Resenha - Princesa Adormecida

Resenha Princesa Adormecida Paula Pimenta Galera Record
Sinopse: "Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim..." 

Anna Rosa Lopes morava no Brasil com seus três tios solteirões: Florindo, Fausto e Petrônio, desde que perdera seus pais prematuramente. "Rosinha" cresceu completamente vigiada e mimada por estes três homens que morriam de medo de que algo acontecesse a ela. A jovem sentia-se uma prisioneira dentro da própria casa. Não podia falar com estranhos, sair à noite com as amigas, namorar e muito menos falar sobre a sua vida pessoal, nem com a sua melhor amiga, Clara. Mas por que tanta paranoia?

Numa tentativa de mantê-la a salvo, Anna foi matriculada num colégio interno só para meninas e só voltava para casa aos finais de semana. De início achou que não conseguiria se adaptar, mas depois de certo tempo, não via a hora de chegar as segundas-feiras para ouvir todas as fofocas que suas amigas tinham para contar e assim sentir-se uma adolescente mais normal. Do jeito que as coisas estavam, Anna Rosa sabia que nunca iria encontrar o amor da sua vida.

Mas tudo mudou no dia do seu aniversário de 16 anos, quando suas amigas a convenceram a ir numa boate para ouvir a DJ Cinderela tocar. Ela sabia que esta saída quebrava todas as regras estipuladas por seus tios e que se eles descobrissem  ia dar confusão na certa. O que ela não imaginava é que por causa dessa festa conheceria um garoto que viraria seu mundo de cabeça para o ar, colocando-a bem no meio de um conto de fadas. Resta saber se os finais felizes realmente existem.

Querem descobrir? Então leiam.

***

Desde que vi a capa de Princesa Adormecida pela primeira vez fiquei babando. Sabem quando somos conquistados completamente por uma capa, quase sem se importar com o conteúdo do texto? Pois é, foi o que aconteceu comigo. Ainda mais por ser uma releitura de Bela Adormecida, um dos meus contos de fadas favoritos. Achei uma ótima oportunidade de conhecer a escrita de Paula Pimenta, a diva dos adolescentes e fiquei muito feliz quando recebi o livro da Editora de presente.

Princesa Adormecida é narrada em primeira pessoa por Anna Rosa, ou Áurea Bellora, a princesa de Liechtenstein. Ela foi levada às pressas para o Brasil e por aqui ficou escondida, levando uma vida fake por anos em razão das incessantes ameaças de Marie Malleville, uma francesa apaixonada por seu pai que não aceitou ser trocada por outra.

O livro traz inúmeras referências aos contos de fadas, principalmente de Bela Adormecida, mantendo diversos dos personagens originais, porém, repaginando-os. Achei tão engraçado o fato da Malévola ter sido substituída por uma francesa vingativa com o apelido de Mallê. E das três fadas terem se tornado três tios engraçados e super protetores. Ótima sacada da autora.

A Galera está de parabéns por ter produzido um livro tão lindo. Não só a capa é divina, como a diagramação é perfeita, dando destaque para as trocas de mensagens, cartas e artigos de jornal transcritos no decorrer das páginas. Tudo foi feito no maior capricho.

Sinceramente, não sabia o que esperar do livro, mas achei que fosse amar por aliar contos de fadas com uma história jovem adulta/infanto juvenil, algo que gosto tanto, mas infelizmente não foi o que aconteceu.

Princesa Adormecida é um livro curtinho e rápido de ler, que parece ter sido escrito num só fôlego. É como se a Paula tivesse transformado seu argumento em um livro sem desenvolver maiores detalhes. Achei o enredo inconsistente, pouco desenvolvido e com acontecimentos extremamente rápidos e fáceis de serem resolvidos, fora o fato de que não consegui gostar de maneira nenhuma de Anna Rosa, algo que me deixou tremendamente triste.

Sei que muitos podem pensar: "Ah, Mirelle, mas você não faz parte do público alvo da autora com quase 30 anos na cara". Ok, não faço, mas me sinto uma eterna adolescente e sou simplesmente apaixonada por livros do gênero. Princesa Adormecida não é ruim, apenas fiquei com aquela sensação de que tinha muito potencial para ser melhor.

Independente, recomendo a leitura. É bom poder ler de vez em quando uma história leve e romântica para passar o tempo e nos fazer esquecer da correria do dia-a-dia. Depois me contem o que acharam do livro.

Princesa Adormecida - Paula Pimenta
Editora Galera Record
189 páginas
Comprar: Saraiva
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE JUNHO.

Clique AQUI e saiba como participar.

44 comentários

  1. Eu também fiquei apaixonada pela capa desse livro. Pena que p livro não atendeu suas expectativas. Achei tão interessante a ideia da história. Já li outros livros da Paula Pimenta e amei, pensei que fosse gostar desse também, não imaginei que fosse bem superficial. Mas mesmo assim, gostaria muito de ler.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você já é fã da autora, vale a pena conferir, pois talvez já esteja acostumada com a narrativa dela. Para mim foi um pouco decepcionante, mas, de repente, fui com muita sede ao pote. Beijos

      Excluir
  2. Já li várias resenhas desse livro e não fiquei interessada. Mas lendo a sua resolvi da uma chance. Não li nada da Paula Pimenta e espero que esse seja o primeiro de muitos.

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei ainda a minha opinião sobre esse livro, por enquanto ainda não me desperta interesse, mas a capa é realmente linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade de ter na estante só pela capa diva.. kkk Beijos

      Excluir
  4. Poxa, Mi, você escolheu justo o pior livro da Paula (na minha opinião) para começar a conhecer a escritora :\ Li Princesa Adormecida com as expectativas lá em cima, e acabei me decepcionando bastante... Achei o livro muito superficial, sabe? A protagonista fraquinha, o enredo corrido, os problemas muito fáceis de resolver... Foi um livro bem fofinho, mas perto do que a Paula costuma escrever, foi bem ruinzinho também. Sugiro que leia a série Minha Vida Fora de Série da Paula Pimenta, é um livro bem intenso e emocionante, mas de uma maneira mais "slice of life", sabe?
    Desculpe por ter sumido por aqui, tanto nos comentários quanto nas promos e etc... Minha vida social, virtual e escolar têm me esgotado ultimamente então... Prometo tentar aparecer mais aqui :D Kisses!

    Hannah Mila // Meu Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, jura Hannah? Que dó.. Sim, entendo, porque tive as mesmas sensações que você e já estava me achando um ET porque vi que a grande maioria amou.. não entendo como.. kkk Estava com saudades. Beijos

      Excluir
  5. Nunca li nenhum livro da Paula, mas esse me chamou atenção.
    Quero lê-lo, tenho ouvido coisas boas.
    Um beijo.

    Promoção no Livrologias.
    http://livrologias.blogspot.com.br/2014/06/post-especial-oitnb-sorteio.html

    ResponderExcluir
  6. Ah, que pena que o livro não atendeu suas expectativas Mirelle... Eu também fiquei apaixonada pela capa e como adoro contos de fadas e suas releituras fiquei muito interessada nele. Tinha tudo pra ser uma grande história, né? Mas mesmo assim pretendo ler. Quem sabe eu não goste um pouco mais?

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Érika, tinha tudo para ser uma ótima história. Leia e depois me diga o que achou. Beijos

      Excluir
  7. Aiii amiga, toda vez que entro aqui, minha filinha de livros aumenta consideravelmente rssss. :)
    Beikocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo amiga, porque passo pela mesma situação nos blogs que visito.. kkk Beijos

      Excluir
  8. Mi, não tem como não cair de amores por essa capa, é muito linda! É muito difícil pra mim não ficar interessada em livro baseados em contos de fadas, porque sou muito apaixonada por eles, e sempre que vejo um, me transformo numa garotinha de novo e me vejo esperando o príncipe encantado. Esse livro me deixou muito curiosa, ainda não li nenhum livro baseado no conto da Bela Adormecida e também é um dos meus favoritos, e quando a autora trás uma história tão antiga pros dias de hoje me deixa super feliz e entusiasmada pra ler! Eu espero gostar mais da Anna Rosa do que você gostou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sei como é porque sou como você. Sou doida por contos de fadas e suas releituras e esse foi justamente um dos motivos que me fez me interessar pelo livro. Beijos e boa leitura.

      Excluir
  9. Eu nunca tive a oportunidade de ler nada sobre a Paula Pimenta, mas sempre vi ela ser super elogiada! Adoro essa história de """re-criar""" 'clássicos da Disney', mas as vezes alguns pessoas pecam. Achei super legal o toque descolado que ela deu à história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a Paula é a diva dos adolescentes e só escuto elogios. Pena não ter tido uma boa primeira experiência com ela, mas pretendo dar uma nova chance para a autora. Beijos

      Excluir
  10. Oi, Mi
    Quero ler esse livro, pois gosto muito da Paula Pimenta e também adoro releituras de Contos de Fadas.
    Pena você não ter gostado da personagem principal, é muito ruim quando isso acontece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena mesmo, fico muito triste quando essas coisas acontecem. Espero que você goste mais do que eu. Beijos

      Excluir
  11. Mi!
    Vou começar falando sobre a capa que é uma belezura e um verdadeiro bônus para o leitor.
    Gosto das adaptações dos contos de fadas porque nos mostram um lado e uma visão diferenciada da 'boazinha' que é a original.
    A Paula Pimenta é inegavelmente uma escritora nata e bem sucedida, suas obras são sempre um sucesso.
    E sua análise traz bem o que poderemos encontrar no enredo, gostei.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, também gosto de releituras, seja porque conhecemos melhor outros personagens nem tão explorados no original, ou porque as histórias se passam na atualidade, dando um charme todo novo. Concordo, Paula fez seu nome e sua carreira e é a diva dos adolescentes. Espero ter a oportunidade de conhecê-la em breve porque só escuto maravilhas sobre a autora. Beijos e boa leitura.

      Excluir
  12. Tbm babei nessa capa, gosto de livros pra adolescentes mais como vc resenhou acho que ela devria ser aprofundar mais na história então :/
    Não sou muito de conto de fadas, mais por essa capa lindíssima vou tentar rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente sim, e vou torcer para você gostar. Beijos

      Excluir
  13. Mi essa capa é muito linda msm *-*
    Adoro contos de fadas e esse não vou deixar passar. Amei o filme achei engraçado a Malévola ser substituída pela francesa e os tios as fadas :D Gostei acho que vou adorar o livro. *-*
    Bjs Mi *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Mi, as substituições feitas pela autora foram muito divertidas e criativas.. hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
  14. Genteeee, a capa desse livro é muito linda. Compraria só por ela hehe. Já li várias resenhas e estou um tanto balanceada em relação a esse livro. Afinal, algumas foram ótimas e me fizeram ficar louca para comprar logo, outras [como a sua], não curtiram tanto assim... O jeito é ler e tirar minhas próprias conclusões :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Lais.. um livro com essa capa merece estar em todas as estantes.. kkk Também acho, sou super a favor de cada um tirar as suas próprias conclusões. Depois me conte o que achou. Beijos

      Excluir
  15. Oi Mi.
    Que pena que você não gostou tanto assim do livro. Eu AMO releituras e contos de fadas e fiquei bem interessada em ler esse livro. Mas, depois de ler a sua resenha, fiquei um pouco receosa.
    Aprece que a narrativa é bem rápida, sem muitos detalhes, o que deixa a história bem superficial. =/ Que pena.
    Mas, gostei das mudanças que a autora fez (como os tios como as fadas madrinhas rs) e a capa é realmente linda.
    Talvez eu o leia mais futuramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Pamela, foi exatamente isso que senti.. e a minha decepção se deu pelo fato de amar releituras e de ouvir sempre tão bons comentários a respeito dos livros da autora.. acho que fui com muita sede ao pote.. hehe Beijos

      Excluir
  16. Essa capa acabou comigo , que coisa mais linda , mais mesmo assim achei que fosse um livro de princesa clichê e pronto , mais vi que não , adorei sua resenha e meu deus , eu preciso desse livro , quero ler e saber o fim dessa historia que parece emocionante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo de bom essa capa né?! O capista e ilustrador deviam ganhar um prêmio.. hehe Beijos

      Excluir
  17. Acho que mesmo sendo o público alvo os adolescentes, a história não precisa necessariamente seguir esse tema, tipo concordo com você Mi, acho que poderia ter uma trama um pouco melhor... Digo isso apenas tendo lido sua resenha! Ainda quero ler o livro, afinal me apaixonei loucamente por essa capa MARAVILHOSA!!!
    Mas eu gostei das mudanças que foram feitas!
    Adorei!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho Gio, não é porque são livros para adolescentes que não merecem ter uma narrativa um pouco mais complexa. Senti falta disso.. mas, vai do gosto de cada um né?! Beijos

      Excluir
  18. A capa é realmente linda, eu amei! Não conheço a escrita da Paula Pimenta porque não gosto muito de ler livros adolescentes, então nunca li nada dela, mas esse livro me chamou muito a atenção e to muito curiosa em lê-lo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Sou muito fã de releituras de livros clássicos, principalmente os contos de fadas e ledas infantis. Gosto de ver como diferentes autores transformam um enredo comum em algo mais a sua cara.
    Como sempre, adorei a resenha.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, também sou fã e me divirto com a criatividade dos autores. Beijos

      Excluir
  20. Essa capa é simplesmente perfeita. Quando bati o olho nela já fiquei com vontade de ler.
    Não tinha ideia de que era uma releitura de Bela Adormecida, só me deixou com mais vontade de ler.

    ResponderExcluir
  21. Gostei bastante do livro,
    acredito que por não ter nutrido nenhuma expectativa em relação a leitura,
    eu na verdade não sabia muito o que esperar e não fiquei pensando no assunto, então não tive problemas em lidar com o desenrolar do enredo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Faço parte do grupo que ainda não teve oportunidade de ler nada da autora, mas que tem muita vontade de ler. Também faço parte do grupo que gosta de releituras de contos de fadas clássicos, principalmente quando os autores ousam bastante, o que foi o caso desse livro. Achei bem interessante dar esse ar de modernidade com a inserção de mensagens instantâneas, e etc. Mas é uma pena que rolou essa sensação de que a autora poderia ter desenvolvido ainda mais a trama. Mesmo assim, quero muito ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Oi Mi,tudo bem?
    Eu quero muito ler os livros da Paula Pimenta, que pena que você não gostou muito do livro, mas a leitura parece ser muito leve e gostosinho, e outra coisa que é uma pena, o livro é curtinho, porém eu pretendo ler ele no futuro, gosto muito de contos de fadas, adorei saber a sua opinião.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  24. Nunca li nada da Paula Pimenta e apesar de também não fazer parte do público alvo dos livros dela sou como você e me sinto uma eterna adolescente, adoro essas histórias jovens, acho que porque quando estava na minha adolescência eu não tinha acesso a essa gama de títulos que tem hoje e agora estou tirando um pouco o atraso,rs. Enfim, gostei da ideia do livro, talvez eu comece a ler as obras da autora por este e depois embarque nas séries.

    ResponderExcluir