Especial Divergente - A Adaptação: 3, 2, 1... Corram para o cinema!

E aí gente, estão gostando do Especial Divergente? Já conferiram a resenha que a Mi postou ontem sobre o filme? Não esqueçam de dar uma olhada.
Falando sobre a adaptação, o filme já ultrapassou a marca dos 175 milhões de dólares nas bilheterias de todo o mundo, em sua quarta semana em cartaz desde seu lançamento, enquanto isso, finalmente estamos na reta final para a estreia de Divergente no Brasil. Estou muito ansiosa e curiosa para saber como ficou o resultado. 

De minha parte não curto essa coisa de lançamentos distintos em diferentes países, pois, querendo ou não, acabamos sabendo de spoilers sobre o que deu certo e o que não deu. Mas se você, como eu, tentou ficar longe deles e das versões em baixa qualidade já disponíveis online, vamos falar um pouco sobre o que nos aguarda nas telonas essa semana.

Vou começar dividindo com vocês algumas curiosidades sobre a produção, que nos dão pistas sobre o que esperar do filme. A primeira informação que encontrei (e adorei, do tipo “queria estar lá também”) foi a de que o elenco inteiro passou por dois meses de treinamento militar intenso e sob rígida disciplina antes de as gravações começarem. Dá para imaginar aqueles lindos suando a camisa e realmente vivendo uma rotina no estilo Audácia? Ah, como eu queria estar lá!
E essa não foi a única parte difícil. Os bonitinhos revelaram que o trem em alta velocidade durante as filmagens era de dar frio na barriga, e as cenas de lutas eram as que mais os intimidavam, pois mesmo com coreografia, a coisa toda era bastante realista e um movimento em falso poderia resultar em alguns dias de analgésicos.  A Shailene Woodley, que interpreta a heroína Tris Prior, confessou ter ficado muito nervosa no dia da gravação da sua luta com Theo James (Four), já que a coreografia foi ensaiada apenas na manhã do dia das gravações e a luta seria bastante forte. 

Segundo a Mi, que teve a sorte de participar da cabine de imprensa do filme, o resultado não poderia ter sido melhor, pois tudo o que ela conseguia me dizer era “ai, fiquei com tanta peninha dela, aquilo pareceu tão real, ela apanha muito!”.  Outro que foi pego desprevenido foi o Miles Teller, que interpreta o Peter na saga. Ele foi pego desprevenido quando a Shailene finalmente teve coragem de baixar o braço no amigo durante a gravação de uma cena e levou um nada agradável soco no pescoço. Ele também teve uma torção no tornozelo durante as gravações.

Mas esses são ossos do ofício quando se trata de gravar filmes que envolvem tanta ação, não é mesmo? Mas saber desses fatos nos dão um pouco mais de segurança em relação à credibilidade que as cenas irão nos passar. Sendo Divergente um livro com tanta ação e cenas intensas, o filme não pode deixar a desejar neste quesito.

Então vamos passar para a escolha do elenco, que sempre gera polêmica quando se trata de sagas literárias. Vou falar um pouco sobre as principais personagens e o que achei de suas escolhas.

SHAILENE WOODLEY COMO BEATRICE "TRIS" PRIOR:

A jovem atriz foi a primeira confirmação do elenco de Divergente.  Ela é conhecida por seus papéis em “A vida secreta de uma adolescente Americana”,  "Os descendentes" e Kaithleen Cooper em "The O.C." , mas principalmente por após Divergente ter vivido o papel de Hazel Grace no também esperadíssimo "A culpa é das Estrelas".

Eu tinha acabado de conhecer o trabalho da atriz em “The Spectacular Now” quando soube que ela havia sido escalada para o papel. No começo fiquei em dúvida, já que como a personagem “Aimee” ela parecia bastante bobinha e ingênua, mas após o trailer achei a escolha perfeita! Ela possui muita expressão e sabe ser intensa. Como nunca havia dado um rosto para Tris, não imagino hoje outra atriz fazendo esse papel.

A Shai, antes de gravar Divergente, passou 2 meses “coutchsurfing (uma prática comum para mochileiros que utilizam um site para conseguirem um “sofá” para dormir por algumas noites na casa de estranhos cadastrados na plataforma) por Los Angeles apenas com uma mala na mão. A menina parece realmente audaciosa.

THEO JAMES COMO TOBIAS EATON:
Segurem os suspiros garotas ou no cinema vocês ficarão sem ar. Sim, o cara é ... (não achei uma palavra para descrever). E que voz é essa? Acho que encontrei meu Christian Grey! Apesar do humor irônico, ele próprio admite ser um bom britânico não muito acostumado ao contato físico e que se sente deslocado enquanto a Shailene abraça carinhosamente a todos e ele consegue apenas estender a mão.

Não conhecia o trabalho dele ainda, mas vocês já podem tê-lo apreciado na série de TV “Golden Boy”, como o detetive Walter Clark, no filme Anjos da noite: O Despertar, como David ou ainda como Ray, em “Você vai conhecer o Homem dos seus sonhos”. Já assisti aos filmes, mas como faz muito tempo, não recordo dele o suficiente para analisar seus dotes nas telonas.

Fiquei um pouco hesitante com a escalação dele para o papel, principalmente em virtude da idade do ator, que este ano completa 30 anos. Imaginava um Four mais jovem, mas não menos irresistível. Por fim, os encantos de Theo James foram maiores e a idade dos atores (um dos meus maiores medos na produção) não pareceram interferir nos resultados.

Theo James não foi o primeiro cotado para o papel de Four, mas dentre os elegíveis, acredito que tenha sido uma ótima escolha, afinal, ele passa toda a seriedade e sex apeal do Four com maestria. Abaixo vocês podem dar uma conferida nos nomes cotados para o papel antes da definição do ator:
Da esquerda para a direita: Lucas Till, Jack Reynor, Jeremy Irvine, Alex Pettyfer.
Da esquerda para a direita: Brenton Thwaites, Alexander Ludwig e Luke Bracey. 

Algum preferido?

JAI COURTNEY COMO ERIC:

O Jai já é bastante acostumado com a rotina de filmes de ação. Seu currículo inclui produções como Duro de Matar: Um bom dia para morrer, Jack Reacher: O Último Tiro e a série de TV Spartacus: Sangue e Areia/Vingança. Vamos combinar que até para o “osso duro de roer” da Audácia conseguiram escalar um cara de quem dificilmente alguma garota recusaria um convite para sair.

A produção do filme parece ter conseguido com certa facilidade dar ao Jai o ar malvado necessário para o papel, agora nos resta aguardar uma atuação que nos dê tanta vontade de socar a cara dele quanto Eric nos dá nos livros. Senti falta de mais piercings faciais e tatuagens no personagem, que ficou com um visual muito clean se comparado ao ser repugnante que imaginei ao ler os livros.

ZOE KRAVITZ COMO CHRISTINA:
Vocês também perceberam o sobrenome familiar? Sim, nossa Christina é filha de ninguém mais, ninguém menos, que o divo Lenny Kravitz. Esta foi uma das escolhas de elenco que mais se afastaram da personagem que eu imaginava. Eu costumo me dar aval para mudar a descrição de personagens, mas minha Christina era loiríssima, com cara de Barbie e uma amiga alegre e sincera. Totalmente o oposto da morena com cara de malvada que acabei encontrando nas divulgações do filme.

A atriz possui um currículo bem extenso, mas não recordo especificamente dela nas produções. Dentre seus papéis mais recentes estão o de Senshi Raige em Depois da Terra, Angel Salvadore em X-Men: Primeira Classe e Pearl na série de TV Californication.

ANSEL ELGORT COMO CALEB:
O Ansel é mais um da lista de atores que eu havia acabado de conhecer quando o vi no casting do filme Divergente. Ele está uma gracinha como Tommy Ross, em seu primeiro filme, Carrie, a Estranha. Logo depois foi escalado para Divergente e então atuou novamente ao lado da Shailene Woodley em A Culpa é das Estrelas, como o perfeitinho Augustus Waters. O menino entrou em Hollywood com o pé direito, precisamos admitir.

Eu não sei o que esperava para Caleb, mas é um pouco difícil visualizar o Augustus de ACEDE como um irmão egoísta. Ele tem cara de muito bonzinho pra isso. Mas acredito que o Ansel irá surpreender, afinal, não deve ser à toa que o currículo dele comece com produções tão aguardadas por todos.

KATE WINSLET COMO JEANINE MATHEWS:

Ok, não dá nem graça apresentar uma atriz que já acumula um Oscar, dois Globos de Ouro, um Emmy, um Grammy e uma estrela na calçada da fama, mas vamos lá. A Kate é certamente o nome mais conhecido do elenco, principalmente por seus papéis em Titanic, O Amor Não Tira Férias, Em busca da Terra do Nunca, O leitor (único livro que já li e que considerei a adaptação para as telas melhor elaborada) e Foi apenas um sonho.

A escolha da Kate para interpretar Jeanine não era exatamente o que eu esperava, apesar de ela ter sido o principal nome cotado para o papel. Imaginava Jeanine mais velha, com uma aparência mais dura e menos vaidosa. Ela foi uma das escolhas que mudou completamente minha perspectiva da personagem e, mesmo sendo a mais famosa da lista de escalados, para mim, ela e a Zoe são as que menos identifico com as personagens do livro. Mas como sempre, esta é a liberdade que se possui nas adaptações cinematográficas, onde não se tem a obrigatoriedade de se ater com perfeição às descrições e situações da versão literária.

Segundo Kate Winslet, ela apenas aceitou o papel porque sabia que isso iria agradar seus filhos de 10 e 13 anos que adoram distopias e achariam ela incrível por fazer este papel. Super mãe em ação!

MILES TELLER COMO PETER:

Miles está na lista de novos queridinhos de Hollywood. Me surpreenderia saber que você ainda não ouviu falar dele, pois do ano passado para cá o menino conseguiu gravar sete (!) filmes, foi ovacionado este ano no festival de Sundance por sua atuação em Whiplash e já está no elenco das próximas duas produções de Quarteto Fantástico, como o Senhor Fantástico Reed Richards.

Ele também já atuou como par romântico da Shailene Woodley (Tris) em The Spectacular Now, um filme pra lá de fofíssimo onde os dois estão ótimos.  Além deste, ele atuou com Zac Efron em Namoro ou Liberdade e participou das produções Finalmente 18, Projeto X e o remake de Footloose.

Miles primeiramente fez o teste para entrar no papel de Four, mas foi cortado. Apesar de ser fã dele, também acho que ele não teria nada a ver com o papel. Depois disso foi cotado para atuar como Eric, mas a ideia não o agradou muito. Quando lhe ofereceram o papel de Peter, Miles já estava quase desistindo da produção, quando atendeu ao apelo da amiga Shailene para que pegasse o papel.

Achei o Miles bastante velho nas fotos de divulgação do filme, mas por suas atuações anteriores sabemos que ele consegue passar por adolescente sem problemas. Esse é o primeiro papel de sua carreira em que Miles não interpreta um dos queridinhos do público, mas ele disse que apesar disso, tentou fazer com que Peter ainda tivesse um certo carisma. Tudo bem que o cara é conhecido por seu charme irresistível e ego gigantesco, mas fazer os fãs gostarem do Peter?

BEN LLOYD-HUGHES COMO WILL E CHRISTIAN MADSEN COMO AL:

Ambos atores atuaram principalmente em séries para a TV, tendo poucas participações cinematográficas até então.  Ben atuou em Grandes Esperanças e na série britânica Skins enquanto Christian trabalhou nas produções de O preço do Amanhã e Palo Alto.

Eu facilmente trocaria os atores de papéis da série Divergente, uma vez que Will é tido como o personagem mais charmoso enquanto Al não possui muitos atributos. Mas não sei se isso faria muita diferença nos filmes, já que a Mi me adiantou que os personagens secundários são realmente secundários e não aparecem muito. Outra coisa que ela me adiantou, e que podemos perceber pela apresentação do elenco é que Divergente, além de uma super adaptação, também é um desfile de rostos bonitos e corpos torneados.

A trilha sonora também está ganhando bastante destaque na produção cinematográfica e inclusive a música tema ganhou uma performance no MTV Movie Awards do último final de semana. Eu esperava uma trilha mais pesada, mas não posso chamá-la de ruim. A música tema do filme é bem bonitinha. Para quem não conhece, aqui vai o vídeo com cenas lindas do filme.

Estou pensando seriamente em levar para o cinema uma caixinha de lenços (quem já leu a saga sabe o porquê) e um cilindro de oxigênio para eventuais faltas de ar.

E vocês, o que esperam do filme?
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE MARÇO.

Clique AQUI e saiba como participar.

23 comentários

  1. Os atores parecem se encaixar perfeitamente, concordo com a Mi, Dany.
    Estou ansiosa para assistir nas telonas. Parece ser um filme e tanto
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabou a ansiedade! É hojeee!!! Compra a pipoca que eu levo o refrigerante! hahahahahaha
      Beijos!

      Excluir
  2. Aiiin gente, um autor mais lindo que o outro e o filme parece estar perfeito!!
    Quero muito ver, mais vou ter que segurar a vontade mais um pouco :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindos mesmo, né Renata? Também vou ter que esperar um pouquinho, mas que nada, até o fim do feriado estamos devidamente iniciadas =)
      Beijão

      Excluir
  3. Enquanto o filme não chega nos cinemas, é uma delícia poder matar um pouco da ansiedade lendo mais sobre a adaptação... Adorei o post!
    Beijos, Bru
    www.sobrelivroseetc.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Bruna! Também estamos super ansiosas aqui. Beijão!

      Excluir
  4. Sempre que rolam essas adaptações, esse assunto de escalação de elenco sempre se torna um dosais comentados. Como sinda não li, acabei ficando sem embasamento pra avaliar. No geral, gostei bastante das escolhas. Agora é torcer pra que eles tenham dado conta do recado.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Nardonio. Eu achei tudo meio estranho no começo, mas agora já me acostumei com a idéia dos atores. Acho, sim, que escolhas de atores como quem faz o Eric e Jeanine podem descaracterizar um pouco as personagens originais, mas como coloquei no post, essa é uma liberdade que os diretores possuem no cinema, então, vamos de mente aberta. hehhe
      Beijão!

      Excluir
  5. Oi, Dany
    Estou muito ansiosa pela estréia. Adorei os autores, principalmente Theo james como Quatro, Ficou como imaginava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monica, não foi nem começar a falar do Theo porque ficaria até amanhã aqui escrevendo pra você. hauuahuha. Ele é tudo de bom!
      Bejão!

      Excluir
  6. Fora do filme, eu já conhecia o Theo, Kate, Ansel e Shailene, que é uma fofa <3 Mas desses minha favorita, claro que é a Kate Winslet, que pelo que vi soube é a vilã (ainda não sei nada da saga, estou aguardado a leitura), mas enfim, vai demorar pra eu ver Divergente, pois to com uma enorme ressaca de adaptações, mas acho que será um ótimo filme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [E Rodrigo, eles pegaram um elenco que está despontando em Hollywood e acho que foi uma ótima jogada. Espero que a Kate realmente nos brinde com uma "otima" Jeanine. =)
      Beijão

      Excluir
  7. Ai Theo.. que olhar é esse cara?!
    Não consigo imaginar um Tobias que não seja ele, para mim, está perfeito! Eu também achei a Kate perfeita para a personagem. Ela passa toda a seriedade de Jeanine!
    Agora, o Jai não tem nada a ver com o Eric que eu pensei.. cade a cara de menino da erudição disfarçada sob pircings?! E também não curti o Milles como Peter. Sei lá, eu imaginava ele mais bonito rsrs

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive que rir com você Dreeh.
      Também imaginava o Peter mais bonitão, mas o Miles tem lá seu charme em ação, não nego. Meu Eric era anos luz mais malvadão que o do filme. A Mi disse que ele é super gatão na adaptação e não curti muito isso, afinal o Eric deveria despertar náuseas e não suspiros. Mas vamos lá. Depois de assistir ao filme eu analiso o conjunto da obra com vocês. :)
      Beijos!!

      Excluir
  8. Oi Dany, por enquanto não tenho nada pra esperar do filme, pois ainda não li nem o primeiro livro...
    Mas o elenco parece bom!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos de tirar o fôlego, é, né Bruna? hehehehe Beijão!

      Excluir
  9. Quando anunciaram o elenco do filme, eu ainda não tinha lido o livro, então não dei muita bola. Porém, após concluir a leitura e rever os atores escalados, concordei com boa parte, mas não gostei do Theo como Four e nem do Miles como Peter. Não conhecia os dois atores e os achei velhos demais para seus respectivos papéis. Miles não tem nada de Peter. Pode ser que no filme eu me surpreenda, mas duvido muito.

    Beijos, Dany.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pensou exatamente o mesmo que eu, Leo! Velhos demais para os papéis. Diz a Mi que na tela isso não ficou tão evidente e a essa altura o Theo já me arrancou tantos suspiros que eu até esqueci que não concordava com ele ahahhahhah.
      Beijão!

      Excluir
  10. Oi Dany! Adorei o post! Apesar de estar louca pelo filme não sabia muito sobre os atores, a Shailene é uma linda! O Ansel então <3 A Kate é diva, nem dá pra falar muito. E o Theo, ah o Theo! Respira Greice, respira! Que voz é aquela senhor?! Sobre os outros atores eu não sabia absolutamente nada e eles não são o que eu imaginava, e achei alguns meio velhos pros papéis. Quando eu li o livro eu já tinha visto quem seriam os atores principais por isso minha mente ficou um pouco sem liberdade de escolha, o único que eu criei foi o Tobias, e ele não era nada parecido com o Theo mas eu gostei da escolha. Dos outros cotados eu gosto do Alex, ai preciso de um abanador kkkkk
    Estou analisando as possibilidades de ir na outra semana no cinema =D Tomara que consiga pois estou ansiosa pra ver!

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha flor!!
      Sim, o que é essa voz! Cada vez que vejo uma entrevista do Theo James fico hipnotizada por aquele olhar sério, o sotaque perfeito e A VOZ! Se ele quiser casar comigo algum dia não vou ficar braba.
      Realmente é um pouco chato você ler o livro já com o casting em mente, mas por outro lado isso também evita decepções, tipo eu tive com a escolha do casting de Fallen. Cam com 13 anos e cara de bebê, não - rola.
      Beijinhos, flor!

      Excluir
  11. Oi Dany,
    estou mega ansiosa por esse filme,
    concordo com você o Theo foi a melhor escolha, quantas informações legais você
    trouxe hoje aqui, sem dúvida adorei saber o que houve por trás das câmeras.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Delmara!
      Que bom que você curtiu tudo. E ainda não acabou!! Temos mais alguns dias cheios de coisas legais da série pela frente.
      Beijão!!

      Excluir
  12. Acho Shailene Woodley fez o seu caminho e eu acho que ele merece, ele é muito talentoso e novos projetos certamente cairá. E só eu sabia que em breve lançar uma série chamada BLL que co-estrelas com Nicole Kidman e Reese Witherspoon, tenho certeza que será um grande sucesso.

    ResponderExcluir