Resenha - A Filha do Sangue

Resenha A Filha do Sangue Anne Bishop
Sinopse: "O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influencidade e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos, inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável."

ATENÇÃO! ESTE LIVRO POSSUI CONTEÚDO ADULTO. PORTANTO, CASO VOCÊ SEJA MENOR DE IDADE E DECIDA MESMO ASSIM LER A RESENHA OU O LIVRO, ASSUMA A RESPONSABILIDADE.

Hoje trago pra vocês a resenha que mais tive medo de fazer até agora. O motivo é que simplesmente me apaixonei pelo livro a ponto de temer não escrever algo que faça juz a ele e estou aqui pensando se a editora Saída de Emergência poderia lançar os livros restantes tipo, ONTEM! Mas vamos lá.

Reino Distorcido é um mundo mágico dividido em castas cujos habitantes vivem para honrar as Trevas. Nele, os membros mais nobres têm seu poder determinado pelas joias que usam, recebendo uma por direito de progenitura (herança da joia utilizada por sua família), e outra, mais poderosa que a primeira, quando passam pela cerimônia de Oferenda às Trevas, na adolescência.

No mundo superior, as mulheres sempre foram o pilar da sociedade, mas este mundo acabou corrompido e, as Feiticeiras da Assembléia da Ampulheta  - mulheres poderosas que usam as joias mais escuras – acumularam poder de tal forma que a Sacerdotisa Suprema de Hayll já estende seu poder por quase todos os recantos do mundo dos vivos. Os machos destes lugares acabaram subjugados e muitos se tornam escravos desde muito jovens para servir aos caprichos da Sacerdotisa e suas Rainhas.

Há mais de 700 anos uma profecia foi feita. Segundo ela, uma nova feiticeira, mais forte que qualquer jamais vista, estava a caminho, e ela teria o poder para restaurar a ordem no Reino Distorcido. Setecentos anos é muito tempo, mas não o suficiente para perder as esperanças, especialmente se você é um Sangue, uma raça de longevidade considerável.

Essa é a esperança que faz Daemon Sadi seguir em frente e resistir às punições às quais tem sido submetido desde a adolescência. Ele é em escravo sexual sujeito aos mandos e desmandos da Sacerdotisa Suprema de Hayll, apesar de ser um Príncipe dos Senhores da Guerra e carregar uma joia negra, a mais poderosa das joias que os nobres podem almejar.

Mas como alguém tão poderoso, belo, e sádico pode se subjugar aos poderes das feiticeiras da Assembleia da Ampulheta? Bom, ele possui um bom motivo, além do anel de obediência que carrega ao redor de sua genitália. Lucivlar, irmão de Daemon, também é um escravo. Ele é mantido em uma prisão distante para evitar o contato entre os dois e usado como trunfo sempre que Daemon precisa ser acalmado.

Enquanto a realidade dos machos escravizados e poder sem limites da Assembleia da Ampulheta se estende pelo mundo superior, no mundo dos demônios-mortos, Saetan, o Senhor Supremo do Inferno, vive sem perspectivas na sua existência. Ele já não é mais jovem, nem possui tanto poder. Seu corpo está cansado e a falta de uma Senhora a quem servir o desmotiva.

Em uma região distante do inferno, na ilha dos demônios-mortos crianças, surge algo capaz de mudar a realidade de Saetan. O líder dos Cildru Dyathe vai até o Senhor Supremo explicar como é possível que cores e vida estejam surgindo naquela região do Inferno e, para sua surpresa, é apresentado a uma criança viva, de 7 anos de idade, com mais poder do que ele jamais imaginaria possuir. Mas o poder da criança é bruto e se não dilapidado, pode destruí-la.

Saetan Da Diablo assume o papel de Guardião da criança. Jeanelle é cheia de vida e surpreende a todos com suas capacidades extraordinárias e inocência sobre o tamanho de sua força. Se Saetan não aprender controlá-la logo, a Sacerdotiza Suprema de Hayll pode acabar se interessando pela criança, o que colocaria a vida dela em grande risco uma vez que Saetan não possui domínio sobre o mundo dos vivos. Mas Saetan tem um plano, e seu plano é o amor.

No mundo Superior, Daemon Sadi consegue sentir a presença da feiticeira por quem esperou a vida inteira, e precisa achar uma forma de chegar até a única mulher que o fará se sentir um homem novamente. Com a ajuda do destino, ele acaba sendo designado a servir como escravo das damas em uma casa do outro lado do reino, e fica próximo de Jeanelle. Ao descobrir que ela ainda é apenas uma criança e dos riscos aos quais ela está exposta, Daemon decide que dedicará sua vida a servi-la e protegê-la.

Com a capacidade de viajar entre os mundos, Jeanelle possui aliados entre os vivos e os mortos, pessoas e demônios que farão de tudo para protegê-la. Mas o mal que a persegue pode ser mais forte que eles, e para que a criança-feiticeira consiga viver para assumir seu lugar de Sacerdotisa Suprema, muitas vidas serão quebradas, perdidas, e o mundo superior e o Inferno precisarão unir forças para salvá-la.

***

Doente! Essa é a palavra que cansei de usar pra descrever o livro para a Mi enquanto o lia. Mas é incrível, surpreendente e maravilhosamente doente.

Quando iniciei a leitura fiquei um pouco assustada, pois, para começar, não era absolutamente nada do que imaginava quando decidi lê-lo. Eu realmente devo ter entendido muito errado a sinopse que li em algum lugar, uma vez que, para mim, a história seria uma fantasia com vampiros. É, eu sei, vocês já sabem disso. Eu amo vampiros.

Ao ler a carta do editor impressa nas primeiras páginas, e, em seguida, um guia de personagens (não leiam esse guia. Sério. Tem spoilers e me fez ficar um pouco perdida nas primeiras 150 páginas) logo pensei: Que furada! Mas eu não poderia estar mais redondamente enganada e, honestamente, o livro não poderia ter me surpreendido mais e me deixado em tanto êxtase, nem mesmo se fosse uma história vampiresca que superasse Anne Rice.  Engoli minhas palavras com muito gosto.

A história é completamente imprevisível, sombria, bárbara e mindblowing, mas ao mesmo tempo é doce e um tanto romântica. Decididamente não é para estômagos fracos. O livro tem muita sensualidade e algumas partes (as que eu tanto me referia como “doentes”) chocantes, com castração, incesto, estupro e pedofilia subliminar. Por esta razão, não, não indico para menores, mesmo estas coisas não sendo o tema principal, elas são abordadas em momentos distintos.

E tem também Daemon Sadi, o cara mais deliciosamente controverso da trilogia e minha mais nova paixão literária. Ele é indubitavelmente sexy e também poderoso, intenso, sádico, apaixonado, algumas vezes bárbaro, mas maravilhoso.  Tudo o que eu conseguia pensar era “Cresce logo, pestinha, e se joga nos braços dele para acabar com esse sofrimento!”

Não sei mais o que dizer além de constatar que fazia muito tempo que um livro não me deixava tão absorta e surpresa, já que eu nunca sabia o que esperar. Além disso, o livro possui muitas mensagens subliminares e terminei ele sentindo que existem muitas críticas sociais nas entrelinhas da obra. Eu devorei suas 425 páginas, mas não sem me perder um pouco entre os mundos. Não se assustem, um mapa seria realmente útil, mas com o avanço da leitura você entende melhor se tratar de dois mundo distintos e o que pertence a qual.

Fisicamente, o livro é impecável! A capa é dupla, dando a impressão de um livro antigo com um porta-retratos na frente e com letras e detalhes salientes. Por dentro, a editoração também é muito bem feita, e as páginas iniciais e finais possuem desenhos e algumas críticas do livro, também com uma apresentação linda na parte interna da contra-capa. Quem, assim como eu, olhou para a capa esperando uma história bobinha de feiticeiras e cavaleiros, prepare-se para o impacto.

Se eu o indico? Bom, se você é maior de idade e não tem frescuras com os temas polêmicos citados acima, eu digo: não-perca-tempo! O livro é um Dark Fantasy (que jamais cogitei ser meu tipo de livro) que mistura Fábula, New Adult, Romance, Épico, Erótico, Suspense e por aí vai. É diferente.  Parabéns à Saída de Emergência por apostar no gênero, e devo dizer que o manifesto da coleção bang! faz juz à obra.
 
A Filha do Sangue - Anne Bishop
Livro 01
Série As Joias Negras
Editora Saída de Emergência
432 páginas
Comprar: Saraiva
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE MAIO.

Clique AQUI e saiba como participar.

33 comentários

  1. Confesso que não não tive grande interesse neste livro quando lançou. Mas até fico curiosa ao ver resenhas como a sua, que você ficou louca pelo livro.
    Já ouvi falarem a mesma coisa da capa, que ela era impecável.
    É muito bom mesmo terminar de ler um livro que gostamos tanto.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Le!
      Na verdade bom mesmo seria se o livro não acabasse nunca.. uahuahuahuahua. Eu facilmente faria as malas e iria passar uma temporada no Reino Distorcido. É MUITO interessante!!
      Beijão, linda!

      Excluir
  2. Óh my god!!!! Muitoooo interessante esse livro, aguardando ansiosa chegar o meu para começar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa leitura!! E depois por favor me diz o que achou =)
      Beijos!!

      Excluir
  3. A primeira coisa quando vi esse livro: Essa capa. É muito linda, e quando peguei ele em mãos, ficou mais lindo. A editora caprichou DEMAIS! A fantasia criada parece ser muito legal, "príncipes" "rainhas" "trevas" - Só essas palavras já te chamam atenção, e cativam o leitor! E como você disse, deve ser impossível largar um livro tão impactante! :)

    Italo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ìtalo!
      E é mesmo! Ele é um livro longo e a editoração é muito bem feita, nada de "fazer volume", e mesmo assim, você nem sente a leitura, quando vê já se foram quatrocentas e tantas páginas e você ainda quer mais!
      Beijão!!

      Excluir
  4. Nossa mi decepcionei agora esse livro tava na minha lista de desejados desde quando lançou... tem conteúdo adulto não gosto de livros que tem :(
    Desde a primeira vez que vi amei a capa...
    Mais do msm jeito que ler esse livro daqui um tempinho *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirelle!
      O conteúdo adulto não é o tema principal, só pra deixar claro. E não há qualquer descrição erótica nele também, então se sua preocupação é essa, pode por ele de volta na sua lista. Toda a parte mais erótica é subliminar, nada de descrições detalhadas dos ocorridos.
      Espero que goste, pois achei o livro maravilhoso!
      Beijão!!

      Excluir
  5. Oie, tudo bom? Nossa, quando comecei a ler sua resenha fiquei muito surpresa com o conteúdo do livro. São temáticas que nunca li e que não estou acostumada a ler. Talvez a princípio não seja um livro para mim, mas quem sabe um dia?
    Pelo visto a narrativa é bem amarrada e cheia de mistérios e possibilidades. Gostei da capa também.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Então, na verdade a parte mais "adulta" do livro está apenas nos detalhes, a história como um todo é muito fantástica e interessante. Se você consegue não se apegar aos detalhes pesados, o livro é LINDO!!
      Beijão!!

      Excluir
  6. Nossa! Um livro de fantasia, ambientado no reino das trevas, com conteúdo adulto e que um dos personagens principais é uma criança? #Medo (brincadeira) Confesso que estou curiosa para saber se essa miscelânea pode dar certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu juro que quando comecei a ler pensei a mesma coisa, mas a autora fez mágica! Não podia ter dado mais certo. Espero que você também goste.
      beijão!!

      Excluir
  7. Oi, Dany
    Quero muito ler esse livro. E a minha vontade aumentou depois da sua resenha. Tem tudo o que eu gosto. A capa é muito linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monica! Que bom, espero que se apaixone tanto quanto eu. Estou realmente boquiaberta com a história. É muito bom!!
      Beijão, minha linda!!

      Excluir
  8. Eu tô louca para lê-lo Dany, só que pelo que sei nem e só uma trilogia viu?
    É uma saga que se eu não me engano já tem uns 7 livros,
    Vou correr para comprar meu exemplar pois quero acompanha-los de perto quando lançarem os próximos.
    Bjooos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kris!!
      Pois é, eu dei uma pesquisada e o que encontrei foram 3 livros principais que compõe a trilogia e depois outras publicações paralelas com contos e outras histórias, que obviamente também estou louca pra ler o mais rápido possível. Mas se realmente se tratar de uma saga maior, melhor ainda!!! Impossível algo ser ruim nessa saga <3 heheheheh

      Excluir
  9. Eu vi a capa e imaginei alguma aventura infanto-juvenil fantástica! Gente, sua resenha me deixou com medo e também intrigada pra ler essa obra. Na verdade, só pela tua resenha a gente percebe que deve ser um livro muito mindblowing, porque eu ainda to tentando entender o que mais ou menos deve ser a história toda, hahahahaha. Ta tudo muito confuso na minha cabeça, imagina quando pegar!

    http://relativismoescrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Ale, fiquei doidinha também quando li a resenha da Dany e tive as mesmas sensações que tu.. kkk sem contar que a curiosidade me pegou em cheio.. depois quando leres nos conte o que achou. Beijos

      Excluir
    2. Oi Ale!
      Então menina, minha idéia do livro também era de algo BEM infanto-juvenil. Como ainda não haviam muitas resenhas disponíveis, eu comecei a ler sem saber muita coisa sobre o livro além da sinopse. Agora imagina o meu susto ao me deparar com tudo isso! hahahaha Mas apesar do choque, ele me ganhou com tudo! É bastante informação mas a história é muito cativante. Estou louca pra ler os próximos, espero que não demoram a ser lançados. Beijão!!

      Excluir
  10. Ahhhhhh eu quero muito ler esse livro, e pela sua resenha o livro é melhor do que eu pensava, adorei a sua resenha, nossa perfeita, e o livro é demais, então doente não é mesmo? Acho que eu que vou ficar doente para ler ele hehehe.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!!
      Adorei a empolgação, foi exatamente assim que fiquei durante a leitura! kkkkkkk Era tipo "Meu Deus que livro doente! Ok, PRECISo ler mais!!" hahahahahha. Mas é realmente MUITO bom. Se você gostou da resenha, sei que vai adorar. E não esquece da dica de pular a página de apresentação das personagens, ela realmente tem spoilers que acabam confundindo o leitor no começo do livro. Ela é legal pra consultar mais para a frente. E não se preocupe com as confusões entre os mundos do livro, realmente leva um tempinho pra se situar em o que é o que mas depois que você entende tudo fica ainda mais legal! Beijão e ótima leitura pra você!!

      Excluir
  11. Pela capa, eu nunca leria esse livro, mas... que p*rra de resenha foi essa?!
    Desculpa minha expressão, mas fiquei meio perplexa e arrepiada com o que você escreveu.. Ele livro não é só doentio, ele é louco e cara.. eu preciso lê-lo!
    Acredito que o livro é extremamente forte, mas já estou me preparando para as fortes emoções que encontrarei nessas páginas. =)

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dreeh você não tem noção! Eu já estou louca para reler ele! hauhahuahua
      Da uma olhadinha no sub, estava em promoção e eu muito mais que indico! E fico super feliz por você ter gostado da resenha!
      Beijão!!!

      Excluir
  12. Dany, juro pra você que eu jurava que já tinha comentado nessa resenha. Passaria em branco se eu não olhasse. Menina, parece que o livro é bem doente e louco. A única coisa na qual eu penso, no momento, é que eu preciso ler. Não sei se vou gostar ou não, mas se depender da sua resenha, olha... To louca mesmo por ele!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara!
      Bom, realmente espero que você goste, porque ele está decididamente no meu top 5 do ano... =)
      Beijão!

      Excluir
  13. Olá, Dani!!!
    Quando vi esse livro, pensei que era um sobrenatural com uma pegada bem adolescente. Me enganei completamente, hein?!?! O que é isso!!! Adorei o que li aqui. Me amarro em tramas fortes, cheias de assuntos bem polêmicos, com direito a essas cenas de nos deixar sem fôlego em todos os sentidos. O que posso fazer agora?!?! Apenas correr atrás desse livro. Quero ler, já!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nardônio, imagina minha cara lendo o livro, tendo a mesma impressão pela capa que você teve, mas sem nenhuma resenha do gênero disponível pra eu preparar a alma. Foi um choque! hahahaha Comecei a ler esperando um livro fantasia adolescente e me deparei com uma mistura de tudo e incontáveis partes que me deixaram chocada. Absolutamente delicioso! Espero que você goste também.
      Beijão!

      Excluir
  14. Caramba! Como foi que eu imaginei isso um livro infanto-juvenil de fantasia bobinho?! Quando eu li em vermelho que era pra maiores eu fiquei tipo, what?? Que história mais ... doente! Dany eu nem tenho o que falar, fiquei xocada com tudo isso. Quanta coisa num livro só! Adorei a premissa da história com essa coisa sombria mas num mundo completamente diferente. E apesar de parecer bem pesado por causa do tipo de cena que comentasse eu fiquei morta de curiosidade e vou ler com certeza absoluta! Eu fui à Florianópolis semana retrasada e acabei encontrando o livro na Saraiva e achei a capa divina! Antes eu não tinha conhecimento de que era uma capa dupla, e achei muito legal. Enfim, amei!

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice! Torcendo pra você gostar. A capa engana MUITO! O livro faz jus à coleção.. BANG! É assim que você fica após lê-lo! hahaha
      Beijão e ótima leitura!

      Excluir
  15. Nossa, que resenha... rsrs
    A capa desse livro é maravilhosa, e eu também imaginei que era uma historinha sobre bruxas. Nem de longe passou pela minha cabeça que pudesse ser uma história com tanta coisa assim, inclusive coisa que é bem polêmica né?
    Nem preciso dizer que sua resenha me deixou aqui me coçando de vontade de ler A filha do sangue e de conhecer melhor Daemon Sadi. Tô aqui babando.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IIIiiiiii Raquel vou ficar com ciúme do Daemon. Pensando bem, galera.. o livro é bem ruim viu, não leiam! huahahuahuahuahuhuhauahuahu Brincadeira. Deleite-se, minha linda, porque ele é incrível!
      Beijão!!

      Excluir
  16. Fiquei com bastante curiosidade de ler. Quando vi a capa do livro achei ela bontia, ma snão foi algo que me atraiu, mas pela sua resenha a história parece ser muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, Rê! Espero que você goste!
      Beijão!

      Excluir