Resenha - Quando uma garota entra em um bar

"Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir... O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede. Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor... E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal! Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão. Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer!"
LIVRO NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS. CONTEÚDO ADULTO! LEIA A RESENHA POR SUA CONTA.

Quem aqui é baladeira e gosta de uma boa noite de farra com as amigas?

Então imaginem a seguinte situação: Sua amiga te convida para sair à noite, mas de última hora ela te dá um furo. O que fazer? Ficar no bar e tomar uma bebida, aproveitando a paquera do barman? Ir a uma exposição que fica ali por perto? Ou então voltar para casa e curtir um balde de pipocas e um filminho na TV? São tantas possibilidades.

Mas e se você pudesse testar todas? Porque afinal, nunca sabemos o que nos espera no fim do túnel, ou melhor, nas próximas páginas. Mas e se você soubesse? Será que evitaria o mau caminho, ou entraria de cabeça numa aventura libertina apenas para sentir o gostinho da diversão?

Agora todos os seus problemas acabaram-se! hehe Em Quando uma garota entra em um bar VOCÊ é a protagonista e você é quem decide o que quer fazer. Sim, VOCÊ. Quer dar mole para o guitarrista de uma banda famosa? Pode. Ou prefere encarar um sadomasoquista? Também pode. Quem sabe você prefira alguém do mesmo sexo. Pode. Mas vai que você goste de um romance mais tranquilo, com um menino que parece um anjo, não só na aparência, mas na pureza. Também pode.

Alguém aqui já leu livro de RPG? Não! Então não sabem o que estão esperando. Querem saber o que pode acontecer com VOCÊ em uma noitada num bar? Então leiam!

***

Confesso que este livro não me chamou a mínima atenção quando foi lançado pela Novo Conceito. Achei a sinopse meio desinteressante e imaginei que ele não fosse me trazer nada de novo, mas como eu estava enganada! Assim que li uma resenha da Vanessa Sueroz dizendo se tratar de um livro de RPG, na mesma hora corri para a Saraiva para comprar o ebook, afinal, amooo livros de RPG e fiquei super curiosa sobre como uma história de romance erótico contemporâneo se encaixaria nesse conceito.

A protagonista não tem nome nem identidade porque ela sou eu, ou você. A autora fala diretamente conosco e pede que nos posicionemos na história. E as possibilidades são tantas! Enquanto lia, parecia que realmente estava no mundo real, em que diversos caminhos se abrem a nossa frente e queremos andar por todos, mas geralmente não podemos, pois somos sempre obrigados a escolher um só e sempre imaginamos o que teria acontecido se tivéssemos feito essa ou aquela coisa.

Na primeira vez que li o livro acho que demorei uns 15 minutos para chegar ao "fim" e fiquei chocada com a obviedade das minhas escolhas, me arrependendo de todas elas no final.. kkkk Ainda bem que pude recomeçar tudo de novo, e de novo, e de novo.

Me diverti tanto lendo Quando uma garota entra em um bar. O atrativo da história para mim foi a interatividade e não o texto em si, que não tem nada de revelador ou que vá mudar a sua vida. Infelizmente, não posso dar nenhum detalhe a vocês porque qualquer coisa que eu diga será spoiler. Vocês terão que ler para descobrir como tudo funciona. 

Só alerto, o livro é MUITO HOT! Justamente por ter inúmeras possibilidades para escolhermos, o que nos direciona a diversas cenas de sexo, das mais variadas e despudoradas possíveis. Se vocês não gostam de romance erótico, não leiam! Mas se não têm nada contra, recomendo a mergulharem nessa divertida aventura. Uma dica, para o texto não ficar muito maçante com tanta cena de sexo de uma só vez, leiam uma sequência por dia.

Depois de ler todas as combinações possíveis me senti "A Messalina".. kkkk Como eu queria que outros livros seguissem essa tendência de RPG. Uma ressalva, não tenho bem certeza de como será para homens lerem Quando uma garota entra em um bar. Explico: para nos conectarmos com a história é imprescindível que nos sintamos na pele da personagem e não sei muito bem como será para um homem fazer isso. Mas se vocês homens quiserem vivenciar uma experiência puramente feminina e não tiverem preconceitos em relação a isso, vão fundo!

P.S. 07/11/2013 - Acabei de descobrir que Helena S. Paige é um pseudônimo. Quando uma garota entra em um bar foi na verdade escrito por três autoras: Sarah Lotz, Paige Nick e Helen Moffett.

Quando uma garota entra em um bar - Helena S. Paige
Editora Novo Conceito
240 páginas
Comprar: Saraiva

17 comentários

  1. Laís Souza01/11/2013 11:24

    Pra ser sincera, nunca imaginei que este livro fosse assim. A sinopse não me atraiu e também não gostei da arte na capa. Fiquei chocada ao descobrir que ele tem toda essa interatividade com o leitor e confesso que você colocou um pouquinho de curiosidade em mim. Tomara que seja divertido porque está sendo duro ler o Bridget Jones 3. A morte do Darcy deixou um buraco enorme na trama e o novo par romântico da Bridget é até fofinho, mas não consegue conquistar a simpatia do público. A série inteira girou em torno do Darcy, entende? Fica difícil se apegar a um novo romance com um personagem que não tem a mesma força. Fica faltando aquela liga, aquela coisa que tem empolga...Nem acredito que fiquei nas nuvens quando soube que ia haver um novo volume da série. Decepcionada ao extremo. Vou aguardar ansiosamente a resenha de "A Lua de Mel", de Sophie Kinsella. Inveja pura de você por estar lendo! hihi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amiga, não existe nada pior do que a expectativa frustrada né?! Uma amiga também está lendo e disse que apesar de tudo acabou gostando, mas sei que tem gente que simplesmente não vai deixar para trás a história do Darcy. Quando a Quando uma garota entra em um bar, para quem curte livro hot, super recomendo. Quanto A Lua de Mel, amei demais, assim que puder posto a resenha. Beijos

      Excluir
  2. Oi Mi, tudo bem? Nossa, o título do livro já chama atenção... Sua resenha está muito boa, eu sinceramente não ma atraí pela sinopse, mas quando li a resenha eu curtir um pouco, rsrs... Gostei da alerta: Livro muito hot. Hehe, gosto de livros assim, porém tenho medo de ler... Traumas que me restam após ler 50 tons... Achei o livro muito " sem sal"... Parabéns pela resenha, adoro seu blog. Beijoooos, Érick!

    www.likelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érick, então vá com tudo nesse, porque ele pode ser qualquer coisa, menos sem sal.. kkk Beijos

      Excluir
  3. Que livro doido hahaha. Nunca li nenhum do gênero RPG.
    Recusei esse quando a Novo Conceito liberou as solicitações.
    Acho que não iria gostar, mas sua resenha ficou ótima, super explicativa.
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, se você não leu precisa ler.. é tão divertido! hehe Espero que goste. Beijos

      Excluir
  4. Esse livro é muito acabei. Acabei de ler, e adorei. Recomendo e leiam de mentes abertas!!! rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Glau, o pessoal precisa estar de mente aberta e aceitar a proposta da autora.. kkk Além de ter que gostar de livros hot né?! kkk Beijos

      Excluir
  5. Oi Mi :)

    Eu tenho 14 anos mas acho que aceito muito bem esse tipo de livro pois me considero maduro, muita gente falou coisa diferente de você, o que eu mais achei interessante nesse livro foi o fato de que a gente pode escolher o rumo da estória, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, confesso que só li 2 resenhas além da minha e todas foram bem favoráveis. Estou por fora do que os outros estão achando, mas eu recomendo :) Beijos

      Excluir
  6. UAU! Não conhecia esse negócio de livros RPG, e eu, assim como você, não me interessei no livro quando ele foi lançado. Mas agora... fiquei mega curiosa pra saber como é esse tipo de história! Não tenho nenhum preconceito com nenhum tipo de leitura, e por isso fiquei com vontade de ler.
    Amei sua resenha, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi, se você não tem preconceito, então se jogue.. só lembre, é um livro de puro entretenimento.. para rir muito e se divertir com as loucuradas que você mesma vai aprontar.. kkk Beijos

      Excluir
  7. Não conhecia esse gênero de livro, mas fiquei super interessada em ler. A resenha foi bem explicativa e me deixou com vontade de ler. Porém tenho tantos livros na lista que fica difícil colocar mais um.
    Quem sabe mais para frente eu mão leia?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Gislaine, sei bem como é.. essa nossa lista dá um nervoso né?! kkk Beijos

      Excluir
  8. Mi, eu amo RPG, quando soube desse livro não resisti e comprei o e-book, achei o manuseio mais interessante. Além dele ser uma espécie de RPG ainda é quente e isto juntou tudo o que gosto, achei uma verdadeira ideia de gênio o que essa autora fez, eu nunca tinha visto qualquer livro assim, espero que agora sejam lançados mais. Bem, eu ainda não terminei, comecei hoje, então não tenho muito o que falar apenas... Que estou amando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poison, pensei o mesmo que você. Apesar de já ter lido livros físicos de RPG, o ebook se adequou muito mais a proposta da interatividade e ficou muito fácil ir e voltar na história. Também achei genial um livro popular e contemporâneo ser lançado dessa forma e também torço para que mais autores continuem inovando. Depois me conte o que achou e qual foi sua combinação preferida.. é uma pena que eu não possa falar muito na resenha porque tudo é spoiler né, mas queria tanto discutir minhas opções com alguém que leu.. me diverti tanto! kkk Beijos

      Excluir