Resenha - Polícia Paranormal

Sinopse: "Evie trabalha para a Agência Internacional de Contenção Paranormal: sua melhor amiga é uma sereia, seu ex-namorado é uma fada, ela está se apaixonando por um transmorfo e é a única que pode ver através do glamour paranormal. Masa chegada de Lend, um metamorfo misterioso, e muito, muito gato, à AICP vai despertar várias dúvidas que Evie não sabia que carregava dentro de si. Seria ela mesma uma paranormal? Seria a AICP tão nobre quanto parece?" 

Evie nunca teve uma vida muito normal. Desde pequena foi jogada de lar em lar, passando por diversas famílias adotivas. Tudo o que ela sempre quis foi ter um pai e uma mãe amorosos, um pouco de atenção e carinho.

Cansada de ser negligenciada, quando tinha 8 anos decidiu ir na biblioteca da cidade sozinha, já que sua mãe adotiva não a levava. Optando por atalhar pelo cemitério, acabou quase sendo atacada por um vampiro. Quando a Agência Americana de Contenção Paranormal - ACP - chegou, ela não parava de falar do quanto "a pessoa" era horrível, velha, enrugada, parecendo um cadáver.

Isso deixou o Governo assustado porque, até então, eles não conheciam ninguém no mundo que conseguisse enxergar por baixo do glamour dos paranormais como ela fazia. Sem pensar duas vezes, Evie foi recrutada pela ACP e, por causa dela e de seus "dons" especiais, os países se juntaram criando a Agência Internacional de Contenção Paranormal - AICP. Desde então, Evie passou a morar no subterrâneo, num local em que só era possível chegar através do Caminho das Fadas. Nunca mais teve descanso, trabalhando todos os dias com o objetivo de caçar, classificar, apreender e castrar paranormais mundo afora.

Aos 16 anos, Evie vivia seu dia entre as esquisitices de um mundo paranormal e os sonhos de uma vida de adolescente normal. Tudo o que ela mais queria era beijar na boca, namorar, ir a escola e a um baile de final de ano. Mas Raquel, sua chefe e o mais próximo de uma mãe que ela já teve, jamais permitiu.

Certo dia, o Centro onde Evie trabalhava e morava foi invadido por uma espécie de paranormal nunca vista antes. Lend era aparentemente um jovem estranho e perigoso, que poderia estar por trás dos inúmeros assassinatos de paranormais que assolavam a Terra. Evie estava determinada a descobrir este mistério e ajudar a AICP a encontrar tal assassino.

Mal sabia que essas investigações a levariam a descobrir verdades duras a respeito de sua própria origem, segredos estes que seriam capazes de mudar a sua vida.

Querem saber o que vai acontecer com Evie? Então leiam!

***

Desde que vi esta capa pela primeira vez num blog literário que acompanho me apaixonei. Ao ler a sinopse tive certeza de que precisava ler este livro. Quando a Barbará Sá, do Blog Segredos Entre Amigas o colocou como Top Comentarista do Mês, eu não medi esforços para estar lá todo santo dia comentando em seus posts. Eu PRECISAVA desse livro, mas no fim não ganhei a promoção e confesso que fiquei bem triste.

Quando soube que havia conseguido a parceria com a Galera Record, tive certeza de que meu primeiro pedido seria Polícia Paranormal e fiquei tão feliz quando a Manu atendeu a minha solicitação! Assim que o livro chegou o devorei de imediato.

O texto é narrado em primeira pessoa, por Evie, que nos conta sobre o universo no qual vive e nos apresenta um pouco da sua história, seus desejos e temores. Evie é uma adolescente muito espevitada, corajosa e maluquinha. Adorei seu jeito meio moleca de ser e seu palavreado todo descolado. Achei tão legal o fato da autora ter substituído palavrões pela expressão bip, uma alusão a amiga de Evie, Lish, que vivia num aquário e se comunicava por uma voz mecânica que não traduzia os xingamentos. Muito bem bolado.

A escrita da autora é tão doce, delicada, romântica e fluida, mas, ao mesmo tempo, tem uma baita pegada de aventura, mistério e drama que me deixaram hipnotizada. Nas duas noites em que li o livro tive sonhadeiras homéricas, mergulhando num universo de fantasia ímpar. Tenho que tirar o chapéu para Kiersten, pois apesar de tratar de temas clichês: drama adolescente + sobrenatural + fantasia, ela o fez de maneira criativa e ousada, dando novas características aos seres que estamos cansados de ver por aí como, por exemplo:

As sereias não são mamíferos e, portanto, não usam sutiãs de conchinha como vemos nos desenhos da Disney. Os vampiros são seres decrépitos, de pele alva e lisa, num corpo de cadáver enrugado. Eca. Os lobisomens geralmente são paranormais decentes, com exceção dos períodos de lua cheia quando deixam extravasar as feras dentro de si. Dotados de uma força excepcional, são identificados por Evie pelos seus olhos amarelos de lobo que ficam por baixo do glamour
"Lobisomens recebem as tornozeleiras com quantidades enormes de sedativos configuradas automaticamente para a lua cheia. Vampiros recebem as tornozeleiras com água benta. Fadas são fáceis depois que você sabe seus nomes verdadeiros, pois precisam obedecer o que quer que você as mande fazer se você o usar no começo da ordem."
As fadas, ao contrário do que muitos idealizam, são seres complicados e muito perigosos. Não confiem na sua beleza angelical. As bruxas vivem em lagos e ravinas e se parecem com mulheres velhas e enrugadas. 
"São de um verde doentio, com olhos grandes e redondos como os de um peixe - totalmente brancos. Seus cabelos são como mechas de algas podres e elas completam tudo com três fileiras de dentes enegrecidos e afiados como agulhas. Já mencionei que elas comem crianças?"
Já os zumbis não possuem nenhum glamour e podem ser vistos a olho nú por qualquer humano.
"Além disso, (os zumbis) nunca eram difíceis de detectar, apesar de os agentes terem muito trabalho para esconder sua presença dos habitantes apavorados. Apenas mais um serviço da AICP: manter o mundo beatificamente sem saber que a maioria dos seres sobrenaturais dos mitos é, na verdade, real."
Não posso deixar de tecer uma breve comparação entre Polícia Paranormal e Recomeço, de Cat Patrick. Apesar de ambos terem como foco principal o dramalhão adolescente, em Polícia Paranormal, Kiersten conseguiu desenvolver de maneira sólida e consistente a temática sobrenatural, explicando de maneira convincente para o leitor este mundo novo no qual a Evie está inserida. Todas as perguntas foram respondidas e houve um equilíbrio perfeito entre a temática principal e o pano de fundo da trama. Diferentemente do que aconteceu em Recomeço, em que Cat deu uma atenção exacerbada ao drama adolescente vivido por Daisy descuidando-se de todo o projeto de o Recomeço, deixando inúmeras dúvidas no ar e um leve sentimento de frustração de que a história poderia ter sido muito melhor escrita.

Polícia Paranormal me surpreendeu positivamente. Se já tinha ficado interessadíssima na trama por envolver um universo sobrenatural que tanto amo, Kiersten me conquistou por completo ao criar personagens tão ricos e carismáticos como Evie, Lend, Lish e seus amigos. Até de Vivian gostei. Mas o que mais curti na história foi ver a evolução de Evie. Ela confiava cegamente na AICP, praticamente colocou a sua vida nas mãos deles e tinha o Centro como a sua casa e Raquel e Lish como a sua família. Mas o desenrolar da trama a forçou a crescer e a perceber que nem tudo é como a gente gostaria e que precisamos tomar atitudes e nos posicionar do lado da "nossa" verdade.
"Eu costumava pensar que a AICP era uma organização nobre, protegendo os humanos. Mas achei que também protegia os paranormais. (...) No entanto, essa informação recente me dera uma nova perspectiva. A AICP atuava baseada em conceitos absolutos, e eu percebia cada vez mais que nada era absoluto neste mundo."
Termino dizendo que, além de todos estes pontos positivos, a autora se superou ao inserir um romance delicioso na história. Um romance tão puro, tão despretensioso e tão belo que me fez suspirar e sentir saudade da inocência da adolescência. Só posso dizer: LEIAM Polícia Paranormal e divirtam-se nessa aventura maluca tanto quanto eu!

Polícia Paranormal é o primeiro livro da trilogia Paranormalcy. Não possuo informações acerca das publicações das continuações, mas espero que seja logo!

Polícia Paranormal - Kiersten White
Livro 01
Editora Galera Record
381 páginas
Comprar: Saraiva
 ***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE MARÇO.

Clique AQUI e saiba como participar.

24 comentários

  1. Achei, no mínimo, interessante a abordagem do livro. Nunca tinha visto nada do gênero. Bem original.
    Fiquei com vontade de

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista ler.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi
    Amei a sua resenha. Adoro livros com temas sobrenaturais. Este livro já me chamou a atenção pela capa , que é muito bonita. Mas quando comecei a ler a sinopse, me ganhou de vez. Preciso ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monica, ele também me ganhou primeiramente pela capa. Amo ilustrações e acho que essa capa traduziu perfeitamente a vibe da história. E é rosa! E tem uma razão de ser.. kkk Beijos e boa leitura.

      Excluir
  3. Oie,
    Que legal esse livro!!! Ja tinha visto a capa dele e tinha achado muito rosa pra mim rsrsrsrs Mas a história parece ser super divertida.
    Gostei muito da resenha, dissipou meu preconceito com a capa =D
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Fê, mas ela é rosa por um motivo.. hehe A história é mesmo muito divertida. Na verdade ela é perfeitamente equilibrada, pois temos diversão, ação, mistérios, romances, etc. Beijos

      Excluir
  4. Que delícia! Eu que não dava nada para esse livro! Sua resenha me contagiou Mi.
    +1 na lista de desejados, kkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa né Ana.. adoro quando isso acontece num primeiro momento e, posteriormente, acabamos sendo seduzidos pelo livro por algum motivo. Melhor assim do que quando acontece ao contrário, né?! hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
  5. Nossa, já me apaixonei pelo livro. Adoro coisas do tipo fadas, bruxos e etc. Eu achei parecido com Homens de Preto, mas acho que esse livro seja melhor. Acho que vocé já sabe que eu amo a Galera, mas não curti muito a capa, mas o conteúdo parece ser explendido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo, espero que goste. É curioso que muita gente não curtiu a capa, que foi justamente a primeira coisa que eu amei.. kkk Beijos

      Excluir
  6. Oi, Mirelle! Tudo bem?

    Adoro esse tipo de capa, essa me lembrou a de "Esposa 22", da Intrínseca. Já tinha visto o livro em livrarias físicas, mas não sabia do que se tratava. Algo não me chamava atenção e sua resenha me animou um pouco. Só de ter fadas eu fiquei feliz!

    Beijão,
    Gabe
    http://sixdoe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabe, fico feliz em saber. Mas prepare-se, aqui as fadas são seres maléficos! hehe Beijos

      Excluir
  7. Oi Mi!!
    A resenha ficou muito legal e o livro parece ser bem diferente, faz tempo que não leio nada com seres místicos e me interessei por ele. Vou colocar aqui na minha listinha de leituras!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Re, leia e depois me conte o que achou. Beijos

      Excluir
  8. Oi Mi :)
    Adorei o enredo desse livro! Esse universo que a autora criou, essas fantasias todas, me deixou um tanto curiosa pra conhecer a história! hehe =)
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Bruna, a Kiersten arrasou mesmo. Beijos

      Excluir
  9. Mi, adorei sua resenha. Me apaixonei por esse livro à primeira vista, quando saiu lá fora. A Galera demorou dois anos pra publicar e trocou a capa. Embora eu ache que essa combine muito mais com a história, babo pela original. Evie é tão <3. Não vejo a hora de ler Supernaturally.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo, fiquei tão feliz quando soube por ti que este livro tinha continuação. Na verdade achei que ele terminou maravilhosamente bem e poderia ser um livro único, mas é claro que a gente sempre fica querendo mais né?! Beijos

      Excluir
  10. Promoção? Top Comentarista? Qualquer coisa Mi, pleeease, coloca ele em qualquer promoção!
    Sou louca por esse livro desde que a Pah fez uma resenha sobre ele.. A sinopse, a capa - e que capa -, tudo nele me chama a atenção.

    Essa história parece tão envolvente e bem construida! Fantasia + histórias adolescentes para mim são a perfeição. gosto das bobinhas, mas saber que ela foi bem construida é sempre melhor né?!
    Eu não lembrava que ele fazia parte de uma série. É uma pena eles ainda não terem lançado os demais, mas vamos esperar...

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ih amiga, infelizmente não vai rolar promo porque o livro é do ano passado. Peninha né? Porque ele é tão fofinho! Beijos

      Excluir
  11. Eu adoro sobrenatural, e quando os autores abordam seres com as características mais próximas da verdadeira mitologia deles, melhor ainda. Legal ver que a autora teve todo o cuidado com a trama principal e o pano de fundo. Esse equilíbrio é extremamente importante pra criar uma trama interessante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Dom, adoro ler histórias que conseguem encontrar equilíbrio entre os plots. São difíceis de achar.. hehe Beijos

      Excluir
  12. Amiga esse eu quero pra já! A capa é realmente linda e pra nós meninas é um prato cheio pra chamar atenção. E a sinopse então, sobrenatural é o que eu mais amo na literatura. Não tinha lido nenhuma resenha de Polícia Paranormal e também não sabia nada a respeito, mas se você amou tenho certeza de que irei gostar também. E com indicação da Becca na capa ainda? Sem dúvidas de que é bom hehe
    Muito legal a autora ter conseguido trabalhar de forma harmônica e agradável com todos os fatores inseridos na história, a leitura fica muito mais agradável e gostosa assim. Pena que em Recomeço não tenha acontecido o mesmo, porque a proposta era realmente interessante.
    Louca pra ler mais esse!

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado amiga. Leia assim que puder. Beijos

      Excluir