Resenha - Amor sem limites

Resenha - Amor sem limites
Sinopse: "Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem."

ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers de Paixão sem limites e Tentação sem limites. Leiam por sua conta e risco!
 
Blaire e Rush estão de volta para a alegria dos leitores, mas isso também significa que se eles voltaram, e estamos tendo problemas no paraíso. Dean, o pai rockstar de Rush, decide dar o ar da graça em Rosemary Beach durante uma festa, em busca da ajuda do filho, e acaba conhecendo sua doce futura nora que está prestes a lhe presentear com um neto. Contra todas as expectativas, ele é extremamente gentil com Blaire, porém, as novidades que trouxe de Las Vegas não são as melhores.

Nan está aprontando mais uma vez, é claro. Desde que descobriu que seu pai é na verdade parceiro de banda de Dean, tem infernizado a vida dele em busca de toda a atenção que não recebeu ao longo de toda a sua vida. Porém, Kiro não é exatamente um rockstar gentil e legal como Dean, e a guerra travada entre ele e Nan acaba afetando a todos, e só existe uma pessoa no mundo capaz de acalmá-la: Rush Finley.

Blaire procura ser compreensiva e convence Rush de que o casamento deles pode ser adiado até que a situação em Vegas seja resolvida. Convencido a partir, Rush concorda em ajudar Nan, mas leva Blaire consigo. Ele jamais a deixaria sozinha em casa estando grávida. Entretanto, ao chegar à mansão do Slacker Demon, Rush que esta talvez não tenha sido uma boa ideia.

Dean e Kiro vivem juntos. O que esperar de uma mansão dividida por duas estrelas do rock solteiras? Talvez Blaire acabe conhecendo mais do que gostaria sobre a vida dos famosos. A presença de Harlow, a filha mais nova e antissocial de Kiro, acaba tornando as coisas um pouco mais fáceis para Blaire, afinal, as duas são vítimas do ódio da irmã mimada de Rush. Entre surtos e dramalhões por parte de Nan, e Rush constantemente ausente para resolver as coisas, Blaire se vê mais uma vez deixada de lado quando o assunto é a irmã maluca do noivo. Será que Blaire conseguiria passar o resto da vida em segundo plano na vida de Rush?

Quando dores abdominais indicam que a vida do bebê pode estar em risco, Blaire acha que tem uma resposta.

***

Rush Finley, cadê você na minha vida?!

Gente, sério, tem como ele ser mais perfeito? O cara é fofo, protetor, apaixonado e faz tudo pela mulher que ama. Não sei onde se encontra um desses, mas se alguém aí souber, por favor, me avisa.

Ok, mas vamos ao livro. A dinâmica da Abbi para suas histórias não chega mais a surpreender muito. Rush pisa na bola, Blaire se afasta, Rush entra em desespero. Dessa vez não é muito diferente, mas o grau de fofura dele foi elevado à máxima potência e as coisas que ele faz me deixaram de queixo caído e abraçando o travesseiro, chorando por não existir gente assim no mundo. É por causa de autoras como Abbi que nunca ficaremos satisfeitas com os homens da vida real. Vou começar a cogitar processos, porque esses livros estão arruinando minha vida amorosa. Acontece com vocês também?

Outra coisa que adorei em Amor Sem Limites é o fato de que praticamente toda a população de Rosemary Beach conhecida dos leitores está lá. Temos Bethy, atrapalhada como sempre e com Jace a tiracolo; Woods e Della aparecem no mesmo contexto de Estranha Perfeição, mas dessa vez pelo ponto de vista da Blaire e do Rush, Grant, apaixonante como sempre, Abe, buscando reatar o relacionamento com a filha, Dean, sendo finalmente apresentado ao leitor em primeira mão e, é claro, a infernal Nan. Tem como essa garota ser mais insuportável? E só para avisar, o leitor consegue sim se desgostar ainda mais dela neste volume da série. Tudo é um desastre quando se trata de Nan, o que lamento, porque adoro Grant e um dos livros sobre ele tem a menina como coadjuvante. Não sei se tenho estômago para tanto.

E por falar em Grant, em Amor Sem Limites, além de Blaire e Rush se intercalando na narrativa, ainda temos alguns capítulos contados pelo ponto de vista de Grant e de Harlow, a nova personagem introduzida neste livro. Algo me diz que ela vem para ficar, o que é ótimo, afinal, ela é uma leitora compulsiva, tímida, gentil e legal, e sei que muitas de nós vamos nos identificar com ela.

A capa e diagramação seguem o padrão da série que tem recebido bastante atenção da Editora Arqueiro. Torço para que os próximos sejam lançados logo e este volume ainda vem com um brinde para os fãs. Além da perfeição das cenas do livro, Abbi lançou a música que Rush fez para Blaire neste volume. Lencinhos à mão e se preparem para os suspiros.


Para os fãs de Sem Limites, o terceiro volume da história de Rush e Blaire encontra seu ápice em grande estilo e acaba com qualquer dúvida de que eles sejam o casal mais que perfeito. 

Amor sem limites - Abbi Glines
Livro 03
Série Sem Limites
Editora Arqueiro
192 páginas 
Comprar:
Saraiva
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE NOVEMBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

25 comentários

  1. Ainda não li Paixão sem limites e Tentação sem limites. Fui atrás dos livros anteriores e gostei muito da sinopse deles, rsrsrs. É bem do estilo que curto! Adorei a música Fallen Too Far, muito linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mayaia a leitura é super rápida e deliciosa. Rush é o homem dos sonhos.. rsss Beijão!

      Excluir
  2. Também ainda não li os outros livros"
    Tenho vontade de ler a serie mas tenho medo de ser muito erotico o q não é muito meu estilo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camylla!
      Não se preocupe que não é muito erótico, o livro foca mais na história mesmo e não em cenas e mais cenas intermináveis de sexo como muitos outros costumam ser. É bem fofinho! Beijão!

      Excluir
    2. Ah blza, vou ler então! Obrigada...

      Excluir
  3. O Rush não é perfeito demais? São legais essas características que citasse, mas juntando com o restante da resenha me fez parecer que ele é protagonista de novela, o que o deixaria enjoativo.

    Apesar de não ter lido nenhum dos livros, gostei bastante do que falasse sobre o retorno de vários personagens. É muito bom quando o autor retoma personagens secundários, porque o leitor também cria laços com eles, e por mais que queira saber o destino dos protagonistas, também queremos saber como seguiu a vida dos demais personagens.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahhahaha Lapa, não é exatamente assim, ele tem lá as pisadas na bola dele. Também não curto cara perfeito demais mas po, 3 vez que a menina faz as malas e vai embora, um apaixonado entediante é que ele não é kkkkk Beijusss

      Excluir
  4. Oi, Dany!
    Eu ainda não li os outros livros da série. Gosto de YA (bom, me parece ser YA, posso estar equivocada) mas não tenho muita paciência para ler muitos livros do gênero.
    Engraçado que eu dei uma olhada na resenha que a Mi fez do primeiro livro e vejo que a impressão dela pode ter sido bem diferente da sua - ou talvez, por ser o último livro, os personagens já tenham mudado bastante e isso faz com que os leitores se identifique e goste mais deles.
    E poxa, encontrar um Rush da vida é a coisa mais difícil... Tem que procurar, procurar e procurar e chegar a conclusão que talvez ele não exista. HAHAHA

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silviane!
      Na verdade o livro é New Adult, e na verdade as impressões que eu e a Mi tivemos do livro são muito parecidas. Eu vou explicar. Como uma leitora muito bem colocou ali embaixo, as histórias da Abbi são muito simples e não tem muito de especial, porém são do tipo que você não sabe porque, mas vicia. Da pra entender? hahahhaah Os livros não são espetaculares, mas são bons, e ela escreve bons diálogos e cria mocinhos encantadores. Ok, acho que a culpa é dos mocinhos encantadores. hahahha E Rush? Baby, acho que só em livros mesmo... Beijão, lindona!

      Excluir
  5. Já tinha lido a série em inglês e os outros livros dos demais personagens desse... Achei que ela alongou d+ esse romance sei lá não gostei muito, mas apesar disso dou o braço a torcer pq li todos os livros lançados no exterior da série então alguma coisa ainda me faz ler os livros dela... Embora ainda não ache 100%
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos a mesma opinião, Vivian. Também não acho as histórias perfeitas mas algo me faz continuar lendo e lendo e lendo e não resistindo aos lançamentos da série hahahaha. Mas vamos lá, aguardando os próximos =) Beijão!

      Excluir
  6. Não morri de amores por Paixão/Tentação Sem Limites, mas, não sei, tem algo nessa série que não me deixa largá-la. Xingo todo mundo, acho tudo um dramalhão digno de novela mexicana e mesmo assim não consigo parar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bate aqui, amiga! Mais uma pro clube hahahaha Beijão!!

      Excluir
  7. Nunca li, mas a resenha, os comentários e essa música já ganharam o meu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bonitinho, Denise, e não tem como não suspirar com o Rush. Beijos!!

      Excluir
  8. Sei não heim!!! rsrs, não é mesmo a minha cara estes livros muito clichês, acho que a autora, pelo visto, vai sempre para o obvio... Definitivamente fora da lista!!! Pena... Obs: a música é linda!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taiany, isso foi exatamente o que pensei quando comecei a ler a série, mas ainda assim, não consigo largar de mão, cada livro é aguardado ansiosamente e no fim sempre acho bom hahahha. Beijos!!

      Excluir
  9. Abbi Glines sabe muuuito bem criar livro que causa um serie de comentarios
    seja positivos ou negativos o livro fica entre mais comentados
    entre os blogs literarios!
    Ja conheço a serie mais ainda não li, espero ter oportunidade acompanhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Girlene, realmente é um caso de amor e ódio. As histórias não são lá o auge da criatividade, ela meio que segue a receita do garota problemática + garoto que não quer compromisso. Mas de algum jeito ela faz essa receita de bolo funcionar e os leitores adoram. Quando voc~e ler divide com a gente o que achou ;) beijão!

      Excluir
  10. Amei Paixão sem limites e Tentação sem limites, curti muito esse desfecho da trilogia, gosto muito da escrita da Abbi Glines, com certeza vou ler seus outros livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milena, já leu Estranha perfeição? Achei a história do Woods mais legal ainda. Beijão!

      Excluir
  11. Também acho que você deveria processar as autoras que criam personagens irreais. kkkkkkk
    Só conheço essa Nan pelas resenhas que li dos livros da Abbi, mas já posso dizer que odeio essa garota. Será que não rolaria a contratação de um matador de aluguel pra matar essa desgraçada não?!?! Acho que não faria falta alguma. kkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nardonio, acho que um matador de aluguel para matar personagens literários inoportunos é o sonho de todo leitor. Se souber de algum me avisa! hahahahah E obrigada pelo apoio no processo, poxa, acabando com minha vida amorosa essas escritoras.. rssss Beijão, querido!

      Excluir
  12. leio muitos comentários sobre a Abbi, alguns positivos, outros nem tanto, tenho curiosidade de ler, mas não é algo tão urgente pra poder tirar minha conclusões quem sabe seja com amor sem limites!!!!

    ResponderExcluir
  13. Não sou fã de romances mas você me deixou com uma vontade enorme de ler esse 'Amor sem limites' rs ainda mais depois que eu vi que dá pra ler sem ter lido os volumes anteriores. Acho que vou arriscar ler esse romance,rs.

    ResponderExcluir