Resenha - Filme Invocação do Mal

Vocês acreditam em fantasmas, assombrações e demônios? 

Bom, a família Perron também não acreditava, até se mudarem para uma casa de campo em Harrisville, onde eventos estranhos começaram a acontecer.

Tudo começou com a descoberta de um porão abarrotado de móveis velhos. Logo depois, a cachorrinha da família morreu de forma misteriosa. Pássaros voavam de encontro a casa e morriam assim que se chocavam com as paredes e vidros das janelas. Portas batiam sem nenhum motivo, seguidamente, durante à noite. Todos os relógios paravam de funcionar às 3h07 da manhã. As crianças tinham constantemente seus pés puxados enquanto dormiam e um cheiro de carne podre começou a circular pelo local.

Roger e Carolyn não sabiam mais o que fazer. Ninguém hospedaria uma família de sete pessoas e muito menos comprariam a casa. Desesperada, Carolyn foi em busca de ajuda e conheceu o casal caçadores de fantasma: Ed e Lorraine Warren.

A dupla de paranormais prometeu ajudar os Perron, mas acabou se deparando com forças malignas capazes de por todos em risco. Será que Ed e Lorraine conseguirão livrar a família Perron do mal, ou acabarão sendo as próximas vítimas do demônio que habita a casa?

Assistam e confiram.

***

Desde que eu vi o trailer de Invocação do Mal fiquei doida para assistir, principalmente depois que diversos amigos meus falaram que era um dos melhores filmes de terror que já viram. Pena que perdi a exibição no cinema. Vejam bem, eu adoro e detesto filmes de terror. Principalmente os que envolvem espíritos. Se é um filme de terror no estilo serial killers, cheios de assassinatos, até vá lá. Mas com fantasmas e demônios? Nossa, fico simplesmente apavorada. Fiquei anos sem assistir a nenhum e hoje só vejo durante o dia. Mas então por que continuo assistindo? Nem ideia.

A questão é que, apesar de ter tomado alguns sustos em razão dos efeitos sonoros e visuais de impacto, não achei o filme tão apavorante assim. Na minha opinião, ele não passaria de um clichê, algo parecido com o Exorcista e tantos outros filmes que vemos por aí se não fosse baseado em fatos reais.

Sim, vocês leram bem: FATOS REAIS. A família Perron e Ed e Lorraine Warren existem e, por causa disso, o filme acabou ficando interessante para mim.

Família Perron
Família Perron
Invocação do Mal na verdade começa nos mostrando um dos casos do casal Warren: a Boneca Annabelle. Esta boneca foi considerada como um dos quatro objetos mais demoníacos de todos os tempos e hoje está em exposição no Museu do Ocultismo em Connecticut, EUA. Desta forma, fomos apresentados a dupla de investigadores paranormais, que chegaram a resolver mais de 4 mil casos ao longo de suas carreiras.

Lorraine e Ed Warren
Lorraine e Ed Warren
Seu caso mais famoso foi sem sombra de dúvidas o de Harrisville. Eles relataram se tratar do caso mais perturbador e importante das suas carreiras. No filme e na vida real, os Warren disseram que a Fazenda Arnold, local onde a casa de campo da família Perron se situava, abrigava diversos fantasmas, muitos deles amigáveis, com exceção Bathsheba.

A casa de campo assombrada da velha fazenda Arnold, em Harrisville
A casa de campo assombrada da velha fazenda Arnold, em Harrisville
O que mais me impressionou foi saber que depois de uma década de tortura, mesmo tendo se mudado de casa, a família Perron continuou sendo assombrada. Andrea Perron em uma entrevista disse: "A casa nunca nos deixou, ainda que nós tenhamos deixado a casa. Nunca nos deixou e nunca nos deixará." Fonte.

O roteiro do filme foi baseado nos arquivos pessoais dos Warren, bem como em informações fornecidas pela própria Carolyn Perron aos produtores. Lorraine atuou como consultora durante as filmagens e apareceu no set para oferecer orientações enquanto o filme estava sendo filmado. Fonte.

Um fato curioso que aconteceu durante as filmagens foi que, enquanto as irmãs Perron visitavam o set, um vento forte começou do nada, derrubando aparelhagens e câmeras e, no mesmo momento, porém, em outro lugar, a mãe das meninas caiu e quebrou o quadril. Todas concordaram se tratar da maldição de Bathsheba.

As irmãs Perron da vida real e as atrizes que as interpretam em 'Invocação do Mal'
As irmãs Perron da vida real e as atrizes que as interpretam em 'Invocação do Mal'
Quanto ao filme, mais especificamente, gostei dos efeitos especiais e adoro os atores. As crianças estão ótimas e super convincentes. Para quem curte filme de terror, com certeza irá adorar Invocação do Mal. A continuação de Invocação do Mal já foi oficializada e sua estreia está prevista para o Dia das Bruxas de 2015.

A sequência trará de volta os atores que protagonizaram o casal Warren. A trama envolverá novos fenômenos sobrenaturais e a tentativa dos renomados demonologistas combaterem uma entidade demoníaca. Além disso, também está em desenvolvimento um filme que tratará especificamente sobre a Boneca Annebelle. E aí, ficaram interessados?

Título original: The Conjuring
Roteiro: Carey Hayes e Chad Hayes
Direção: James Wan
112 minutos
TRAILER



***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE MARÇO
 
Clique AQUI e saiba como participar.

32 comentários

  1. Interessada? Nem um pouco.
    ODEIO filme de terro. Morro de medo. E o fato de saber que esse é baseado em fatos reais não ajuda em nada hahaha
    Prefiro continuar a ver meus filminhos da Disney mesmo :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk é.. nesse caso é melhor mesmo Re.. Beijos

      Excluir
  2. Meus Deus, quando entrei no seu blog e vi esse post, me deu uma agonia só de lembrar desse filme!!
    Eu particularmente amo filmes de terror, mas depois de assistir esse fiquei com umas duvidas haha
    A história é bem clichê, uma família que vai morar numa casa amaldiçoada e blá blá blá, mas tenho que dizer, que é um clichê muito bem feito!
    Fiquei tensa do começo ao fim do filme, levei várioooos sustos, e juro, não dormi a noite! Isso nunca aconteceu comigo, sempre assistia filmes de terror e depois nem lembrava mais. Mas com esse foi diferente...
    Apesar de eu ter morrido de medo, com certeza vou assistir a continuação, porque o filme é muito bom, e recomendo à todos! hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, sim, realmente é um clichê muito bem-feito, principalmente por se tratar de uma história real né?! Isso sempre mexe com a gente.. kkk e sim, tiveram muitas cenas sinistras e de sustos que virei o rosto.. kkk Beijos

      Excluir
  3. Adoro filme de terror, principalmente nesse estilo, mas tem que assistir com alguém né? kkkkkk eu também li sobre essa Lorraine Warren, ela tem um museu em casa com coisas macabras pra lembrar de cada caso que resolveu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rodrigo, eu não vejo sozinha nem morta.. kkk Beijos

      Excluir
  4. Isso vai soar bem estranho, mas chorei no cinema assistindo a esse filme. hauauhhauuahhu
    E não, não foi de medo, foi de tristeza ao pensar que é baseado em uma história real e que coisas desse tipo realmente acontecem.
    Depois de assisti-lo, dei uma vasculhada na internet e encontrei bastante material sobre o casal e o "museu dos horrores" com os objetos "amaldiçoados" recolhidos em casa caso que foram chamados. Tem até uma foto do ator ao lado da boneca mencionada no filme, mas a boneca real! Achei fantástico e triste. Um ótimo filme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, como assim? Dany, mas tu me surpreende a cada dia mesmo.. kkk Eu também vasculhei tudo depois de assisti-lo. Tinha que entender melhor a história e os fatos verídicos por trás dela.. sinistro.. hehe Beijos

      Excluir
  5. Eu hein!? Sinistro! Não curto filmes de terror não! Hehehe...

    ResponderExcluir
  6. Eu amo esse filme, um dos melhores de terror, pois a história dele é muito bem feita,
    Gostei muuuito.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/03/resenha-do-outro-lado-do-muro-marisa.html

    ResponderExcluir
  7. Já assisti esse filme,
    se não me engano um tempo atrás teve uma reportagem no fantástico a respeito dessa história. O casal que guarda a boneca em uma caixa e tals... Também gostei do filme, mas achei a história ocorreria em torno da boneca demoníaca, mas quase não se falou nela exceto no inicio e em alguns trechos.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Del, pelo que entendi, a boneca na real serviu apenas para introduzir a história e apresentar o casal caçador de fantasmas. Vão fazer um filme só sobre a boneca depois. Beijos

      Excluir
  8. Oi Mi... Adoro filmes de terror! A estória de Invocação do Mal é boa, eu gostei do filme! Me assustei várias vezes, rsrsrs... os efeitos são muito bem feitos! Aguardando a continuação!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréia, os efeitos são ótimos mesmo! Beijos

      Excluir
  9. Eu gosto de filmes de terror, mas só assisto quando to acompanhada xD Já tinha ouvido falar nesse filme, mas nem imaginava que era baseado em fatos reais Ö Me interessei bastante e vou chamar uma amiga pra assistir hehe

    Beijos :*

    http://fluffy.com.br/author/bia/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste Bia. Beijos e bons sustos.. hehe

      Excluir
  10. Morro de medo de filme de terror. Principalmente quando às 3 horas da madrugada ( é sempre esse horàrio) para e algo macabro acontece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk ai que horror! Já aconteceu algo parecido comigo um dia desses.. nem dormi depois.. hehe Beijos

      Excluir
  11. Olá, tudo bem?
    OMG eu amooo filmes de terror, e amei esse!
    Fiquei tensa o filme inteiro e agarrada no meu namorado. kkk
    Adorei a resenha e parabéns pelo blog fofo! *-*
    Beijinhos,
    Ana do blog Sombrinha Azul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk que bom que gostou Ana. Beijos e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  12. Quando o assunto é filmes de terror eu saio de perto. Nesse quesito, sou um covarde. Não tenho medo de filmes com zumbis e monstros, mas esses com fantasmas e acontecimentos sobrenaturais me dão nos nervos. Nathy falou que assistiu esse filme e não curtiu, disse que não é aterrorizante, mas vou passar longe.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? kkkk Morrendo de rir aqui.. Apesar de que sou parecida com você. Não, ele não é aterrorizante, mas chega a dar alguns sustos sim.. hehe Beijos

      Excluir
  13. Mirelle de Deus, a gente é maluca só pode! Como você eu tenho uma relação de amor e ódio com filmes de terror. Esse sempre foi o meu gênero favorito, principalmente os de espírito. Desde criança eu assistia com os meus pais, e apenas uma unica vez que fiquei pertudaba. Eu nem sei o porque já que o filme era meio ruinzinho.. mas adivinha, baseado em fatos reais... Tudo mudou de verdade a dois anos atrás quando eu assisti Atividade Paranormal I e passei três noites em claro. Duas coisas me abalaram muito naquele filme, principalmente por ser baseado em fatos reais: a primeiro foi o espírito brincar com a luz e segundo foi ele ter arrastado a garota pelo pé. São coisas bobas e até infantis, mas eu morro de medo que alguém puxe meu pé - ou meu cabelo - a noite e a luz sempre foi uma segurança pra mim.. Sabe aquela musica da Legião Urbana que diz 'não tenho medo do escuro mas deixe a luz acesa'? É bem por ai..
    De lá pra cá eu assisti a alguns filmes de terror, mas nenhum baseado em fatos reais. E o que falava de espíritos era mais bizarro do que assustador. Enfim.

    Mas sua resenha me colocou em uma sinuca de bico das boas.. Eu fiquei morrendo de vontade de assistir esse filme! E agora, o que eu faço?! hahahaha
    Por ter sido, durante muitos anos, meu estilo de filme favorito eu queria muito encarar meu medo e voltar a assistir, mas sabe aquilo de não brincar com quem está quieto?! hahah

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk guria, somos doidas mesmo.. acho que a minha trajetória foi parecida com a sua. Quando o Junior está em casa, sou bem mais destemida. Mas quando estou sozinha, socorro. Só durmo com todas as luzes da casa acesas.. hehe E agora, vai ver ou não? Depois me conta.. kkk Beijos

      Excluir
  14. Apesar de adorar filmes de terror, ainda não assisti esse. Assim como você, assisto filmes com serial Killers numa boa, mas tenho receio de assistir filmes com espíritos.
    Não sabia que ele era baseado em fatos reais, e isso acabou me deixando com um pé atrás. kkkkkk
    O legal foi saber que o pessoal que passou por essas experiências se envolveram nas gravações. Fiquei com mais vontade de assistir.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Dom, tem que ter coragem.. hehe Se assistir, me conte depois o que achou. Beijos

      Excluir
  15. Também tenho uma relação de amor e ódio com filmes de terror, eu gosto mas tenho medo de assistir. Invocação do mal eu estou louca pra ver desde o lançamento mas nunca tomei coragem principalmente por que disseram que é um dos melhores filmes de terror de todos os tempos, e como não tenho ninguém pra ver comigo à noite ainda não assisti. E acho que ainda vai demorar pra eu tomar coragem e ver. Daí você me vem e diz que o filme é baseado em fatos reais, não fazia ideia disso! Confesso que isso me assustou um pouco, principalmente sobre a parte das gravações, não consigo formar uma opinião a respeito do assunto. Que bom que você achou os efeitos bons, odeio filmes em que os efeitos especiais se tornam toscos e a gente percebe fácil as falhas. Espero conseguir alguém logo pra que eu possa ver o filme kkk
    Adorei essa resenha amiga!

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então amiga, também ouvi dizer que era um dos melhores filmes de terror de todos os tempos. Sinceramente, esperava por mais. O que mais me assustou mesmo foi o fato de ser baseado em fatos reais.. hehe Tente conseguir uma companhia bem destemida para ver com você.. hehe Beijos

      Excluir
  16. Adoro filme de terror, Mi. Mas achei a história um pouco forçada. Por mais que seja real, não me atraiu taaaaanto.
    A capa me chamou mais a atenção do que a história em si, rs.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, confesso que também não foi a minha preferida, apesar de ter sido boa. Beijos

      Excluir