Viagem - Serra Gaúcha + Snowland

E aí pessoal, no finde do dia 14/06/2014 fui novamente para a Serra Gaúcha, na companhia do Junior, do André, meu primo, e da Rosana, minha mãe, para comemorarmos acontecimentos especiais nas nossas vidas.

Infelizmente o São Pedro não quis colaborar. Estava um dia chuvoso e frio, mas não era esse detalhe que iria atrapalhar nossos planos. Fiz uma cesta de piquenique maravilhosa para levar na viagem, e subimos a serra num clima leve e descontraído.

Chegando lá tive a agradável surpresa de topar com a Feira do Livro de Gramado na Rua Coberta. Ok que eram apenas algumas banquinhas, mas bem que eu tentei convencer alguns leitores a levarem determinados livros, tipo Os Três, de Sarah Lotz. Sério, eu não me aguento. Não posso ver uma pessoa com um livro na mão fazendo cara de dúvida que já desato a falar e indicar (ou não) a tal obra.. kkkk. Sim, eu me daria muito bem trabalhando numa livraria. Me contratem! kkkk
Ir a Gramado e não comer um fondue é praticamente um pecado.. e já virou hábito, a cada vez que vamos, o Junior e eu arrastamos os nossos convidados até o Ratatouille, o melhor rodízio de fondues da região na minha opinião.
Mas para sair à noite na cidade, no inverno, na chuva com serração, é preciso muitooo agasalho. É claro que durante o dia aproveitamos para fazer umas comprinhas, com direito a gorro, luvas, um tapa orelhas e uma touquinha de panda para o Junior.. porque sim, ele só tem tamanho, mas continua um crianção fofo.. kkk.
Depois do passeio, descansamos um pouco no quarto da Estalagem Vila Suzana, que fica em Canela. Um local lindo, bem isolado, no meio de parques e árvores enormes. Quem disse que depois queríamos sair do quentinho e da cama macia?? Ahhh, mas a barriga tava roncando e o fondue nos esperando. Bora se matar comendo!
Nada melhor do que começar a forrar o estômago com um fondue de queijo, servido com batatinhas cozinhas, polenta frita, pãozinho crocante, brócolis e goiabada. O queijo é simplesmente delicioso e dá vontade de comer puro.. e tem que cuidar para o apetite não acabar por aqui.

Em seguida chegou o fondue de carne, feito diretamente no tampo de pedra com cinco opções de carnes diferentes: frango, porco, entrecot, alcatra e filé mignon, com o acompanhamento de milhares de opções de molhos que confesso, nunca uso.
Será que ainda tem espaço para mais?? Mas é claro que sim, senão damos um jeito, afinal, a saideira é com o fondue de chocolate, que mais parece um ganache de tão delicioso. Ok, depois dele estávamos mudos e caindo de sono de tanto comer. Sem mentira, chegamos ao Ratatouille às 20h e saímos quase à 1h da manhã.. kkk Gosto muito do restaurante não só pela comida deliciosa e pelo atendimento impecável, mas também porque o Rataouille em um charme à parte, com música ao vivo de fundo, a meia luz e com uma decoração que remete realmente a França.
Hora de dormir, porque o dia seguinte seria de muito agito para nós. Depois de um dia inteirinho de chuva e frio, sem podermos fazer todos os passeios ao ar livre dos quais gostamos, quem diria que amanheceria um dia tão lindo?
E por mais que tenhamos comido muitooo na janta da noite anterior, tem como resistir a um café da manhã de hotel? Genteee, babei sem conseguir comer tantas coisinhas deliciosas, como os bolos e tortas que o Junior e o André comeram. Mas não resisti ao doce de leite. Uma gostosura!
Domingo era dia de ir ao Snowland, o 1º Parque de Neve das Américas. Desde que foi inaugurado, sonhei em conhecê-lo. Quando planejamos a viagem, adquirimos nossos passaportes diretamente pela internet, o que nos poupou um bocado de fila ao chegarmos. Comprando online você recebe um ticket que deve levar impresso. Com este ticket em mãos, o cliente tem direito a chegar uma hora mais cedo no parque e a pegar uma fila exclusiva para entrar.
Em seguida, recebemos uma senha que nos dá direito ao acesso na Montanha de Neve. Só podemos entrar lá depois que a nossa senha é chamada, e só podemos ficar lá dentro por duas horas. Portanto, organizem-se e vejam quais atrações do parque vocês querem visitar para otimizar seu tempo.

No interior do pavilhão tem muitas lojinhas que oferecem desde roupas, chocolates, brinquedos a souvenirs, além da pista de patinação no gelo. Lá a temperatura é bem agradável, então podem vestir só um blusão que tá de boa. Tem também o restaurante e o bar que ficam numa espécie de mirante para a Montanha de Neve e que servem uma comida muito cara, mas que é difícil de fugir já que dá fome enquanto estamos no parque. 

Por isso sugiro que levem lanches para tapar o buraco do estômago. Lá não tem farmácia, o que achei uma mancada, levando em consideração que pessoas se machucam nos brinquedos (sim, o Junior se machucou feio e por bobagem) e o nariz corre muito por causa do frio e da neve. Portanto, levem lencinhos, artigos de higiene pessoal (senti falta) e o que mais acharem necessário, porque vocês não podem sair para pegar no carro. Por último, tem o guichê de aluguel de equipamento de esqui e snowboard e as marcações de aula, para quem quiser fazer, pagos à parte, e a entrada da Montanha de Neve.
Logo que vi a pista de patinação fiquei pulando feito criança querendo demais patinar. Ficamos quase 40 minutos na fila, mas cada vez mais que chegava perto, eu ficava assustada e querendo desistir. Era tanta gente levando cada tombo que o medo bateu.. kkkk
O equipamento é fornecido no local, e só podemos ficar 30 minutos na pista. Existem corrimões por toda a sua extensão para os novatos se segurarem, enquanto os mais corajosos se arriscam por toda a pista.

E não é que bailei na primeira curva? Doeu muito cair de bunda no chão duro e gelado, mas o que mais doeu foi tentar me segurar e evitar os outros três tombos que quase levei. Por isso acabei meio que distendendo os músculos dos braços, peitoral e costas.. ai.. ui..
Depois da patinação, o Junior e o André foram para a Montanha de Neve porque compraram o pacote de aulas de esqui. Enquanto isso, a mãe e eu fomos almoçar e tentar espiar os meninos lá do mirante.
O restaurante é lindo e muito confortável. Pena o inconveniente da comida cara. A mãe e eu dividimos um prato de R$ 38,00 que ainda veio frio. E não gostei do atendimento :(
Vejam que vista linda:
E depois de forrar a barriga, que tal passar um pouco de frio? Bora entrar na Montanha de Neve? Quando comprei os ingressos no site, vi que o parque fornecia uma roupa de frio, que consistia em casaco, calça, bota, luvas e capacete. Eles avisam que se a pessoa é muito friorenta, pode ir bem agasalhada. Quem já tem roupa de frio pode levar também, porque, sinceramente, por mais que as roupas e equipamentos deles sejam lavados, é tudo muitoooo fedorento. Eca.
Agora é sério, preciso dizer, nunca passei tanto frio na minha vidaaaaaaaaa como quando entrei naquela maldita Montanha de Neve. Lá dentro, a temperatura é de -3ºC. A porcaria da roupa que nos deram até ajuda, mas me arrependi de não ter ido com 10 blusões, 10 calças, 10 meias de lã, 10 mantas e 10 luvas térmicas. Meu rosto congelou no ato, meu nariz escorria, os olhos lacrimejavam e em 2 minutos as luvas ridículas que eles nos deram estavam molhadas. Minhas mãos ardiam de dor por causa do frio congelante e em 5 minutos fui obrigada a comprar um chocolate quente minúsculo de R$ 12,00 para tentar esquentá-las.
Mas olha só, não digo que será assim com todos. Meu primo estava com apenas uma camiseta por baixo do casaco e feliz da vida, e o Junior também não reclamou de nada. Eu que sou friorenta mesmo!
O Junior e o André se divertiram esquiando e super recomendam essa atividade para todos. Eu fiz o possível para tirar fotos, mas enfrentei outros problemas por lá. Primeiro, na roupa térmica não tem bolsos. Então lá estava eu tentando equilibrar dois celulares nas mãos e o chocolate quente e tirando fotos quando possível. Portanto, levem uma pochete! Se isso não bastasse, os celulares com tela touch não reconhecem o toque com luva! Céus, a cada vez que queria tirar foto era obrigada a tirar um par de luva o que piorava a minha condição.
Gente, pode não parecer, mas a neve é muito escorregadia, e se não caí mil vezes foi porque nossos amigos me seguraram muito firme. Dentro da Montanha de Neve tem a pista de esqui e snowboard, um pórtico imitando o de Gramado, uma lojinha que vende chocolate quente, um túnel do tempo com animais robotizados da Era do Gelo e o Snowplay, onde você pode se divertir deslizando na neve com boias ou tapetes. E foi exatamente aí, faltando minutos para irmos embora, que o Junior se machucou. Numa das descidas ele bateu o pé na neve e achamos que ele teve uma pequena fratura num dos dedos que ficou preto e enorme de imediato. Mas isso nunca iremos saber porque ele se recusou a ir ao hospital e deixou o dedo "curando" em casa.
Já comentei que podemos ficar lá dentro por duas horas né?! Se consegui ficar meia hora foi muito. Teve um momento que meus dedos dos pés congelaram, a dor que eu sentia nas mãos estava insuportável e a impressão que tive é de que ia ter hipotermia e tive que sair. O alívio que senti quando voltei para o pavilhão aquecido do parque foi quase instantâneo. Agora sei como meu corpo se comporta numa temperatura negativa. Aff..
Mas depois de tudo isso podem me perguntar "Mirelle, valeu a pena?". Nossa, e se valeu! Já estamos preparando uma segunda viagem para repetir a dose. Dessa vez irei bem mais preparada, com certeza, para poder aproveitar tudo o que o parque tem a oferecer.
Se um dia vocês tiverem a chance de ir para a Serra Gaúcha, além dos passeios tradicionais e das paradas culinárias obrigatórias, não deixem de visitar o parque Snowland e vivenciar uma experiência única, principalmente para aqueles que, como eu, nunca tinham visto neve antes.
Espero que tenham gostado dessa dica de viagem e se tiverem alguma dúvida que eu não tiver respondido, só deixarem nos comentários.

Beijos, Mi
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE JULHO.

Clique AQUI e saiba como participar.

24 comentários

  1. AAh que lugar legal, eu adorei, apesar de não curtir muito frio, ai parece divertido.
    Beijos
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi!
    Eu sempre quis conhecer a serra gaúcha e agora fiquei ainda mais curiosa, Gramado deve ser uma cidade linda, mas foi maldade sua postar as fotos do fondue kkk
    Parece ter sido uma viagem maravilhosa!
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. *0* Cara que show.
    Faz muito tempo que não viajo para algum lugar...e essa me parece uma super opção. Amo frio e nunca vi neve então acho vou gostar do Snowland. Quanto á feira do livro, também não consigo ficar de boca calada quando vejo alguém com um ponto de interrogação na cabeça segurando um livro haha. Já fiz uma amiga sim.
    Parabéns pelo passeio Mi :3

    http://voceetaolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi
    Adorei as fotos da sua viagem. Sou louca para conhecer o Sul. Fiquei morrendo de fome com as delícias que você mostrou.

    ResponderExcluir
  5. Que demais!! Mesmo com o tempo ruim, deve ter sido uma ótimo viagem!
    Amei que você ajuda as pessoas que ficam naquele de ''levo ou não levo''. hahahaha
    Que perdição esses fondues... amo!
    Snowland deve ser bem divertido.
    Adorei as fotos!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa , amei as fotos Mi , sou louca pra viajar para la , quem sabe um dia não? e ainda encontrar uma feira de livros? eu acho que eu morria na hora de tanta felicidade \o/ , você falando dessas comidas me deu ate vontade de comer kkk Nossa adorei as fotos do parque , deu muita curiosidade e vontade de conhecer , melhoras para o Junior , adorei sua descrição da viagem! Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi! Eu estou querendo muito para o Snowland, vários amigos meus já foram! Eu fiquei meio confuso numa parte, você fez passaporte para ir ao parque? Mas o mesmo não fica em Gramado? E se o tempo para ficar no parque é 2 horas, e você ficou 40 minutos na fila, não perdeu muito tempo? Desculpe se não entendi essa parte, mas estou curioso para ir e queria tirar essa dúvidas...
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gui, vamos por partes.. Passaporte são os ingressos do parque.. se chamam assim porque dão direito a mais coisas além da entrada. Como expliquei, temos direito de ficar até 2h dentro da Montanha de Neve, que é uma das atrações do parque.. mas no parque podemos ficar da abertura até o fechamento se quisermos. Deu tempo para tudo sim. Beijos

      Excluir
  8. Nossa!!! Esse seu passeio deve ter sido o máximo. Gostei de ver esse seu lado, Mi.
    Adorei as fotos que você tirou e de poder sentir como deve ter sido divertido, mesmo que por fotos.
    Bjs.


    ResponderExcluir
  9. Eita Mi que invejinha viu? Sou louca para ir ao sul, minha mãe também é. Fiquei louca com essas comidas e tudo mais. Fotos lindas *_* beijo

    ResponderExcluir
  10. Que máximo amiga! Amei saber tudinho!! Parece que foi bem divertido mesmo kkkk!! Acho que eu também não aguentaria hehehe! Amei!

    ResponderExcluir
  11. Ai, eu quero ir de novo pra Gramado (sempre!) e eu quero ir pro Snowland! Muito show! Confesso que deu uma pontinha de inveja saber que é só ir ali que você já tá em Gramado. Sacanagem! rsrs

    ResponderExcluir
  12. Sempre quis conhecer o sul *-* Mi deu ate fome vendo essas comidas rsrsrs
    Deve ter sido tudo de bom essa sua viagem *-*

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que cobertura completa, Mimo! Parabéns! Muito bom! Temos de fazer outro passeio! Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Ai, que super legal, Mi!! Espero ir lá conhecer algum dia! ADOREI essa rampa de ski!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Mi,
    Aproveitou bastante ein? Só que essa pessoinha que vos fala gosta de um bom edredon no frio rsrs, mesmo assim achei muito lindo o lugar ^^, a comida parece muito apetitosa. Da próxima vou na bagagem kkkk.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita vontade de conhecer a Serra Gaúcha, mas tenho um problema muito sério com o frio, isso porque já moro no Sul, imagina se não morasse, assim que superar isso irei conhecer o parque e tudo mais que a cidade ofereça, gostei da dica do fondue, não tem como ir para um lugar desses e não comer de tudo, tem que aproveitar, deve ser um diversão e tanto, mesmo com os problemas que você passou, no fim dá tudo certo...

    ResponderExcluir
  17. Oi MI..
    deuu muita muita vontade de conhecer a Serra Gaúchaa..amoo o friiooziim aiinda maiis com belas companhias.. =) acheii muitoo lindo o lugar... *--* issoo mesmoo tem que aproveiitar a viiidaa..imagiino o tanto que se divertiu la eiim?! e a coomiiidaa ...huuumm que agua na boooca eiim..!
    kkk'
    beiiijks =D

    ResponderExcluir
  18. EU NÃO ACREDITO! Você foi a Gramado!!! ultimamente, eu tenho sonhado com essa cidade no RS. Nossa! Tudo lá parecer ser lindo, desde o Lago Negro e os deliciosos chocolates. Nem parece o Brasil! Espero um dia poder conhecer esse lugar tão maravilhoso.

    ResponderExcluir
  19. Espero Pode ir ai, conhecer uma outra parte do brasil que eu nem sabia que existia muito Lindo Mi parabens

    ResponderExcluir
  20. Nossa, Mirelle, que demaaais!
    Tenho muita vontade de conhecer essa parte do país! Aqui onde eu moro o mais frio que faz é 22 graus, acredita? Fiquei babando em tanto fondue e achei um roubo um copinho de chocolate quente sair por 12 reais! Mas apesar disso achei tudo lindo, adoraria conhecer ^^

    ResponderExcluir
  21. Quero essa touca de panda hahah amei!!
    Que viagem deliciosa, Mi. Só fui pra essa região uma vez e gostei muito. Infelizmente, não fui na Snowland, parece ser muito legal.
    E eu aqui morrendo de fome e vendo esses fondues, sacanagem hahaha

    ResponderExcluir
  22. Que lugar incrível, Mi!
    Adorei esse post contando toda a experiência, e nos dando dicas de o que levar e os locais que tem bom ou mau atendimento. Acho que foi uma diversão maravilhosa, hein?!?!
    E esses tombos na pista de patinação são os mais normais possíveis. kkkkkkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. eeeee vida boa hem, tirando o tombo né ?kkkkkkkkkk lugar lindo, parece ser bem legal para passar as ferias.

    ResponderExcluir