Fuxicando sobre Romance de Época - Desafio de Fevereiro: Resenha - Lições de Sedução

Oi gente, vim prestar contas sobre o Desafio Fuxicando sobre Romance de Época de Fevereiro. Neste mês o objetivo era ler um "romance de banca" e, depois de muita indecisão, resolvi ler Lições de Sedução, de Blythe Gifford.

Jane era uma jovem de 17 anos que se sentia totalmente desconfortável no mundo feminino. Ela era exatamente o oposto de sua irmã Solay: não era linda, muito menos graciosa, hábil ou obsequiosa. Jane era diferente, sonhava em viajar pelo mundo e sabia ler em latim, algo totalmente atípico para as mulheres da época.

Porém, para a infelicidade de Jane, estava prometida em casamento a um mercador. A vida de casada a assustava muito. Ela não entendia como seria possível aprender todas as esquisitices de esposa, muito menos como seria capaz de ser mãe, já que nunca teve instinto materno aflorado. 

E foi justamente no parto de Solay que Jane surtou. Ao ouvir os berros da irmã dando a luz, Jane saiu correndo apavorada, enfaixou seus seios, tirou o vestido e colocou calça, uma túnica e uma capa, pegou um pouco de mantimento e desatou a correr, fugindo do castelo no qual morava. Assim que tomou essa atitude percebeu que esse sempre fora o seu desejo. Ela não pertencia àquele mundo de mulheres, cheio de responsabilidades que nunca seria capaz de assumir. Jane queria ser um rapaz, ter o direito de ir e vir e fazer o que quisesse, sem as limitações impostas a uma dama. 

"O poder da mão estendida não vinha fácil. O horizonte só era conquistado com trabalho árduo, passos curtos e vitórias a duras penas e inexplicáveis."
A partir de então, uma nova realidade se fez a sua frente, cheia de possibilidades. Quem Jane poderia ser? No que ela poderia trabalhar? Jane se transformou em John, e foi assim que ela viu Duncan pela primeira vez, que de imediato a confundiu com um garoto. Sorte a dela ter cortado seus cabelos loiros curtinhos. Mesmo contra a sua vontade, Duncan era a sua única esperança de sobrevivência em Cambridge. Ela precisava de um mentor e de um lugar para morar para melhorar as suas habilidades para futuramente trabalhar na corte, como um escrivão, servindo ao Rei. Mas o que aconteceria se o segredo de Jane viesse à tona, estando ela a mercê de tantos homens, vulnerável e indefesa, num mundo em que uma mulher não se passava de um mero objeto destinado a satisfação masculina?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Quem me conhece sabe o quanto eu nutria um profundo preconceito em relação aos romances de banca. Sempre os considerei histórias rasas, compostos por romances clichês e enredos desinteressantes. O mais curioso é que nunca tinha lido um. Minha aversão por estes livros começava pela capa. Não me lembro de ter visto um sequer romance desses por aí que eu tenha gostado da arte. Geralmente eles possuem imagens apelativas e extremamente sensuais, mas de muito mal gosto, com títulos cafonas.

Por isso, quando vi que a Pah propôs para fevereiro a leitura de romances de banca, tive a certeza de que seria o meu mês mais difícil de encarar. Mas como adoro um desafio, tentei ler Lições de Sedução de mente aberta. Confesso que quando li a sinopse caí na risada. Pensei: "Como a autora pôde criar uma história que se passa na idade medieval e que fala de uma mulher que fingia ser um homem?". Totalmente surreal. Mas o curioso é que bastou eu abrir o livro para ser imediatamente fisgada pela escrita de Blythe.

Achei tão fofa e carinhosa a observação inicial que ela fez acerca da história, dizendo saber que esta trama poderia desafiar a credulidade de muitas leitoras - ela deve ter pensado em mim.. hehe - mas que no curso da sua pesquisa descobriu uma mulher medieval que fez exatamente isso e pediu que quando embarcássemos na jornada de Jane mantivéssemos a cabeça aberta lembrando que tudo realmente poderia ter acontecido daquele jeito.

Não sei explicar se foi a escrita de Blythe, o teor da história, a época em que se passou a trama ou a própria construção dos personagens que me arrebatou, ou talvez tenha sido tudo isso e mais um pouco, mas só sei que simplesmente me apaixonei por Lições de Sedução.

A narrativa foi escrita em terceira pessoa e muito bem desenvolvida, nos dando uma dimensão completa da história e dos dramas vividos pelos personagens. Em seu texto, Blythe nos suscita uma série de reflexões: como deveria ser para a mulher numa época em que ela não tinha voz, em que não passava de um mero objeto a ser explorado pelo poder masculino, invejando a liberdade dos homens? E como deveria ser para essa mesma mulher, que desprezava a sua vida e o universo feminino, compreender que os homens não eram tudo aquilo que ela imaginava e que ser um homem era algo tão difícil quanto ser uma mulher?

No final, foi na tentativa de se parecer com um homem, que Jane descobriu ser mais mulher do que imaginara.
"Sem dizer uma só palavra, ela saiu da cama, aproximou-se e abriu o cobertor, finalmente assumindo sua feminilidade inequívoca e gloriosa."
Impossível descrever o quanto amei o livro e os personagens criados por Blythe. Lições de Sedução é tão lindo, tão delicado, tão inspirador e tão cheio de implicações filosóficas que arrebatou meu coração. A autora acabou ressuscitando na história não só a guerra entre os sexos, mas a busca pela nossa verdadeira essência.

A única coisa que me incomodou profundamente no livro foi o fato do título não ter absolutamente nada a ver com a história. Por mais que no texto haja romance e sedução, eles não são os elementos principais da trama. A capa também não me agradou, apesar de retratar um momento específico do livro, um dos mais belos e românticos.

Só tenho a agradecer a Pah por ter proposto esse desafio e ter me "obrigado" e baixar a guarda e ler um romance de banca. Agora quero muito ler outros tantos e estou doida para comprar Noiva de Traição, igualmente escrito por Blythe, que conta a história da irmã de Jane, Solay.

Para quem curte romance de época e romance de banca, Lições de Sedução é leitura obrigatória.

Lições de Sedução - Blythe Gifford
Editora Harlequin
280 páginas
Comprar: Saraiva / Ebook

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA DE FEVEREIRO.

Clique AQUI e saiba como participar. 

E vocês fizeram a leitura do desafio de fevereiro? Se sim, deixem nos comentários o nome do livro que leram e digam o que acharam. 

Para aqueles que fizeram resenhas, insiram o link de suas resenhas no formulário abaixo, assim poderemos visitá-los e prestigiá-las. 

COMO PARTICIPAR: 

Clique em ADD YOUR LINK e adicione as informações. 

URL: Link direto para o post que quer divulgar. 

NAME: Nome do Blog - Título do Post.

58 comentários

  1. Realmente essas capas de romance de banca não são nada bonitas, nem os títulos que são clichês ao extremo. Confesso que também tenho preconceito quanto à romances de banca mas também nunca li. Achei a sinopse bem interessante, o fato da personagem querer viver como um homem, me deixou fascinada e fiquei com vontade de ler o livro com certeza. Ainda mais depois do teu desespero procurando Noiva de Traição kkkk Espero que consigas o livro ;)
    Ainda não terminei nem o desafio de janeiro hehe Mas vou lá ver agora qual será o de março e quem sabe esse eu cumpra, vamos ver né?! Ando tão estressada que não consigo me impor metas e cumpri-las :/
    Pensando bem acho que vou ler Lições de Sedução esse fim de semana já que é um livro curtinho, assim cumpro o desafio de fevereiro :)

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, isso aí, de repente tente ler esse que é curtinho e gostoso de ler, para ficar em dia e outra hora você tentar por em dia a leitura de janeiro. Os clássicos são sempre mais complexos.. hehe Beijos

      Excluir
  2. Oi Mi.
    Nunca li nenhum romance histórico! Por puro preconceito! Sempre penso que não vou gostar da estória que terá um enredo que não irá me agradar.
    Mas eu achei bem interessante esse romance de banca, gostei da sua resenha! Quem sabe eu me anime para ler algo desse gênero! : )
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréia, sempre tive preconceito.. outra coisa, descobri que romances de época e romances históricos são coisas distintas, tem post sobre isso no blog, depois dá uma olhada, porque Lições de Sedução é um romance de época e não histórico.. hehe Beijocas

      Excluir
  3. Realmente as vezes a gente tem resistência a ler alguns livros, como as pessoas dizem acabamos : " julgando o livro pela capa!" Uma vez aconteceu isso comigo, minha amiga estava lendo a série Hush hush e eu acabei lembro partes desse livros. Então disse a ela que nunca leria um livro daquele tipo. E acabou que hoje eu estou lendo e adorando =D
    A história desse livro parece interessante, mas não me atraiu muito. No entanto não vou disser que nunca o leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk isso sempre acontece comigo, de acabar mordendo a língua no final.. hehe Beijos

      Excluir
  4. Nossa, essa história parece intrigante, em Mi.
    Adoro histórias medievais
    Beijos
    www.estantedagabi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Gabi, esse foi um dos atrativos que me fez querer ler o livro. Beijos

      Excluir
  5. Ainda não li este livro, mas confesso que pensei algo totalmente diferente, pela capa rs
    Mas gostei muito da sua resenha, gosto de romances de época, acho o enredo bem interessante e fiquei muito curiosa para saber se a personagem irá conseguir guardar seu segredo, parece ser mesmo um livro cativante, me interessou também! :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, eu também pensei algo muito diferente quando vi a capa. Pois é, é muito legal tudo o que vai acontecendo no desenrolar da história. Não deve ser fácil sustentar um segredo desses. Beijos

      Excluir
  6. Confesso que não sou muito fã de romances de época, mas Jane chamou minha atenção. Parece um personagem com personalidade forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Renata, apesar de ser ingênua, Jane é orgulhosa e impetuosa, e tem um sonho que a faz mover montanhas. É linda a sua trajetória de vida. Beijos

      Excluir
  7. Adoro romances de época, a história desse parece legal, mas se fosse pela capa não compraria, parece montagem de jogo de video game

    bjos
    Pah - Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu também, que capa horrorosa.. kkk Mas praticamente fui "obrigada" a lê-lo e não me arrependo.. ainda bem que li.. hehe Beijos

      Excluir
  8. Hahahahahaha viu, os romances de banca também podem ser bons, apesar das capas meio duvidosas, hhahahahahah! Vou procurar esse pra ler também. :)

    (Meu namorado aqui do lado me sugeriu pra postar: "Alguém tem o livro sem a capa pra me emprestar?", hahahahaha!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai sim, fiquei chocada quando me dei conta dessa realidade.. o que o preconceito não faz com a gente hein?! kkk E nossa, adorei a sugestão do seu namorado, ler os livros sem a capa.. kkkk Quem sabe a gente começa a encapar esses livros e fazer as ilustrações que achamos mais pertinentes? kkk Beijos

      Excluir
    2. Por isso que eu li no Kindle, Mi! Hahahahahhaahah!!

      E gostei bastante. O livro foi uma gracinha, e abordou sentimentos que eu não vejo normalmente por aí (ela se sentir meio andrógina o tempo todo, e isso ser quem ela é, não algo a ser resolvido).

      Vou deixar uma sugestão pra você, de um romance de época (mas acho que nem é de banca) que se passa no mesmo setting que esse, Inglaterra medieval, e que eu gostei bastante quando li: A kingdom of dreams. Depois dá uma olhada na sinopse. Acho que você vai gostar. :)

      Excluir
    3. Ótima estratégia amiga, assim não precisa ficar encarando a capa o tempo todo.. hehe Beijos

      Excluir
  9. Eu amo romances de época. Na primeira vez que eu vi esta capa, eu pensei que a história seria totalmente diferente. Acho que se não tivesse lido sua resenha, eu não daria chance alguma ao livro.
    Fiquei curiosa para lê-lo.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber Jardani. Espero que goste do livro tanto quanto eu. Beijos

      Excluir
  10. Eu também tenho aversão a essas capas! Acho terríveis! Só de ver a capa e o título, eu passo longe deles, confesso... às vezes nem a sinopse eu leio... Mas sua resenha plantou uma sementinha aqui, acho que o jeito é ler o livro sem pensar na arte de capa kkkk Qualquer dia desses eu encaro um romance de banca, vai que eu goste tanto quanto você.
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, sou igualzinha a você. Digo e repito, só me obriguei a ler por causa do desafio e acabei me surpreendendo. Hoje acredita que fui na banca olhar uns livrinhos novos? hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
  11. Sabe que eu também tenho receio de ler romances de banca.
    As capas não são muito atrativas... parece apenas romances bobinhos ou então mais calientes, mas sem conteúdo.
    Bobagem da minha parte. E ao ler sua resenha deste livro fiquei até envergonhada.
    Bem, eu não leria este pela capa... hehe.
    Gostei da estória...
    Já assisti filmes e novelas que tinhas personagens mulheres que se passavam por homens e sempre gostei...
    Faz tempo isso, hoje não sei se veria... mas gostei da resenha e este livro quero ler.
    Terei que dar uma passadinha por uma banca um dias destes.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edna, não se culpe, eu jamais leria esse livro por causa da capa.. kkk então te entendo. Isso, passa mesmo.. hoje passei pela banca e vi uns 20 exemplares dele para vender. É bem baratinho e vale a pena. Beijos

      Excluir
  12. Oi Flor!
    Comigo também foi assim! Acabei começando a ler por causa de um desafio e me agradou geral os romances de bancas! Esse em especial me agradou e me deixou bem curiosa para ler! Mas isso de a capa e o titulo não ter nada a haver com a narrativa, já aconteceu comigo com vários romances de bancas!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos
    PS: Resenha:RICO E JOANA - em O PIRULITO ASSASSINO - MARIA IZABEL GOMES SILVA
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/02/resenharico-e-joana-em-o-pirulito.html
    Beijos - Blog Overdose Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paula, pelo visto isso acontece com muita gente né?! Espero que curta Lições de Sedução tanto quanto eu. Beijos

      Excluir
  13. Eu ainda tenho preconceito por romances de banca, suas capas e títulos, rsrs. Mas nunca li nenhum! Mas entrei em um círculo literário da Nora Roberts, onde me enviaram um livro de banca, então, essa sera a hora! kkk. No caso do seu livro Mi, vejo que a capa e o título escondem uma estória super bacana! Bela suspresa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Ana, essa é a hora. Nunca li nada da Nora, mas já ouvi falar super bem. Sim, nada melhor do que ser surpreendido por uma leitura que não se dava nada né?! hehe Beijos

      Excluir
  14. Não costumo me interessar por romances históricos, mas você faz a história parecer tão boa, que dá vontade de ler.
    Não sei quando vou criar coragem para ler um livro desse gênero, mas espero que logo.
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, fico feliz em saber. Eu era como você sabe, não gostava desse estilo, até começar a ler e me apaixonar.. hehe Tudo culpa da Pah.. hehe Beijos

      Excluir
  15. As capas e outras coisas me levam ainda a ter um certo preconceito com esses romances, costumo não ler nada do tipo só por achar que não vou gostar.
    Mas realmente em relação a este livro fiquei curiosa em lê-lo posso dizer que qualquer dia talvez eu leia.

    Bjs Mi

    ResponderExcluir
  16. Oi Mi,
    Também sofro com esse preconceito, é inevitável não olhar a capa. Gostei muito da ação da Páh e vou procurar fazer uma visitinha e ver se acho algo legal nas bancas rsrs, quem sabe eu não encontro algo que me deixe fascinada.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Lari, dê uma vasculhada. Quem sabe você não se surpreenda como eu? Beijos e boas leituras.

      Excluir
  17. Você lendo romance de banca? Eu vivi para ver isso, rss. Fico feliz que a Pah tenha te desafiado, é um gênero que mesmo com as capas horrendas, tem bons livros, algumas escritoras que gosto muito começaram por aí e talvez seja por isso que eu não seja contra. Que bom que você gostou Mi, é ótimo se aventurar em leituras que não conhecemos bem, ano passado eu tentei com biografias e foi bem bacana. Vou colocar este livro na minha listinha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk viu só.. morri rindo com seu comentário.. bom mesmo que a Pah me desafiou.. hehe Espero que goste de Lições de Sedução também. Beijos

      Excluir
  18. Quando vi a capa desse livro achei mesmo estranho. Normalmente as moçinhas tem longos cabelos sensuais e essa tinha o cabelo curtinho. Agora entendi o porque. Achei a historia fascinante. Fiquei mesmo louca para ler. Ainda mais que amo romance de epoca. Realmente o titulo poderia ser outro né? Bjksss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha ficado interessada Mey. Sim, acho que a escolha do título foi muito infeliz.. a capa até vá lá.. hehe Beijos

      Excluir
  19. hahahaha Desculpa começar a rir, é que na minha opinião é sempre tão engraçado quando você pensa, esse livro não é bom, eu não vou gostar, e ai a historia te pega de jeito, isso já aconteceu comigo. Eu li somente um romance de banca e curti muito, achei Lições de sedução bem interessante, imagina uma mulher de vestindo de homem o que ela pode aprontar? Espero poder ler em breve, e que bom que você se surpreendeu.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, realmente é uma situação engraçada. Prefiro que aconteça assim do que o contrário né.. hehe Beijos e boa leitura.

      Excluir
  20. Eu amo romances de época , sou completamente apaixonada . Esses livros , na verdade os livros dessa editora eu não conheço muito , acho que já vi esse em algum lugar . Pretendo ler , sempre vou ter tempo para romances de época :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa editora é famosa por lançar livros de época, mas este foi o primeiro que li deles e adorei.. hehe Beijos

      Excluir
  21. Não costumo ler romances de época, e na verdade nem sei se sou muito fã deles. Mas confesso que depois dessa resenha fiquei louca de vontade de conhecer essa história, ainda mais pelo fato de o jeito e as idéias de Jane me lembrarem muito a minha irmã, nos sempre brincamos dizendo que ela nasceu na época errada, rs.. Com certeza irei dar uma conferida nessa história futuramente.

    Beijos, Glaucia.
    http://www.maisquelivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que legal.. eu às vezes também sinto ter nascido na época errada.. hehe Espero que goste do livro. Beijos

      Excluir
  22. uaau! gostei da história! e adoro um romance de época <3 só a capa que é meio esquisitinha, como o pessoal comentou, né? hahaha mas ok. Bjs, Mi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixe Nati, nem fala da capa que já me embrulha o estômago.. ainda bem que o livro supera esse pequeno porém.. hehe Beijos

      Excluir
  23. Olá Mi, tudo bem??
    Realmente difícil não se interessar por este livro depois de ler esta sua resenha....Confesso que não sou muito acostumada a ler os livros desta editora, pelo simples fato que tenho dificuldade de adquirir ou por puro costume , mas este ano pretendo sempre realizar uma leitura de banca e com certeza vou incluir este livro na minha lista!!
    Beijocas ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miche, nada melhor do que abrir a mente e se entregar a novas possibilidades como eu fiz. Beijos

      Excluir
  24. Confesso que faço parte do grupo que nunca leu romances de banca, e acha-os superficiais e melosos. Taí uma resenha que me fez tentar vê-los de outra maneira. Você também fazia parte desse grupo. Então vou deixar esse meu pré-conceito de lado, e tentar ler algum.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Dom.. acho que sou um bom exemplo para se tomar de base já que sempre torci o nariz para esses livros. Espero que você também venha a gostar como eu. Beijos

      Excluir
  25. Meu preconceito com os romances de banca são parecidos com os seus.
    Acho as capas extremamente apelativas e os títulos são bregas de mais! Além da qualidade na capa e das folhas que inexiste. Quanto a qualidade das histórias eu nunca duvidei. Adoro romances água com açúcar =)
    O fato de muitos deles serem históricos e de época sempre me afastou um pouco. Apesar de gostar de história, sou péssima com datas. Não me localizo de jeito nenhum. Por exemplo, eu nunca pensaria sobre o absurdo de uma mulher se fingir de homem na época Medieval.. Isso tira todo o brilho da dessas leituras para mim =/

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk entendi Dreeh.. mas nesse caso a própria autora alertou sobre isso, então foi bem legal.. como eu amo história, me deleito com tramas ambientadas numa outra época. Ok, não sou perita com datas nem fatos históricos nem nada do tipo, mas quando o texto é bem escrito, não fica difícil de se situar porque ele nos dá as informações necessárias das quais precisamos. Beijos

      Excluir
  26. Ai Mi, eu gosto dos clichês e dessas capas idiotas.
    Só acho que são meio escrotas para ler na rua...
    Meus gostos literários são meio toscos, haha.
    Não consigo ler muitas histórias de épocas, exceto os clássicos, Por vezes sinto que o autor está boiando no nada, sei lá...

    Beijos,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei Bah.. pior que você tem razão.. deve ser bizarro ver alguém lendo algo do tipo na rua.. kkk Beijos

      Excluir
  27. Eu tenho preconceito quanto a romances de banca, mas nunca li, até por que minha mãe não deixa, ela diz que sou muito nova e que pode conter coisas... indecentes. mas pela sua resenha, posso ver que não são tão ruins quanto eu imaginava.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, alguns romances de época são sim meio eróticos ou sensuais, mas sem serem vulgares. Não é regra.. e vai do gosto de cada um também. Beijos

      Excluir
  28. A Barbara adora esses livros mais toscos... hahahaha'
    Eu fujo de romances de banca, eróticos e com capas assim... Enfim, acho que esse livro não é muito meu estilo literário.

    Beijos

    ResponderExcluir