Dica de leitura - Piscina Já

Dica de leitura - Piscina Já
E aí pessoal, vem aí mais uma novidade da Editora Biruta, que está cheia de lançamentos para esse mês.

No ano em que se completam 50 anos do Golpe Militar, está sendo lançado o livro "Piscina Já", de Luiz Antonio Aguiar, que retrata de maneira singela um Brasil que a maioria das crianças de hoje em dia nunca ouviu falar. 

Saibam um pouco mais sobre o livro no material abaixo:

Sinopse: "Essa é a história de um grupo de crianças que vive em um Brasil bem diferente. Em 2014 completam-se 50 anos que o Brasil sofreu o Golpe Militar, onde a repressão e a censura foram protagonistas. E, através dos olhos de uma menina de onze anos e de sua turma, somos transportados para o Brasil da década de 70 que vivia sob o domínio da Ditadura Militar. Nesse cenário, onde se desenrolou a luta de militantes e estudantes contra o duro sistema, conhecemos também a luta das crianças do Condomínio da Colina, na Serra das Araras, pelo seu direito à diversão. Nas férias de verão, o centro de todas as brincadeiras era a piscina comunitária abastecida com a água vinda diretamente do alto da serra. Mas, o General Pimenta, que tinha acabado de se mudar para uma casa enorme do condomínio, vivia reclamando que a água do riozinho mal chegava em sua casa para abastecer sua piscina particular. Foi então que a grande confusão começou, pois o general usou sua influência para desviar toda a água até sua própria piscina. E a turma do Condomínio da Colina partiu para a briga contra a repressão: Piscina Já! Enquanto isso acontece, a família da protagonista lida com outro problema: o sumiço do Tio Zeca, que usava camisetas do Che Guevara, barba do tipo “eu sou comuna” e que contava várias histórias sobre o que estava acontecendo no país afora. Era o herói das crianças, e conhecido pelos vizinhos como comunista. Dessa forma, o leitor logo percebe que a luta das crianças, à sua maneira (bem peculiar!) está inserida em outras muito maiores. De maneira singela, mas sem fazer concessões, o autor traz à tona um Brasil que as crianças de hoje pouco conhecem. No posfácio, “Para entender, um pouquinho, o Brasil dessa época”, os editores apresentam um panorama mais detalhado sobre como foi implantada a Ditadura, quais foram as consequências e em que momento aconteceu a campanha das Diretas Já, que deu origem ao nome do livro.

Compre aqui: Saraiva
 
Sobre o autor:
 
Autor de cerca de 90 títulos. Ganhou diversos prêmios pelo mundo, o Jabuti (1994); várias menções do Prêmio Altamente Recomendável, da FNLIJ; inscrito na lista de honra do IBBY (2007); o White Ravens (2008), a maior biblioteca de literatura infantil e juvenil do mundo – na Alemanha. Mestre em Literatura Brasileira pela PUC RJ. Colaborador em jornais. Costuma ministrar oficinas de leitura e de criação literária por todo o país. Para conhecê-lo melhor, acesse: www.luizantonioaguiar.com.br

Sobre o ilustrador:

Tiago Lacerda nasceu em 1979 em Volta Redonda. Formou-se em Design e trabalhou como cartunista, fazendo animações para TV e Cinema. Desde 2012 ilustra uma coluna semanal da Revista sãopaulo; em 2013 tornou-se colaborador da revista VIP. Além disso, é editor da revista Beleléu, um importante selo de quadrinhos na cena independente do Rio de Janeiro.

Sobre a Editora Biruta:

A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil. Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido inseridos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola). A proposta da Editora Biruta é oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.

***

Vocês já sabem o quão fã sou da Editora Biruta, certo?! Pois bem, a Biruta não só me conquistou por suas belíssimas obras, mas principalmente pelo teor informativo dos seus livros. Adoro saber que cada vez mais publicações de qualidade estão chegando nas mãos de nossas crianças, e acho importante elas crescerem conhecendo o passado para evitarem cometer os mesmos erros no futuro, e nada melhor do que situarmos os pequenos numa época conturbada e tão distante de suas realidades de maneira delicada e divertida. E pelo que vi, é justamente esta a proposta de Piscina Já, uma obra de 104 páginas, indicada para crianças a partir de 9 anos. Fica a dica para quem tem pequenos leitores críticos em casa :)

Beijos, Mi
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO.

Clique AQUI e saiba como participar.

18 comentários

  1. Genten!! Adorei isso!!
    Não conhecia essa editora, mas ela já ganhou o meu respeito!!
    Tem coisa melhor do q ensinar as crianças com histórias q ela vão conseguir entender e interpretar sozinhas?? Nossa! Amei!!
    A minha sobrinha ainda n esta na idade p este livro, mas vou dar uma olhada nos outros títulos da Biruta p comprar p a minha sobrinha!!
    In love total!

    ResponderExcluir
  2. Nossa que iniciativa legal da editora,
    fiquei curiosa pela obra... Quero muito ler a narrativa pela perspectiva de uma criança.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, como vai?
    Já tinha visto o livro em outro blog e apesar da capa dele ser o mais linda possível, penso que não seria uma leitura que me agradaria.
    Beijos,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  4. Que livro mais gracinha! Não conhecia essa editora e muito menos a obra. É interessante a proposta de mostrar uma realidade que muitas crianças não conheceram, acho que através de um livro assim é bem mais fácil delas assimilarem acontecimentos históricos como esse do Golpe Militar.

    ResponderExcluir
  5. Achei a capa um lindeza que so ela!
    Quando li o nome nao imaginava que seria um historia de Golpe militar e tal!
    Adooorei historia pois a gente ver o outro lado de tudo

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto outros livros da editora antes,mas nunca li nenhum.Bem bacana isso de trazer fatos históricos de um jeito que crianças se interessem.
    A capa desse tá uma fofura.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana a ideia da editora!
    E que capa lindíssima hein...

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  8. Amei a sinopse e a capa e achei a ideia da autora bem bacana! Eu com certeza quero um pra mim!

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi, acho super legal os livros retratarem e relembrarem como eram a vida das crianças antigamente, até mesmo porque os avós adoram falar ''na minha época'' ''Ah... quando eu era criança'.
    interessantíssimo!

    ResponderExcluir
  10. Estou encantada com a Biruta e esse livro parece ser bem legal. Acho tão bom uma editora dedicar-se assim ao publico infantil. Queria ter tido uma editora assim na minha época de 9-10 anos,rs. Enfim, tiro o atraso e leio agora independentemente da idade, voltando um pouco àquela época,rs.

    ResponderExcluir
  11. Gostei do livro, apesar de ser uma obra para o público infantil, eu leria!

    ResponderExcluir
  12. Adorei esse livro!! Se tem um período da história brasileira que eu sou fascinada, esse período é justamente a ditadura militar... E gostei da proposta desse livro, pois posso comprar e ler junto com os meus irmãos, pois esse definitivamente eu leria... Leitura para uma tarde, mas que com certeza eu ia gostar bastante...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  13. Gostei... vou procurar mais sobre esta Editora!!!

    ResponderExcluir
  14. o livro já me ganho me ganhou pela capa *-------* achei sla "fofa e bonita" , mas mudando de assunto nunca vi um livro da editora biruta na livraria daqui '-' talvez tenha mas deve estar escondido *--* , achei o livro bom mas n acho q combine mto comigo '----'

    ResponderExcluir
  15. Um livro para todas as idades, sempre quando leio livros assim eu me sinto tão jovem.
    Amei a capa e a editora Biruta ta sempre me surpreendendo.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  16. Oi Mi xD

    Achei bem bacana a ideia do livros e tal. Mostrar as crianças de hoje em dia, incluse à mim ,rs, como foi antigamente...
    Mas o livro não faz meu tipo.

    Beijo, Lucas.

    ResponderExcluir
  17. Eu gosto muito de literatura histórica, e este por se tratar da ditadura vista por uma criança já me chamou atenção. Mas honestamente que capa mais feia rsrsrs não gostei.

    bj

    ResponderExcluir
  18. nao conhecia o livro , mais parece ser bom , a capa é bonita , mais bem simples , a editora biruta é sempre tao surpreendente !

    ResponderExcluir