Semana da Criança - Livros que marcaram a minha infância - Dia 5

Oi gente, antes de começar o quinto post da Semana da Criança gostaria de avisar que por motivos pessoais e familiares o Bate Papo ao vivo de hoje (12/10) foi CANCELADO. O livro Vovó Vigarista será sorteado em outra oportunidade, no blog, e manterei vocês informados, ok.

Hoje vou falar um pouco sobre os livros que li na infância e na adolescência, que me marcaram bastante e que super recomendo para vocês. Infelizmente não consigo me recordar qual foi o primeiro livro que li na vida. Tenho poucas lembranças de quando eu era pequena e, portanto, coloquei abaixo os livros na ordem em que fui me lembrando. Confiram:

UMA HISTÓRIA POR DIA, de Walt Disney
Editora Éko

"São quatro volumes (Primavera, Verão, Outono e Inverno) totalizando 365 histórias ricamente ilustradas em cores para as crianças lerem uma por dia e assim ter uma história diferente em cada dia do ano. São histórias divertidas com os personagens Disney consagrados por adultos e crianças de todo o mundo."

Compre aqui: Estante Virtual

Gente, quem têm crianças em casa, esses livros são de leitura obrigatória! Eu tenho a vaga lembrança de manusear o único exemplar que tinha na minha estante até a capa cair, de tanto que gostava. Uma história por dia permite que a criança crie uma rotina de leitura que não seja maçante para ela nem para o adulto que está lendo o livro. Um ótimo livro para ser lido ao acordar ou antes de dormir.

O PEQUENO PRÍNCIPE, de Antoine de Saint-Exupéry
Editora Agir

"Livro de criança? Com certeza! Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi. O pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância.De repente retorna os sonhos. Reaparece a lembrençade questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíves na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordaçoes.O reencontro,o homem-menino."

Compre aqui: Saraiva

Quero muitoooo reler O Pequeno Príncipe. Este livro é simplesmente precioso. Sou fã da história e de todas as adaptações que vi no teatro. Esta história não tem idade, quer dizer, até diria que é mais direcionada aos adultos que são capazes de compreender melhor as metáforas contidas na obra. Até hoje lembro de um fato interessante, de quando eu estava no curso de oratória, no primeiro semestre do Direito, e pediram para que escolhêssemos um livro para falar sobre. Não tive dúvidas, escolhi O Pequeno Príncipe e fiz uma analogia sobre o porquê de eu ter escolhido fazer Direito e foi um sucesso.

O LIVRO DAS VIRTUDES PARA CRIANÇAS, de Willian J. Bennet
Editora Nova Fronteira

"Este livro é uma edição, para crianças, da obra O LIVRO DAS VIRTUDES. Uma compilação de fábulas, contos e poemas que ressaltam as qualidades do homem, como coragem, benevolência e honestidade, estimulam a prática do bem e mostram a importância de valores como a gentileza e a bondade. Todas as histórias encerram um conteúdo moral e edificante e se preocupam com a formação da criança, através do exemplo da conduta dos adultos no dia a dia, da prática dos bons hábitos e de regras do bom convívio. O livro reúne histórias originárias das mais diversas tradições literárias da humanidade, que há tempos fascinam crianças do mundo todo. Trata-se de um seleção de contos e poemas que vêm atravessando séculos e perdurando na memória literária de diferentes povos, devido ao encanto das situações narradas, e principalmente à sabedoria que as histórias encerram. Pertencem a variadas épocas e diferentes culturas: da Bíblia a Shakespeare, de Esopo aos Irmãos Grimm e Perrault, da tradição popular e folclórica a meditações talmúdicas. Princesas virtuosas, cavaleiros nobres e corajosos e personagens que vencem pela astúcia ou pelos bons princípios povoam as páginas deste livro, no melhor estilo da literatura infantil. E como não há criança que permaneça por muito tempo sentada no colo dos pais a olhar páginas e páginas de textos, onde raramente aparece uma gravura, a edição infantil é repleta de belíssimas ilustrações do premiado desenhista Michael Hague. Apesar de todo apelo dos adventos modernos, como a televisão e o computador, as histórias mantêm seu encanto nos tempos atuais porque falam diretamente ao imaginário infantil e ao seu senso moral. Os valores nelas apresentados ficam marcados no inconsciente da criança, contribuindo para a formação do seu caráter e, mais tarde, orientando o seu percurso no mundo adulto. Nas palavras do organizador da edição infantil, "Estar entre essas estórias e versos é transportar-se, através da imaginação, para um lugar e um tempo diferentes, onde não há dúvidas de que as crianças são seres morais e espirituais, onde as verdades são verdades morais, onde a principal finalidade da educação é a virtude."

Compre aqui: Saraiva

Este livro é simplesmente demais! A começar pelas ilustrações que são fantásticas e a terminar pelas belíssimas lições de moral ensinadas nas histórias que são simples, mas que valem ouro! Esta relíquia felizmente ainda guardo em casa :o)

DE ONDE VÊM OS BEBÊS, de Andrew C. Andry e Steven Schepp
Editora Jose Olympio

"O presente livro contém uma descrição completa, clara e ilustrada do processo da procriação. Tecnicamente é uma obra-prima muito bem planejada, passando por ocorrências diárias, que a criança observa constantemente na Natureza, a formação de seu próprio corpo."

Compre aqui: Saraiva

Este livro tem uma história engraçada. Digamos que sempre fui muito precoce no assunto sexualidade e minha mãe nunca foi daquelas que tentou mascarar a história falando sobre cegonhas ou algo do tipo. Quando fiz aproximadamente 6 anos, ganhei De Onde Vêm os Bebês e simplesmente achei o máximo! O livro explica de maneira muito objetiva sobre como os bebês são feitos e possui ilustrações lindas (nada explícito ou vulgar). Lembro de quando estava na segunda série e levei o livro escondido para o colégio para "revelar" para meus colegas o grande segredo sobre a reprodução humana! kkkk

O REIZINHO MANDÃO, de Ruth Rocha
Quinteto Editorial

"Você deixaria alguém te mandar calar a boca? Este livro fala sobre um rei que é muito mandão e que acaba ficando muito só na vida. Ele explica que uma pessoa nunca deve ser mandona porque o prejuízo vem para ela, que fica sem amigo nenhum."

Compre aqui: Estante Virtual

Leitura obrigatória para as crianças, uma grande lição de moral e de respeito que deve ser ensinada desde cedo! Amo esse livro.

GIBIS TURMA DA MÔNICA, de Maurício de Souza
Editora Paramount

Não só os gibis da Turma da Mônica são indispensáveis, como os desenhos animados. Como não se apaixonar por esses personagens que já acompanham tantas gerações de fãs? Lembro que amei quando surgiram os primeiros Almanaques, com desafios e brincadeiras. Tinha uma coleção enorme de gibis.

Compre aqui: Saraiva

COLEÇÃO SALVE-SE QUEM PUDER
Editora Scipione

Compre aqui: Saraiva

Esta coleção é sem dúvida uma das minhas favoritas e que marcaram demais a minha infância. O mais legal desses livros, além do fato de serem muito bem ilustrados e de terem aventuras divertidíssimas, é que eles são interativos, cheios de desafios durante o texto que devemos resolver para seguir adiante na história. Um dia quero remontar a minha coleção todinha!!

A ODISSEIA, de Peter Oliver
Editora Loyola

"Esta edição de A Odisséia foi especialmente adaptada para que as crianças possam ler as excitantes aventuras do herói grego Ulisses, durante sua viagem marítima de retorno à Ítaca depois da Guerra de Tróia. Jornada perigosa, repleta de perigos mortais. Antes de Ulisses chegar à Ítaca, ele teve de enfrentar os terrores do ciclope Polifemo, da feiticeira Circe, do monstro Cila e do perigoso redemoinho Caríbdis. Uma vez em casa, Ulisses não é imediatamente reconhecido, e rivais estão tentando tomar posse de seu palácio e de Penélope, sua esposa. Uma grande disputa deve ser travada antes que Ulisses reconquiste o lugar que lhe cabe por direito. Com ilustrações de Roger Payne"

Compre aqui: Submarino

Para quem é fã de mitologia grega, como eu, não pode deixar de ler esse livro. A história é tão fantástica quanto as ilustrações que são belíssimas.

A CASA DAS QUATRO LUAS, de Josué Guimarães
Editora L&PM

"As aventuras de seis crianças que exploram o sítio do avô de uma delas. Descobrem uma casa antiga, enorme e cheia de mistérios. Em cada lado da velha construção, as crianças vêem uma lua. À procura de tesouros, encontram relíquias de família gastas com o tempo. O tom de suspense e movimento é uma constante nesta narrativa, sem, no entanto, impedir que a leveza e a alegria estejam presentes nas combinações e decisões do grupo."

Compre aqui: Estante Virtual

Acho que esse foi um dos primeiros livros de aventura e suspense que li. Simplesmente demais!

O MENINO SEM IMAGINAÇÃO, de Carlos Eduardo Novaes
Editora Atica

"De repente o país fica sem TV por tempo indeterminado. Caos à vista, principalmente para aquele menino sem imaginação, totalmente viciado na telinha. Este livro é uma crítica bem-humorada à nossa sociedade. Com Suplemento de Leitura."

Compre aqui: Saraiva

Gente, a premissa dessa história é simplesmente genial e, infelizmente, não está distante das nossas realidades. Sabemos que a superexposição a televisão e aos jogos virtuais pode causar a diminuição da imaginação das crianças e dos adultos. Eles se acostumam a ter tudo mastigado e entregue a sua frente, sem nenhum esforço mental. E se por acaso se vissem sem televisão? Será que sobreviveriam? Será que saberiam colocar a criatividade para funcionar novamente? Super recomendado!!!

OU ISTO OU AQUILO, de Cecília Meireles
Editora Global

"´Ou Isto ou Aquilo´, livro de poemas de Cecília Meireles brinca com as palavras e encanta as crianças com sua sensibilidade, impressões e cores. Há muitos anos, é recomendado para uso nas escolas. É considerado um dos mais belos e importantes livros de poemas para crianças."

Compre aqui: Saraiva

Para quem curte poemas, esse é o livro que mais indico. A Cecília é excepcional. Neste livro vocês irão encontrar um dos meus poemas favoritos: A Bailarina.

A MARCA DE UMA LÁGRIMA, de Pedro Bandeira
Editora Morderna

"Isabel (personagem principal) acaba escrevendo lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. A morte da diretora da escola vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente ameaçada. A idéia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano."

Compre aqui: Saraiva

Acho que A marca de uma lágrima foi o primeiro romance que li na vida. Simplesmente me apaixonei pela história e fiquei suspirando pelos romances e sofrendo pelos mal-entendidos ali contidos.

COLEÇÃO OS KARAS, de Pedro Bandeira
Editora Moderna

Simplesmente sou doida nessa coleção. Acho que foi a primeira série de livros mais "pesada" que li, que continha mais aventura, uns suspenses, coisas para refletir, etc. Devia ter meus 10/11 anos. A coleção é composta por 5 livros: A Droga da Obediência, Pântano de Sangue, Anjo da Morte, A Droga do Amor e Droga de Americana. Ainda quero reler tudinho de novo!

COLEÇÃO HARRY POTTER, de J.K. Howling

É claro que eu não podia deixar de falar da coleção do bruxinho mais famoso do mundoooo! Harry Potter chegou em minhas mãos quando eu já tinha uns 14 anos. Minha mãe viu numa livraria e achou a minha cara, mas ficou receosa de eu considerar a leitura infantil demais, portanto, só comprou os dois primeiros livros. Como acabei devorando-os, na medida que ia lendo, ela ia comprando os demais. Simplesmente amo demais Harry Potter e digo que todas as crianças e adolescentes um dia deveriam ler essas histórias.

Compre aqui: Saraiva

TURMA DA MÔNICA JOVEM, de Maurício de Souza
Editora Panini Comics

Faz pouco tempo que descobri a existência desses novos gibis e achei o máximo! Incrível poder acompanhar o crescimento da tão famosa Turminha e vivenciar ao seu lado novas crises, dilemas e alegrias. Super recomendo para os adolescentes.

Compre aqui: Saraiva

O ENIGMA NA TELEVISÃO, de Marcos Rey
Coleção Vagalume
Editora Global

"Um simples beijo de novela desencadeia o pânico nos bastidores da TV Mundial. Mortes começam a ocorrer sem nenhuma pista concreta que leve ao assassino. Num palco onde desfilam integrantes da Liga das Sentinelas, dispostas a tudo para manter a moral e os bons costumes, atores decadentes, atrizes em ascensão, jornalistas apaixonados por livros, quem poderia ser o autor das mortes em série?"

Compre aqui: Saraiva 

Simplesmente sou apaixonada pela coleção vagalume que, apesar de ser tão antiga, tem livros sensacionais. Infelizmente não posso dizer que li todos, não cheguei nem perto disso. Mas quem sabe agora, com o bebê a caminho, volte a ler estes livros maravilhosos? Para exemplificar a coleção, selecionei um dos meus livros preferidos, meu primeiro livro "policial": O Enigma na Televisão. Até hoje lembro do quão tensa fiquei ao ler um livro em que falava sobre assassinato e em que eu tentava descobrir a todo custo o culpado. Maravilhoso!

E aí, gostaram das sugestões? Não deixem de me dizer o que acharam depois de lê-las.

Beijos, Mi

22 comentários

  1. Ai que saudade agora. Me lembro da primeira vez que entrei na biblioteca infantil aqui da minha cidade e fui na sala dos gibis, eu queria ficar morando lá e não sair nunca mais. A droga da obediência li mais de dez vezes. Serie vagalume sem comentários. Tenho alguns aqui em casa que comprei no sebo. Harry Potter, não li na minha infância, quando fui conhecer já faltava só o ultimo livro para ser publicado.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, tenho muita vontade de remontar a minha coleção no sebo, porque infelizmente os livros nacionais, principalmente os juvenis, são muito caros, mas são livros que valem a pena termos em casa, né?! Beijos

      Excluir
  2. Hey Mirelle,

    tava com saudade do seu cantinho.. andei tao ocupada esses dias que praticamente abandonei tudo mas enfim... estou de volta e que bela ideia essa dos livros da época de criança hein?
    Da sua listinha eu só li Coleção os karas (bom demais!!) e pequeno principie que eu adoro!!!
    amei sua ideia, se importa se eu postar la no blog também? claro vou dizer que vi aqui.
    bjos
    valmedrado16.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Val, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado do post. A coleção dos Karas é mesmo ótima, e O Pequeno Príncipe não tenho nem o que falar. Quanto a sua pergunta, claro, sem problemas. Beijos

      Excluir
  3. Laís Souza12/10/2013 14:30

    Gente, que post nostálgico! Primeiramente, quero desejar um feliz dia das crianças para essa pessoinha escondida atrás do seu umbigo, haha. Deve ser muito gostoso pensar que no próximo ano haverá uma criança sentadinha no seu colo sendo paparicada por todo mundo. Que venha com muita luz, saúde e que tenha uma vida repleta de boas surpresas. Feliz Dia e Parabéns de Novo! Acho que quando chegar a minha vez vou ficar toda boba *-*
    Eu nunca li nada da Mônica Jovem e morro de curiosidade só pra saber se o Cebolinha é realmente o famoso amor da vida dela. Mas amava os gibis tradicionais da turminha e tinha vários que ganhava dos meus vizinhos e amigos da minha mãe. Pena que ela deu todos quando cresci.
    Os livros da Ruth Rocha são um dos meus maiores tesouros! Sou fã absoluta dela! Aliás, esse "O Reizinho Mandão" é uma série com quatro livros cheios de inteligência e significado social. Se quiser, você procura "O Reizinho Mandão", "O que os olhos não veem", "O Rei que não sabia de nada" e "Sapo-vira-Rei-Rei-Vira-Sapo: a volta do Reizinho Mandão". São todos ótimos. Outra coleção dela que eu amava era "A Turma da Minha Rua". Essa coleção é infância no sentido mais tradicional. Do grupo de amigos que vão para a escola a pé, que jogam pelada no campinho perto de casa, que moram próximos, que sentam na calçada de noite para procurar São Jorge na lua, que brincam de roda...Eu amo isso na Ruth. A dedicatória que ela escreve nessa coleção é justamente para as crianças da infância dela, com quem brincou de boneca e conversou sobre o Papai Noel. Ruth Rocha tem uma sensibilidade muito especial. Quando pequena, eu amava um livro chamado "Que eu vou para a Angola", dela também. Nele, a autora resgata contos da tradição oral africana, protagonizados por um macaco enxerido que aparecia nas ruas desertas tocando viola. Nunca me esqueci desse personagem.
    No mais, curti muito Pedro Bandeira e ganhei a coleção VagaLume completa da editora por causa do santo trabalho da minha mãe (\o/). Todos esses livros são ótimos mesmo. Outra coleção que me marcou foi a Abracadabra (é a coleção do casal Don e Audrey Wood. Ela escreve e ele ilustra. "A Casa Sonolenta" e "A Bruxa Salomé" são dessa série e eu recomendo muito. É sério.).
    Ah! João Carlos Marinho também é muito show. Morria de rir com a Turma do Gordo, que até hoje é super indicada.
    Enfim. Eu sou que eu sou chata disparando opiniões sobre esse tema. Mas crescer numa casa com muita literatura infantil me fez amar demais esse gênero. Devo muito a esses livros. Por isso me empolgo.
    E você já tem "O Livro das Virtudes Para Crianças"? Ah, droga...=/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você realmente entende de livros infantis hein.. apesar de eu curtir a escrita e a inteligência da Ruth, não conheço muito as obras dela e adorei as dicas, anotei todas :o) Jura que tu ganhou a coleção vagalume completa?! UAU!!! Eu quero! kkkk Hum, vou anotar a dica da coleção Abracadabra também. Livros ilustrados são tudo de bom! kkk O livro das virtudes para crianças é mara neh! Precioso! Beijos e obrigada pelo carinho de sempre.

      Excluir
  4. Mi, todos me marcaram muito também... Cada um em uma fase diferente... Detalhe: O Livro das Virtudes para Crianças é espetacular!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa, põe espetacular nisso neh?! Devia ser leitura obrigatória.. hehe Beijos

      Excluir
  5. Amava gibis da turma da mônica quando criança, e até hoje leio, rs.
    Até bateu uma saudade. :/
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até hoje tenho vontade de comprá-los, mas até então não via muito sentido nisso.. mas quem sabe eu refaça minha coleção? hehe Beijos

      Excluir
  6. O pequeno príncipe é fantástico
    E a turma da Mônica então, maravilhoso

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sou suspeita para falar.. hehe Que bom que você também gosta. Beijos

      Excluir
  7. Os gib's marcaram a minha. De Mônica a Mickey. Também livros como A Arca De Noé, O Gato de Botas, O Dedal De Ouro, Cama Sem Pé e por aí vai...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo, os clássicos também são ótimos. Beijos

      Excluir
  8. Oi Mi! Vários aqui fizeram parte da minha infância, e com certeza a Coleção vagalume foi o pontapé para me atirar nos livros de mistério, eu adorava esta coleção, os livros do Marcos Rey eu lia e relia. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, o Marcos Rey é ótimo né?! Adoro os livros dele. Essa coleção realmente é perfeita para incentivar a leitura nas crianças. Beijos

      Excluir
  9. Ah Meu Deus que post perfeito , tirando o Pequeno Príncipe ( Sim , é uma vergonha, mas esta na minha tag de livros que eu nunca li, livros que todos gostam menos você, livros que vc nao sente vontade de ler, etc etc etc ) eu li todos os outros, eu tenho até hoje em uma caixa bem guardadinha minha coleção vagalume completinha que ganhei em uma promoção da escola, eu ja li e reli esses livros várias vezes, inclusive semana repassada estava lendo sozinha de novo !
    Quanto aos Karas como eu amava!!! Eu tinha os códigos, eu queria ser a Magrí de qualquer jeito rs !!!! Ah sim e queria namorar o Miguel, não sei porque !! Mas ela era meu escolhido rs!!
    Eu sinto muita falta de livros assim , quando comecei a tentar fazer minha filha ler, eu comecei pela coleção abracadabra, vagalume, mas não sei , talvez estejamos muito modernos porque ela achou os livros bobos de mais !!!Acho que nossa inocência era mais real !!! Uma pena.

    Fiquei de boca aberta com seu post!!! AMEI!!!!!!

    Bjs

    Sara
    Todas as Coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk Jura que você não leu e não tem vontade de ler O Pequeno Príncipe? Amiga, na real, você não sabe o que está perdendo, só digo isso.. kkk mas entendo, ninguém tem obrigação de gostar de tudo neh, e existem tantos livros mara por aí.. hehe Aiiii, você tem ainda a coleção vagalume? Que delícia! Eu quero! hehe Não creio que sua filha achou os livros bobos! Tô chocada, será que estamos tão velhas assim, porque para mim não existem livros infantis hoje como os de antigamente.. sei lá.. kkkk Uma pena mesmo. Fico feliz que tenha gostado do post.

      Beijão

      Excluir
  10. ADOREI!
    O grande segredo sobre a reprodução humana! kkkkkk meu deus!
    Desses todos li O pequeno príncipe quando tinha uns 12/13 anos e eu dormi lendo, sério eu não entendi as metáforas e achei o livro estranho e cansativo, e olha que são mais ou menos só 100 páginas. Vou reler um dia pra ver se tenho outra visão afinal naquela época eu não entendia tudo o que eu lia. Mônica também é muito legal, lia muito esses gibis na hora de leitura na escola. E Harry Potter, claro, os demais eu nunca li. Mas sério que graça são aqueles livros de uma história por dia?! Adorei e quero pra mim hehe
    A Marca de uma lágrima também é bem falado por todo mundo e tenho bastante vontade de ler. Muita dica boa, livros é o que não falta!

    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, um dia quando puder releia O Pequeno Príncipe, porque na minha opinião ele é um livro para adultos, sabe?! Talvez você o veja com outros olhos. Aqueles livros de 1 história por dia são realmente fofos demais, mas acho que minhas coleções favoritas foram a Vagalume e Salve-se quem puder.. hehe Beijos

      Excluir
  11. hahaha li alguns desses livros, e me lembro de desde bem pirralhinha ler as histórias da coleção " Uma História por Dia", não sei o porque mas na minha casa só tinha o de outono! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Nossa adorei a materia. Realmente são livros que lembram muito nossas infanciais ainda mais os gibis da turma da monica. Fico triste em ver que hoje em dia poucas crianças se interessam em livros ou ate mesmo nos gibis. Ah se eles soubessem como um simples livro, um simples conto nos leva para lugares diferente, com certeza eles iriam ler muito.
    parabens pelo post

    ResponderExcluir