fatos, de fato, possuem ligação entre si.
    Ainda não li esse, apenas as resenhas pela internet, mas todas elas fazem comentários positivos.

    ResponderExcluir
  2. Pela resenha realmente a gente vê que o segundo volume não foi bom como primeiro e com certeza não é melhor que o terceiro. E pelo trailer e resenha da Mirelle do segundo filme também não nos motivamos. Eu mesmo não fiquei com menor de vontade de assistir o segundo filme após ver o trailer. Mas se o volume 3 é bom como falasse, acho que compensa passar por esse mar de monstros.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  3. Sem comentários, uma das melhores séries que eu ja li... E olha que já li muitas, rsrs!! O mar de monstros revela mais personagens e mais mitos, como as sereias, o Rick é um monstro da literatura!!!

    ResponderExcluir
  4. Mar de Monstros é o meu livro preferido da série, gosto muito da introdução dos novos personagens, da viagem que o Percy, Annabeth e o Tyson fazem em busca do velocino do tempo... eu gostei muito! Pena que fizeram besteira no filme e não ficou tão bom assim, é assistível, mas não é muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Dreeh!
    Eu acho as capas dos livros do Percy super bacanas, e gostei de saber que nesse caso ela combina com o enredo do livro.
    Mesmo não lendo os livros apenas lendo a resenha também fiquei com duvida em relação aos sentimentos do pai pelo garoto; E muitos livros infanto juvenil trás uma abordagem semelhante: Relação familia e amigos.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  6. Oi Dreeh!
    Ainda não li os livros a partir do terceiro, apesar de gostar da série não me empolguei muito com a continuação, mas com certeza lerei, pois quero saber como termina a saga :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Como não o livro vou falar do filme que assistir . Achei muuuito fraco!
    Mesmo sendo tão atual o filme achei algumas meio bobas!
    Tipo de filme que não tenho muita vontade de assisti mais de uma vez!

    ResponderExcluir
  8. Reflexão bem interessante essa que o Rick Riordan deixou nesse volume: "escreve-se certo, mas por linhas tortas". Certeza que devem ter rolado surpresas com algumas personagens no meio do caminho. Afinal, ficamos com raiva de algumas personagens na hora, mas depois, vemos que ela estava fazendo o bem.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o autor trabalhar a relacao familiar e aamizade no livro..
    Precisando ler urgente..

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada do autor, mas adoro o tema mitologia. E não posso deixar de comentar sobre as capas... QUE LINDAS! E não tinha percebidos que juntando todas formam um cenário.

    ResponderExcluir
  11. Achei esse livro muito legal adorei a entrada de Tyson ele e um dos personagens mais fofos e legais de todo a serie !!!

    ResponderExcluir