Dica de leitura - A Terceira Medida do Sucesso

Dica de leitura - A Terceira Medida do Sucesso
Sinopse: "Criadora do The Huffington Post, um dos sites de notícias mais importantes do mundo, Arianna Huffington lança um olhar transformador sobre a sociedade atual e sobre aquilo que tradicionalmente consideramos símbolos de sucesso. Depois de desmaiar de exaustão no próprio escritório por excesso de trabalho, falta de sono e sobrecarga emocional , ela se deu conta de uma verdade perturbadora: nosso estilo de vida está nos deixando doentes. E, ironicamente, nossa busca por sucesso profissional tem nos levado ao fracasso como seres humanos. Em geral, medimos nosso sucesso pela quantidade de dinheiro e poder que conseguimos obter. Mas, neste livro, Arianna prova a necessidade de criarmos uma Terceira Medida, um novo indicador de prosperidade que inclua o bem-estar, a admiração, a sabedoria e a compaixão os quatro pilares fundamentais da verdadeira realização. Com base em pesquisas científicas e estudos recentes nos campos da psicologia, dos esportes, da fisiologia e da medicina do sono, a autora chama a atenção para os perigos do estresse, da rotina acelerada e do vício de usar smartphones. Além disso, apresenta estratégias para ajudar você a redefinir suas prioridades, gerenciar melhor o tempo e reconectar-se consigo mesmo. Informativo e inspirador, A Terceira Medida do Sucesso vai estimulá-lo a refletir sobre as escolhas que tem feito até agora e a encontrar o caminho para uma vida em que o trabalho, a saúde, a realização pessoal e o bem-estar estejam em equilíbrio e não mais em eterno conflito."

Compre aqui: Saraiva

Adicione ao Skoob AQUI. 
 
Oi gente, hoje trago uma dica de leitura interessantíssima e que tem tudo a ver com a nossa rotina maluca de correria. A Sextante está lançando hoje, dia 16/10/2014, o livro chamado A Terceira Medida do Sucesso, da Arianna Huffington, criadora do The Huffington Post, um dos sites de notícias mais importantes do mundo.

O que mais me chamou atenção na obra foi o fato de que a autora aborda um assunto no qual bato muito na tecla. Lembro da época em que trabalhava no escritório de advocacia, fazendo inúmeras petições por dia, indo em audiências nos mais diversos cantos do país e por muitas vezes, virando dias e noites trabalhando longe de casa e sem nenhum descanso.

Qual o sentido de trabalharmos feito escravos, sendo explorados, infelizes, negligenciando aquele que amamos, em troca de um salário polpudo que nem podemos gastar com decência, já que não temos tempo para isso? Muitas vezes me perguntei sobre isso. Até quando aquela hora extra trará real proveito? Não valeria mais à pena curtir aqueles minutos a mais com a minha família? E, a partir desses questionamentos, que decidi dar uma mega virada na minha vida e, sinceramente, hoje prefiro ganhar menos, porém, ter qualidade de vida e trabalhar no que me faz feliz, mesmo que seja uma profissão mais desvalorizada, do que ter a vida que levava antes.

Por isso, fiquei louca de curiosidade de ler A Terceira Medida do Sucesso, de aprender com as experiências da Arianna e quem sabe descobrir inúmeras dicas para nos tornarmos pessoas mais plenas e felizes.

Ficaram curiosos sobre a obra? Pois bem, convido vocês a acompanharem a fan page do Recanto da Mi de hoje até o dia 27/10/2014. Nestes dias rolarão por lá diversos posts com eCards ensinando 12 passos valiosos para todos nós prosperarmos. Vocês não podem perder. Fiquem de olho na #TerceiraMedida.

Beijos, Mi
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

11 comentários

  1. O livro é interessante mesmo. Concordo com tudo que dissesse Mirelle. Esse nosso mundo movido pelo dinheiro e a ambição nos mata. Lembro que na faculdade vi uma vez em uma revista de Administração a história de um cara que mudou de emprego, reduzindo seu salário em 60%, porque era infeliz. Ele largou o alto cargo que tinha em uma empresa e se tornou publicitário. Chamaram-no de louco, mas ele falou que nunca se sentiu tão feliz na vida.

    E umas duas semanas atrás vi no jornal uma história aqui na minha cidade de um casal que também estavam infelizes com seus empregos e os deixaram, abrindo uma tapiocaria. E hoje são felizes da vida.

    Infelizmente o dinheiro é sim necessário, mas não podemos nos tornar escravos dele, nem deixarmos que ele definia o que nos faz felizes.

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  2. Oi,Mi
    Sinceramente,acho que não leria este livro não,pois esta bem longe dos assuntos literários que gosto :/
    Mas para quem gosta,e bem interessante!
    Abraços
    Cantinho da Bruna


    ResponderExcluir
  3. Oi Mi xD

    Conheço uma pessoinha daqui de minha casa que necessita deste livro urgentemente, rs. Dinheiro não é tudo, é apenas um complemento! Pena que muitas pessoas não veem assim e se tornam escravas do dinheiro, pertendo a oportunidade de passar tempo com quem ama. Infelizmente, o mundo nos dias atuais gira em torno do dinheiro.

    Bjs, Lucas.




    ResponderExcluir
  4. Não e o tipo de livro que eu gosto de ler!
    Mas quem sabe não um pouco do meu mundo!
    E leio que livro de genero diferente!

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei curiosa, pois também me questiono sobre certas coisas.... Eu ainda não escolhi o que farei de faculdade, justamente por isso, quero que eu tenha uma vida equilibrada entre a família e os estudos e o trabalho. Não vale a pena deixar de se dedicar a família por dinheiro nenhum desse mundo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Muito bom mais ainda não trabalho.

    ResponderExcluir
  7. Eu já fui de ler mais livros desse "gênero", mas atualmente tenho lido bem pouco... alguns são muito repetitivos e a leitura acaba se tornando maçante e arrastada. Mas é interessante fazer esses questionamentos e repensar sobre como temos aproveitado nosso tempo.

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante a premissa desse livro, pois as pessoas se esquecem do bem estar e só pensam em dinheiro e sucesso... É algo que deve ser levado muito em consideração nesse mundo globalizado... Talvez mais pra frente eu leia, afinal nunca faz mal ler algo nesse estilo...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  9. É bem interessante a proposta do livro (há muitos workaholics por aí) mas td vez que leio algo do gênero, o livro nunca me deixa com auela vomtade de ler.. Só leio mesmo se tiver ganhado de presente por consideração à pessoa..

    ResponderExcluir
  10. É inegável que, hoje em dia, muitos de nós passamos muito mais tempo trabalhando, do que fazendo outras coisas. E o pior, ainda achamos que podemos trabalhar mais ainda. Esse livro deve ter dicas importantíssimas. Mas, como não faz muito o meu estilo, pelo menos, por enquanto, eu passo!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Não sei se é o tipo de leitura que me agrada apesar de concordar plenamente com o enredo dele. Nos dias atuais as pessoas se matam para ter dinheiro, mal sabem administrar o que ganham, ficam infelizes e estressados. Tem horas que é bom parar e dar essa guinada de jogar tudo pro alto e seguir o que realmente nos faz feliz.

    ResponderExcluir