Indique um Livro - Dea Morgana

Oi gente, hoje trago para vocês as indicações de livro feita pela leitora Dea Morgana, de Formiga/MG.

Vamos conferir:

FEIA, de Constance Briscoe
Editora Bertrand Brasil
Gênero Literário: Biografias e Memórias

Qual será o limite da maldade de uma mãe com sua filha?

"Entreguei a minha fotografia, tirada na escola, para minha mãe. Ela olhava da fotografia para mim. De mim para a fotografia. Então disse: “Meu Deus, como ela pode ser tão feia. Feia. Feia.” Essas palavras cruéis são apenas o começo. A mãe de Constance foi sistematicamente violenta com a própria filha, física e emocionalmente, durante toda a sua infância. Apanhando e sendo privada de comida, Constance estava tão desesperada, que foi sozinha até o Serviço Social e suplicou por proteção. Quando isso não deu certo, tentou dar fim à vida, tomando alvejante, uma vez que era chamada de “germe” por sua mãe. Desenvolveu caroços nos seios, uma situação médica rara para uma criança, por conta dos beliscões nos mamilos e socos desferidos pela mãe. Quando tinha 13 anos, foi abandonada em casa por sua conta e risco: não havia gás, luz ou comida. Entretanto, de alguma maneira, Constance encontrou coragem para sobreviver. Esta é a sua comovente — e essencialmente triunfante e inspiradora — história. Pelo fato de ter relatado as memórias de sua infância em Feia, que já vendeu quase meio milhão de cópias em todo o mundo, Constance foi processada por difamação por Carmen Briscoe-Mitchell, sua mãe. No entanto, o júri foi unânime em reconhecer a veracidade da autobiografia, comprovada pelas cicatrizes, testemunhos e relatos médicos. Durante o julgamento, Constance disse que decidira escrever a sua história como exemplo de superação das adversidades e porque a sua mãe não merecia o seu silêncio."


Por que a Dea indica esse livro?

"Indico este livro porque ele me tocou de maneira particular, pois tenho uma filha que também sofre de enurese noturna. Ao ler o livro e imaginar a tortura física e psicológica que Constance sofreu, imaginava minha filha passando por isso e a consequência foi muita revolta e muitas lágrimas... Inquietante, revelador, surpreendente...uma inspiração de superação para todos." 

Compre aqui: Submarino / Saraiva

Simplesmente adorei a indicação da Dea. Não conhecia a história e quando li a sinopse fiquei arrepiada. Um tema forte, mas importante de ser debatido sem sombra de dúvidas. Já entrou para a minha listinha.

UMA CHANCE PARA LUCAS, de Paula Belmanto
Editora Cia dos Livros
Gênero Literário: Biografia

"Paula Belmanto é uma paulistana de classe média alta, profissional bem sucedida e com tudo resolvido, a não ser pelo fato de se sentir solitária e procurar um sentido na vida, esvaziada por um casamento desfeito e por outro importante relacionamento não esquecido. Até que conhece Marcelo, numa viagem à Europa, e decide ter um filho com ele. De comum acordo, mantém um relacionamento informal. Ele continua morando em sua cidade e ela em São Paulo. Eles não se casam. Marcelo assume a paternidade depois do nascimento de Lucas. A relação vai se desenrolando com altos e baixos por alguns anos, e o desfecho é dos mais tristes. Paula viu o mundo ruir à sua volta quando o próprio filho, aos três anos, conta que o pai "fazia coisas" das quais ele não gostava: violência sexual. Paula decide ir à luta para defender e preservar a integridade de seu filho, e entra na Justiça para destituir Marcelo de seus poderes de pai. Trava uma batalha judicial de mais de 6 anos para dar a Lucas a segurança, atendimento e carinho necessários, sofre processo crime por calúnia, vê amigos queridos duvidarem e se afastarem, mas vence todos os obstáculos e hoje, refeita, retoma a sua vida profissional e pessoal. Vergonha por ter se envolvido com uma pessoa que mal conhecia e desespero pela ingenuidade que a impediu de perceber que Marcelo, o pai de Lucas, abusava sexualmente do filho. Revolta por não ter entendido os sinais da babá de Lucas, que tentou alertá-la. Remorsos por ter se deixado levar pela boa conversa de Marcelo por tanto tempo. Todos esses sentimentos rondaram a vida de Paula. Mas, por que teria ela decidido se abrir, se expor e até escrever um livro, "Uma chance para Lucas"? Porque ela quer mostrar ao maior número de pessoas, mães e responsáveis por crianças abusadas sexualmente - por pessoas próximas ou não - que elas não são as primeiras nem as únicas a viver esse drama. Que esses fatos, como pode parecer, não são restritos a famílias pobres, mal-informadas ou de baixa renda, que vivem nas periferias. Que isso acontece também nas famílias de renda média ou elevada, com pais com formação universitária. E que essa terrível corrente - pais abusadores geralmente foram abusados - pode ser quebrada quando os responsáveis encaram a realidade e enfrentam uma batalha judicial até o fim, com tudo o que ela requer. Inclusive muita garra e paciência para vencer a morosidade da Justiça."

Por que a Dea indica esse livro?

"Eu indico este livro porque apesar de se tratar de uma história triste e forte, a autora trata do assunto somente no fim do livro e mesmo assim de uma maneira muito sutil. O que fica é o alerta de que mesmo uma mulher inteligente, bem resolvida e de "cidade grande" é capaz de se cegar diante de um um homem e principalmente a coragem de uma mãe em lutar com todas as forças para de defender seu filho de um crime hediondo." 

Infelizmente não encontrei esse livro à venda. Em todas as livras online onde fui só dava como esgotado. Pelo visto esse livro é mais uma biografia capaz de mexer com o nosso mundo. Eu não tenho filhos, mas já imagino a dor, o sofrimento e a luta que uma mãe como ela teve que travar em prol do seu filho.

Obrigada pela participação Dea!! 
 

PARTICIPEM TAMBÉM DO INDIQUE UM LIVRO. 
 

Preencham o formulário com até 4 sugestões de livros e digam por que eles merecem ser lidos. Participem quantas vezes quiserem!
 

Aguardo muitas participações!!
 

Confiram AQUI todas as indicações que já foram feitas pelos leitores do Blog!!
 

Beijos

20 comentários

  1. Oi Mi, não conhecia essas obras, mas acredito que FEIA, de Constance Briscoe, parece ser muito interessante. Com certeza é um tema muito importante para ser debatido. UMA CHANCE PARA LUCAS, de Paula Belmanto também é novidade para mim, porém também é uma história forte que merece mesmo ser destacada. Parabéns pelo post e obrigada pelas indicações! Beijos, Fê - Segredos em Livros http://www.segredosemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê, que bom que você gostou. Ambos aparentam ser livros fortes, mas também precisamos de leituras que nos acordem para a vida. Beijos

      Excluir
  2. Enquanto eu lia a sinopse de FEIA eu fiquei toda arrepiada. Pobre criança!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade.. pesado né?! Mas aparenta ser super bom. Beijos

      Excluir
  3. a Dea mandou super bem nas recomendações!
    não conhecia essas obras e fiquei espantado com o quanto são fortes, temas pesados demais até mesmo para mim que gosto de temas perturbadores.
    leria mas me sentiria num mal-estar tremendo por serem histórias reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Shadai, tenho a mesma sensação que você ;) Beijos

      Excluir
  4. Não conhecia nenhum dos dois, mas me interessei pelo primeiro. A sinopse é muito interessante.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Sil, chega a ser arrepiante. Beijos

      Excluir
  5. Não conhecia nada disso
    Mas gostei da dica, parece ser interessante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. livros maravilhosos e inesquecíveis!!! Gostaria muito que alguém lesse e opinasse sobre o que achou também....beijos Mi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Dea. Quem sabe um dia eu consiga lê-los para debatermos o assunto? Beijos e novamente obrigada pela participação.

      Excluir
  7. Olá,Mi!
    Não conhecia estas obras,porém fiquei interessada em ler o primeiro livro.A sinopse é muito tocante,espero conseguir este livro logo.
    Beijos!
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Silvia. Beijos e boa leitura.

      Excluir
  8. Mi eu adorei a primeira indicação, nossa...cheguei a me arrepiar aqui com a sinopse. Eu não fan de biografias, mas o livro Feia, me tocou de uma forma, que necessito muito lê-lo.
    Já o segundo livro não me chamou muito atenção, então deixarei passar desta vez.

    Adorei as indicações!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, eu também não sou fã de biografias, mas Feia também me deixou instigada.. hehe Beijos

      Excluir
  9. Adorei as indicações.
    Os livros parecem ser bem fortes, gosto desse tipo de leitura que meche com a gente,
    me interessei muito por feia, só ler essa pequena descrição já fiquei revoltada e mortificada pela pequena Constance e olha que nem curto muito biografias, mas essas quero ler, já até anotei os nomes, vou procurar e ver se consigo encontrar por aqui.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Del, assim como você gosto de ler livros que mexem conosco, só que óbvio, não são leituras para qualquer horas.. temos que estar inspiradas para lê-las.. hehe Que bom que gostou. Beijos

      Excluir
  10. Oie!
    Achei bem bacana coluna, porque nós, leitores, podemos participar dele mais ativamente, gostei.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, essa é a intenção. Que bom que gostou. Aguardo sua participação. Beijos

      Excluir