Semana Percy Jackson - Resenha - A Batalha do Labirinto - Dia 5

Hey gente, aqui é a Dreeh, do Blog Mais que Livros, trazendo mais um post especial para vocês. Preparados para conhecerem mais a fundo um pouco desse universo mitológico de Percy Jackson? Então fiquem de olho nessa Semana Especial.

Sinopse: "Os cinco livros da série que se tornou fenômeno mundial, em edição limitada e com design exclusivo: as cinco lombadas dos livros compõem, juntas, uma ilustração especial de John Rocco. Em O ladrão de raios, Percy Jackson, o menino que aos doze anos descobre que é um semideus, filho de Poseidon, precisa impedir uma guerra entre os deuses que destruiria a civilização ocidental; em O Mar de Monstros, ele e os amigos se envolvem em uma perigosa aventura para defender o acampamento dos semideuses; em A maldição do titã, Percy descobre que o Senhor dos Titãs despertou e está disposto a destruir a humanidade; em A batalha do Labirinto, o semideus vai combater o perigoso titã no temido Labirinto de Dédalo; e em O último olimpiano, Percy tem que lidar não só com o exército de Cronos, mas também com a chegada de seu décimo sexto aniversário — e, assim, com a profecia que determinará seu destino."

ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série. Leiam por sua conta e risco!

Um novo ano escolar está começando para Percy Jackson. O namorado de sua mãe lhe arrumou uma vaga em uma nova escola e tudo que ele quer é ser um garoto normal. Só que essa não é a descrição correta para um semideus. O dia começa com um reencontro com Rachel Elisabeth Dare, uma humana muito estranha que consegue ver através da névoa e que o ajudou em sua última missão. As coisas ficam complicadas quando alguns monstros disfarçados tentam atacá-los e a batalha acaba em um grande incêndio. Durante sua fuga, Percy tromba com Annabeth – que estava feliz e saltitante porque iriam ao cinema juntos – com Rachel logo atrás dele. Com a polícia no encalço de Percy, as informações que os monstros passaram sem querer e a crise de ciúme de Annabeth, o dia obviamente está arruinado e eles decidem ir direto para o acampamento meio sangue.

Chegando lá, as notícias que recebe não são muito animadoras. Groover está sendo julgado pelo Conselho dos Anciões do Casco Fendido e caso não traga uma prova de que , o deus perdido, está vivo, ele perderá seu posto de buscador. Além disso, Luke está reunindo um exercito para invadir o acampamento, através das passagens pelo Labirinto de Dédalo, e destruí-lo, juntamente com todos os campistas.

O labirinto guarda monstros terríveis e ilude facilmente quem adentra nele. Mas existem duas formas relativamente seguras e eficazes de atravessá-lo: encontrar o próprio Dédalo e pegar com ele o fio de Ariadne para guiá-lo ou explorá-lo com uma mortal que possa enxergar através da névoa. Eles possuem a Rachel, então precisam encontrar uma forma de impedir Luke de obter o fio de Ariadne.

***

De longe, esse é o livro mais maduro e o mais embasado na mitologia de todos até então. Os mistérios do labirinto de Dédalo são fascinantes e preenchem bem a história, sem permitir que ela caia no marasmo. O autor também consegue se superar, inserindo personagens que agregam valor a trama e desenvolvendo cada vez mais os já existentes. Os destaques vão para Nico di Ângelo e Rachel, que foram apresentados ao público anteriormente e vêm ganhando cada vez mais espaço na série. Para muitos leitores, esse se tornou o livro preferido de o Percy Jackson e Os Olimpianos.

Se compararmos A Batalha do Labirinto com os livros anteriores, temos pouquíssimas novidades, tendo em vista que o autor se preocupou em discorrer sobre todas as informações que já tínhamos recebido, focando-se em desenvolver a trama e nos encaminhar para a batalha épica que acontecerá no último livro. Isso não quer dizer que não temos partes eletrizantes em A Batalha do Labirinto, ao contrário, este livro apresenta uma boa amostra do que virá pela frente.

A historia vai muito além das coisas que eu pude contar por aqui.. A missão de Groover é uma das partes mais chatas, na minha opinião, mas traz uma bela mensagem no final. 

Estão ansiosos para saber como essa história vai acabar? Voltem aqui amanhã e eu conto para vocês.

A Batalha do Labirinto - Rick Riordan
Livro 04
Série Percy Jackson e os Olimpianos 
Editora Intrínseca
397 páginas 
Comprar: Saraiva
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE NOVEMBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

12 comentários

  1. Preciso ler a série parece ser bem divertida e td mundo gosta pelo jeito :)

    ResponderExcluir
  2. Confesso que a missão do Groover foi uma das partes mais chatas do livro, eu ficava contando os segundos pra acabar logo. A Batalha do Labirinto não tem muitas descobertas, mas sim explicações e mais informações que fortalecem as histórias que já vimos nos livros anteriores. Eu achei melhor do que A Maldição do Titã!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dreeh!
    Como falei no outro post só tô lendo sua opinião pra não pegar spoilers, não sei se gostei de saber que vamos ter mais embasamento na mitologia... Pq fica mais do mesmo, queria umas novidades, mas faz sentido que o autor mantenha um padrão e não o mude.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Apesar de não termos grandes revelações, e nada de muito novo, foi um dos que eu mais gostei, o Labirinto e suas histórias, inclusive de Ícaro!!! Muito bom mesmo...

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante da capa desse volume, e a trama só melhora com o avançar dos livros, como falasse na resenha do livro dois. Outra coisa boa é o amadurecimento do texto que falasse, é bom ver essa evolução e poder acompanhar o crescimento dos personagens.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nenhum livro da serie!
    Mas ja assisti os dois primeiros filme lançados!
    Ja a historia interessante!

    ResponderExcluir
  7. Acho legal isso que você falou, não é um livro diferente dos outros, mas a forma como as informações são passadas e como a história é desenvolvida, fazem a leitura ficar interessante. Vai criando um clímax que nos prende e nos faz querer ler mais, saber mais. Enfim, é demais mesmo!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Dreeh!
    Muito bom que o autor conseguiu "segurar a onda" com esse livro, mesmo preparando o leitor para o que virá na próxima edição ele não deixou a coisa ficar chata e entediante; uma prova é que os fãs consideram um dos melhores.
    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  9. Muito bom ver que a cada volume a coisa só vai melhorando. O que gostei é que o Rick escreveu deixando tudo muito bem encaixadinho. Nada de correrias, nem prolongamentos. E sabemos que não apenas a batalha final é importante, mas toda sua preparação também é.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. Minha sobrinha tá lendo a série e o que sei sobre o assunto é o que ela me conta. Ela tá adorando, tá super empolgada, mas, como não é o meu gênero favorito, não me desperta interesse.

    ResponderExcluir
  11. Quando eu li foi legal conhecer a historia de Icaro e Dedalo e lembro que ri muito com a cena da esfinge a serie e muito legal!!!!

    ResponderExcluir
  12. Preciso voltar a ler a série, acredita que nem lembro mais qual foi a missão do Groover que você achou chata? rs Estou adorando ver essa semana PJ, só está aumentando minha vontade de reler tudo de novo.

    ResponderExcluir