Dica de leitura - A Camisa Amarela da Seleção Brasileira

A Camisa Amarela da Seleção Brasileira Gílson Yoshioka Myriam Chinalli
Oi gente, vem aí mais uma novidade da Editora Gaivota, com direito à torcida uniformizada e tudo mais!

Vamos à história?

"O personagem dessa história é Marcelo: brasileiro, descendente de japoneses e, como grande parte da população brasileira, é também um apaixonado por futebol. Vivia uma infância comum e tranquila, até o dia em que virou piada entre os colegas por usar uma camisa amarela da seleção brasileira. Desde então, passou a ser visto como um garoto sem identidade “que torce pelo time de outro país”. Mas, ao invés de se deixar abater, o garoto foi atrás de suas raízes para tentar entender o motivo da gozação dos colegas.

Nessa busca, Marcelo acaba descobrindo a importância de respeitar a diversidade das raças e culturas do povo brasileiro. Além disso, seu amor pelo futebol o transforma em um craque das quadras e campos, conquistando o público com suas habilidades. Após concluir o ensino médio, decide cursar jornalismo e, finalmente, realiza o sonho de se tornar um cronista esportivo, aproveitando a oportunidade para homenagear a seleção brasileira em sua primeira crônica.

De maneira simples, os autores tratam de temas como a imigração japonesa e sua cultura inserida no Brasil, relações familiares, preconceito racial, bullying e a importância de não abandonar os sonhos.

Em pleno cenário de Copa do Mundo, Gílson Yoshioka e Myriam Chinalli prendem a atenção do leitor com uma escrita que provoca reflexões profundas a respeito do comportamento dos brasileiros em relação aos imigrantes. As ilustrações de Rafael Antón completam a obra literária promovendo sensibilidade e identidade, assim como o projeto gráfico que remete aos símbolos do futebol e à bandeira brasileira, representada nas cores azul e amarela.

O prefácio de Tostão, eterno craque da seleção brasileira e campeão mundial na Copa do Mundo de 1970, presenteia a obra, ressaltando a sensibilidade da linguagem utilizada e a exposição tão sincera da temática."

Sobre os autores:

Gílson Yoshioka é escritor e jornalista, pela Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo (SP), e autor dos livros Trocando os pés pelas mãos – O futebol e a vida nas crônicas de Tostão, e Frugais transgressões (no prelo).

Myriam Chinalli é escritora e psicanalista, pelo Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo (SP). Participou do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância (FFLCH-USP). É consultora de ONGs ligadas à defesa dos direitos humanos e coautora de livros infantis voltados para a formação da cidadania.

Sobre o ilustrador:

Rafael Antón nasceu na Galícia, Espanha. Já morou em Madri, Munique e agora vive em São Paulo. Trabalha para produtoras de cinema e agências de publicidade com criação de storyboards, animatics e ilustrações em geral.

Sobre a Editora Gaivota:

A Gaivota, selo da Editora Biruta criado em 2011, prima pela qualidade literária, projetos gráficos ousados, instigantes, e ilustrações que encantam. Mas o desafio vai além: abordar de maneira lúdica temas muitas vezes considerados complexos ou desinteressantes, com o intuito de aproximar crianças e jovens de assuntos que parecem distantes de seu cotidiano. Esse foco não exclui obras que estimulem a fantasia e inspirem a aventura – por isso apresentamos aos jovens leitores aquilo que há de melhor na literatura infantojuvenil nacional e estrangeira, com livros premiados nacional e internacionalmente.

Fonte: Material enviado diretamente pela Editora Gaivota.

***

Apesar de não ser uma entusiasta do futebol, muito menos da seleção brasileira, preciso confessar que fiquei apaixonada pelo livro, principalmente pela sua temática. A Camisa Amarela da Seleção Brasileira é um livro indicado para crianças a partir de 8 anos. Excelente dica de leitura para os pequenos e para os grandinhos também. Por que não?
Lançamento A Camisa Amarela da Seleção Brasileira
A Camisa Amarela da Seleção Brasileira terá dois lançamentos, e vocês estão superconvidados.

No dia 24, Myriam Chinalli estará presente na livraria Martins Fontes Paulista, das 15h30 às 18h30 e, no dia 29, é a vez de Gílson Yoshioka marcar presença na Saraiva do Pátio Paulista, das 19h às 21h30.
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE MAIO.

Clique AQUI e saiba como participar.

28 comentários

  1. Oi, Mi
    Adorei esse livro. A sinopse é super legal. Gosto muito da Seleção Brasileira. A capa é bonita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei Monica. Estou louca para ler. Beijos

      Excluir
  2. Poxa gostei da descrição da história. Fiquei curiosa.
    A história de Marcelo é a de muitos, e o livro parece super interessante.
    Gostei da novidade.

    Blog: livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br
    Fanpage: facebook.com/livrosvamosdevoralos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leti, também fiquei curiosa, adorei a temática abordada pelos autores. Beijos

      Excluir
  3. Nossa que interessante,
    estou tentando não entrar no clima da copa, por tudo que ela representa positiva e negativamente para o nosso país, estou tentando não me envolver muito com a temática, mas tenho visto que vai ser mais difícil que imaginei, a premissa é bem interessante.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Del, para mim tem sido difícil também, mas estou me esforçando para enxergar a Copa como um evento internacional independente do Brasil. Ademais, a premissa da história em si achei muito boa e acabei ficando curiosa para ler, mesmo falando sobre futebol. Beijos

      Excluir
  4. Oi Mi :)

    Estou meio chateado com a Copa e por isso estou evitando obras que falam sobre ela, um meio de protesto silencioso. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Gabriel, mas para mim livros são livros e, por mais quem falem de futebol, meio que estão acima disso tudo sabe. Beijos

      Excluir
  5. Não gostei desse livro não,
    Tem ate que uma historia interessante todos entrando em clima de copa, que ja esta ai... *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Mi, mas o tema central dele não é o futebol, por isso que me interessou. Beijos

      Excluir
  6. Eu acho essa capa tão, tão, tão linda... Hahaha.
    Não acredito que eu seja o público alvo, mas é impossível olhar pra ela sem desejar o livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente não somos o público alvo, mas sou apaixonada por livros infantis. Quero muito lê-lo! hehe Beijos

      Excluir
  7. Que livro fofo! Adorei a capa e a premissa então! Sou apaixonada por futebol, lembro que na copa de 2010 eu estava entusiasmadíssima com os jogos, torcendo que nem louca pela nossa seleção. Sempre amei jogar e estava louca pela copa no Brasil quando foi anunciado que seria aqui, mas agora que está perto e principalmente por termos visto a cara dos nossos governantes e o que fizeram com nosso dinheiro que deveria ser investido em setores extremamente mais importantes o entusiasmo foi pro chinelo. Dia 12 começa, vou torcer pela nossa seleção mas o fogo que eu tinha pelo futebol no Brasil morreu.
    Fiquei com uma vontade de ler esse livro <3 As ilustrações são lindas, a gaivota arrasa!

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu entendo perfeitamente amiga. É uma pena que o nosso Governo tenha maculado toda a empolgação do povo. Mas espero que isso também tenha servido de alerta sabe, para a população aprender com os seus erros. Beijos

      Excluir
  8. Então, eu não leria o livro só porque tô no clima de Hater da copa,
    detesto futebol e acho que a "maioria" dos brasileiros dão mais valor a seleção que aos problemas do país e isso me envergonha.
    Mas como se trata de um livro infantil, acho que a minha filha iria adorar e a ilustração da capa está muito fofa.
    Bjoo
    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kris, também não gosto de futebol e também acho que os brasileiros são alienados quanto a esse assunto. Mas acho que nem tudo também pode ser oito ou oitenta, até porque, no caso desse livro, a temática não é focada apenas no esporte. Os autores trabalham temas importantíssimos que devem ser amplamente debatidos com os jovens, e foi isso que me conquistou. Beijos

      Excluir
  9. ÊÊ! Esse tempo de Copa tá trazendo premissas bem legais para livros! A Gaivota faz um trabalho incrível, olha que capa linda! <3 O livro parece MUITO legal! Iria adorar lê-lo, apesar de não fazer parte do público-alvo! HAHAH :)

    ResponderExcluir
  10. Mi, eu suspirei quando vi esse livro <3
    Adorei a premissa dele e estou pensando seriamente em pedi-lo a editora.
    Só de pensar nas ilustrações fofas que devem ter *--------*

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu também quero Dreeh. Só estou esperando ficar em dia com as resenhas.. aff kkk Beijos

      Excluir
  11. Apesar de não gostar de futebol, e achar que o assunto Copa já está enchendo o saco (o que será de mim no próximo mês?!?! kkkkk), gostei bastante da sinopse, pois vi que ele trás outros assuntos mais interessantes para a trama. Quem sabe o lerei algum dia, né?!?!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Dom, também estou pensando em me esconder.. hehe Mas o que me interessou foram realmente os temas abordados como pano de fundo da trama, elementos que valem a pena serem debatidos.. hehe Beijos

      Excluir
  12. Adorei a dica do livro, principalmente por ser uma leitura que pode ser voltada para crianças. As vezes meus sobrinhos ficam me pedindo livros e eu não sei o que comprar.
    Também não sou entusiasta da atual seleção brasileira, já fui de seleções antigas e adoro futebol.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, verdade Raquel, eu também não conheço tudo desse universo infantil e adoro quando me deparo com ótimas dicas de leitura. Beijos

      Excluir
  13. O livro parece bacana, mas não estou muito no clima da Copa ainda então não bateu aquela vontade de ler....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo Re, mas acho importante conseguirmos enxergar por trás das histórias e entender a relevância dos temas que elas pretendem nos mostrar. E este acho que será um livro tremendamente importante, principalmente para as crianças. Beijos

      Excluir
  14. Own o livro parece ser encanador, eu ainda não conhecia ele, sou apaixonada por futebol, mas ultimamente não estou tão ligada como antes, mas pretendo dar uma chance a esse livro, ele me parece ser ótimo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir