Resenha - A Vingança Veste Prada

"Depois abandonar o emprego na Runaway há quase dez anos e se livrar da insuportável Miranda Priestly, Andrea Sachs agora é a bem-sucedida editora de uma revista de luxo sobre casamentos, a Plunge. Ao lado de Emily, antiga colega de trabalho e sua atual melhor amiga, sua vida não poderia estará melhor: além do sucesso do novo empreendimento, ela está prestes a casar com um dos solteiros mais cobiçados de Nova York. Mas uma semana antes do casamento, um fantasma do passado, ou melhor, um diabo, volta a assombrá-la." 
Dez anos se passaram desde que Andrea comeu o pão que o Diabo amassou nas mãos de Miranda Priestly. Certo dia, como que por ironia do destino, reencontrou sua antiga colega de trabalho da Runway, a Emily, que acabou se tornando sua melhor amiga (pasmem!).

Juntas, Andy e Emily decidiram criar uma revista espetacular sobre casamentos, a The Plunge, que se tornou rapidamente um grande sucesso no mundo editorial, atraindo olhares de investidores. Foi por meio dela que Andy conheceu Max, o herdeiro dos Harrison, influente família de Nova York, por quem se apaixonou e com quem casou três anos depois.

Andy tinha certeza de que Max era o homem da sua vida, até o dia do casamento, quando descobriu que ele nem sempre havia sido tão sincero com ela quanto ela imaginava. Desde então, Andy começou a ficar com caraminholas na cabeça. Sempre insegura, muito esquiva e perdida na vida, tinha ataques de ansiedade e pânico por qualquer motivo.

Para piorar a situação, um velho fantasma chamado Miranda Priestly começou a assombrar o seu sossego. Incessantemente, Andy e Emily começaram a receber ligações do Grupo Editorial Elias-Clark, que atualmente era comandado por Miranda, requerendo uma reunião imediata com a diretoria da The Plunge. Mas o que Miranda poderia querer com elas? 

Se isso não bastasse, onde quer que Andy fosse, ou topava de cara com Miranda, ou alguém a mencionava, e isso foi deixando Andy cada vez mais abalada, a beira de um ataque de nervos. Ela não acreditava que, depois de tudo que havia passado, sua vida iria novamente se transformar num inferno.

Querem saber o que irá acontecer? Leiam e descubram (ou não).

***

Quem me conhece sabe o quão ansiosa eu estava para ler A Vingança Veste Prada. Assim que pude, comprei o ebook na Saraiva e desatei a lê-lo, afinal, simplesmente amei O Diabo Veste Prada. Para quem só viu o filme já alerto, se o filme já é bom, o livro é maravilhoso, super recomendo!

Infelizmente não posso dizer o mesmo de A Vingança Veste Prada. Para mim, alguns livros simplesmente não merecem ter continuação, e é exatamente o caso deste livro. Tive vontade de largá-lo inúmeras vezes. Fiquei extremamente irritada pensando que gastei R$ 26,60 para comprá-lo que poderiam ter sido muito melhor empregados em alguma outra história.

O tempo todo enquanto lia ficava pensando "minha nossa, não acaba nunca", para vocês verem o quanto gostei. A história é narrada em terceira pessoa e é extremamente arrastada. Até a página 200 e poucos nada acontece. 

Em A Vingança Veste Prada apenas nos deparamos com a entediante vida pessoal e profissional de Andy, suas inseguranças a respeito do casamento, suas expectativas em relação à maternidade, seus temores relacionados a Miranda e seus arrependimentos envolvendo o rompimento com Alex

Importante ressaltar que não vi nenhuma vingança durante o texto, nem por parte de Miranda, muito menos por parte de Andy, portanto, a meu ver, o nome apenas serviu como uma jogada de marketing para nos instigar a ler a sequência, imaginando que fosse ter algo muito divertido ou diabólico na obra. Ademais, Miranda mal aparece, fazendo pequenas participações superficiais enquanto no restante da história a autora apenas faz menção a ela.
Outra coisa que detestei foi o fato dos capítulos não serem amarrados. O próximo capítulo muitas vezes começa sem pé nem cabeça e demora páginas até a gente voltar a se situar na história. A autora infelizmente se demora em partes totalmente desnecessárias e passa batido em assuntos que seriam muito interessantes de serem explorados. Os diálogos são fraquíssimos e a futilidade novamente impera nesta história, mas de uma maneira muito pouco interessante, ao contrário do que aconteceu em O Diabo Veste Prada.

Tudo que a autora construiu para Andy no primeiro livro ela destruiu nesse. No final de O Diabo Veste Prada vimos Andy crescer como pessoa e personagem, cair em si, lutar pelos seus objetivos e enfrentar suas dificuldades. Ela conseguiu peitar Miranda e se ver livre do fardo que carregava e estava pronta para traçar o caminho que sempre quis.

Em A Vingança Veste Prada vemos Andy decair totalmente. Ela novamente vive uma vida de ilusões ficando aprisionada a circunstâncias mesquinhas tornando sua vida infeliz. Ela sabe que algo está errado, mas não consegue identificar o quê, muito menos correr atrás do que considera certo. Durante o livro inteiro ela só se martiriza e cria desculpas.

O final é ridiculamente chocante e muito errado! Pelo menos para mim foi, pois deu a sensação de que a autora simplesmente rodou, rodou e parou no mesmo lugar, repetindo todos os ingredientes do primeiro livro, porém, com muito menos substância, de forma muito mais fraca e entediante e sob um novo cenário: os problemas existenciais de uma Andy infantil e imatura.

Não teve um sequer personagem na história que me cativou. Andy me irritou ao máximo, Emily me deixou enojada, Max é um ET, porque é daqueles homens extremamente perfeitos que não existem e que chegam a nos dar nos nervos, Miles é um puro cafajeste e até Miranda, que foi a personagem de peso do primeiro livro, se mostrou extremamente superficial e inconsistente nesta continuação.

É uma pena, mas para mim a autora se perdeu totalmente. Talvez minha decepção maior tenha se dado pelo fato de eu ter criado grandes expectativas para A Vingança Veste Prada. Somente vocês serão capazes de analisar melhor a situação ao lerem o livro e verem, afinal, se concordam com meu ponto de vista ou não.

Só para deixar claro, ainda não há nenhuma notícia a respeito de adaptação cinematográfica dessa obra, mas se tiver, é capaz do filme pela primeira vez na vida ser melhor que o livro. Será?

Quem já tiver lido o livro, por favor, dividam suas opiniões comigo, porque fiquei realmente triste por não ter gostado, mas paciência, a história e os personagens foram impossíveis de engolir.

A Vingança Veste Prada - Lauren Weisberger
Livro 02
Editora Record
448 páginas
Comprar: Saraiva / Submarino

68 comentários

  1. Nossa Mi, eu estava louca para ler este livro, mas agora depois de ler sua resenha fiquei extremamente decepcionada. Fico muito triste quando acontece isso em uma continuação. E realmente eu havia criado expectativas em relação a essa. Com certeza não pagarei para dar minha opinião a essa obra.

    Beijinhos.
    http://livrosetudoqueadebom.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Glaucia, é uma situação muito frustrante mesmo e meio que me senti ludibriada sabe. Uma pena. Beijos

      Excluir
  2. Mi ainda não tinha lido o primeiro livro, já vi o filme e gostei bastante. Depois de ver sua resenha não sei se tenho vontade de ler esses livros.

    Bjus!!!!!!!!!!!!!
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erika, leia O Diabo Veste Prada sem medo. É um livro divertidíssimo e super bem escrito. Infelizmente não posso dizer o mesmo da continuação e, sinceramente, ele não precisaria ter continuação porque teve um final muito bem construído. Então se quiser, leia só o primeiro livro. Beijos

      Excluir
  3. Gente, que ruim saber que você se decepcionou com a continuação. Eu até tenho o primeiro livro, mas não estou mais com vontade de ler. Vi o filme e gostei muito, mas não sei se vale a pena a leitura, vale?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babi, vale sim! Não misture o primeiro livro com o segundo. Não sei o que houve na continuação, mas a autora se perdeu totalmente. Leia o primeiro sem medo, você irá gostar. Beijos

      Excluir
  4. Que droga. Eu, às vezes, me irrito com as continuações porque parece que os autores perderam a criatividade... e muitos livros tem um desfecho legal e ainda sai umas 3 continuações... pra que isso? hehe... Quando eu vi o lançamento pensei: O que foram inventar? Vai sair enrolação e só. E tua resenha só confirmou minha suspeita... é uma pena. Eu gostaria de estar errada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Edna, infelizmente você tem razão quanto a esse livro. O primeiro foi tão bem acabado, realmente não precisava de uma sequência, mas quando soube, fiquei tão feliz.. achei que ia rolar uma história legal e que saberíamos o que aconteceu com os personagens. Que desilusão. Por que os autores fazem isso conosco? Beijos

      Excluir
  5. Quando vi que tinha resenha desse livro aqui, corri para ler. Que pena que não foi tão bom quanto o primeiro. Acho que nem vou ler então, vou fingir que a história acabou lá no outro. Eu já estava té preparada pra ver que vingança que ia ser e dai que não tem vingança? É muito ruim isso de usarem o nome só pra vender. É igual no nome A menina que..., lançaram um monte de nome parecido com esse só para vender.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, se eu pudesse voltar atrás também fingiria que a história acabou no primeiro livro.. porque sinceramente, acabou. Na sequência vemos apenas uma tentativa de sobrevida que não deu certo. Beijos

      Excluir
  6. Laís Souza25/10/2013 16:32

    Depois de Bridget Jones (É, ainda revoltada!) fiquei com os dois pés atrás para essas continuações. Estou chegando à conclusão que certos livros são melhores sendo únicos mesmo. E que certas séries ficam melhor quando param antes de maiores bobagens. Nem pretendo ler. Você gostou de "Quando uma garota entra em um bar?". Posso até estar enganada, mas esse não me chamou a menor atenção. =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Laís, realmente.. porque os autores insistem em continuações desnecessárias. De que vale ganhar mais dinheiro e investir em estratégias de marketing se o resultado é desastroso ao decepcionar os fãs? Nós não gostamos de encheção de linguiça. Não é porque gostamos de determinada história ou personagem que aceitamos ler qualquer coisa referente a eles. Não acha? Adorei Quando uma garota entra em um bar :o) Não dava nada pelo livro da mesma forma que você. Em breve resenha no blog. Beijos

      Excluir
  7. Eu compartilho com sua opinião,apesar de não ter terminado o livro..não consegui!!!
    achei-o simplesmente horrível!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena né?! Muito triste isso. Então tu teve a sorte de não ler o final ridículo que ela criou para a história! Na minha opinião, é claro. Eu ainda segui firme e forte na esperança de que as coisas fossem melhorar.. só que não. Beijos

      Excluir
  8. Respostas
    1. Espero que goste, porque infelizmente eu não gostei. Beijos

      Excluir
  9. Tem umas histórias que são perfeitas como são e não merecem continuação, ela tem que vir da nossa cabeça, essa era uma delas.
    Vi o filme primeiro e confesso que tiraram tudo de bom dele e colocaram no livro que achei muito coerente quando li. Achei uma boa leitura.
    Mas confesso que jamais compraria essa continuação
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rê, também vi o filme primeiro e depois li o livro e gostei demais de ambos, mesmo tendo histórias levemente diferentes. Infelizmente não posso dizer o mesmo da continuação. Beijos

      Excluir
  10. Oi Mirelle, tudo bem flor?
    Eu não li nenhum dos dois livros e confesso a você que nunca tive vontade de ler... Já assisti ao filme e gostei bastante, mas nem assim me deu vontade de conferir as histórias. Adorei sua resenha, sincera e ao mesmo tempo, dando chance ao leitor de ter sua própria opinião. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lia, agradeço a compreensão. Fico muito triste quando tenho que fazer resenhas desse tipo, mas prezo muito pela sinceridade, sempre. Beijos

      Excluir
  11. Lucas Souza deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Resenha - A Vingança Veste Prada

    Estou pasmo com essa resenha auahauahuaa sério!
    Porque o primeiro livor é muito elogiado e tal.
    To besta rs é estranho, pq eu esperava que a continuação não fosse ser tão boa quanto o primeiro. Tem livros que realmente não devem ter continuação e sinto que esse é um deles :o
    Beijos
    Lucas ~ Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ** P.S. Comentário feito, porém, deletado sem querer. Infelizmente não consigo restaurá-lo. Por isso estou repostando (Mirelle).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, viu só.. digamos que esta minha resenha se equivaleu a sua sobre Métrica.. kkk ambos detestamos cada um dos livros. Também esperava que a continuação fosse ser boa, por isso mesmo que minha frustração foi ainda maior. Mas quem sabe você lê e gosta? Beijos

      Excluir
  12. Eu fiquei doida para comprá-lo na Bienal, mas estava bem caro. Quase comprei no Submarino também.
    Uma pena quando os autores fazem isso com uma narrativa que era tão boa. Sério!
    Eu gostava da Andy do jeito que ela havia sido descrita no primeiro livro...sem frescuras e mimimi.
    É uma pena, mas vou ler apenas para saber o que a autora reservou para os pobres leitores.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, realmente é complicado. Então leia e me diga depois o que achou. Vou torcer para que goste, porque detesto quando não gosto de um livro.. hehe Beijos

      Excluir
  13. Olá Mi! Olha eu não li o livro o diabo veste prada, mas assisti ao filme e gostei bastante. Não sabia que este livro era a continuação.Lendo sua resenha vejo que o livro se perdeu totalmente, não dando sentido para que nos levasse a crer de 'ser' a continuação. Bom eu tenho interesse de ler o primeiro livro, mas esse segundo...bom não posso dizer nem sim e nem não. Ate mesmo, como você mencionou, devemos ler par tirar nossas próprias conclusões.
    E se bem me conheço, acho que não. Bom você sabe que muitas resenhas da qual você fez e disse que iria ler(aquelas da qual você teve somente elogios) eu li e gostei tanto assim como você. Hahahahahahaha
    Parabéns flor pela resenha e por ter sido sincera.

    PS:Este é o primeiro livro/resenha que leio, onde você diz não ter gostado.

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, infelizmente esta não é a primeira resenha "negativa" que faço sobre livros. Eu não gosto de fazê-las, me cortam o coração, mas são necessárias porque gosto de ser sempre sincera com meus leitores. Quanto ao livro O Diabo Veste Prada, leia quando puder, pois é delicioso. A continuação deixo a seu critério. Bom saber que temos os mesmos gostos e que tenhas gostado das indicações que já fiz por aqui. Beijão

      Excluir
  14. Oi Mi,
    tudo bem?
    Eu gostei muito do filme, estava super ansiosa por esse livro. É a primeira resenha que leio, Que decepção!!! Uma pena mesmo.
    Apesar disso, queria comentar, sua resenha foi muito bem escrita, seu texto está ótimo.
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, fico feliz que tenha gostado da resenha. Infelizmente não tive oportunidade de ler resenhas antes de comprar o livro. Depois que escrevi a minha fui por aí procurar e só achei resenhas negativas e até piores do que a que eu escrevi.. mas acho que ainda assim teria lido, porque sou curiosa e sempre gosto de tirar minhas próprias conclusões. Só é uma pena que a autora tenha se perdido desse jeito. Beijos

      Excluir
  15. Infelizmente, concordo com tudo, acabei de ler o livro e estou imensamente decepcionado. O livro é um rodeio interminável, Clem é a única coisa fofa desse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi JD, pois é, confesso que apesar da Clem ser fofa, até ela me irritou de tão perfeita.. hehe Beijos

      Excluir
  16. Poxa, esperava mais dessa trama...

    Bjo!

    Te espero lá no meu cantinho, =D

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Mi voce é uma destruidora de corações.
    E agora, o que farei com A vingança veste Prada?!
    Acho que como qualquer outra pessoa eu amei o primeiro filme. Apensar de, ainda, não ter tido a oportunidade de lê-lo, eu estava ansiosa para este.
    Quando vi que teria uma continuação, eu estranhei -afinal depois de tantos anos - mas ao mesmo tempo fiquei contente.. pensei assim "a autora deve ter pensado em algo muito bom para dar uma continuação na historia de Andy e Miranda"
    Enfim. acho que não foi o que aconteceu, então porque diabos ela escreveu a continuação?!
    Arg. e fiquei muito triste por ela não ter continuado com o namorado do primeiro filme..

    Beeijos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei exatamente como você amiga, e isso foi o que mais me doeu.. e também me pergunto, por que ela foi mexer em algo que tava perfeito? Beijos

      Excluir
  18. Acabei de ler e estou pensando se posso ir trocar... Fiquei muito decepcionada com a história! Principalmente com Andy que não lembra nenhum pouco a Andy que conhecemos, uma pena... Torcendo para que se realmente façam um filme, Anne Hathaway e Meryl Streep consigam salva-lo :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle, torcendo da mesma forma que você. Quem sabe em filme as atrizes consigam tornar a história interessante? Tomara que você consiga trocar o livro. Beijos

      Excluir
  19. Eu primeiro assisti o filme e depois li o livro, mesmo me assustando um pouco com o tamanho dele, mas a leitura fluiu tão rapido e agradavel que eu não desgrudei um só segundo. Ainda bem que li sua resenha porque estava querendo comprar o ebook, só de ler sua resenha ja me sinto decepcionada estou tentando imaginar o tamanho da sua decepção.
    Eu ri muito com: "Max é um ET, porque é daqueles homens extremamente perfeitos que não existem e que chegam a nos dar nos nervos"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poison, realmente, apesar do primeiro livro ser grandinho, a leitura é ótima e fluída, pena que a autora não seguiu a receita do sucesso. Beijos

      Excluir
  20. Apesar de já ter visto o filme inumeras vezes, é a primeira vez que leio o livro O Diabo Veste Prada. Estou amando, não consigo parar de ler. Estava louca para comprar a continuação, A Vingança Veste Prada, mas parece que não vale a pena. :/ O mais esquisito é que a autora teve muitos anos para pensar em uma sequencia digna.. É uma pena, mesmo.
    Espero que, mesmo assim, façam um segundo filme. Adoraria ver a Meryl e a Anne de volta aos seus papeis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Raíssa, faz de conta que o segundo livro nunca existiu.. eu preferia pensar assim a ter lido a continuação, mas como disse, não vou desencorajar ninguém a ler, porque cada um tem a sua opinião e gosto.. mas é uma pena a autora ter se perdido a esse ponto. Também adoraria ver as atrizes incorporando novamente os papéis. Beijos

      Excluir
  21. Eu li o livro, passei muitas paginas porque não achei interessante, esse livro é mais voltado pra andy do que para um todo, a unica vingança que eu vi foi a miranda querendo comprar a revista das duas ex secretarias, interessante ressaltar a traição do marido de andy que falsificou a assinatura dela, eu acho que até a parte que ela se casou foi valido ... depois começou uma enrolação danada, confesso que as melhores partes são as que miranda aparece, cada fala do texto eu leio com a voz da atriz ! bem ... é isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, na verdade, nem considero a compra da revista uma vingança por parte de Miranda, afinal, ela nem lembrava das meninas. Comprou a The Plunge simplesmente porque a revista fez sucesso e cresceu no mundo editorial atraindo seu olhar extremamente profissional e ambicioso. Quando ao Max, o que ele fez foi uma traição sem tamanho mesmo.. só preferi não citá-la na resenha por se tratar de um spoiler.. hehe Sim, é engraçado que também leio com as vozes das atrizes. A voz da Emily foi a que ficou mais nítida na minha cabeça, e também uma das que mais me irritou.. kkk Beijos

      Excluir
  22. Eu realmente amei o filme O Diabo Veste Prada estou ansioso para ler o livro e estava ansioso também parar ler A Vingança Veste Prada, pelo que pude notar ele não vai me prender tanto quanto o primeiro, mas não custa ler não é! E que se virar filme espero que seja muito bom e no surpreenda, já que essa é a grande expectativa: A Vingança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andersonn, realmente, não custa ler, vai que você gosta né?! Só vai saber lendo. Infelizmente não sei se o filme conseguirá se focar em alguma vingança porque no livro ela não existe.. fiquei esperando por ela na obra toda e ela não apareceu. Uma pena, porque teria ficado interessante e divertido. Beijos e boa leitura.

      Excluir
  23. De fato concordo que este segundo livro foi muito decepcionante, tinha muita vontade de ler a continuação e agora depois de ter lido, não acredito que li, ate posso acreditar que o livro em si não seja ruim e que a minha expectativa fosse muito maior, mas não gostei esperava mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Braathen, ainda não consigo decidir se a minha expectativa foi do tamanho da minha frustração ou se o livro realmente foi mal escrito. Complicado né?! Só sei que fiquei chateada demais. Beijos

      Excluir
  24. fiquei decepcionada com esse livro. Não me odeiem, mas também não achei o Diabo Veste Prada lá essas coisas. Mas assim como você falou, no 2º livro a gente a Andy completamente entediante. Ela se transforma numa pessoa chata e sem atitude. Até o finalzinho o livro eu me perguntava onde estava aquela história empolgante que prometeram na sinopse...
    Anos se passaram, ela tem um emprego bom, família linda e ainda assim é insatisfeita e cheia de fantasmas do passado e aquela narrativa, Deus, que confusão!
    O que eu achei mais absurdo, foi que dos tempos de Runaway, ela só levou a paranóia e a insegurança, o que é engraçado pois ela poderia ter também levado o conhecimento em moda e a diligencia em resolver problemas e tomar decisões.
    O lema da Andy era "eu trabalhei pra Miranda, tenham pena de mim". Eu gritava pro livro ISSO FOI HÁ ANOS, SUPERE!
    Resumindo: não gostei, foi totalmente uma jogada da autora pra tentar voltar aos mais vendidos depois dos fracassos pós O Diabo Veste Prada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, infelizmente este desgosto por A Vingança Veste Prada está praticamente unânime. Na verdade até agora não li um comentário favorável sequer. A autora infelizmente deu um belíssimo tiro no pé ao resolver escrever essa continuação.. uma pena.. e concordo com você, me irritei ao extremo com essa postura de vítima da Andy, ficava o tempo todo pensando a mesma coisa que você: "Vai se tratar Andy, supere!" kkkk Beijos

      Excluir
  25. olha eu já li esse livro e é muito perfeito, ele é muito BOM.
    BOM é pouco é ÓTIMO, PERFEITO então quem quiser ler por favor não é dinheiro jogado fora!!!
    vale a pena totalmente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, fico feliz em saber que você gostou. Beijos

      Excluir
  26. Olá Mirelle
    Amo o filme e ja vi umas 20x. Vou comprar o livro "O Diabo Veste Prada" também, pois acho que será uma leitura interessante (isso pra dizer pouco rs). Fiquei extremamente feliz quando fiquei sabendo da continuação, e a primeira coisa q fiz foi pesquisar.... resultado? li a sua resenha haha
    Fiquei muito decepcionado, pois esperava grandes coisas do segundo livro. Principalmente pelo nome, imaginei uma participação historia da Miranda, o que não aconteceu.
    Mas mesmo assim vou me arriscar, pois eu nao sossego enquando nao leio o desfecho de uma historia =)

    Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo, assim como você, fiquei muito feliz quando soube da continuação, justamente por isso me frustrei demais ao lê-la. Sério, poderia ter passado sem ela.. poderia ter ficado apenas com o primeiro livro/filme na cabeça.. Mas boa sorte, quem sabe você não goste? Beijos

      Excluir
  27. só pelo fato de o livro ser em terceiro pessoa eu ja odiei, era mt bom em o diabo veste prada ver tudo do ponto de vista da andy, seus pensamentos entre os pedidos de miranda e tal. decepcionado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, nem lembrava que O Diabo Veste Prada era em 1ª pessoa.. mas também não curti a mudança na narrativa.. ficou muito mais impessoal e distante.. Esse livro é realmente decepcionante :o( Principalmente para quem é fã. Beijos

      Excluir
  28. Concordo plenamente, estou totalmente desapontado com o enredo que em nada tem ligação com o titulo e o que aconteceu com a toda poderosa Miranda?? Fiquei triste, minha expectativa deve (como a sua) ter sido maior que o êxito da obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kenedy, acho que não nos decepcionamos só porque nossas expectativas estavam nas alturas, mas porque o livro é ruim mesmo, infelizmente. A autora deu um belo tiro no pé decepcionando os fãs desse jeito! Beijos

      Excluir
  29. Eu terminei de ler o livro hoje e, sinceramente, não gostei. O título nada tinha a ver com o livro e parecia mais com um livro de confissões de uma adolescente que não sabe o que quer da vida. Eu não li O Diabo Veste Prada, só vi o filme, mas acho que a Andy do filme é muito mais interessante do que essa do livro. E o Max realmente me deixou intrigada, pois não consegui definir o que ele era, se bom ou um canalha disfarçado. E o Alex que voltou do nada. E a Andy, que não sabia se amava o marido ou o ex namorado. E Miranda, a poderosa, não teve grande importância. Sinceramente, esse livro foi um fiasco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane, você no fim resumiu o livro perfeitamente, sim, ele é um fiasco e um atentado a nossa inteligência :( Beijos

      Excluir
  30. Oi Mi, Acabei de ler o livro, fiquei tão decepcionada!! De modo que não conseguia expressar nem pra mim mesma .... mas vc com certeza conseguiu traduzir tudo o que eu queria em palavras ! Achei completamente desnecessária a história em que a autora deu completa enfase a um casamento que seria perfeito e uma vida maravilhosa de glamour para a moça que deveria ser a mocinha da história para depois colocá-la "no fundo do posso fazendo free lance sozinha - e pra que trazer de volta o Alex?? Sei lá... Estou passada com tamanha bobagem " ... Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, é tão triste perceber que praticamente todos se decepcionaram. Será que ela não viu que isso ia acontecer com uma história tão mal feita? Triste! Muito triste. Beijos

      Excluir
  31. Mirelle, o jeito é pensar que essa continuação nunca existiu e que a Andy e o namorado que ela tinha no primeiro filme se casaram e foram felizes para sempre kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Luana, é esse o jeito.. kkkk complicado né?! hehe Beijos

      Excluir
  32. O livro é um afronto em todos os sentidos. Andy não deveria ter continuado no ramo editorial e os personagens deveriam ser mais originais e fibrosos , no entanto, os conflitos ideológicos não mudam e não tem-se uma obra plausível e versátil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo completamente.. ela simplesmente transformou a obra em dramalhão mexicano sem profundidade alguma. Uma pena, foi um belo tiro no pé. Beijos

      Excluir
  33. Boa noite Mirelle. Olha, geralmente o livro é dedicado ao universo feminino, li "O Diabo Veste Prada" junto com uma amiga, cada vez um indicava o livro que os outros dois iriam ler em simultâneo e ela indicou. Quando saiu "A Vingança Veste Prada", fiquei curioso, pois tal como você gostei demais do primeiro livro. A história é bem rasa mesmo, tal como disse, mas eu gostei (estou a pouco menos de 100 páginas do fim, devo terminar hoje ainda), pois, acho que deu o final merecido a Andy - que estava prestes a conseguir uma vaga em qualquer editoral graças a Runway e jogou pro alto - penso que, essa insegurança no casamento, o convívio com a sogra, a aproximação sobre-humana dela e da Emily e de ela se tornar uma pessoa mais família é algo que trouxe à personagem uma experiência mais fiel à vida de uma mulher de verdade (pois o universo Runway, corpos esculturais e afins é pequeno na vida real). Ainda não sei se ela decide ou não vender The Plunge, mas, minha opinião é de que ela não vai vender e "a vingança" no título seria isso, mostrar à Miranda que uma ex-assistente dela pode sim ter muitas coisas (com vaga memória, me lembro dela falando que queria abraçar a "Não-Charla" e dizer que esse período difícil ao lado de Miranda passaria e ela teria uma vida de verdade). Miranda está louca para comprar The Plunge e quebraria feio a cara se Andy mostrasse que além de ter talento para fazer uma revista de tanto requinte se tornar sucesso em tão pouco tempo, é tão decidida quanto ela para saber o que quer ou não para a vida. Gostei demais da sua resenha, como disse no início, tenho uma visão um pouco diferente, pois nós homens não temos esse mente tão diferenciada quanto a de vocês, mulheres. Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mauricio, tudo bem? Adorei a sua participação e a sua opinião. Obrigada. Mas posso dizer uma coisa, de boa? Termine o livro e volte aqui para dizer o que achou.. porque infelizmente nada disso do que você imagina acontece e o final foi um dos maiores baldes de água fria que já recebi.. kkkk Quanto a Andy, achei interessante vê-la como mãe, esposa, dona de casa.. mas tudo na vida dela é perfeita e até a filha dela é incrivelmente perfeita e isso me irrita demais nos livros, porque não é assim que acontece no mundo real. Beijos

      Excluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir