Dica de filme - Drácula: A História nunca contada

E aí pessoal, estreia hoje, dia 23/10/2014, nos cinemas do Brasil, o filme Drácula: A História nunca contada, estrelado pelo divo Luke Evans. Infelizmente estava viajando no dia que teve a cabine de imprensa, mas assim que puder, trarei a resenha do filme para vocês.

Falando nisso, vocês viram que o Recanto da Mi distribuiu vários ingressos deste lançamento para seus leitores? Pois é, tudo graças a uma parceria que fizemos com a Universal. Se vocês não viram, sugiro ficarem com seus olhos mais abertos nas novidades que rolam por aqui ;) hehe

DRÁCULA – A HISTÓRIA NUNCA CONTADA
Distribuidora: Universal
Direção: Gary Shore
Elenco: Luke Evans, Sarah Gadon, Dominic Cooper, Diarmaid Murtagh e Samantha Barks
Sinopse: "Luke Evans é Vlad Tepes em Drácula - A História Nunca Contada. Dirigido por Gary Shore e produzido por Michael De Luca, prepare-se para entender a origem do homem que se tornou uma lenda."

“Às vezes, o mundo não precisa mais de um herói.
Às vezes, o mundo precisa... de um monstro.”
—Príncipe Vlad III, Drácula – A História Nunca Contada

Quase um século depois que o  mundo ficou enfeitiçado com a aparição de Drácula no cinema, o estúdio que foi pioneiro desse gênero traz o ressurgimento desta figura tão cativante, em um filme de ação e aventura que promete ressuscitar a era dos monstros.  Luke Evans (que também atuou em  Velozes & Furiosos 6  e na série  O Hobbit) interpreta o personagem maldito da história conhecido como Vlad, o Empalador, que se transforma em uma poderosa criatura da noite em Drácula – A História Nunca Contada, um lançamento da Universal Pictures, com a história da origem do vulto imortal que causa medo nos corações depois que o sol se põe: Drácula


No ano de 1462, a Transilvânia passa por um período prolongado de paz, no reinado justo e sensato do guerreiro Vlad III, Príncipe de Wallachia, e sua valente e amada esposa, Mirena.  Juntos, eles instalaram um reinado de paz e segurança no país, especialmente contra o poderoso império otomano, que está sempre se expandindo a fim de dominar o mundo.

Mas, quando o Sultão Mehmed II exige que 1.000 dos meninos de Wallachia — inclusive o próprio filho de Vlad, Ingeras — sejam tirados de casa e forçados a servir seu exército. Vlad tem que decidir entre fazer o que o seu  próprio pai fez e entregar seu filho para o sultão ou pedir ajuda de um monstro para derrotar os turcos, mas condenar-se a uma vida de servidão.

Vlad então viaja para a Montanha do Dente Quebrado, onde encontra um terrível demônio e celebra um pacto macabro que lhe dá a força de 100 homens, a velocidade de uma estrela cadente e poder suficiente para esmagar seus inimigos.  O preço disso tudo é uma sede insaciável de beber sangue humano.  

Se Vlad conseguir resistir durante três dias, volta ao normal, e talvez ainda consiga salvar seu povo.  Mas, se ele ceder e beber sangue humano, terá que viver nas trevas para o resto da vida, destruindo tudo que ama.
 

“Você sabe o que significa ser objeto de amor da Morte.
Sabe o que significa quando a Morte sabe quem você é?"
—Anne Rice, “Entrevista com o Vampiro”

Encontrar um ator que encarnasse o Drácula imaginado pelos roteiristas, e que soubesse passar ao largo de ideias pré-concebidas sobre uma criatura conhecida no mundo todo foi um desafio para os cineastas. Ele tem muitas facetas: é um ditador cruel, guerreiro invicto, pai, marido e suposto vampiro. Poucos personagens do cinema e da literatura invocam uma combinação tão complexa de emoções e transições difíceis quanto o Drácula. Fazer a plateia torcer por um personagem com um passado tão sombrio e violento, e cujo destino é ainda mais sombrio e ameaçador, é uma tarefa bem difícil.

Desde o início, ficou claro que a equipe de produção iria precisar de um rosto novo que fosse capaz de representar um personagem tão emblemático... Alguém que fosse um astro em ascensão, mas que não fosse muito marcado por papéis anteriores. Luke Evans havia, recentemente, impressionado muitos cineastas com sua interpretação de Bard em O Hobbit: Uma Jornada Inesperada e de Owen Shaw, vilão do filme Velozes & Furiosos 6.

Gary Shore apresenta sua lógica: “O Drácula, visto como um personagem arquetípico, é um anti-herói em quem a gente acredita e de quem a gente gosta ao longo do filme, mas fica claro que ele tem que tomar decisões difíceis e acaba sozinho por causa delas. Esse herói é alguém de quem você geralmente não gosta pela crueldade e pelo que ele tem que fazer, mas pelo respeito que sentimos por ele. Foi difícil montar essa história, mas o Luke fez um trabalho incrível.”

É tudo uma questão  de equilíbrio, sugere Luke Evans: “Por mais que se saiba sobre o lado sombrio do Vlad, queríamos que a plateia visse seu lado passional, amoroso e vibrante.”

Fonte: Material enviado pela Espaço/Z.

***

E aí, estão animados para esse lançamento? Confiram o trailer abaixo e babem por essa super produção!


***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

11 comentários

  1. Estás empenhada em nos deixar doidos para ver o filme, não é? Achei interessante a história de como o Drácula se tornou um vampiro, me lembro aquelas histórias da mitologia grega, dos desafios que os deuses impunham os humanos.

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi, parece uma super produção mesmo, não estava animada, mas esse trailer me animou rsrs Vou convidar meu namorado para irmos juntos ;)

    http://www.eucurtoliteratura.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de vampiros, principalmente vampiros maus hahahaha. Adorei que o Luke Evans faz o papel do Drácula! Como minha cidade não tem cinema, tenho que esperar chegar na locadora ou sair o download com imagem boa rsrsrs. Parece ser muito bom!

    ResponderExcluir
  4. Gostei da dica,já que gosto de filmes sobre vampiro,me pareceu ser um filme bem meu estilo.
    Comprarei assim que possível para ver.
    Beijos.
    Cantinho da Bruna


    ResponderExcluir
  5. Oi Mi xD

    Achei o trailer muito bom, bem emocionante. Irei chamar os amigos para ir ao cinema, realmente vale a pena ver esta obra. Aposto como a Dany tava surtando para ve o filme.

    Bjs, Lucas.

    ResponderExcluir
  6. Estou doida para ver o filme, sou encantada pela história do Dráculo, vai ser muito legal ver a origem de tudo isso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Quero muito assistir este filme, so poderei assistir quando passa na tv!
    Infelizmente! Mas tudo bem!
    Sou fã de vampiros, a historia de Draculo e mais linda de todas!
    Este filme e uma forma de conhece o lado humano dele haha eu acho!

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi.. Gostei do trailer :)
    To meio sem tempo de ir no cinema mas quando eu pider e se tover passando vou ver!

    Vampiros s2 mesmo que não sejam bonzinhos xD

    ResponderExcluir
  9. Faz um tempinho que os Vampiros não têm mais chamado a minha atenção. O que gostei nesse é que parece que se aproxima muito da verdadeira Mitologia desses seres. Por isso, vou dar uma chance a ele. O trailer está sensacional.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. Pude assistir esse filme e é simplesmente sensacional! Pegou o lado bem dark de Drácula e com um ator que encarou muito bem esse desafio... Pra quem gosta de filmes de verdadeiros vampiros tenho certeza que vão amar esse...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  11. A história do Drácula nunca foi meu forte, tanto que até hoje não li o livro mesmo tendo os ebooks tanto em inglês quanto em português no meu kindle mas esse trailer me agradou. Pensando seriamente em assistir o filme depois da sua dica, hehe.

    ResponderExcluir