Dica de leitura - Resumão da Noite com Vampiros

Oi lindinhos. E aí, pescocinhos recuperados depois de tantas mordidas dadas na Noite com Vampiros, realizada ao vivo no dia 27/09/2014 no canal do youtube da Mi? Hoje vim aqui falar sobre todos os títulos que foram mencionados no bate-papo e também sobre os que não tivemos tempo de dividir com vocês durante o evento. Pois é, era MUITO livro, e se fôssemos falar de todos, acabaríamos indo noite adentro.

Lembrando que quem perdeu a transmissão da Noite com Vampiros ao vivo, pode ver a gravação na íntegra abaixo:


Mas não se preocupem, compilei todas as informações e vou listá-las aqui para vocês. Preparados para surtarem diante de tantos livros que entrarão para as suas metas de leitura?

Então vamos lá!

VAMPIR, de Boris Peric

Esse livro reconta a história de Jure Grando, baseando-se nos registros históricos do famoso caso do vampiro Croata. Durante 16 anos após sua morte, acredita-se que Jure perambulou pela noite fazendo vítimas e visitando sua viúva até que foi finalmente decapitado, em 1672. Infelizmente, não encontrei nenhum registro de que o livro tenha sido publicado no Brasil, mas para quem lê em outras línguas, é uma boa pedida, de uma história baseada em fatos reais, que os fará questionar se os vampiros existem realmente apenas na ficção.

HISTORIA RERUM ANGLICARUM CHRONICLES, de William of Newbrugh

Esse volume, datado de 1190, relata umas das primeiras histórias de ficção vampiresca na Inglaterra. É, bem antes de Drácula. :)

DRÁCULA, de Bram Stoker

Acredito que este seja o mais famoso livro sobre vampiros de todos os tempos, e acabou servindo de inspiração para toda uma nova geração desses seres na ficção. O folclore vampírico em sua essência trazia histórias dos monstros sugadores de sangue vindos das classes mais pobres, mas a ficção atribuiu glamour aos vampiros, transformando-os em ricos membros da sociedade urbana. Bram Stoker não fugiu ao padrão estabelecido e, baseando-se na história de Vlad Tepes (e vale mencionar que até então Vlad jamais fora relacionado ao vampirismo), escreveu esta obra que se tornaria um marco na literatura de horror. Apesar de bastante conhecida, poucas pessoas realmente leram a história sombria de Stoker. O livro é dividido em capítulos que contém o diário de diferentes personagens que juntos vão remontando os acontecimentos sobrenaturais inexplicáveis que mudam para sempre a vida de seus narradores. Recentemente, uma nova edição bilíngue foi lançada contendo um capítulo inicial inédito que havia sido excluído pelo autor quando da publicação da obra.

THE RECESSIONAL & THE VAMPYRE AND OTHER POEMS, de Rudyard Kipling

Ao contrário do que muitos pensam, na verdade foi esta obra que inspirou as primeiras adaptações cinematográficas dos seres sugadores de sangue que vagam à noite. Ele foi publicado no mesmo ano que a primeira edição de Drácula, entretanto, não chegamos a ouvir falar tanto destes poemas por estas terras tupiniquins.

TRUE VAMPIRES OF HISTORY, de Donald Glut

O autor fez um apanhado histórico de todos os registros de vampirismos ao redor do mundo. Esta não é uma obra de ficção, mas sim uma compilação de casos verídicos atribuídos aos vampiros.
VAMPIROS, de Nancy Garden

Nancy foi a precursora dos vampiros na literatura juvenil, escrevendo, inclusive, obras infantis sobre o tema. Se você pretende aliciar os pequenos para esta paixão, é uma boa dica.

AS CRÔNICAS VAMPIRESCAS, de Anne Rice

A diva dos seres da noite publicou o primeiro livro da série nos anos 70 e, desde então, 13 livros já foram escritos, incluindo o recém-lançado Príncipe Lestat.  

Sou suspeita para falar sobre esta série, pois considero Anne a melhor escritora do gênero, remontando épocas, construindo vampiros irresistivelmente complexos, com personalidades intrigantes e interessantes. Ela aborda o tema da imortalidade de forma incrível e Lestat é sem dúvidas meu vampiro preferido. Se você realmente gosta dos seres das trevas, não deixe de ler esta coleção que ficou famosa pela adaptação para o cinema de Entrevista com o Vampiro.

JANE AUSTEN: A VAMPIRA, de Michael Thomas Ford:

Jane Austen não morreu! Segundo este livro, a autora de "Orgulho e Preconceito" e de outros clássicos do século XVIII continua viva e mora numa cidadezinha no interior do estado de Nova York nos dias de hoje. Dona de uma livraria, vive frustrada por não receber os direitos autorais e não ter o reconhecimento de suas obras de sucesso. Em Jane Austen: A Vampira, ela mudou o nome para Fairfax e sobrevive há 233 anos, porque foi mordida por um vampiro, quando se tornou imortal. Entre romances com o Lord Byron, que também é um vampiro, e tentativas frustradas de publicar um novo livro, Jane Austen, ou melhor dizendo, Jane Fairfax, envolve o leitor em uma divertida viagem ao universo literário, com personagens de outras histórias, de maneira inteligente e divertida!

A MENINA MAIS FRIA DE COLDTOWN, de Holly Black: 

No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros chamadas de Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair. Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça, e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown. A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio.

BLUE BLOODS: VAMPIROS DE MANHATTAN, de Melissa de la Cruz:

Quando o Mayflower aportou nos Estados Unidos, em 1620, trazia à bordo homens e mulheres que lançariam as bases da sociedade norte-americana. Mas entre os peregrinos, havia também aqueles que não estavam apenas fugindo de perseguições religiosas. Eram os Blue Bloods - um clã que acumulou grande poder e riqueza, tornando-se um dos mais influentes grupos da sociedade de Nova York. Schuyler acabou de completar quinze anos. Veias azuis começam a saltar sob a pele pálida de seus braços. Ele sente um desejo insaciável por carne crua e estranhas visões de tempos remotos assombram sua mente. E quando uma garota de seu colégio é encontrada morta, sem nenhuma gota de sangue no corpo, Schuyler não sabe o que fazer. Poderiam ser verdadeiras as histórias de vampiros?
DIÁRIOS DO VAMPIRO, de L. J. Smith:

Essa série de livros inspirou a criação do seriado The Vampire Diaries, que entrando em sua 6ª temporada, segue sendo um sucesso, principalmente entre o público jovem. Apesar de a série de TV ser baseada nos livros da autora, apenas os primeiros livros possuem relação com a adaptação, seguindo um caminho bem diferente depois disso. Tendo sido escrita como uma trilogia em seu princípio, Diários de Vampiro recebeu uma sequência após o sucesso do seriado. Atualmente, a série Caçadores se desenrola no ambiente universitário onde a jovem, além de ter de lidar com seus problemas amorosos, já que é apaixonada por dois irmãos vampiros irresistíveis, ainda se depara com uma luta contra as forças do mal que parecem decididas a não deixá-la seguir uma vida normal.

ACADEMIA DE VAMPIROS, de Richelle Mead:

A autora buscou no folclore romeno a inspiração para esta maravilhosa série que traz os vampiros em sua mais pura essência. Os Strigoi, vampiros mortos-vivos, de força incalculável e instinto assassino, ameaçam a existência de seus inimigos eternos, os Moroi, vampiros vivos que possuem magia, mas são amplamente mais fracos que seus oponentes. Para manterem-se vivos, os Moroi contam com a proteção dos Dampiros, raça nascida da união entre Moroi e humanos. Rose, uma dampira em treinamento para tornar-se guardiã, possui uma conexão psíquica inexplicável com sua melhor amiga Morroi, Lissa, e, em virtude disso, torna-se a principal responsável pela proteção da jovem que, como última de sua linhagem real, é o principal alvo dos inimigos dos Morroi. Além da trama muito bem construída, a série ainda conta com personagens ótimos e romances memoráveis.

BLOODLINES, de Richelle Mead:

Esta nova série é um spinoff de Academia de Vampiros e segue abordando os personagens que eram secundários da primeira coleção, desenvolvendo novas tramas e romances. Sidney, uma alquimista que, apesar de suas crenças de que Vampiros e Dampiros são criaturas do mal, devido aos acontecimentos desencadeados no final da série Academia de Vampiros, e que foram considerados traidores entre os Alquimistas, se vê obrigada a proteger uma princesa Morroi no delicioso cenário da Califórnia. Apesar de suas restrições quanto à protegida, ela começa a questionar suas crenças sobre os até então “seres do mal” e ainda se depara com um mistério envolvendo tatuagens nos alunos da escola que a princesa Morroi frequenta.

IRMANDADE DA ADAGA NEGRA, de J. R. Ward:

Gente, na boa, essa Jessica tem vida social? Se alimenta, dorme ou vê a luz do dia? J.R. Ward tem inúmeros livros publicados e não entendo como uma pessoa consegue escrever tamanha quantidade de volumes gigantescos em uma vida só. Mas, enfim, a trama de Ian se passa em Caldwell, Nova York, onde se desenrola uma guerra sórdida e cruel entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros que defendem sua raça e arrancam muitos suspiros. A série conta atualmente com 12 volumes que arrebataram fãs por todo o mundo. Com um conteúdo bastante HOT, é obrigatório na lista de amantes de vampiros que sonham com o ataque de um desses seres para fins mais recreacionais, se é que vocês me entendem.

OS IMORTAIS, de Alysson Noel:

Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do iPod, cujo som alto encobre o som das mentes ao seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, a sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é de estar cada vez mais envolvida... e apaixonada por ele.
SÉRIE NIGHT HUNTRESS, de Jeaniene Frost:  

A meia-vampira Catherine Crawfield está indo atrás dos mortos-vivos para se vingar, esperando que um destes sem batimentos cardíacos seja seu pai - o responsável por arruinar a vida de sua mãe. Então, ela é capturada por Bones, um caçador de vampiros, e é forçada a uma profana parceria. Em troca de encontrar seu pai, Cat concorda treinar com o sexy caçador da noite até que seus reflexos de batalha estejam tão afiados quanto as suas presas. Rapidamente, Bones convencerá Catherine de que ser meio-morto não tem que ser de todo ruim. Mas, antes que ela possa aproveitar seu novo status de caçadora chutadora de traseiros de demônios, Cat e Bones são perseguidos por um grupo de assassinos. Agora, Cat terá que escolher um lado... e Bones está se tornando tão tentador quanto qualquer homem com um coração no peito. A série conta com sete livros, seis deles já publicados no Brasil.

SÉRIE HOUSE OF NIGHT, de P. C. Cast, Kristin Cast:

Primeira série a fazer sucesso após Crepúsculo, House of Night inicia com o livro Marcada, que conta a história de Zoey, uma garota de 16 anos que acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário, morrerá.

SÉRIE MIDNIGHT BREED, de Lara Adrian:

Lucan Thorne despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio, um vampiro, é um guerreiro de Raça, e jurou proteger sua espécie – e os humanos imprudentes com quem convivem – da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas, quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda. Aqui, nos braços do intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres.

SÉRIE OS CÁRPATOS, de Christine Feehan:

Mais uma série HOT sobre vampiros para quem gosta do gênero. Nele, Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que irá salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão - cárpato e humano construir um futuro juntos? Não sei vocês, mas eu estou louca para dizer adeus ao mundo e me afundar nos livros da série.

SÉRIE VAMPIRE KISSES, de Ellen Schreiber:

Puxando mais para a trama adolescente, esta é mais uma série que estou doida para ler. No primeiro livro, Beijos do Vampiro, novos moradores sempre causam impacto quando chegam a uma cidade pequena. Ainda mais se vão morar em uma velha mansão abandonada que todos juram ser mal assombrada. Quem são, ou melhor, o que são eles? Poderiam ser vampiros? Raven, uma garota de 16 anos, louca pelas criaturas das trevas, gostaria muito que isso fosse verdade. E ela gostaria de saber o que poderia acontecer caso o lindíssimo filho dos forasteiros a beijasse.
SÉRIO OS VAMPIROS DE MORGANVILLE, de Rachel Caine:

Em Casa Glass, primeiro volume da série, a estudante do primeiro ano da faculdade, Claire Danvers, já engoliu o que chega no seu dormitório, onde as meninas populares nunca a deixam esquecer exatamente que lugar ela ocupa na cena social da escola: algum lugar abaixo de zero. Quando Claire vai para fora do campus, a imponente casa antiga na qual ela encontra um quarto não parece ser muito melhor. Seus novos colegas de dormitório não mostram muitos sinais de vida. Mas eles vão proteger Claire quando os segredos mais profundos da cidade vierem à tona, famintos por sangue fresco.

TRILOGIA DA ESCURIDÃO, de Chuck Hogan e Guillermo del Toro:

Essa obra, já adaptada para a televisão, possui uma trama científica e conta a história de uma pandemia vampírica que se espalha por toda a cidade de Nova York e irrompe numa batalha sem proporções. Eph se une a Setrakian e a um grupo inusitado de combatentes para neutralizar a ação do vírus e salvar a sua cidade - a mesma que abriga sua mulher e seu filho - antes que seja tarde demais. Épico de coragem e audácia, é uma obra que fala sobre uma batalha entre homens e vampiros que ameaça toda a humanidade. Noturno é o primeiro livro da Trilogia da Escuridão.

SÉRIE CREPÚSCULO, de Stephanie Meyer:

Certamente um fenômeno adolescente divisor de águas. Apesar de ter muita gente torcendo o nariz para os livros da série, é inegável que muitos jovens adquiriram o gosto da leitura por causa desses vampiros que brilham no sol. Meyer fez uma releitura dos clássicos vampirescos inserindo elementos completamente novos em sua narrativa e criando personagens masculinos responsáveis por fazer muitas meninas suspirarem.

ABRAHAM LINCOLN: CAÇADOR DE VAMPIROS, de Seth Grahame-Smith:

Indiana, 1818. A luz da lua cai através das florestas densas que cercam a cabana de apenas um quarto onde um Abraham Lincoln com apenas 9 anos se ajoelha ao lado do leito de morte de sua mãe. Só mais tarde o entristecido Abe descobriria que o ferimento fatal de sua mãe era, na verdade, culpa de um vampiro. Com o dom de suas legendária altura, força e habilidade com um machado, Abe sai em um caminho de vingança que irá levá-lo até a Casa Branca. Seth dá a entender, em seu livro, que a história de Abrahan ser um caçador de vampiros é verdadeira, e nos conta sobre como chegou a esta conclusão logo na introdução da obra.

CRÔNICAS DE SOOKIE STACKHOUSE, de Charlaine Harris:

Eu poderia passar dias falando sobre esta série de livros que amo e inspirou o maravilhoso seriado de TV, True Blood. Se você gosta de True Blood, não perca tempo e corra atrás dos livros, eles são ainda melhores! Se ainda não assistiu a série, sugiro dar uma chance, apesar de já alertar o grande risco de vício imediato. O seriado terminou em agosto deste ano com apenas sete temporadas e, pessoalmente, acredito que a razão tenha sido o tamanho distanciamento da trama dos livros, o que acabou por desagradar grande parte do público que é apaixonado pela história fantástica criada por Charlaine Harris. Mas os livros vão até o volume 14, e cá entre nós, sempre tenho a esperança de que Charlaine não vá largar o osso tão facilmente e sempre nos brinde com novas histórias sobre Bon Temps.  A série conta a história da garçonete Sookie Stackhouse, que dois anos após os vampiros “saírem dos caixões” e assumirem sua existência publicamente, recebe seu primeiro freguês vampiro no bar e restaurante onde trabalha, no interior da Louisiana. Nem todos ficaram felizes ao saber que dividiam o mundo com sanguessugas em forma de gente, mas de acordo com os vampiros, o desenvolvimento do sangue sintético pelos japoneses fazia com que eles não precisassem mais de vítimas humanas para sobreviver. Bom, pelo menos, esse era o discurso. Com muito romance, cenas picantes e vampiros e lobisomens irresistíveis, considero essa uma das séries obrigatórias para amantes de vampiros.
DOCE VAMPIRO, de Flynn Meaney: 

Essa fofíssima história nos trás o tímido e desajeitado Finbar Frame, de 16 anos, que é daquele tipo de cara que nunca consegue ficar com nenhuma menina. Alto, magro, pálido e alérgico ao sol, infelizmente as garotas do colégio não apreciam sua pele nem sua alma sensível. Mas, quando ele percebe que elas são obcecadas por vampiros, decide adotar medidas extremas – ele vai se tornar um vampiro! Ou pelo menos fingir... para ser mais popular entre a ala feminina do colégio. Com sua natureza introspectiva e a pele incrivelmente clara, é surpreendentemente fácil para Finbar fingir ser um vampiro. Entretanto, quando conhece uma menina que talvez goste dele de verdade, descobre que a vida como falso vampiro é mais complicada do que ele pensava. Este hilário romance de estreia foi escrito para todos aqueles que acreditam que, às vezes, até os caras bonzinhos – sem dentes afiados ou pele brilhante – podem conquistar a garota dos seus sonhos.

TRILOGIA DO PROTETORADO DA SOMBRINHA, de Gail Carriger:

Tem vampiros no steampunk? Tem sim senhor! Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas, embora compridíssimas, em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta. E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro. Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de "sem alma" para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?

TRILOGIA O VAMPIRO DE MERCIA, de K.J. Wignall:

O primeiro livro da saga intitulado Sangue: vida, morte, destino, é indicado para todas as idades. Nele, em 1256, Will estava destinado a ser o Conde de Mércia, mas não viveu o bastante para herdar o título, já que foi acometido por uma estranha doença aos 16 anos de idade. Mesmo assim, apesar de sua morte – e de seu enterro –, ele não está nada morto, mas existindo entre a vida e a morte. Ocasionalmente hiberna, sempre esperando que a morte lhe chame, e quando acorda no mundo contemporâneo achando que mais uma vez enfrentará noites de sua existência sem sentido, se depara com uma trama que pode finalmente desvendar a razão de sua existência.

MR. DARCY VAMPIRO, de Amanda Grange:

Neste livro, a autora que anteriormente já havia publicado um livro intitulado “Os Diários de Mr. Darcy”, volta ao mundo de Jane Austen com esta obra que começa de onde Orgulho e Preconceito termina, apresentando brilhantemente o leitor a uma sombria maldição familiar contada em um delicioso suspense de dar calafrios e de tirar o fôlego. Uma sequência sombria para a aclamada história de Jane Austen, em uma história repleta de perigos e amor imortal.

ROMEU E JULIETA E VAMPIROS, de Claudia Gabel:

O clássico de Shakespeare é recontado em uma realidade fantástica onde os Capuleto e os Montéquio têm diferenças profundas e significativas. Diferenças de sangue. É claro que os Capuleto podem escapar de sua sina de vampiros, assim como os Montéquio podem tentar não matar seus inimigos mortos-vivos. Mas no fim das contas, não há como deter a rivalidade mortal que existe entre eles. Problemas sérios surgem quando Julieta, prestes a tornar-se vampira, e Romeu, o humano que deveria caçá-la, apaixonam-se desesperadamente. Não fazem ideia do perigo que esse amor representa ― ou do que acabará acontecendo com suas vidas... Essa guinada turbulenta na maior história de amor proibida de todos os tempos é de matar de emoção.
COMO SE LIVRAR DE UM VAMPIRO APAIXONADO, de Beth Fantaskey:

Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira europeia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas. Esse livro é uma delicia, gente, e o preferido da Mi. As sequências - O Casamento e Como salvar um vampiro apaixonado - são eletrizantes e trazem novos personagens de tirar o fôlego.

DRÁCULA APAIXONADO, de Karen Essex:

Este livro reconta a história de Dráula, de Bram Stoker, mas dessa vez pela visão apenas de Mina, que propõe ao leitor conhecer os fatos que realmente aconteceram em Londres no ano de 1890. Sombrio e ricamente escrito, a autora teve muito êxito na ambientação da história e na reconstrução dos personagens, que se veem em uma trama sobrenatural sobre uma viagem mítica muito além da compreensão humana, na qual Mina precisa tomar uma decisão adiada por quase um milênio.

DESEJOS: CUIDADO COM O QUE PEDE, de Maribel Azevedo:

Melina, Ágata e Monalisa são amigas com personalidades distintas, unidas por serem as excluídas da escola. Elas são rotuladas como a esquentadinha, a riquinha e a feinha. Ao voltar de suas férias a Inglaterra, Ágata traz um livro que afirma ter pertencido a uma lendária feiticeira. Nele, descobre um feitiço que promete solucionar seus maiores problemas e convence suas amigas a participarem do ritual mágico que permitirá ter um desejo realizado. Apesar de ter concordado, desde o início a cética e brincalhona Melina encara tudo como uma grande perda de tempo e resolve se divertir com a situação. Para desespero e pavor de suas amigas, de forma inconsequente ela deseja algo sombrio. Anos mais tarde seu desejo é atendido na figura do sedutor e implacável Gabriel Saint Claire. Um ser que assombrará sua vida e decidirá seu futuro. Gabriel é um vampiro conforme manda o figurino: implacável, perverso e sedutor, e ele não está nada feliz por se ver amarrado a uma garota inconsequente devido a uma magia idiota.

SAGA OS SETE, de André Vianco:

Vianco é um dos autores brasileiros mais populares do gênero de horror. Com a saga “Os Sete” e “Vampiro-Rei” ele já soma nove títulos escritos sobre os seres que se alimentam do sangue de suas vítimas durante a noite. Em Os Sete, uma caravela portuguesa naufragada há cinco séculos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, estão sete cadáveres aprisionados em uma caixa de prata, acusados, na época, de bruxaria. Universitários irão estudar os cadáveres, que estão em perfeito estado de conservação... Será que estão mesmo mortos? Já a trilogia Vampiro-Rei, o Vampiro-Rei Lúcio, o escravo de Cantarzo, carrega seu mestre vampiro encerrado numa caixa de madeira. Sua missão é levá-lo até Tereza, uma bruxa que vive ao norte do Brasil, que fará com que Cantarzo desperte e se torne o rei dos vampiros. Com poucas pistas sobre o real paradeiro da tal bruxa, o lacaio começa uma jornada que trará resultados nefastos caso alcance seu objetivo.

***

Ufa, acho que terminei! E sim, é muita coisa mesmo gente, mas cada livro e série sobre o assunto é tão atraente que não dá para escolher por qual começar a leitura. E não, meus lindos, isso não é tudo. Existem muitos e muitos mais livros sobre vampiros por aí aguardando seu ávido leitor. Os autores brasileiros também abraçaram o gênero e vários livros e séries bastante interessantes estão sendo lançados por aqui. Fiquem sempre de olho!

E aí, quais são seus preferidos? E se você já leu algum outro não citado, dividam com a gente! Vamos adorar novas dicas!

Espero que todos tenham curtido a Noite com Vampiros e fiquem a postos, pois logo, logo postaremos a lista de séries de TV e filmes citados em nosso encontro e também traremos novidades para breve. Quem sabe mais uma live temática não pinta por aí?!
*** 
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE NOVEMBRO. 

Clique AQUI e saiba como participar.

36 comentários

  1. Nossa quantos livros vampirescos hehehe. Vampiros não é muito minha pegada, li somente a trilogia do Diários do Vampiro (nem sei se vale a pena ler os outros que a autora lançou depois o.O) e a saga Crepúsculo antes da febre e de todo mundo esculhambar a obra do Edward,rs. Gente, fiquei doida de vontade de ler esse do Mr. Darcy Vampiro, sou fã de Orgulho e Preconceito e acho que vou embarcar nesse lado vampiresco do Sr. Darcy. Adorei as dicas Dany e se me pegar numa fase mais vampiresca vou retornar ao post para buscar a leitura da vez =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo vampiros, então sou suspeita para falar, mas nunca tinha ouvido nada a respeito sobre esses livros do Sr. Darcy e da Jane Austen na versão vampiro. Achei o máximo. O povo é criativo, né?! kkk Beijos

      Excluir
  2. Dani, não curto muito livros sobre vampiros, mas alguns dos livros listados no post me chamaram muito a atenção! Por exemplo: A menina mais fria de Coldtown, preciso ler esse livro, parece ser muito legal mesmo e outro que gostei bastante foi a série House of Night, fiquei curiosa para acompanhar a Zoey!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Dani que post hein! Ufa! Menina eu sabia que tinham muitos livros sobre vampiros mas essa compilação me impressionou. Crepúsculo com certeza arrebatou muitos coraçõeszinhos devido ao charmoso e adorável Edward, quem não queria alguém carinhoso assim do lado não é?! Ah mas e o Lucius hein? Mirelle Candeloro que o diga. Com certeza CSLDUVA é um dos livros mais engraçados com personagens vampirescos, amei a leitura. Nunca li Anne Rice mas você falando do Lestat já é um ótimo convite, espero conseguir ler em breve, assim como A Irmandade da Adaga Negra, essa com certeza é uma série de livros que eu necessito ler, terror, suspense e uma mistura hot é uma ótima pedida. Ah e o Dimitri gente, que vampiro é aquele? Me passem um abanador!!! Academia de vampiros é outra série adorável mas com uma pegada um pouco mais pesada. Vampiros bonzinhos ou aqueles cruéis pra quem curte o gênero vampiros é o que não falta!
    Ótimo post Dani!
    Beijão!
    Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaaa, que saudades de você :) Tão bom te ver por aqui. Espero que goste dos posts que preparamos para esse mês. Super beijos e boas leituras.

      Excluir
  4. Bastante livros sobre vampiros e eu não tinha ouvido falar nem da metade, já estou abrindo meu Skoob porque sei que vou colocar vários na lista. Me interessei bastante por uns pelo breve resumo e outros pela capa, como A Menina Mais Fria de Coldtown, amei demais. Vendo esse post percebi que tenho que me aventurar mais nessas histórias, pois eu sei que gosto, mas sempre vem um ou outro na frente dos vampirescos. Já li os dois primeiros de Academia de Vampiros e estava lendo Irmandade da Adaga Negra, mas deixei um outro livro passar na frente. Doce Vampiro e Como se Livrar de um Vampiro Apaixonado já estavam na minha lista e juro que depois que eu ler Amante Sombrio, vou me prender a esse dois e nenhum outro passará na frente até eu terminar. (Que assim seja ahaha)
    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu.. kkk A Dany é a maior especialista no gênero que conheço.. hehe Espero que goste dos livros. Beijos

      Excluir
  5. Adoreeeeeeeeei, meninas. Vocês são dez mesmo. Quero muito ler Drácula do Stoker, até porque é épico, né? Além de Caçador de Vampiros e A menina mais fria de Coldtown. Parecem excelentes. Claro que são vários títulos que parecem ótimos aí, mas esses foram os que mais chamaram a minha atenção.

    ResponderExcluir
  6. Acho que o resumo ficou maior que a live. kkkkk

    Com tanto livro de vampiro assim tu conseguisse ler alguma coisa que não seja livro de vampiros, Dany? Acho que só a quantidade de livros sobre vampiros que tu leu é maior que a quantidade de livros que li na vida. kkkkk

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala Laplace, quando vi o post caí para trás.. kkk a Dany arrasou! Também não sei como ela já deu conta de ler tantos assim.. kkk Beijos

      Excluir
  7. Quantos livros com vampiros!! KKK, eu gosto muito de livros com esses personagens. Antigamente eu lia mais livros do "gênero", o tempo foi passando e eu comecei a ler outras coisas. Mas nunca deixei de gostar e acho que essa postagem vai me ajudar a escolher novos títulos para recomeçar as aventuras no mundo vampiresco. Os últimos livros que li do tipo foram todos da saga Crepúsculo e Os Diários do Vampiro, há uns 4-5 anos atrás rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom querida, o legal é que mesmo sendo de vampiros, pelo visto existe livros para todos os gostos, né?! E é sempre bom dar uma variada. Beijos

      Excluir
  8. Gosto bastante de livros de vampiros, mas faz bastante tempo que não leio. Fiquei um pouco bodeada depois da fase Crepusculo.
    Mas esse post me lembrou da minha paixão pelos livros do André Vianco e me deixou morrendo de vontade de ler algum livro de vampiro dele!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom Re, vai atrás de algum livro dele, então. Beijos

      Excluir
  9. Oi, gente. Eu tinha comentado aqui pela manhã, mas meu comentário só apareceu nas outras postagens, deve ter dado erro, por isso estou comentando outra vez haha.
    Adorei a seleção de vocês. Fiquei com vontade de ler Drácula, de Stoker, além de Caçador de vampiros e A menina mais fria de Coldtown. Parecem ótimos.
    Eu li dois em comemoração ao Halloween, mas nenhum tinha vampiros, rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste das histórias. Beijos

      Excluir
  10. Olá Mi, Olá Dany.
    Bem bacana saber sobre o mito "vampiros"...
    Eu não vi o vídeo toodoo, mas quase...
    Achei bacana a forma de presentear quem estava acompanhando o bate-papo.
    Acho bem legal a licantropia, mas não curto vampiros. Curto quando eles estão inseridos num contexto com vários seres fantásticos.
    Eu tenho vontade de ler vários livros citados ai... e tentei ler crepúsculo e não consegui :/
    O vampiro que suga energia e é mal; esse é beeeem mais legal...
    Parabéns pelo video... super legal!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Edna, lobisomens também não são meus favoritos.. hehe mas vampiros?! Delícia! Beijos

      Excluir
  11. Agora quero ler da Jane Austen e do Mr. Darcy, mas não tem nenhum dos 2 em e-book... Mi, e esse último da Anne Rice?? Já lançou no Brasil? Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu também quero amiga, e fiquei triste que também não achei eles em ebook :( Pelo que vi, ainda não tem previsão de lançamento do Prince Lestat no Brasil. Beijos

      Excluir
  12. Oi, Dany!
    Muito bom esse post. Eu adoro vampiros e vou levar vários livros como indicação. Faz algum tempo que não leio obra(s) sobre eles e estou com saudades.
    Comentando dos mais importantes - para mim: Crepúsculo. Bom não é meu preferido e etc, mas eu comecei a me apaixonar por leitura na época que eles fazia sucesso, e li os livros várias vezes quando era adolescente. Nunca vou renega-los no meu coração. <3

    Os livros do André Vianco, "Os Sete", "Sétimo," "Bento" foram os primeiros livros que li na vida e os primeiros sobre essas criaturas. Acho que a culpa é toda do André, por eu ter me apaixonado por essas criaturas. *-*

    Uma observação sobre Noturno: A adaptação não foi feita para o cinema e sim para a televisão. A série chama The Strain é é televisionada pela FX. Ainda não li os livros, mas confesso que a série me deixou beeem curiosa. Eu gostei da forma como a "infecção" é feita e como os vampiros se comportam. Em diversos momentos, na realidade, eles não parecem vampiros de fato; Mas de qualquer maneira eu gosto de mudanças e de pensar que as criaturas podem mudar. :)

    Blog:
    Cantar Em Verso . Fbook Cantar em Verso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, depois que li o post da Dany fiquei salivando para ler vários livros e me entregar novamente a minha paixão pelos vampiros.. hehe Obrigada pela observação sobre Noturno, já arrumei o post ;) Beijão

      Excluir
  13. Oi Mi.. Eu assisti no dia :) na verdade so consegui pegar um trechoe depois assisti o restante!! Estou louca para ler várias séries de vampiros! Sou apaixonada por vampire academy e quero mt ler algo da Anne Rice e princiapmmente a série como se livrar de um vampiro apaixonado..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tu viu querida! Espero que tenha gostado. Beijos

      Excluir
  14. Meninas, quantos livros sobre vampiros.
    Só havia lido: Romeu e Julieta e Vampiros, Crepusculo e Irmandade da adaga negra, ainda não conhecia os outros livros. fiquei bem curiosa pra le-los agora :D

    http://luadesangue1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos, né?! Também choquei quando vi esse tanto! kkk Beijos

      Excluir
  15. A, Deus, qta coisa!!! Amo a série Midnight Breed! To começando a série Night Huntress e curtindo bastante. Apesar de fazer coleção da série IAN, já gostei mais dela. Até o 3o livro amava, mas acho que depois virou bagunça com aquele entrar e sai de personagens... mais parecia a casa da mãe Joana.

    ResponderExcluir
  16. Oi Dany xD

    Esse bate papo ao vivo foi o primeiro que participei, foi uma maravilha. Adoro qualquer coisa que fale de criaturas místicas, misteriosas, zumbis, lobisomens, vampiros, etc e foi uma noite cheia de informações, livros e sorteios, amei amei!! Até porque eu garanti o box do crepúsculo né *uuuu* Show de bola!!
    Muitos livros foram citados, desde os mais antigos e clássico vampirescos até os mais recentes.
    Fiquei muuuuito curiosos e interessado em A MENINA MAIS FRIA DE COLDTOWN, é maravilhoso, me encantei com o que falaram!
    Espero mais lives e bate papos e deixo a dica de um bate papo sobre zumbis :*

    Beijos, Lucas.

    ResponderExcluir
  17. Oi Mi!!!
    Achei o post super original! Tinha conhecimento da maioria dos livros listados, mas não tinha pensando neles como um todo... Descobri que li, mas livros de vampiros do que eu imaginava rsrsrs
    O legal é que tem livros de vampiros para todos os gostos desde romance ao terror... Confesso que os meus favoritos são os da Richelle Mead ela arrasa!
    Bjins

    ResponderExcluir
  18. eu gosto de histórias sobre vampiros ,mas as antigas e tradicionais,não curto muito essas histórias novas que são voltadas para o publico Teen como Crepúsculo ,os vampiros de hoje parecem até x-men cheio de poderes

    ResponderExcluir
  19. Nossa, é muito vampiro!
    Acho incrível que de uns tempos pra cá esse assunto ganhou bastante espaço no meio literário. Não é uma leitura que gosto, prefiro histórias mais realistas, mas para os que acham legal, vale a pena ler teu texto.

    ResponderExcluir
  20. Participei da Live, amei td, viciada em vampiros como sou, ja li vários destes, atualmente estou lendo a série IAN, estou amando, achando ótimo que não vou acabar tão cedo, adorei essa autora, será que vem mais por ai?

    ResponderExcluir
  21. A Menina mais fria de Coldtown esta na minha lista de leitura desdo dia que li a sinopse
    achei a capa tão linda e historia tbm!
    Fiquei curiosa pra sabe mais sobre a historia do Dracula Apaixonado hahah!
    Mas tbm curiosa em outros livros que me despeitou bastante interesse !

    ResponderExcluir
  22. É uma pena que nunca consiga participar desses bate-papo ao vivo. Sempre estou ocupado no dia. Espero que esteja presento no próximo.
    Confesso que vampiros não tem mais me agradado ultimamente. Os únicos que ainda me fazem ler, são os que mais se aproximam do Drácula. Aqueles vampiros bem clássicos mesmo, que gostam de sangue humano, dormem em caixões, são notívagos e cruéis.
    Já em relação ao livro que vocês não conhecem, li o "Andanças" da autora nacional Carissa Vieira. E, apesar de ser de vampiros, gostei do que li.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Para mim a melhor serie de vampiros e Academia de Vampiros e Bloodlines sou apaixonada pela serie e a adorei porque quando todo mundo tava escrevendo sobre vampiros e eu achei que tinha visto de tudo veio Academia de Vampiros com um enredo totalmente diferente, original e empolgante !!!!

    ResponderExcluir