Resenha + Vídeo - O Desafio de Ferro

Resenha - O Desafio de Ferro Magisterium Holly Black Cassandra Clare
Sinopse: "AMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium - O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado."

Há alguns anos, Sarah Hunt morreu no Massacre Gelado, junto com tantos outros magos, sem ter tido a mínima chance de salvar a si mesma ou ao seu bebê, Callum. O Inimigo da Morte trapaceou. Ao invés de encarar os campos de batalha, lutando contra a garota Makar, a escolhida da comunidade, decidiu atacar a caverna, onde se escondiam os velhos, as crianças e mulheres. Assim, impiedosamente, exterminou de uma só vez qualquer possibilidade de ser ameaçado em um futuro próximo, tornando-se, assim, o último dos Makaris.

Alastair, quando se deparou com a chacina a sua frente, só conseguia pensar na esposa e no filho. Quando encontrou Callum vivo, caído e protegido embaixo do braço de seu cunhado morto, com uma das pernas estraçalhadas, prometeu a si mesmo que o criaria com a lembrança do quanto Sarah havia sido corajosa. Mas seu alívio durou pouco, até se deparar com a mensagem escrita pela esposa antes de dar seu último suspiro. Nas paredes de gelo, marcas feitas com a lâmina de um punhal formavam as seguintes palavras: "Mate a criança."

Call cresceu e, aos doze anos, era um menino franzino, de cabelos negros arrepiados, uma perna torta, cheia de pinos, que mal sustentava seu peso, e tinha muita raiva no coração. Alastair o ensinou a temer e a odiar a magia, afinal, fora por causa dela que sua mãe havia morrido. Call aprendeu que os magos eram maus, traiçoeiros, e que não mediriam esforços para matar seus semelhantes. Por causa disso, Call nunca foi autorizado ou ensinado a usar magia, desconhecendo a energia pulsante que surgia dentro de si.

Mas o tão temido dia para a família Hunt havia chegado. Call foi convocado para participar do Desafio de Ferro. Lá, suas habilidades mágicas seriam testadas e, de acordo com as notas recebidas, ele poderia ser escolhido para ser aprendiz de algum mago e estudar no Magisterium. Mas Call não queria ir, e Alastair havia instruído o filho a falhar nos testes. Call não podia de forma alguma ser admitido na escola para magos.

Contrariando todas as hipóteses lógicas, Call foi selecionado pelo Mestre Rufus a integrar a sua turma, juntamente com Tamara e Aaron. Alastair entrou em pânico e tentou fugir com Call, causando o maior alvoroço no recinto. Mas um aprendiz não podia recusar o seu chamado, e Call foi obrigado a seguir para o Magisterium, uma escola sinistra que ficava embaixo da terra, em túneis subterrâneos. Call temia pela sua vida e só pensava numa forma de escapar.

Porém, para a sua surpresa, Call nunca imaginou que pudesse se sentir em casa e ser aceito num local tão estranho. A vida todo foi desprezado e sofreu bullying no seu antigo colégio, porém, ali, Call descobriu o real significado da amizade e da cumplicidade, e percebeu que, mesmo com a sua perna defeituosa, podia se destacar e ser tão bom em toda tarefa quanto qualquer outro estudante. Call passou a duvidar de tudo que seu pai havia lhe contado até então. O que podia ser assim tão perigoso?

Mal sabia que o Inimigo espreitava o Magisterium, esperando a menor brecha para atacar. Enquanto os Mestres ansiavam por descobrir um novo Makari, a única esperança de derrotar o Inimigo da Morte e conter os Dominados pelo Caos, a voz de Alastair martelava na cabeça de Call dizendo "fuja", "você não sabe quem é."

Call só tinha certeza de uma coisa: “A água quer fluir, (...) O ar quer se erguer. A terra quer unir. O caos quer devorar. Call quer viver."

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam.

***

Desde que soube deste lançamento, fiquei histérica para lê-lo, afinal, não esperava nada menos do que "perfeição" de uma obra escrita em coautoria por Holly Black e Cassandra Clare. De início, devo confessar, me senti levemente incomodada por achar a trama parecida com Harry Potter. Fiquei tentando captar semelhanças entre personagens e enredo e claro, encontrei algumas, afinal, Magisterium também fala sobre uma escola de magia, um inimigo e um trio de amigos em que um deles se destaca por seu heroísmo, mas as similitudes terminam por aí.

Como nunca li nada da Cassandra, muitas vezes até me esquecia de que Magisterium também tinha sido escrito por ela, principalmente, pelo texto me lembrar tanto de Boneca de Ossos, de Holly Black. Fiquei tão feliz de reconhecer a escrita de uma das minhas autoras favoritas e de me recuperar da decepção de A Menina mais fria de Coldtown, que rapidamente fui tragada pela viciante trama, narrada em terceira pessoa.

Adorei o mundo mágico criado pelas autoras. Aqui, os magos não usam varinhas, nem sussurram feitiços. Em Magisterium eles aprendem a dominar os elementais e a controlar o poder que possuem dentro de si. As aulas não são em grandes turmas, e as tarefas não seguem um padrão de aprendizado. Nós podemos testemunhar tanto semanas angustiantes em que os aprendizes ficam separando grãos de areia por cor, apenas com o poder da mente, quanto momentos em que tentam se equilibrar em um tronco de árvore, dentro de um pântano, conjurando bolas de fogo. Digamos que as lições são muito mais emocionantes e perigosas. Sem contar que a escola têm as suas próprias regras, e sua maior finalidade, na verdade, é preparar os magos para que eles não se tornem uma ameaça a sociedade por não saberem utilizarem a sua magia.

Sei de algumas amigas que gostaram do livro, mas que não se apaixonaram como eu. Bom, eu amo bruxaria, e este já foi um fator primordial para eu gostar da obra. Mas, além disso, me encantei pelos personagens, crianças de doze anos que lembraram muito a mim mesma, numa fase tão delicada da vida, lutando para serem aceitas e tentando lidar com as suas verdadeiras essências.

Callum é um menino sarcástico, sem papas na língua, algumas vezes agressivo e com uma raiva incontida dentro do peito. Mesmo sem querer, ele acaba afastando as pessoas de si, já que esta foi a forma que aprendeu a se defender do mundo. Entretanto, no Magisterium, ele terá que aprender a confiar nos outros, mas, principalmente, a confiar no seu potencial. Achei lindo acompanhar o amadurecimento do garoto e a reviravolta que deu na história.

Tamara também me conquistou. Ela cresceu vivendo sob aparências, mantendo uma postura rígida, fria e distante, completamente diferente de sua natureza e, no fim, suas atitudes foram postas à prova, fazendo-a dar valor ao que realmente importa. Aaron não me chamou tanta atenção. Para mim ele foi meio apagado no enredo, apesar de ter um papel de grande destaque.

Magisterium terminou respondendo algumas das nossas perguntas, mas nos deixando com ainda mais dúvidas, ansiando pela continuação. Sinceramente, não acredito que aquele desfecho seja real. Para mim, as autoras estão tentando nos confundir e nos enganar e eu mesma criei as minhas próprias teorias e espero estar certa.. kkkk

Enfim, O Desafio de Ferro não é apenas um livro bem escrito, de leitura fluida e viciante, cheio de magia e com uma história que irá arrebatá-los, desejando por mais. Magisterium também é um lembrete de que o bem e o mal habitam dentro de cada um de nós, mas não nos dominam. Apenas nós podemos decidir quem queremos ser e qual caminho iremos seguir.

O Desafio de Ferro é o primeiro dos cinco livros dessa série incrível, perfeito para aqueles que são apaixonados por livros de fantasia. 

VÍDEO RESENHA



O Desafio de Ferro - Holly Black e Cassandra Clare
Livro 01
Série Magisterium  
Editora Novo Conceito
Selo Irado  
384 páginas     
Comprar: Saraiva

BOOKTRAILER


***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

20 comentários

  1. Caramba!! 5 livros!...essas séries deixam a gnt mto mto mto pobres..=/
    De maneira geral gostei da história. Gostei da capa tbm...
    hahaa...criando super conspirações então sobre o final 'falso' do livro! hahaa
    Eu tbm sempre faço isso em séries...seeempre...kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh estou louco para ler esse livro !!! :3

    ResponderExcluir
  3. Parece ser ótimo, curto muito livros de fantasia, fiquei bastante interessada em conferi essa série que parece mesmo se incrível.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que gostou!
    Não faz muito meu estilo, mas valeu a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Cassanda Clare e suas séries que deixam os fãs sem dinheiro, haha. O livro parece ser muito bom, e apesar de não ser meu estilo, fiquei bem curiosa.

    Beijão,
    http://porenseetcs.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Uau! Só lendo já entrei no mundo desse livro! Sou fã da Cassandra Clare e da Holly Black, então apenas saber que o livro é escritos por essas duas já é o suficiente pra mim embarcar na leitura, e como se não bastasse ainda tem a sinopse e a resenha de tirar o fôlego! Eu com certeza vou ler esse livro o quanto antes, mesmo que eu não seja muito fã de magia, eu acho que certamente vai valer a pena.

    ResponderExcluir
  7. Se a Cassandra Clare escreveu, preciso ler!!
    Nao acreditei quando vi que a editora novo conceito trouxe ele tao rapido pra cá..
    Se fosse a Record....

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi,
    Com essa dupla e a diagramação linda do selo #irado ficar sem querer ler O Desafio de Ferro é uma missão impossível, já está na minha lista, só espero que os outros livros não demorem ser lançados haha.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi,
    Nossa, eletrizante, parece ser muito legal.
    Infelizmente tenho a série toda de instrumentos mortais pra ler porque parei em Cidade das Cinzas, e quero lê-los antes de comprar outros livros da CC.
    Tenho boneca de ossos da outra autora e também não li.
    É uma lista infinita de livros.
    Você leu esse livro super a jato. O lançamento foi esses dias.
    Beijão,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  10. Ainda não me rendi a nenhum livro da Cassandra Claire e não conhecia a Holly Black. Confesso que essa série aí chamou mais minha atenção do que Cidade dos Ossos. É uma série de livros muito grande rsrs, não sei se eu faria a leitura.

    ResponderExcluir
  11. Querooo muuuuito este livro cara!
    Primeiro a capa e maravilhosa, segundo a historia nem ser fala!
    A capa ja chama atenção por onde passa ! A editora irei fez um otima
    trabalho lançado este livro !

    ResponderExcluir
  12. O encontro dessas duas só poderia resultar em sucesso né!Eu mesma estou doida pra ler.
    Ainda não tinha me ligado nas semelhanças que o livro poderia ter com Harry Potter,mas realmente tem algumas coisas kkkk
    Espero gostar tanto quanto vc.
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. As duas autoras juntas é uma maravilha mas saber que a série terá cinco livros me desanima um pouco. Sou daquelas que quando começa a ler e descobre que os outros ainda não foram lançados fica louca da vida hahaha. Sei lá, acho que vou esperar até ter pelo menos o terceiro livro lançado para começar a ler, pelo menos assim vou lendo com calma até a série terminar... isso se não acabar virando aquelas séries que começam com um número x de livros e termina com mais algumas edições extras pela frente.

    ResponderExcluir
  14. Estou encantada por esse livro, já me conquistou por falar de magia! !
    Adorei capa ú.ú , mas cinco livros e pra falir!

    ResponderExcluir
  15. Comecei a ler a resenha imaginando que seria mais um que eu deixaria passar por não ser algo que goste... Mas depois que li tudo só posso dizer que estou super ansiosa pra ter o livro *-* Alguma coisa nesse enredo incrível me chamou muito a atenção e me fez ter ainda mais curiosidade pra saber mais da história! Nunca li algo de qualquer uma das duas autoras, mas sei que são super reconhecidas e maravilhosas... Espero amar a escrita delas por meio desse livro...
    Uma pena é ser série... Estou com um problema gigante com elas, pois não me aguento de curiosidade kkk Vou ter que esperar lançar os cinco livros (ou pelo menos estar perto de lançar o quinto) pra começar a ler... Pq já percebi que não vou querer aguardar nem um minuto pelo próximo!!
    Amei a indicação...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  16. Gosto muito de livros de fantasia mas esse não me chamou muito a atenção, sei lá, acho que foi a capa, mas é da Cassandra, acho que darei uma chance por causa dela.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  17. Oi Mi xD

    Recadinho para Cassandra: Por favor, vamos manerar aê né, porque seus fãs já estão ficando falidos querida.. livro não é barato não!..rsrs
    Achei a capa bem maneira e adoro os temas tratados nos livros da Clare.

    Beijos, Lucas.

    ResponderExcluir
  18. Só pelo fato ser escrito pela Cassandra já quero ler. Eu adoro bruxaria, vampiros e coisas do gênero. Achei meio parecido com H. P. mas mesmo assim quero ler. Vou esperar sair mais livros da série pra ler junto.

    beijos

    ResponderExcluir
  19. adoro livros de fantasias , mais a capa e bem feinha , nao sei se leria este livro , nao sei tenho a impressao que nao vou gostar do livro ! nunca li nenhuma obra da autora !

    ResponderExcluir
  20. Adorei a sua resenha! Li o livro em um dia, achei mó perfeito.
    Confira a minha: http://www.livricios.blogspot.com.br/2015/01/serie-magisterium-o-desafio-de-ferro.html

    ResponderExcluir