Resenha - O Duque e eu

Resenha O Duque e eu Julia Quinn
Em O Duque e eu, conhecemos a história de Daphne Bridgertons, a quarta filha de oito irmãos de uma nobre família inglesa. Daphne já está em idade de se casar, e sua mãe Violet não a deixa esquecer-se desse detalhe obrigando-a a comparecer a todos os eventos sociais da cidade, bem como a apresentando a todos os moços solteiros.

Mas Daphne não tem tantos pretendentes assim. A maioria lhe enxerga apenas como uma boa amiga, e não como uma esposa em potencial, e isso faz com que ela fique cada vez mais distante de ter a sua própria família.

Até Simon Basset retornar a Londres, depois de uma viagem de seis anos de duração. Simon é herdeiro do ducado de Hastings, além de ser um jovem lindo, charmoso e de grande sucesso, mas também conhecido como um libertino e devasso, sendo sinônimo de encrenca e alerta para qualquer jovem de família.

Simon só tem uma certeza na vida, de que ele NÃO vai se casar e sabe que sofrerá, e muito, com as investidas das mães da sociedade que não o deixarão em paz, apresentando as suas filhas a ele. Certo dia, Simon conhece Daphne, que por coincidência, é irmã de seu melhor amigo Anthony. Simon percebe que a garota não está feliz com seu destino e então tem uma ideia que seria capaz de ajudá-los mutuamente.

Simon propõe a Daphne cortejá-la de mentirinha. Assim, afastaria as mães indesejadas ao passo que atrairia mais candidatos para Daphne escolher. Seria um plano perfeito, caso fôssemos capazes de mandar nos nossos corações. Mas o que fazer quando dois jovens são simplesmente perfeitos um para o outro, mas incapazes de admitir tal evidência? O que fazer quando existe um código de ética de não se cortejar a irmã do amigo? O que fazer quando um simples beijo pode se colocar tudo a perder e, numa época em que as desavenças ainda são resolvidas em duelo, levar alguém a morte?

Querem saber o que vai acontecer com estes jovens tão queridos? Então leiam!

***

Para quem não sabe, O Duque e eu foi o primeiro romance de época que li na vida. Até então, vivia me esquivando desde gênero, certa de que não ia gostar, mas sem de fato nunca ter tentado ler. Certo dia, conversando com a Pah, do Blog Livros & Fuxicos, grande amante deste tipo de história, me senti impelida a dar uma chance, e resolvi começar por O Duque e eu, dentre vários livros que a Pah me sugeriu.

Juro que tentei lê-lo de coração aberto, sem criar expectativas e muito menos sem saber o que esperar. As primeiras 70 páginas foram muito difíceis para mim. Me senti teletransportada para um universo tão distinto do qual eu estava acostumada que fiquei com vontade de trocar de leitura por diversas vezes.

Como pode um livro levar quase 70 páginas para narrar um único baile? Ou então ter uma história composta por diálogos com tantos rodeios que dava vontade de dar um sacode nos personagens, dar um tapinha nas costas e encorajá-los a seguir adiante? E assim surgiram as minhas dúvidas de se isso era realmente uma característica da época, ou apenas uma característica da escrita da autora. Por ser meu primeiro romance do gênero, não tinha outro livro com o qual comparar.

Mas resolvi seguir em frente. Realmente estava disposta a tentar e, ultrapassadas as estranhezas, me entreguei de corpo e alma ao livro O Duque e Eu. Fazia tempo que não me sentia tão tocada por um romance tão puro e singelo. E como eu ri! Gente, o que eram aquelas cenas e conversas a respeito do funcionamento da noite de núpcias de um casal? Eu definitivamente me frustraria se vivesse naquela época.. kkkk

Fiquei completamente seduzida pelos personagens, todos tão bem construídos, cheios de personalidade, humor e carisma! Violet Bridgertons está excepcional como a matriarca da família, seus filhos mais velhos são o estereótipo perfeito dos irmãos responsáveis e protetores e Daphne é a heroína com a qual todas as mulheres por certo se identificariam. Que menina doce e ao mesmo tempo de punho firme, ousada e cheia de coragem que literalmente batalha, se preciso for, com os próprios punhos, pelo que quer. Daff me deu um tremendo orgulho, ainda mais considerando o século no qual ela viveu, onde as mulheres não tinha voz e não passavam de meros objetos de seus maridos.

Como não amar Simon? Um duque tão poderoso, mas ao mesmo tempo tão frágil. Como não querer acarinhá-lo, colocá-lo no colo e proteger aquele menino tão sofrido que havia dentro dele? E como esquecer da Lady Whistledown? Uma mulher de língua ferina que não perdia tempo em tecer fofocas sobre a sociedade londrina, mas que algumas vezes conseguia produzir comentários socialmente construtivos e interessantes. É óbvio que fiquei extremamente curiosa para descobrir quem ela é eu tenho as minhas teorias. Espero descobrir em breve no decorrer da série.

O Duque e eu é o primeiro volume de uma série de 8 livros, narrado em terceira pessoa por um narrador muito bem humorado e sarcástico. Algumas vezes pensei que se fosse narrado em primeira pessoa, o texto seria ainda mais interessante, mas perderíamos todos os detalhes e intimidades dos outros personagens que foram essenciais à história.

Um breve alerta, o livro contém diversas cenas eróticas e de sexo. Nada vulgar, pelo contrário, tudo extremamente romântico e sexy, mas não imaginei encontrar esse tipo de abordagem num romance de época. Achei que estes textos fossem muito mais inocentes e pudicos e achei muito interessante a mistura feita. Aprovado. Mas, para quem é menor de idade, fique ciente deste detalhe.

Bom, o que posso dizer é que simplesmente me apaixonei por O Duque e eu. Fiquei tão envolvida e viciada na história, querendo saber sempre mais e mais, que quando a leitura engrenou não consegui parar. Nem meu cansaço ou o sono me pararam e fui terminar a leitura do livro às 4h30 da manhã, satisfeita e triste ao mesmo tempo, por ter que deixar os personagens "irem embora". Fico muito feliz de ter iniciado a minha incursão nesse estilo de literatura com o pé direito, pois me motivou a continuar tentando e, naturalmente, estou ansiosa para ler O Visconde que me amava, segundo volume da Série Os Bridgertons. Super recomendado!

O Duque e eu - Julia Quinn
Livro 01
Série Os Bridgertons
Editora Arqueiro
288 páginas
Comprar: Saraiva

27 comentários

  1. Estava esperando sua resenha... Que bom que gostou!! Já li O Visconde que me amava e adorei!!!! Agora vou a procura desse. Beijos Mi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri, que bom que curtiu a resenha. Só não entendi, você leu o 2º livro antes? hehe Tô doida para ler O Visconde que me amava. Bom saber que você gostou. Beijos

      Excluir
  2. Miiii
    Preciso ser forte e determinada assim como você! Eu tenho sérios problemas com livros que são emperrados no começo e penso 200 vezes em abandonar... Mas esse livro está fazendo tanto sucesso, com você, com a Sara, que mesmo sendo de época, mesmo sendo um pouco hot, estou começando a pensar em lê-lo.
    Espero ficar viciada como você e me apaixonar por Simon. Esses planos para enganar a família nunca dão certo... ou melhor sempre dão muito certo hehehehe

    Beijos amiga e adorei a resenha!
    Chrys Audi
    blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chrys, eu tenho pavor de abandonar leituras sabe.. talvez isso seja um defeito, porque ano passado acabei concluindo leituras que detestei, sempre naquela esperança de que fossem melhorar.. mas que no fim só ocuparam meu tempo e me deixaram com raiva. Talvez se eu tivesse parado, teria sido melhor.. mas ainda bem que insisti em O Duque e eu. Espero que você também goste. Beijos

      Excluir
  3. Oie!

    A fofoqueira da série dá todo um toque especial, rsrs

    Feliz 2014!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade.. ela que dá o charme e o humor irônico à história. Beijos

      Excluir
  4. Ains, que tudo quero muito ler esse livro...
    Assim como você não imaginai tais cenas de sexo sendo narradas nesse livro.
    Percebo que você super curtiu a leitura e eu não vejo a hora de poder lê-lo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Del, realmente tais cenas me surpreenderam.. mas o livro me seduziu pela sua qualidade e delicadeza de narrativa. Espero que você também goste. Beijos

      Excluir
  5. Não li esse livro ainda, mas pretendo ler. Eu diferente de você, acho que de todos livros que li, uns 30 por cento foram romances históricos. Eu amo justamente pelo cenário e costumes da época. Costumo dizer que nasci na época errada hehehehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, então você também é fã de romance de época é?! Espero me tornar uma também, mas ainda tenho muitos livros nesse estilo para conhecer.. hehe Beijos

      Excluir
  6. Amei a resenha! Eu tenho que admitir minha paixão por esses romances de outras épocas, em realidades completamente diferentes! Gosto muito de livros com personagens fortes, mas que tem características especiais de cada um! Mas com certeza a pior parte de uma leitura, seja qual for ela, é deixar os personagens 'irem embora' :c Sempre dá uma depressão literária! haha
    Beijos flor, aguardando as resenhas da continuação :)

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara, realmente as despedidas nunca são legais.. mas nesse caso, tenho mais 7 livros pela frente até dar o adeus definitivo, já que a série é longa.. hehe Beijos

      Excluir
  7. Mi, que delícia de resenha. Juro!! Já li várias resenhas aqui, mas essa está tão, tão... puxa vida.
    A sua entrega e emoção foi tão, tão... puxa vida de novo!!
    Sério, eu que achei que você era fera em livros de época, saber que esse foi seu primeiro e que você gostou tanto me deixou assim tão, tão... puxa vida, fiquei sem palavras!!

    Adorei mesmo!!! PUXA VIDA QUE RESENHA MARAVILHOSA!!! A editora deveria te premiar por ela, hahaha.

    Amore, espero que em 2014 você se surpreenda e se apaixone assim todos os dias, igual a esta leitura. Que todos os seus sonhos se realizem e você alcance todas as suas metas!!

    Um grande beijo!!

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Lelê, fiquei sem palavras por tanto carinho e elogios. Fico realmente feliz que você tenha gostado tanto assim da resenha.. e tomara que também se apaixone pelo livro tanto quanto eu. Um feliz ano novo muito abençoado para você e a sua família. Beijos

      Excluir
  8. Oi, Mi! Estou super curiosa para ler este livro e preciso dizer: ler as suas impressões só me deram mais coragem para encarar tal obra e gênero! Pois é, assim como você, nunca li um romance de época. Tu começou com o pé direito no que diz respeito a este gênero literário; espero que aconteça o mesmo comigo.

    Um beijo!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo sua visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jeni, estava muito receosa de me entregar a este gênero, mas fiquei feliz por ter começado com o pé direito e acredito que este livro é uma excelente indicação para quem nunca leu romance de época. Espero que goste tanto quanto eu. Beijos

      Excluir
  9. Oi Mi! Esta série foi a melhor do gênero este ano, as outras são muito boas, mas esta entrou para a galeria de favoritos, além de ter romance, tem toda a fofura desta família e um humor sem igual, não aquela coisa tola, mas algo singelo e cativante. Feliz 2014, um ano de muitas alegria pra você.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, fico feliz em saber que realmente comecei lendo pelo melhor. Estou cativada por essa família e não vejo a hora de poder conferir os outros títulos. Grande beijo e feliz ano novo.

      Excluir
  10. Oi Mi! Tenho ouvido tanto sobre esse livro e tenho muita vontade de ler. Mas não sou muito fã de romances de época. Apesar de ser uma romântica incurável, fico meio entediada nesse tipo de livro. Claro, eu posso dar um chance ao livro um dia desses e mudar de opinião ;) Adorei a resenha, querida!
    Um 2014 repleto de saúde, amor, paz e muitos livros na estante :)

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, sempre estive na mesma situação em que você está. Cansei de ler inúmeras resenhas a respeito destes livros, mas nunca quis me render porque simplesmente também não era fã de romances de época.. até dar uma chance a O Duque e eu.. quem sabe o mesmo não acontece contigo hein?! hehe Beijos e feliz ano novo.

      Excluir
  11. Ah eu amo livros históricos sim são prolixos e as vezes enrolam bastante mas quando bem descritos te transportam para aquele mundo de tal forma que vc quase se sente naquela época. Eu adoro os romances assim justamente por serem tão fora da nossa realidade. Vou colocar este na minha lista....rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bel, resumiu perfeitamente o que eles representam. Espero que também goste. Beijos

      Excluir
  12. Miiii, saudades de comentar aqui ♥
    Bom, eu adorei a resenha e você sabe que eu gostei do livro né?
    Também soltei gargalhadas com a história, principalmente naquela briga deles no jardim. E concordo que as cenas de sexo são de extremo bom gosto. Tudo tão refinado que chega a deixar a gente maravilhado!
    Beijos e feliz ano novo!
    Lucas ~ Descobrindo Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, senti sua falta também!
      Sim, me recordo que você também gostou da história. E sobre as cenas de sexo, que diferença entre os livros eróticos vulgares para esse né?! Aqui a gente chega a ficar até emocionado.. hehe Beijos

      Excluir
  13. Oi Mi.
    Sua resenha está maravilhosa! Muito bem escrita. Eu ri um pouquinho também:
    ...dar um tapinha nas costas e encorajá-los a seguir
    adiante? Rsrsrsrs, só você mesma.
    É bem dificil seguir adiante em uma leitura que não estamos gostando para ver se ela melhora, da mesma forma que você, eu não conseguia parar de ler antes de terminar, agora eu paro, mas só se ver que realmente não vou gostar do livro. Se não, por mais entediante que esteja eu continuo até o fim. Eu amo romances de época. Você já leu O morro dos ventos uivantes? Eu amo *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara, fico feliz que tenha gostado.. antigamente eu costumava abandonar mais as leituras.. hoje em dia tento seguir em frente custe o que custar.. kkk Ainda não li O Morro dos ventos uivantes. O Duque e eu foi meu primeiro romance de época. Ainda estou tentando me habituar a este gênero.. hehe Beijos

      Excluir
  14. Já estou querendo ler esse livro a muito tempo, e sua resenha me animou, então comecei a ler ontem, estou adorando.

    Romance de época <3

    ResponderExcluir