Resenha - Um Caso Perdido

Resenha - Um Caso Perdido
Sinopse: "Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente."

Sky é uma jovem de 17 anos, com uma vida peculiar. Mora há 13 anos com a sua mãe adotiva, Karen, desde que sua mãe biológica morreu e seu pai a abandonou, bloqueando de sua memória quaisquer registros sobre quando era pequena.

Karen é tecnófoba, ou seja, Sky cresceu sem ter acesso a televisão, celular e quaisquer outros aparelhos nocivos. Se isso não bastasse, Sky foi educada em casa, sem nunca ter frequentado o colégio. A menina atribuía as esquisitices da mãe ao seu instinto superprotetor, e nunca se incomodou com tais restrições. Vocês já conseguiram imaginar uma adolescente que não sabe enviar torpedos, emails ou que não conheça o Netflix? Esta é a Sky.

Depois de muito implorar a Karen, Sky finalmente foi matriculada na mesma escola de Six, sua melhor amiga e vizinha, e está prestes a iniciar seu último ano letivo. O problema é que Six não estará lá para ajudá-la, já que foi aceita num programa de intercâmbio. Sky teria então que lidar com os problemas da selva de pedras que é um colégio, sozinha, além das piadinhas e insultos de seus colegas pela má fama de vadia que herdou de Six.

Mas Sky era uma menina durona e nem um pouco preocupada com o que os outros pensavam. Tudo isso ela seria capaz de tirar de letra, até conhecer Holder, um cara que a tirou do prumo. Ambos sentiram uma conexão instantânea e Holder despertou em Sky sentimentos que até então ela desconhecia por completo.

O problema é que Holder não era um cara qualquer, e Sky descobriria isso da maneira mais dolorosa possível. Muitas vezes com o amor vem a dor. Resta saber se o amor é capaz de sobreviver em meio a tantas dificuldades e revelações bombásticas que serão capazes de alterar toda a vida de Sky.

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Desde que soube do lançamento de Um Caso Perdido, fiquei desesperada para ler, afinal, sou muito fã de Métrica e Pausa, de Colleen Hoover, e estou em cólicas esperando o lançamento de This Girl, que será no final do ano.

Já tinham me avisado que este livro era um pouco diferente, mais intenso e pesado que os outros que tinha lido, mas não estava preparada para o que estava por vir.. e não digo isso por todos os dramas vividos por Sky e Holder, mas sim, pelas horas infinitas que passei lendo esse livro, que me deixaram meio contrariada.

Tive uma dificuldade sem tamanho de concluir a leitura de Um Caso Perdido. Acho que fiquei lendo o livro por mais de três semanas, simplesmente porque não consegui me conectar a ele, a sua história e principalmente aos personagens. Enquanto lia, tinha a séria impressão de estar lendo uma versão mais mimimi de Métrica e isso me incomodou.

O livro é narrado em primeira pessoa, por Sky, que, de início, aparentou ser uma personagem interessante, até começar a surtar e chorar do início ao fim. Ela podia muito bem ter alagado o deserto do Saara com tantas lágrimas. Holder, ao contrário, iniciou instável e maluco, tipo o Travis, mas depois se mostrou muito dedicado e amoroso, e até que conquistou um pedacinho do meu coração.

Não aguentei as repetições de cenas, as pontas soltas, os absurdos inseridos no meio do enredo e a previsibilidade dos acontecimentos. Entretanto, é inegável que a escrita da Colleen é gostosa de se ler. Um Caso Perdido tem uma pitada de sarcasmo e humor do jeito que eu gosto e aborda um tema importante, sobre o abuso sexual na infância e o suicídio, além de trazer lições importantes sobre como enfrentar tais situações e seguir em frente.

Até agora não consegui me decidir se amei ou odiei a história, já que a obra conta com inúmeros pontos positivos e negativos na minha visão. De qualquer modo, tenho certeza de que irá agradar a grande maioria fã de new adult. Apesar de tudo, recomendo a leitura para quem gosta do gênero, e deixo a cargo de vocês para tirarem suas próprias conclusões. 

Um Caso Perdido - Colleen Hoover
Livro 01
Editora Galera Record
384 páginas
Comprar: Saraiva 
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE JULHO.

Clique AQUI e saiba como participar.

18 comentários

  1. Esse livro parece ser ótimo, Mi.
    Não gostaria de me dar de presente? Rs.
    Todas as resenhas que li dele são ótimas e falam bem do livro. Mas claro, todo livro tem pontos negativos também.

    Beijos,
    http://voceetaolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a parte de as lágrimas da Sky encher o deserto do Saara ( É verdade, ela chora muito!).
    Terminei de ler Um Caso Perdido esse fim de Semana. Minhas expectativas eram grandes e confesso que me decepcionei um pouco. Eu gostei do livro, mas não foi o melhor New Adult que já li.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi,
    Léo e Nathy falaram tanto desse livro que fiquei morta de curiosidade para ler. Vi comentários magníficos sobre Métrica, tenho ele aqui, mas nunca li. Acho que vou dar uma chance.
    Quanto a Um Caso Perdido, sua resenha me desanimou um pouco, mas quem sabe no futuro eu não o compre? Como sempre dizem, cada leitor vê o livro de uma forma, hehe.

    Beijocas,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi :D Eu li esse livro assim que foi lançado, e eu adorei. Eu também achei que tinha algumas coisas repetidas, e cansava um capitulo ou outro. Mas, adorei a nova trama da Coleen Hoover, como fã de Métrica, foi um livro totalmente diferente. Amei a leitura e estou esperando por " Losing Hope " :D beijos

    http://meucoracaoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Morro de curiosidade de ler um livro dessa autora! Quero começar por Métrica mas sua resenha de Um Caso Perdido me deixou muito curiosa, quero lê-lo em breve.
    Beijos!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu vi a resenha desse livro em praticamente todos os blogs, mas até então não tinha parado pra ler. No começo pensei que iria gostar do livro, mas no final da sua resenha fiquei completamente desanimada. Ainda tenho uma vontadezinha de ler, mas acho que vai demorar um pouco.

    ResponderExcluir
  7. Olá Mi eu ameiii esse livro!
    Que pena que não gostou da mesma forma, beijossss

    www.paraisoempapel.com
    www.contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii Mi,
    ah que pena você ter decidido se amou ou se odiou a história..apesar de ter alguns pontos negativos que vc retratou na resenha como a parte da Sky chorar muito,as repetiçoes das cenas e principalmente por vc ter demorado pra ler neh? como vc diss nao conseguiu se conectar a ele..
    eu nunca li o livro, mas esperava muita coisa dele..pois vi bastantes resenhas boas dele,mesmo com esses pontos negativos quero muito ler ele..espero nao me decepcionar muito..
    beiijocas*--*

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi! Eu gostei do livro, mas no começo uma desconfiança que tive me impediu de torcer pelo casal, mas Métrica ainda é meu amor e Hopeless não o supera.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Não gostei muito da obra em si Mi, a sinopse não me agradou, e realmente o número de pontos negativos é grande :/
    Bjos!

    ResponderExcluir
  11. Li muitas resenhas sobre esse livros e, quase todas elas ão só elogios. Uma pena que você não tenha gostado tanto dele assim. Confesso que personagens mimizentos e chorões me incomodam bastante também. E, se a protagonista chorou tanto a ponto de inundar o Saara, já vi que terei sérios problemas com ele. kkkkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  12. Uma história de amor e ódio com o livro haha, não vou lê-lo por hora, já que vou ter que esperar muuuito, mas como você falou, a escrita da autora é muito elogiada e eu não li nenhum livro até hoje, mas já estão na lista rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  13. Não li nada dessa autora ainda e tenho curiosidade em relação a esse livro. Gostei da sinopse e acho que seria uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  14. não imagino alguem sendo tecnófoba, tadinha, não sabe o que ta perdendo kkkkkkkk. fiquei bem interessa para saber o que acontece com holder e sky. Parece ser uma historia bem interessante

    ResponderExcluir
  15. Quando comecei a ler o post, pensei que fosse O livro, mas aí vi que você não gostou tanto assim. Mas tudo é uma questão de percepção e gosto, certo? Quem sabe um dia leio.

    ResponderExcluir
  16. É, é o que acontece depois que uma autora escreve um fenômeno. A gente sempre espera mais do que deve, por isso que não li mais nada da J.K.Rowling.
    Mas um caso perdido está aqui e espero gostar dele, sinceramente. Eu não ligo pra mimimi e pra clichês, desde que os personagens não sejam chatos de doer. Se Sky me conquistar, fechou! rs
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  17. Acho que o problema é com você, pois não há nenhuma ponta solta, nada de previsível e muito menos coisas sem noção. É uma historia visceral! O livro é incrivel!!! LEIAMMMM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, tudo bem? Em momento algum disse para o pessoal não lê-lo, pelo contrário, sou a favor de cada um tirar as suas próprias conclusões porque gostos são gostos e isso não se discute. E desculpe, mas se você acha que o livro não teve nenhuma ponta solta, nada de previsível e muito menos coisas sem noção, você foi muito condescendente em aceitar coisas que para mim foram difíceis de engolir. Até o Leo, que simplesmente amouuu Um Caso Perdido, concordou que a autora deixou a desejar em algumas partes, mas que, por ter achado a obra incrível, fechou os olhos para esses detalhes e os relativizou. Mas não quer dizer que eles não estejam lá. ;)

      Excluir