Resenha - Filme Faroeste Caboclo

"João do Santo Cristo (Fabrício Boliveira) deixa Salvador em busca de uma vida melhor e parte para Brasília em busca de seu sonho. Lá, ele conhece Maria Lúcia (Isis Valverde), por quem se apaixona e gostaria de viver um futuro melhor, mas o envolvimento dele com o tráfico de drogas pode colocar tudo a perder, também praticado por Jeremias (Felipe Abib) que viria a se tornar seu grande rival."
Oi pessoal, hoje vim com a difícil tarefa de resenhar o filme Faroeste Caboclo, porque, por favor, quem não conhece essa história? Fica até difícil fazer qualquer suspensezinho na resenha porque todos sabemos como é que as coisas terminam, né?! hehe

Mas vamos lá...

João nasceu em uma família muito pobre, quase sem recursos e perdeu o pai quando criança. Depois, já mais velho, cometeu seu primeiro crime e foi parar na FEBEM. De lá, depois de acertar as contas com a justiça, seguiu para Brasília em busca de uma vida melhor e procurou seu primo Pablo, um Boliviano residente no Brasil, que lhe conseguiu comida, um emprego de carpinteiro e um lugar para morar.

Porém, Pablo não era uma boa companhia e não demorou muito para que João começasse a lhe fazer "favores" em troca de dinheiro, o que significava entregar drogas para os playboys do plano piloto. Numa dessas, João foi interceptado pela polícia e para escapar invadiu o quarto de uma menina: Maria Lúcia. E foi assim que ambos se conheceram.

João viu em Maria Lúcia a oportunidade de ter um futuro melhor, se casar e ter filhos, mas a vida para ele nunca foi fácil, e seu maior inimigo, Jeremias, daria um jeito de transformar a sua vida num inferno. Querem saber o que acontece com João, Maria Lúcia e Jeremias? Vejam o filme ou escutem a música Faroeste Caboclo, da Legião Urbana.

***

Preferi fazer uma resenha bem sucinta para não entregar o ouro para vocês. Mesmo quem conhece a música, vai notar algumas diferenças no filme, já que foi apenas "inspirado" em Faroeste Caboclo. De qualquer forma, achei bem interessante o roteiro que criaram para a história e os pormenores que colocaram na trama, já que na música não temos assim tantos detalhes e provavelmente foi preciso uma mente fértil para conectar todos os pontos.

Não tenho nada contra filmes nacionais, mas não são minha paixão. Apesar de Faroeste Caboclo ter um bom desenvolvimento, fotografia, música e excelentes atores, não me conquistou por completo. Achei o filme muito teatral, longo, com muitas cenas sem diálogos, apenas com imagens e expressões, o que para mim deixa a história cansativa, mas sei que tem muita gente que gosta e que principalmente valoriza esse estilo e estética. Vai do gosto de cada um.

O que gostei bastante em Faroeste Caboclo foi o desenrolar da história. Ela já começa de forma bombástica, mostrando um trecho do final, e durante o seguimento, vai se intercalando em momentos do presente e lembranças do passado. Adoro quando isso acontece, tanto em filmes quanto em livros, porque para mim dá um dinamismo ao enredo. Gosto quando não há linearidade.

Recomendo que assistam, não só para prestigiarem o cinema brasileiro, mas principalmente para aqueles que são fãs de Renato Russo e Legião Urbana.

Título original: Faroeste Caboclo
Roteiro: José Carvalho, Marcos Bernstein, Paulo Lins, Renato Russo, Victor Atherino
Direção: Renè Sampaio
106 minutos

TRAILER

20 comentários

  1. Preciso assistir esse filme. Infelizmente, não consegui ir ao cinema pra ver, mas espero assistir depois. Todos já conhecem a música, então é mesmo difícil falar sobre o filme, mas foi legal ver a sua reação a ele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi, é realmente difícil falar sobre algo que todos já conhecem, mas como disse, apesar de não ser meu estilo de filme favorito, no fim da contas até que gostei. Beijos

      Excluir
  2. Laís Souza29/09/2013 20:02

    Parece ter ficado legal e eu pretendo assistir...Ah, Mi...Desculpa, mas não vou conseguir falar nada com nada. Acabo de descobrir a bomba literária do dia: parece que foi divulgado um trecho da aguardada continuação de Bridget Jones. Só que o Darcy (par romântico dela e uns dos meus maridos literários) vai ter MORRIDO. A Bridget vai voltar como viúva. Eu tô tão pasma que não consigo falar em mais nada. Luto por personagem literário. Torcendo pra ser fake. Sem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Laís, sinto muito! Como nunca li o livro, estou por fora de qualquer notícia, mas vou torcer para que seja fake mesmo, porque se fosse com meu Lucius, estaria de luto também :( Beijos

      Excluir
    2. Laís Souza29/09/2013 22:47

      Puxa, aliviada por você não rir de mim..haha. Mas imagine dois livros fofos, vendendo milhões e sendo adaptados para o cinema com um casal inglês que cativou um monte de gente. Daí a autora fica doida e anuncia que no terceiro livro o homem morreu, a mulher está viúva, mas a gente não deve se preocupar porque ela vai ter um novo amor. Que raio de escritora acha que o público vai aceitar um final desses? A página da Bridget Jones em inglês está lotada de reclamações. Não dá pra tirar a nossa razão, né?

      Excluir
  3. Parece ótimo o filme, fiquei bem curiosa para assistir. *-*
    Depois da sua opinião a vontade só aumentou! Eu adoro a música, quero ver como ficou essa "adaptação".
    beijos
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você curte a música não deixe de conferir o filme e a releitura que fizeram. Ficou bem interessante. Beijos

      Excluir
  4. Mesmo com as diferenças eu gostei demais do filme! Achei que os atores estavam brilhantes... Vale a pena assistir!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os atores arrasaram realmente :) Beijos

      Excluir
  5. Ai senhor tenho até medo de falar abobrinha já que não conheço quase nada de música brasileira, Renato Russo, Legião Urbana, não escuto essas músicas, sou desprovida da cultura da música brasileira. E não sou fã dos filmes nacionais, até assisto se tiverem um tema legal mas isso é raro acontecer. E com esse a história não muda, não tenho vontade de assistir, mas quem sabe uma hora dessas eu veja.

    Beijos, Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amiga, também não sou fã de Legião Urbana, nem Renato Russo e quem quiser me bata, mas é verdade. Só conheço algumas músicas dele porque talvez, por ser mais velha que você, seja impossível não conhecê-las. Resolvi assistir mais por insistência do Junior e também para prestigiar o cinema nacional, mas assim como você não faço muita questão. É triste dizer, mas é verdade. Apesar de que têm vários filmes brasileiros que curto. Este foi bem produzido, então para quem gosta vale a pena com certeza. Beijos

      Excluir
  6. Estou com muita vontade de assisti esse filme
    Qualquer dia desses pego ele aqui na internet mesmo
    Amei a dica

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi!
    Então, esse filme é complicado. Eu gostei, mas eu esperava algo COMPLETAMENTE diferente. Como você disse, é complicado criar um filme através de uma música, que, apesar de ser grande, não tem tantos detalhes assim. Mas sabe quando a gente imagina algo e quando vai ver, fizeram essa coisa de um modo completamente diferente? :( Pois é.
    Esse excesso de expectativa acabou comigo, ainda mais por gostar tanto da música.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, eu sei, porque fiquei o tempo todo falando "mas não é assim, mas faltou isso ou aquilo", e meu marido ficava respondendo "é só INSPIRADO na música, blabla".. mas não adianta, eu também me frustro um pouquinho por causa dessas coisas.. hehe Beijos

      Excluir
  8. Ah! Eu estou doidinha para ver esse filme!
    Amo dms essa música, espero gostar do filme!
    Beijinhos
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste. Depois conte o que achou. Beijos

      Excluir
  9. Oi Mi, vim te fazer uma visitinha. Seu espaço tá lindo, tão inteligente essa menina!!!!
    Sua resenha ficou ótima, concordo com tudo. Eu particularmente prefiro mais a musica do que o filme. Achei o filme com a cara típica de filmes brasileiro, muito xingamento e sexo... Nada a mais do que a gente ta acostumada a ver... Agora assistir "Somos Tão Jovens", e amei, super indicado. Bjs querida!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, nossa, muito obrigada pela sua visita, adorei! Sim, concordo com você, o filme não deixa de ser isso mesmo, sexo, drogas e muitos palavrões e exemplos a não serem seguidos.. os filmes nacionais e as novelas adoram isso neh.. hehe Beijos

      Excluir
  10. Um filme que deve seu sucesso em grande parte para a distribuição, como o César Troncoso actor é um dos meus favoritos. Se eu amo o personagem certamente faz neste filme.

    ResponderExcluir